A escolha do ponto comercial

Cada detalhe é fundamental para que o empreendimento seja bem-sucedido. Um dos mais importantes é a escolha do ponto comercial que pode determinar se o negócio vai engrenar ou ser fadado ao fracasso, mesmo que haja muito empenho em que ele se desenvolva positivamente.

Para que o projeto de um empreendimento seja bem sucedido especialistas indicam a necessidade de equilíbrio entre quatro “P´s” essenciais: ponto, produto, preço e propaganda. Qualquer dissonância em um deles pode comprometer todos os outros, já que uma locação equivocada vai repercutir diretamente nas vendas e desequilibrar os projetos de marketing.

Dicas para a escolha do ponto comercial para a sua empresa

Não há uma fórmula mágica que determine que o ponto do seu negócio é o melhor, mas há muitos indicativos que podem ajudá-lo a fazer uma escolha mais adequada e com menores riscos. Em geral, escolher um local mais estratégico exige um investimento em marketing e infraestrutura para alavancar mais rapidamente o negócio.

Se bem planejado, esse valor investido pode ser retornado mais rapidamente. É preciso ficar atento ao acesso físico até o ponto, o trânsito de veículos e tráfego de pedestres, serviços e comércio ao redor, se há e quantos são os concorrentes, estacionamento, segurança etc.

Por tudo isso, seguir a intuição para fazer a escolha do ponto pode ser um grande erro, é preciso pesquisar e avaliar o melhor modelo de operação, adequando-o as relações com o grupo ao redor, para que tudo flua de forma positiva. Tudo também depende do setor de atuação do negócio. Em média, o ponto comercial representa 50% do seu sucesso, uma porcentagem bastante significativa e que requer cuidados antes e durante a sua instalação.

O empreendedor deve estar sempre próximo de seus consumidores, já que a média de distância entre o cliente e a empresa deve ser de três quilômetros. Mais que isso, dependerá de circunstâncias especiais que não se encaixam para a maior parte dos negócios. O ideal é se instalar onde haja maior concentração de possíveis público alvo.

A mais comum das dúvidas é ter uma loja num shopping ou na rua. Ambas possuem especificações distintas e dentre as características positivas para se estabelecer num shopping está a segurança do local, o estacionamento e a praticidade que permite ao consumidor ter acesso a tudo que ele precisa, concentrado num só lugar.

Como desvantagens estão os valores altos para aquisição e taxas cobradas, assim como as regras de funcionamento que vão desde horário até outros detalhes físicos da loja.

Mesmo que a escolha do ponto comercial seja num shopping, o local onde ele estará é fundamental. Há áreas em shopping onde não há muito movimento e boa parte dos consumidores nem sabem que ele existe. Enquanto lojas próximas as escadas rolantes, pontas de saída e entrada ou as que se estabelecem no caminho da praça de alimentação tem uma visualização muito maior.

As lojas de rua são mais baratas e seu dono tem mais liberdade para administrar seu espaço físico e controlar os horários de abertura e fechamento, porém a segurança é mais precária e é preciso um reforço bem maior em campanhas publicitárias para atrair seu público até o local.

Uma loja de rua instalada num local onde há grande fluxo de pedestres e comércio ao redor também tem todas as chances de ser bem-sucedida. É inevitável para o cliente que ele passe em frente ao local e até entre para conhecer. Já em ruas com pouco tráfego de pessoas, é preciso um reforço genuíno na publicidade para que as pessoas descubram o local.

Mas de nada adianta ter uma localização excelente num shopping ou numa rua movimentada se seu consumidor não faz parte daquele local. O melhor ponto para seu negócio é sempre onde seu cliente está!

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Erros cometidos na hora da escolha do ponto comercial 

Há alguns erros recorrentes entre os empreendedores na hora da escolha de seu ponto comercial. E é os conhecendo que se evita cometê-los. Listamos abaixo os seis mais pontuais:

1 – Adaptação equivocada

Não é o negócio que deve ser adaptado ao ponto escolhido e sim escolher o ponto que seja adequado a ele. Muitos empreendedores descobrem um ponto, mas que não se encaixa as expectativas da empresa e para não continuar procurando mais, acaba tentando fazer modificações estruturais no seu projeto.

2 – Fechar o ponto por ansiedade

A vontade de começar logo o seu negócio pode acabar fazendo com que tome uma decisão precipitada sobre a escolha do ponto. É preciso ter pelo menos quatro opções para que seja avaliada a melhor. Com apenas um local a disposição, não há escolha, não é possível nenhum tipo de barganha. Para fechar o local é preciso ter muita consciência, poder de articulação e saber negociar valores e outras questões.

3 – Depender de uma pessoa

Expanda as oportunidades de encontrar o melhor ponto, busque mais pessoas ou empresas para lhe fornecer indicações. Depender apenas de uma pode demorar muito mais e não ter uma boa gama de opções diferenciadas para análise.

4 – Só pensar nos custos

Não é só o custo do aluguel que deve ser considerado ao fechar um ponto comercial. Muitas vezes um aluguel barato acaba tornando o negócio muito mais caro de acordo com a estrutura ao redor. É preciso avaliar os meios e benefícios que o local tem para oferecer, para então conferir se vale ou não a pena investir em algo mais caro.

5 – Não pensar no cliente

Sem a presença do cliente, o negócio não vai caminhar. Portanto, é preciso saber como ele vai chegar ao local e essa avaliação parte da consciência do que se trata o seu negócio. Se ele atrai o cliente através de seu visual e letreiros, como são as lanchonetes, ele é um negócio de passagem.

Mas se faz o cliente se deslocar até o local especialmente para usufruir do produto ou serviço, ele é um negócio de destino. Quando o negócio é de passagem, ele depende de um fluxo mais alto de pessoas circulando. Nos de destino, é necessária uma melhor infraestrutura para que o cliente possa chegar, como estacionamento e condução.

6 – Ouvir os vizinhos

Os vizinhos são ótimos para demonstrar se há falhas no local e também suas vantagens. Procure se informar com eles sobre os detalhes da região, antes de tomar sua decisão.

Guia de Gestão Estratégia

Conheça o eGestor, o sistema de gestão empresarial totalmente fácil e online para a sua mico ou pequena empresa!

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em http://www.egestor.com.br