Controlar o estoque do seu negócio é algo imprescindível para um bom feedback do seu cliente. Uma boa gestão evita atrasos e proporciona segurança e garantia para sua loja virtual. Como você gerencia o seu estoque on-line? Para não correr o risco de comprometer a imagem da sua loja virtual, leia este texto que fizemos para você administrar melhor seu negócio e, principalmente, o estoque do seu empreendimento.

Quando o estoque de uma loja virtual não é bem executado, pode acontecer de o produto acabar e você só perceber após o cliente realizar a compra. Para evitar dor de cabeça, atrasos e perda da confiabilidade, fazer uma análise do seu negócio é um passo fundamental para definir a melhor forma de gerenciar o estoque. Para tal, é necessário conhecer todas as informações possíveis da sua empresa e como ela funciona, além de ter boas noções do público e do tipo de produto que é comercializado. Tudo isso vai influenciar de forma direta no método de gestão do estoque, juntamente com a estimativa do orçamento e o volume ocupado pelas mercadorias.

Dessa maneira, há três sistemas principais para que as lojas virtuais gerenciem o estoque em alto nível. São elas: o drop shipping, o estoque tradicional e o estoque compartilhado. Que tal saber mais acerca de cada uma dessas opções e ver o que é mais adequado para o seu caso? Veja também outras primorosas dicas para ter uma excelente gestão de estoque on-line!

Planilha de controle de estoque gratuita para download

Drop shipping

Drop shipping é o mesmo que “depósito vazio”. Isso significa que algumas lojas virtuais acham melhor não manter estoque. Dessa forma, elas compram o produto de acordo com a demanda. Tal estratégia é muito utilizada pelos empreendedores que não possuem capital para investir na estocagem, pois, assim, eles fazem a compra dos produtos conforme as demandas aparecem.

Estoque tradicional

Geralmente, quem prefere esse tipo de estoque é o empreendedor que possui uma maior demanda pelos seus produtos. Para tal, é primordial ter um espaço físico adequado para armazenar e manter as mercadorias, além do controle necessário para manter em ordem e ter um acompanhamento mais próximo do negócio.

A vantagem é que não é necessário um fornecedor terceirizado, além de ter produtos para pronta entrega. Já o ponto negativo é a possibilidade de estoque excedente, que pode causar perdas consideráveis para os lojistas. Dessa forma, é muito importante automatizar essa gestão, conectando-a com a plataforma virtual de sua preferência para assegurar um controle melhor.

Estoque compartilhado

Muito comum entre empreendedores que têm uma loja física, mas que também realizam vendas on-line, esse estoque abastece as duas formas de loja. Tal maneira de estocagem é interessante, visto que você tem acesso às duas plataformas de venda com somente um custo de armazenagem. No entanto, a desvantagem é o fato de requerer muita exatidão na administração, pois controlar dois tipos de loja ao mesmo tempo pode gerar confusão.

Para facilitar o gerenciamento, a automação também serve para simplificar a administração das duas lojas. Por exemplo, é possível, em tempo real, fazer o fluxo de venda da loja on-line de um produto comprado na loja física, ou o contrário.

Para o empreendedor não cometer nenhum equívoco no que diz respeito ao estoque, separamos algumas outras dicas:

Controle rígido dos produtos

Registrar todos os produtos disponíveis no estoque, incluindo suas movimentações de entrada e saída, é fundamental. Desse modo, tem-se a noção dos produtos que precisam ser reabastecidos ou vendidos, evitando a falta ou excesso de mercadoria. Para facilitar esse registro, há a opção de utilizar planilhas de Excel, softwares específicos para a área de logística, ou até mesmo anotar no papel (apesar de ser mais demorado e cansativo). O modo como você vai registrar vai depender do tamanho da sua loja, demanda etc. Quanto maior for a quantidade de produtos estocados, maior também deverá ser o controle.

Uma boa dica é segmentar os produtos por categorias, cores ou de alguma outra forma, do modo que o empreendedor preferir, além de identificar cada um deles por meio de códigos. Tudo isso simplificará o processo e facilitará a localização de cada mercadoria. O mais importante é manter registros das transações sempre que possível, sendo o ideal registrar semanalmente.

Mapeamento do fluxo

Estabelecer uma rotina para atualizar as ferramentas de controle e registro é essencial para o sucesso da sua loja virtual. Dessa maneira, é necessário saber quais produtos vendem mais ou menos, além de ter uma noção clara da frequência de reposição das mercadorias. Para analisar todos esses dados e fazer decisões importantes para a loja, é fundamental a averiguação do histórico de vendas. No histórico constará toda a movimentação, registro indispensável para o empreendedor conseguir abastecer melhor o estoque da sua loja virtual.

Alguns sistemas específicos para o controle de estoque conseguem até mesmo enviar alertas quando for a hora de repor algum produto. É essencial que esse planejamento leve em conta a previsão de crescimento do seu negócio.

Também é muito importante diferenciar os períodos de datas comemorativas, como Dia dos Namorados, Dia das Mães e Natal. Assim, será possível prever a saída de produtos específicos para melhorar o controle e atender a demanda sem ser pego de surpresa por vendas sazonais.

Conte com fornecedores confiáveis

Contar com fornecedores de confiança é o segredo para nunca passar aperto quando o produto acabar. Todo o controle rígido e mapeamento de fluxo feito anteriormente não adianta nada se o fornecedor atrasar suas encomendas. Além do mais, um bom fornecedor é aquele que verifica a qualidade do produto antes de entregar e não falta com os compromissos comerciais. Dessa maneira, procure sempre por fornecedores que possuem boas referências e nos quais você pode confiar. Sempre que for trocar de profissional, faça um teste com ele antes, evitando problemas futuros.

É imprescindível que o fornecedor trabalhe em sincronia com o empreendedor, de modo a não ficar na mão durante o gerenciamento da loja virtual. Além do mais, o cliente não aceitará as desculpas pelo atraso da compra que ele realizou.

Garantir um bom gerenciamento do estoque não é tão difícil quanto parece, mas exige um ótimo planejamento e trabalho cotidiano de controle, focando o fluxo de vendas e seu mapeamento. Os resultados de uma boa gestão da maneira de estocagem são muito positivos. E você, como faz a gestão de estoque em seu negócio? Compartilhe conosco as suas dicas!

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em http://www.egestor.com.br
Cadastro

Deixar um comentário