Em meio a mercados extremamente competitivos e saturados, as empresas precisam buscar alternativas e estratégias que as diferenciem da concorrência. Nesse contexto, o marketing sensorial tem se destacado como uma solução eficiente e que gera ótimos resultados, principalmente nos pontos de venda.  

Acostumadas a trabalhar de forma racional em seus planejamentos, muitas companhias se esquecem que o emocional, os gatilhos mentais e as sensações são fatores cruciais e que podem despertar o interesse do público.

Portanto, uma estratégia que envolve o marketing sensorial não apenas conquista e fideliza os clientes, como também constrói um relacionamento muito mais forte. Por isso, é importante trabalhar com todos os sentidos do público para atrair, converter e reter os consumidores. 

Ficou interessado no assunto e quer descobrir como aumentar as suas vendas? Então, acompanhe este conteúdo completo que preparamos sobre marketing sensorial. Leia com atenção e aplique em seu negócio.

Olfato: desperta desejo e traz lembrança

Para que você comece a entender a importância do marketing sensorial, investir no olfato pode ser um bom começo. Afinal de contas, cheiros, fragrâncias e perfumes despertam sensações, lembranças e sentimentos no público.

Dessa maneira, os diferentes aromas utilizados em seu ambiente de vendas podem servir como fator de associação de marca, reforçando a sua imagem e seu conceito junto aos consumidores. 

Empresas que trabalham com alimentos; lanchonetes, cafés e restaurantes, utilizam muito este sentido. O objetivo é fisgar o cliente, mantê-lo mais tempo em seu ambiente, despertar o apetite e trazer boas sensações. 

Essa técnica pode ser utilizada por empresas de inúmeros segmentos. Basta proporcionar uma experiência agradável e inesquecível ao seu público. 

Paladar: retém os clientes

Não são apenas os restaurantes que podem agradar o paladar do público, pois existem inúmeros momentos para estimular a vontade de comer e diversos sabores para satisfazer as preferências de cada consumidor. 

Ao mesmo tempo, se os clientes chegarem em sua loja e estiverem com fome, certamente eles não vão perder muito tempo e logo irão embora. Entretanto, se os seus funcionários oferecerem distrações gustativas como biscoitos, chá ou café, eles se sentirão mais confortáveis e as chances de continuar no lugar por mais tempo serão bem maiores.

O paladar também pode ser estimulado em momentos de espera, quando as pessoas costumam ficar ansiosas e, muitas vezes, até impacientes. Nesse caso, um salão de beleza e uma clínica, por exemplo, podem deixar à disposição ou servir aos seus clientes alguns petiscos.

Sendo assim, basta usar a criatividade em seu negócio para conquistar o público pelo sabor e textura de variados alimentos e bebidas.   

Tato: provoca diferentes sensações

O tato é também um dos sentidos que podem proporcionar experiências incríveis e inesquecíveis, auxiliando as vendas e o lucro de inúmeras empresas. 

Diretamente relacionado ao conforto e ao bem-estar, esse sentido pode ser utilizado para manter o consumidor em seu ponto de vendas por mais tempo. Ter um ambiente que proporcione conforto, com espaço adequado, assentos ergonômicos e aconchegantes, pode ser um grande diferencial, que provavelmente fará os clientes retornarem mais vezes.

Além disso, também é possível incitar o público a tocar, manipular e utilizar os produtos no ponto comercial. É uma experiência simples, mas que pode fazer toda a diferença na hora da compra. 

Segmentos como maquiagem, cosméticos e têxtil, cujos produtos têm contato direto com a pele, podem criar diversas experiências sensoriais para entreter, atrair os consumidores e ampliar as suas vendas.   

Visão: permite maior lembrança e reconhecimento de marca

Sem dúvidas, a visão é o sentido com que as marcas mais se preocupam. E não é difícil explicar; os seres humanos são facilmente atraídos pelo visual, pela beleza e pelo design. 

Grandes exemplos são as belíssimas fachadas que encontramos espalhadas por todos os cantos, as inúmeras vitrines atraentes e personalizadas em shoppings e galerias, além de todo o layout, cores, imagens e desenhos presentes no interior das lojas. 

Entretanto, pode ser bastante complicado se destacar visualmente em meio a tanta exposição e informação. Por isso, é importante criar uma identidade visual que seja diferente, facilmente reconhecida pelos seus clientes e que transmita a sua essência.

Somente quando o visual é pensado em conjunto, em meio a uma estratégia, é que esse sentido é realmente despertado nos consumidores.   

Audição: gera atenção e associação

Por último, vamos ressaltar a importância de trabalhar a audição e utilizá-la para agradar e conquistar mais clientes. Ao estimular esse sentido, é preciso conhecer exatamente o perfil do seu público-alvo e as suas preferências musicais.

Uma playlist com músicas mais modernas e atuais pode cair muito bem em uma loja de roupas voltada para jovens. Entretanto, um restaurante tradicional, cujos clientes são pessoas com mais idade e poder aquisitivo elevado, sons clássicos e antigos podem funcionar muito melhor.

Também é importante deixar o volume adequado, para que as pessoas consigam aproveitar o lugar e conversar sem alterar o tom de voz. Ao mesmo tempo em que proporciona um ambiente mais agradável, sons muito elevados ou fora de contexto podem afastar os clientes.

Então, ao estimular a audição das pessoas corretamente, você pode fazer com que alguma trilha ou música fique diretamente associada ao seu negócio. E sempre que ouvi-la, as pessoas se lembrarão facilmente de você.

Marketing sensorial: trabalhe com todos os sentidos

Entender o marketing sensorial e aplicá-lo ao seu negócio amplia muito as suas chances de vendas. Mas ele será muito mais efetivo se você souber utilizar os sentidos de forma conjunta, aplicando-os em todas as etapas da jornada de compra dos consumidores.

No caso de uma lanchonete, por exemplo, o visual e a audição podem funcionar muito bem para atrair o público e fazer as pessoas entrarem no estabelecimento. Já o tato e o olfato podem fazer com que os consumidores continuem no lugar e escolham algo no cardápio. Mas somente o sabor fará com que eles realmente voltem mais vezes. 

Sendo assim, é preciso pensar em como aplicar o marketing sensorial corretamente ao seu negócio para aumentar as vendas, proporcionando experiências agradáveis aos clientes desde o primeiro contato. 

Gostou do artigo e percebeu como essas dicas podem auxiliar o seu faturamento? Então não deixe de aplicá-las em seu negócio. Para finalizar, é importante ressaltar que todo esse trabalho sensorial no ponto de vendas pode começar também com uma ativação pela internet ou pelas plataformas digitais, proporcionando uma experiência em diversos pontos de comunicação.

Quer saber mais sobre marketing sensorial e outros temas para melhorar a experiência do sue consumidor? Então, curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de mais assuntos como esse.

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em http://www.egestor.com.br