Como atrair investimento para uma startup?

Para tirar uma excelente ideia de startup do papel e transformá-la em um negócio concreto e consistente, é preciso que o empreendedor consiga recursos para a contratação de mão de obra adequada e a montagem de uma boa infraestrutura. É por isso que o sucesso da empresa não depende apenas da competência de seus gestores ou dos talentos de sua equipe, mas também de como as etapas de seu projeto são elaboradas. Então não perca mais tempo e descubra já o que você pode fazer para atrair investimento para sua startup:

Crie um pitch bem estruturado

O pitch é uma metodologia de apresentação de ideias, que as exibe de forma sumária e em poucos minutos, com o objetivo de atrair a atenção das pessoas para aquilo que está sendo mostrado — que pode ser uma mercadoria, um serviço ou uma nova ideia de negócio. A apresentação poderá ser apenas verbal, mas o ideal é que venha acompanhada de imagens ou até mesmo de um protótipo do produto enquadrado.

Deve-se indicar com clareza, por meio dessa ferramenta, qual é a oportunidade de negócio, em que mercado irá atuar, qual a solução oferecida, os diferenciais que a destacam dos possíveis concorrentes e qual seria o valor do investimento sendo buscado, além de como o capital seria utilizado. Nesse ponto, o proprietário do negócio será capaz de se apresentar a investidores-anjo, bancos, financeiras e corporações aceleradoras.

Guia de Gestão Estratégia

Seja claro e mostre algo sólido

O empreendedor, quando for se apresentar a pessoas que possam se interessar pelo negócio, precisa ser objetivo e bastante evidente sobre as minúcias relacionadas à sua ideia. Para alcançar mais credibilidade, é conveniente municiar-se de dados e números coerentes, precisos e legítimos, a fim de servirem de material de conquista e simpatia para que mais pessoas se disponibilizem a investir. Se alguém for fisgado, outras reuniões, a partir desse encontro inicial, certamente serão agendadas.

Demonstre que entende do negócio

O investimento na empresa pode ter seu momento inicial aí, mas a concentração de energia nos conhecimentos de mercado e da atividade, demandas permanentes do dono do negócio, devem ser investimentos sempre muito bem cuidados. Por isso, para que os investidores se sintam mais seguros na transação, é preciso mostrar projeções realistas e demonstrar capacidade de execução qualificada do projeto.

Exponha sua confiança e experiência

Mesmo interessado na ideia do novo negócio apresentada, o investidor — seja uma pessoa física ou o gerente de uma instituição financeira ou empresa — vai observar atentamente o proponente, a fim de fazer uma avaliação de suas habilidades, experiência de mercado e seu potencial para inovar, persistir e empreender. É relevante, portanto, demonstrar confiança no potencial do negócio e no próprio potencial, sem oscilar, e comprovar sua boa preparação para tirar a ideia do papel.

E você, como vem amadurecendo suas ideias? Já está confiante o suficiente para apresentá-las a possíveis investidores? Conte-nos sobre sua experiência durante o processo! E se ficou com alguma dúvida ou tem uma sugestão, comente aqui e compartilhe conosco suas opiniões!

Conheça o eGestor, um software online para gestão de micro e pequenas empresas.

Ebook Crescimento Empresarial

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br