Mais da metade da população brasileira está conectada à internet. O Brasil é o 5° país no mundo em quantidade de usuários da web. A rede é um ambiente promissor para alavancar as vendas e conquistar mais espaço no mercado nacional e até no exterior.

Para isso, é importante conhecer e saber utilizar as ferramentas certas em estratégias de marketing digital. Neste artigo, apresentamos alguns caminhos para a sua empresa conquistar uma posição de destaque na web e alcançar um número maior de clientes.

Conheça os caminhos que levam a sua empresa a aparecer em destaque no site do Google. Potencialize suas campanhas publicitárias com o Google Adwords e o Facebook Ads. Aprenda a utilizar o e-mail marketing para divulgar a sua empresa e promover ofertas de produtos e serviços.

Conquiste as melhores posições no Google através do SEO

O que você faz quando deseja encontrar informações na internet? Usa o Google, não é? Assim como você, milhões de usuários da web, no mundo todo, fazem a mesma coisa. O Google é o maior site de buscas da internet. Não localizar uma empresa através do Google é a mesma coisa que dizer “esta empresa não existe”. E a maioria dos internautas não passa da segunda página para conferir os resultados da busca. Partem logo para os sites relacionados na primeira página, priorizando aqueles que estão no topo da lista ou destacados.

Como melhorar o posicionamento do site ou da loja virtual? O Google funciona como uma grande biblioteca. Os conteúdos disponibilizados na internet são catalogados pelo Google e encontrados através de palavras chaves.

Por que alguns sites são localizados com mais facilidade? Porque os desenvolvedores seguiram parâmetros para otimizá-los em motores de busca, como o SEO (Search Engine Optimization) do Google. Outro fator importante é a relevância do conteúdo para o público. Quando o portal é construído conforme os critérios de busca do Google, acaba sendo localizado mais rápido pelos chamados “crawlers”, os robôs que fazem as pesquisas na internet. O conteúdo rastreado por esses robôs é armazenado na central de dados do Google.

O Google utiliza mais de 250 fatores para rastrear, catalogar e indexar páginas. O trabalho do SEO é divido em três categorias. A categoria ON PAGE prioriza a relevância do conteúdo através do uso de palavras-chave, otimização de imagens, meta description, entre outros critérios.

A estratégia OFF PAGE foca a geração de tráfego através de outros sites. O SEO Social valoriza a presença do site em redes sociais e compartilhamento de conteúdo. Com as mídias sociais, a empresa ganha mais visibilidade na internet e, consequentemente, melhora seu posicionamento no site do Google.

Conheça o eGestor, um software online para gestão de pequenas empresas.
Controle Financeiro, Estoque, Vendas e Nota Fiscal Eletrônica.

Conteúdo relevante é essencial

Diz a sabedoria popular que “quem vê cara, não vê coração”. Podemos aplicar este ditado ao Google. O visual do site pode chamar a atenção dos internautas. Mas se conteúdo for ruim os visitantes abandonam o site e iniciam novas pesquisas.

Então, como você pode gerar conteúdos relevantes? A arquitetura e a acessibilidade do site devem ser bem estruturadas para facilitar a navegação. Porém, somente isto não basta. O site tem que oferecer bons conteúdos para conquistar a preferência dos internautas. Quanto melhor o conteúdo, mais tempo o usuário passará em seu site. O crescimento da audiência e das conversões tem um impacto positivo para o site da empresa.

Link Building

O Google utiliza o Page Rank, um algoritmo que registra os votos de cada página na internet. Um site com muitos acessos, referenciado e compartilhado por outros, terá mais condições para obter melhor posicionamento no Google, pois a linkagem externa resultará em mais votos contabilizados pelo Google. A linkagem interna ocorre quando uma página faz referência a outra página do mesmo site. Outro mecanismo importante para o Link Building é o texto âncora com palavras-chave utilizadas em links do site.

A plataforma que oferece suporte ao SEO possui funcionalidades que otimizam o site. Você sabe quais são?

  • Meta tags: São comandos que informam ao Google o título do conteúdo (meta title) e o resumo do conteúdo da página (meta description).
  • Heading tags: Indica conteúdos mais importantes da página ou de cada parágrafo do texto.
  • Robots.txt: Arquivo armazenado na raiz do site, indicando quais páginas do site não devem ser indexadas, tais como a área de administração.
  • Sitemap.xml: Arquivo armazenado na raiz do site tem a função de informar aos robôs quais páginas devem ser indexadas hierarquicamente.
  • SEO nas imagens: Para que imagens sejam rastreadas pelos robôs é necessário agregar alguma mensagem. Ao salvar imagens no computador use palavras-chave para nomear os arquivos. Isto facilita a indexação pelo Google.
  • URL amigável: A URL é o endereço das páginas do site. Portanto, introduza palavras estratégicas nas páginas do site para otimizar a indexação. Exemplo: www.minhaempresa.com.br/comunicao-estrategica.
  • Página 404: O erro 404 é uma funcionalidade da plataforma indicando que a página foi excluída. Assim, o Google e os próprios usuários do site farão uma nova busca.
  • Redirecionamentos 301: Este é código é necessário para direcionar o usuário para o novo endereço da página sempre que os links são alterados.

Guia de Otimização de Processos

Fatores que prejudicam o trabalho de SEO

A mesma atenção dispensada aos fatores que otimizam conteúdos para o SEO deve ser dada aos fatores que atrapalham o rastreamento e indexação de páginas através dos robôs do Google. Veja abaixo algumas ações negativas que comprometem os objetivos do projeto de sua empresa:

  • Conteúdo duplicado: Conteúdo semelhante nas páginas do site ou informações copiadas de outros sites prejudicam a busca e indexação.
  • Tecnologia em Flash: Os robôs do Google não leem áreas desenvolvidas em flash. Flash é uma tecnologia utilizada para criar efeitos em animações e objetos em movimento.
  • Palavras-chave incorretas: Como a busca é realizada através de palavra-chave é fundamental escolher as mais apropriadas. Coloque-se no lugar do usuário e pense quais palavras-chave contribuem para melhorar o posicionamento do site.
  • Blackhat: são técnicas fraudulentas para atrair mais visitantes ao site. O Google consegue identifica-las e pode retirar o site dos resultados de busca. Por isso, confie o desenvolvimento de seu site a profissionais éticos.

O Google oferece outras ferramentas que otimizam o trabalho de SEO. O Google Webmasters Tools indica palavras-chave e identifica erros. O Google Analytics é usado para métricas e mensurações. Keywords tool, acoplada ao Google Adwords, ajuda a escolher as palavras-chave, principalmente em campanhas de links patrocinados. O Google Trends serve para analisar conteúdos mais pesquisados em determinados temas.

Não esqueça: a relevância do conteúdo e palavras-chave estratégicas otimizam o posicionamento de sua empresa no site do Google.

Baixe aqui o guia completo para micro e pequenas empresas que desejam melhorar o desempenho através de estratégias de sucesso

Como funciona o Google Adwords

Certamente, em pesquisas no site do Google, você deve ter visto diversos anúncios de empresas, que aparecem no topo da página e na barra lateral à direita da página de resultados. A publicidade inserida no site do Google é desenvolvida através do Google Adwords.

O Google Adwords possibilita a criação de anúncios de sua empresa, produtos e serviços. Com esta ferramenta, os anúncios obtêm maior destaque na página do buscador. Como o Google Adwords funciona através de um leilão de palavras-chave, é importante compreender o sistema de lances e, principalmente, conhecer os recursos disponíveis para a escolha certa de palavras-chave.

Os principais fatores que influenciam o leilão de anúncios no Google Adwords são o lance, a qualidade do anúncio e os resultados das extensões de anúncio e de outros formatos de anúncio. O lance é o valor máximo que você quer pagar por cada clique no anúncio. É possível alterar o valor do lance a qualquer momento. O Google Adwords também avalia a qualidade dos anúncios e do site da empresa. O parâmetro é o Índice de Qualidade. Você pode acompanhar o desempenho da campanha e fazer os ajustes necessários.

Ao criar um anúncio, você pode adicionar informações como número de telefone ou links para outras páginas. Isto se chama extensões do anúncio. Na prática, o seu anúncio pode ficar melhor posicionado mesmo que os lances dos concorrentes sejam maiores que o seu.

Como definir o orçamento

A empresa decide o valor do investimento. O Google Adwards oferece as opções para formatar o orçamento da campanha. Veja os modelos utilizados:

  •  Custo por Cliente (CPC): O anunciante paga por cada clique no anúncio
  • Custo por mil impressões (CPM): O método é utilizado em campanhas segmentadas através da rede de displays. É possível escolher em quais canais os anúncios serão publicados. O custo é gerado a cada mil visualizações.
  • Custo por aquisições (CPA): Indicado para campanhas focada em conversões – vendas diretas, assinaturas de newsletter, downloads de materiais como e-books, preenchimento de formulários, etc.

Como escolher a palavra-chave

Escolher as melhores palavras-chave para as campanhas publicitárias é essencial. O Google Adwords oferece recursos que ajudam na identificação de palavras-chave para aumentar os lances e, assim, conseguir mais cliques; ou lances menores para reduzir custos.

Com o Simulador de Lances, você analisa cenários. Por exemplo, você pode verificar quantas impressões a mais conseguiria se aumentasse o lance em R$ 0,10. Esta ferramenta possibilita a análise de lances mais adequados às metas da campanha e ao orçamento da empresa.

Utilizando o CPC otimizado, você encontra leilões de anúncios com maiores chances de vendas. Este sistema consegue aumentar o lance máximo de CPC em até 30% melhorando o grau de competitividade de seus anúncios. Na contramão, se o CPC otimizado identificar leilões de baixa qualidade, o lance poderá ser reduzido em até 100%. Com este modelo você pode obter mais vendas e conversões.

O sistema também possibilita o acompanhamento de conversões, mostrando quais palavras-chave impulsionam as ações dos clientes. Com estes dados, fica mais fácil decidir se você deve aumentar o CPC máximo para as palavras-chave com melhor desempenho ou reduzi-lo quando identificar um nível baixo de oportunidades.

Com as estimativas de lance é possível saber qual o valor ideal do lance para exibir o anúncio na primeira página dos resultados de busca no Google. O simulador ainda mostra o valor necessário para colocar o anúncio nas primeiras posições da lista, na primeira página.

Defina a estratégia da campanha

Planejamento é fundamental para o sucesso da campanha. Cada ação exige uma estratégia diferenciada. Por isso, é necessário definir as metas. Se o objetivo é gerar tráfego para o site, a quantidade de cliques é importante. Então você pode optar por lances contabilizados pelo número de cliques, ou seja, o valor a ser cobrado será definido pelo CPC – custo por clique.

Para aumentar o reconhecimento da marca, o orçamento da campanha pode ser definido através do custo por mil impressões (quantidade de visualizações do anúncio), sem necessariamente direcionar o usuário ao site da empresa. O custo por mil impressões visíveis (CPM) garante o destaque de mensagens aos clientes.

Agora se a proposta da campanha é estimular uma ação direta no site, escolha o lance de custo por aquisição (CPA). Este modelo é ideal para campanhas focadas em conversões.

Vantagens do Google Adwords

Com esta ferramenta, é possível direcionar as campanhas publicitárias a públicos específicos. Para alcançar melhores resultados com a segmentação, existe a opção de enviar os anúncios em períodos em que o público-alvo realiza pesquisas na internet.

O Índice de Qualidade do Google Adwords avalia os fatores que ajudam a melhorar o posicionamento do anúncio. São eles:

  • Taxas de Cliques (CTR): Quantidade de cliques no anúncio em relação ao número de visualizações. Quando o volume de cliques é maior que o fluxo de visualizações, a campanha está na direção certa.
  • Página de Destino: A qualidade da página é importante para promover o anúncio
  • Palavra-chave: Pesquisas no Google estão ligadas a palavras-chave. Portanto, a escolha de palavras-chave é fundamental para o sucesso da campanha.
  • Desempenho Gráfico: O resultado da campanha é avaliado pelo Google em cada local ou região definida na segmentação do público-alvo.
  • Dispositivos Segmentados: A análise é feita com base nos dispositivos (smartphones, notebooks, etc) relacionados na segmentação.

Formato de anúncios

Na página de pesquisa do Google, os anúncios são inseridos no topo e lateral à direita da página de resultados. Em destaque surgem os anúncios com mais qualidade e maiores lances. No topo superior da página estão os anúncios melhor classificados. Na lateral da página é a área com maior quantidade de propagandas.

Com uma conta no Google Adwords você consegue gerenciar várias campanhas. E uma campanha pode ser incluída em dois ou mais grupos de anúncios. E você poderá escolher diversas palavras-chave para cada anúncio. Veja abaixo os tipos de campanhas que você pode criar no Google Adwords:

  • Rede de pesquisa: Anúncios aparecem em redes de pesquisa do Google, como Google Play, Google Shopping, Google Maps
  • Rede de display: A rede de displays é formada por sites parceiros do Google, que oferecem espaço para publicação de anúncios gerados pelo Google AdWords. Funciona através de um programa de afiliados conhecido como Google AdSenses.
  • Pesquisa com exibição em display: Anúncios são encontrados em redes de pesquisa e de display
  • Anúncios de textos: Populares em redes de conteúdo
  • Anúncios gráficos: Publicados em sites parceiros do Google
  • Anúncios em vídeos: Comuns em ações de branding (processo de criação e administração de marcas, bem como o reposicionamento de marcas que passam por dificuldades)
  • Anúncios Mobile: São anúncios elaborados com textos e imagens, visualizados em smartphones e outras telas menores.

Remarketing com o Google AdWords

O remarketing é uma poderosa ferramenta do Google AdWords, baseada nos interesses dos usuários. Quando um visitante acessa o site de sua empresa, o Google Adwords cria um cookie de identificação deste usuário. Sempre que esta pessoa acessar outros sites e blogs os anúncios de sua empresa serão exibidos nestas páginas.

Percebe como é importante utilizar o Google AdWords para potencializar o marketing digital da empresa? De tanto ver os anúncios de sua empresa, em algum momento a pessoa terá interesse em conhecer melhor o site e os produtos oferecidos. Além disso, a marca fica grava na memória e será lembrada sempre que o usuário precisar pesquisar produtos e serviços de empresas como a sua.

Google Adwords passo a passo

  • Criação da conta: A primeira etapa é a criação de uma conta no Adwords, que ficará visível na página inicial para facilitar o acesso. Para criar a sua conta, acesse https://adwords.google.com. Você precisa ter um e-mail do Google para utilizar o Adwords.
  • Definição da campanha: Os campos a serem preenchidos são o nome da campanha, redes de pesquisa e/ou redes de displays; em quais dispositivos a campanha deverá ser visualizada; delimitação de locais e regiões e idioma.
  • Grupo de anúncios: A estrutura do anúncio é padronizada com uma linha para o título, duas para a descrição e linhas para incluir a URL de visualização e destino. O título deve ser curto e objetivo. Importante usar palavras-chave para otimizar a publicação. A descrição deve chamar a atenção para o que está sendo anunciado. Na URL de visualização deve ser inserido o endereço que ficará disponível para a visualização. A URL de destino contém o endereço da página para a qual o usuário que clicar no anúncio será direcionado.
  • Palavras-chave: O Google sugere a utilização de 10 a 20 palavras-chave. Existe uma ferramenta chamada Planejador de Palavras-Chave, acessada pelo painel do Adwords. É importante escolher os termos certos para garantir que as pessoas cheguem ao anúncio.
  • Gerenciamento de anúncios: É importante monitorar os resultados das campanhas: quantidade de cliques, impressões.

O Google Adwords pode dar um grande impulso aos negócios de sua empresa. Para aproveitar melhor os recursos oferecidos pelo site, analise bem as funcionalidades do sistema, planeje a campanha, faça simulações de lances e de palavras-chave mais promissoras para seus anúncios.

Personalize a promoção de seus negócios através do e-mail marketing

O e-mail marketing é uma ferramenta estratégica para ações de marketing. O e-mail marketing 1.0 prioriza a quantidade de mensagens enviadas ao grupo de contatos. O formato ainda é utilizado por lojas virtuais que encaminham ao mailing promoções e informações institucionais.

Mas este modelo evolui para o formato 2.0. O e-mail marketing 2.0 prioriza a segmentação e a personalização de conteúdo para aumentar a taxa de conversão e o engajamento. Este formato permite o melhor direcionamento das campanhas publicitárias e conteúdo. O e-mail marketing tem que despertar o interesse dos destinatários, caso contrário ficará esquecido na caixa de entrada do endereço eletrônico dos clientes.

Eficiência do e-mail marketing

O sucesso da campanha realizada através do e-mail marketing é mensurada pela taxa de conversão – quantas pessoas abrem o conteúdo e a quantidade de cliques que levaram o usuário ao site ou loja virtual da empresa. No campo remetente, inclua o nome da empresa. No campo assunto, escolha uma informação que chame a atenção da pessoa que recebeu o e-mail.

Não compre lista de e-mails para ações segmentadas de marketing. Para ampliar a base de contatos inclua no site ou da loja virtual um formulário de assinatura. Dessa forma, o cliente é quem disposto a receber os e-mails da empresa. Também é possível incluir novos e-mails através do contato direto com o cliente, compras e outras solicitações online. Muitas empresas estão utilizando blog como meio para obter mais assinaturas. Alie conteúdo de qualidade com promoções comerciais.

Não transforme o e-mail marketing em SPAM

Outro problema que prejudica uma campanha de e-mail marketing é o SPAM. Correios eletrônicos possuem filtros AntiSpam, fora os mecanismos que identificam conteúdos infectado com vírus. E-mails com fontes enormes ou muito pequenas, palavras acentuadas, caracteres incomuns, espaçamentos nas palavras, termos como grátis e compre agora, imagens sem conteúdo, excesso de cores, palavras escritas com letras maiúsculas prejudicam a qualidade do e-mail marketing.

Uma estratégia interessante para o primeiro contato é o e-mail de boas-vindas, através do qual você apresenta as informações mais relevantes da empresa, sem anúncios de produtos e serviços. Trate potenciais clientes com respeito e cortesia. Seja sutil em contatos realizados por e-mail e só envie material de qualidade.

Aplique o CTA (Call To Action) no e-mail marketing. O CTA são áreas a serem clicadas como links, clique aqui, saiba mais, continue lendo, formulários de inscrição, entre outras. O número de cliques mostrará a importância que o conteúdo enviado teve para o destinatário.

A maioria das pessoas acessa contas de e-mails através de smartphones e tablets, portanto o formato do e-mail marketing tem que estar adaptado a estes dispositivos. Para isso, as mensagens devem curtas e objetivas, pouca quantidade de imagens e o assunto da caixa de entrada deve ser bem interessante.

Como saber se o e-mail marketing está surtindo efeito? Para avaliar o resultado desse tipo de ação considere os seguintes fatores: aumento da base de contatos, quantidade de assinaturas canceladas, taxa de abertura de e-mails enviados, taxa de conversão, compartilhamento, quantidade de mensagens marcadas como spam e erros de envios (bounceback).

Para obter melhores resultados com o e-mail marketing, tenha sempre em mente que a melhor estratégia leva a uma maior taxa de abertura e de conversões. Siga as orientações técnicas à risca para evitar que o e-mail marketing da empresa seja confundido com um SPAM. A segmentação do mailing é necessária para direcionar as mensagens aos públicos certos.

Faça publicidade com o Facebook Ads

O Facebook é a rede social mais popular do mundo com mais de 1,5 bilhão de usuários. No Brasil, metade da população está conectada ao Facebook. Com um público desta magnitude, a sua empresa deve utilizar o Facebook em estratégias de marketing digital. O primeiro passo, claro, é criar uma página. Pelas regras do Facebook, o perfil é indicado para pessoas. Empresas devem criar uma página, uma fan page.

Depois de configurar a página, aproveite as oportunidades que o Facebook oferece para ações de marketing digital. Conteúdos de qualidade geram engajamentos e dão mais visibilidade da empresa no Facebook. Mas anúncios pagos também são necessários para fortalecer o marketing. No Facebook, você também pode investir em campanhas publicitárias, criando anúncios segmentados que serão automaticamente direcionados à área lateral da timeline dos usuários.

Com o Facebook Ads, a empresa poderá fazer anúncios de páginas, postagens patrocinadas, anúncios externos (exemplo: site, loja virtual, blog), história patrocinada e ofertas. Outras opções são os anúncios que motivam as pessoas a instalar o aplicativo da empresa e aqueles que atraem participações em seus eventos.

Você poderá impulsionar publicações que aparecem no Feed. O próprio Facebook faz sugestões sobre as publicações que tiveram o melhor desempenho. Ao impulsionar uma postagem você direciona o conteúdo a grupos específicos. Uma publicação patrocinada é limitada ao público que já curtiu a página. Este tipo de ação coloca a publicação em destaque no Feed de Notícias.

É possível segmentar o público por interesses, gênero, idade, lugares, relacionamento e até cargos ocupados. A quantidade de curtidas, comentários, compartilhamentos, visualizações de fotos e reproduções de vídeos mostram o grau de envolvimento com os anúncios feitos na página.

Custos do Facebook Ads

O valor a ser pago é definido da seguinte forma: custo por ação (CPA), custo por clique (CPC) e custo por mil impressões (CPM). O CPA é o valor médio a ser pago por cada ação do usuário. Porém, quanto maior for a interatividade menor será o valor a ser pagado.

Pelo método do CPC, a empresa define quanto quer pagar por cada clique no anúncio ou no botão curtir da Fan Page. O administrador pode selecionar automaticamente o valor desejado ou informar manualmente o preço. Ao optar pela forma do CPM, o anunciante pagará o valor indicado a cada mil visualizações (número de vezes que o anúncio foi exibido).

Como monitorar os resultados de campanhas realizadas através do Facebook Ads? As principais métricas são: melhores horários para as publicações, conteúdos com melhor performance, perfil do público, alcance das publicações da página. O Facebook Insights é uma ferramenta bem completa que possibilita fazer as mensurações das atividades realizadas na página da empresa.

Além disso, publicações realizadas através do Facebook podem ser compartilhadas em outra mídia social, o Instragram. A empresa pode incluir no Instagram imagens e vídeos de produtos e teasers de campanhas publicitárias.

Gostou deste artigo? Confira outros textos em nosso blog!

Conheça o eGestor, um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Controle Financeiro, Estoque, Vendas e Nota Fiscal Eletrônica.

Escrito por eGestor

O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas.
Teste gratuitamente em http://www.egestor.com.br