Feriados em 2020: Como se preparar e faturar mais

Existem diversas questões que divergem as opiniões dos empresários e trabalhadores. Uma das principais delas são os feriados. Muitos gostam porque é um dia de folga e muitos não gostam porque é um dia perdido. Mas não podemos negar que eles estão aí e que se deve planejar com antecedência para que esses dias não tragam prejuízo. 

Esse ano que entramos, ao contrário de 2019 em que a maioria deles foram finais de semana, possui 10 feriados em dias úteis, sendo 7 prolongados. E é por esse motivo que essas datas devem ser bem planejadas, seja para não haver despesas a mais, mas também para planejar ações ou promoções.

Calendário de feriados 2020

A tabela abaixo mostra as datas de cada feriado, seu respectivo motivo e o dia que o feriado acontece.

Data Motivo Dia da Semana
1° de Janeiro Confraternização universal Quarta-Feira
24 de Fevereiro Carnaval Segunda-Feira
10 de Abril Paixão de Cristo Sexta-Feira
12 de Abril Páscoa Domingo
21 de Abril Tiradentes Terça-Feira
1º de Maio Dia do Trabalho Sexta-Feira
11 de Junho Corpus Christi Quinta-Feira
7 de Setembro Independência do Brasil Segunda-Feira
12 de Outubro Nossa Senhora Aparecida Segunda-Feira
2 de Novembro Finados Segunda-Feira
15 de Novembro Proclamação da República Domingo
25 de Dezembro Natal Sexta-Feira

Também é importante se atentar a feriados que não são nacionais, que acontecem apenas na sua cidade ou estado. 

Dificuldades dos feriados em 2020

Feriados que caem em dia de semana sempre são uma dificuldade para a empresa. E, quando são prolongados, podem ser mais difíceis ainda.

O primeiro ponto a ser pensado é no trabalhador. O comércio, por exemplo, muitas vezes decide abrir as portas mesmo no feriado, porque esse é o dia que mais pessoas podem fazer compras.

Dessa forma, o funcionário deve trabalhar naquele dia, o que pode gerar muitas dúvidas. Entre essas dúvidas estão a remuneração referente a essas horas trabalhadas. É possível que essas horas entrem para um banco de horas ou sejam recompensadas financeiramente, por exemplo.

Banco de horas ou horas extras: qual a melhor opção?

Outra situação a ser considerada é o quanto a empresa deixa de vender nesse dia. É necessário calcular esses valores para que a empresa não fique no vermelho no final do mês. 

Mas também, se as portas serão abertas, é necessário calcular caso não haja nenhuma venda. Isso pode gerar um prejuízo maior para a empresa do que não abrir, uma vez que haverá gastos com funcionários e outros.

Oportunidades nos feriados de 2020

Feriados não necessariamente são prejudiciais. Muitas feriados são datas comemorativas que envolvem a compra de presentes, como o Natal e a Páscoa. E é aí que muitas empresas veem uma oportunidade de lucrar. 

Mas isso não quer dizer que você não deve se preparar também. Datas que envolvem muitas vendas significam que seu estoque deve estar preparado e que seus funcionários devem estar preparados. Mas isso não deve ser algo que impeça seu negócio de funcionar no dia.

Até datas e feriados que não envolvem a compra de presentes, ou algo que não tenha relação com a sua empresa, podem ser aproveitadas. Essas ações não necessariamente implicam vendas, mas uma ação de marketing ou um evento, por exemplo, pode trazer futuros clientes e ainda faz sua marca ser lembrada. 

Outras datas comemorativas

Existem no nosso calendário outras datas comemorativas que podem ser uma oportunidade para o negócio. São elas:

Data Motivo Dia da Semana
10 de Maio Dia das Mães Domingo
12 de Junho Dia dos Namorados Sexta-Feira
09 de Agosto Dia dos Pais Domingo
12 de Outubro Dia das Crianças Segunda-Feira
31 de Outubro Dia das bruxas (Halloween) Sábado
27 de Novembro Black Friday Sexta-Feira

Há também algumas datas que não são tão conhecidas ou tão comemoradas. Como o dia do professor (15 de Outubro) e o dia das mulheres (8 de Março).

Como garantir um bom feriado

A principal maneira de garantir que tanto o feriado como a data comemorativa vai dar certo, é se planejar. Portanto, aqui vão algumas dicas:

Estoque

Essa é uma das partes mais importantes do planejamento. Uma loja que não tem seu estoque preparado para uma época de grande quantidade de vendas, pode perder muitas oportunidades de venda. E, assim, acaba perdendo dinheiro. 

Para fazer esse controle de estoque antes do feriado, ou data comemorativa, é necessário pensar em alguns pontos:

Se seu negócio for do ramo alimentício, você deve pensar em como ficarão os alimentos durante o feriado caso ele não abra. Se abrir, deve-se ter um estoque pensado para mais vendas, uma vez que muitos do ramo não abrem.

Também é importante se atentar a datas comemorativas que possuem comidas típicas. Se um mercado não vende panetones no Natal, por exemplo, ele vai ficar pra trás. 

Caso sua empresa seja um comércio que não possui itens perecíveis, você não precisa se preocupar tanto em estar fechado no feriado. Mas, caso vá abrir e o mesmo seja uma data comemorativa, uma análise da quantidade de produtos vendidos na época e em geral, é muito bem-vinda. Uma das formas de medir isso é com a análise de Curva ABC.

Outro ponto importante no comércio é se assegurar com seus fornecedores. Assim, garantir a entrega de um produto com antecedência, faz com que você não tenha que procurar outro fornecedor, ou, até mesmo, deixar de vender um produto.

Indústrias do ramo alimentício devem ter a atenção redobrada tanto em feriados como em datas comemorativas. Por outro lado, indústrias com ritmo de produção não tão intenso, ou que não fabricam itens perecíveis, podem diminuir um pouco esse controle em feriados. Mas sempre lembrando que a produção deve seguir no mesmo ritmo e muitas vezes compensar o tempo perdido.

Financeiro

Tanto negócios que abrem em feriados e datas comemorativas como os que não, devem estar atentos ao fluxo de caixa. Estar aberto em um feriado que é uma data comemorativa no comércio, pode ser uma grande ideia. Entretanto, é preciso estar atento ao seu público. Assim, saber se ele estará na cidade, se realmente vai sair para fazer compras e outros pontos são importantes para não perder dinheiro.

Existem quatro variáveis para se avaliar. Se a empresa abrir as portas e não houver compras, ela terá prejuízo, se houver, ela pode ter lucro. Se ela estiver fechada e houver muita procura, ela perdeu de ganhar dinheiro, mas se estiver aberta, ela pode ter lucro. Assim, é realmente necessário entender seu público para não ficar no vermelho.

Outro ponto importante é estar atendo a pagamentos. Isso porque, quando um feriado é prolongado, é muito mais fácil esquecer de pagar algo. Isso pode fazer com que um valor que era pequeno, aumente muito devido aos juros. Então, atenção!

Equipe

Ter uma equipe treinada para picos de clientes em épocas de muito movimento é essencial. Eles devem saber a importância do bom atendimento nessas datas. Isso significa que eles devem estar atentos e buscar solucionar as demandas dos clientes com agilidade.

É importante, também, lembrar que o funcionário pode ter a escolha de trabalhar em um feriado ou não. Por isso, a empresa deve saber as regras para o mesmo e manter um banco de horas ou recompensar o funcionário pelo dia trabalhado.

Marketing

Campanhas de marketing em datas comemorativas podem ajudar muito a empresa. Mesmo que ela não seja do comércio, é possível aproveitar o momento para registrar a marca.

Mas fique atento! Elas podem trazer um resultado oposto ao esperado. Quando se tem uma data comemorativa que já é conhecida por ter muito movimento e uma campanha é criada, como uma promoção ou algo para chamar clientes, pode ser que o seu negócio não dê conta. 

Considerações finais

Apesar de algumas vezes pensarmos que feriados e datas comemorativas não são tão bons assim, eles podem ser de grande auxílio. 

Não esqueça que ter um planejamento é a melhor forma de garantir que você não terá prejuízo!

E então, como serão os feriados de 2020 na sua empresa?

Banner eGestor - Feriados

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br