lista de cfop - conheça os mais importantes

Veja abaixo uma lista de CFOP. O código CFOP é um dos importantes itens que compõem uma nota fiscal, sendo assim fundamental que se conheça a função do código e o modo de utilizá-lo na hora de preencher os documentos fiscais. A sigla significa Código Fiscal de Operações e Prestações, tendo diferentes números para as mais distintas operações de uma empresa, tanto para compra ou venda como contratação ou prestação de serviços.

Composto por quatro números, o código possui seis grupos distintos que reúnem mais de 500 combinações diferentes. Estes grupos são marcados pelo primeiro dígito da sequência numérica, e é também através do primeiro dígito que o Fisco pode se basear para saber a origem de cada serviço prestado para cada nota fiscal.

Os códigos iniciados em 1, 2 e 3 se referem a serviços ou produtos adquiridos por uma empresa. No entanto, as sequências iniciadas pelo número 1 são utilizadas para transações feitas dentro de um mesmo estado, enquanto as que se iniciam por 2 se referem a transações realizadas entre empresas de diferentes estados e as que começam pelo número 3 são utilizadas para indicar negociações com empresas localizadas no exterior.

Da mesma forma, os códigos que se iniciam por 5, 6 ou 7 identificam as notas fiscais de vendas ou prestação de serviços realizados por uma empresa. Assim como nos códigos de aquisição, estes se dividem conforme os locais para os quais serão enviados os produtos ou prestados os serviços, sendo representados pelo inicial 5 para o mesmo estado, 6 para estados diferentes e 7 para negociações com empresas do exterior.

Conheça o eGestor. Um software emissor de nota fiscal eletrônica com controle financeiro, estoque e vendas.

Aplicações do código CFOP

O código CFOP tem como função garantir uma maior transparência com o Fisco, que, de acordo com a utilização deste código, poderá cobrar de maneira correta os devidos tributos pelos serviços realizados por cada empresa.

No entanto, o código CFOP também pode ser de fundamental importância para que se realize um acompanhamento interno nas empresas, que através de cada grupo deste código poderá visualizar melhor seus números de entrada e saída de produtos, possibilitando assim uma melhor gestão empresarial.

Este acompanhamento poderá ser utilizado também para que se mantenha um controle do número de pedidos e produtos em estoque dentro da empresa, diminuindo o risco de perdas por excesso de produtos ou que se deixe de atender aos clientes pela falta de produtos em estoque, garantindo assim também a qualidade da prestação de serviços, essencial ao sucesso das empresas.

Desta maneira pode se utilizar dos procedimentos burocráticos de preenchimento de nota fiscal para se otimizar os serviços prestados pela empresa, conciliando esta etapa do processo administrativo com outros passos fundamentais do processo de prestação de serviços de uma empresa.

Ebook Nota Fiscal Eletrônica

Lista de CFOP

O preenchimento do código CFOP na nota fiscal requer atenção, pois por se tratar de uma combinação numérica, um número fora de lugar ou em posição invertida pode representar alguma dor de cabeça no caso de uma correção futura. Desta maneira, é importante que se conheçam os códigos que estarão sempre em uso pela empresa, o que possibilitará um serviço mais ágil neste preenchimento e diminuirá a chance de erros e problemas futuros.

Embora conte com mais de 500 códigos distintos, alguns dos códigos da lista de CFOP são muito mais utilizados, sendo muito mais comuns para o preenchimento das notas fiscais e estando frequentemente sendo utilizados por um grande número de empresas. Confira abaixo a lista de CFOP e suas aplicações:

Código 1.102 – Compra para comercialização
Código 1.353 – Aquisição de serviço de transporte por estabelecimento comercial
Código 1.556 – Compra de material para uso ou consumo
Código 1.904 – Retorno de remessa para venda fora do estabelecimento
Código 1.916 – Retorno de mercadoria ou bem remetido para conserto ou reparo
Código 2.205 – Anulação de valor relativo à prestação de serviço de comunicação
Código 2.303 – Aquisição de serviço de comunicação por estabelecimento comercial
Código 2.410 – Devolução do produto de venda – produto sujeito a devolução em dinheiro
Código 3.201 – Devolução de venda de produto elaborado pelo estabelecimento
Código 3.551 – Compra de bem para o ativo imobilizado
Código 3.556 – Compra de material para uso ou consumo
Código 3.949 – Outra entrada de mercadoria ou prestação de serviço não especificado
Código 5.101 – Venda de produção do estabelecimento
Código 5.117 – Venda de mercadoria recebida ou adquirida de terceiros, originada de encomenda para entrega futura
Código 5.414 – Remessa de produção do estabelecimento destinado a venda externa, em operação com produto sujeito ao regime de substituição tributária
Código 5.505 – Remessa de produtos para formação de lote de exportação, adquiridos ou recebidos de terceiros
Código 5.915 – Remessa de mercadoria ou bem para conserto ou reparo
Código 6.104 – Venda de mercadoria efetuada fora do estabelecimento adquirida ou recebida de terceiros
Código 6.109 – Venda destinada à Zona Franca de Manaus ou Áreas de Livre Comércio de produção do estabelecimento,
Código 6.124 – Industrialização efetuada para outra empresa
Código 6.205 – Anulação de valor relativo a aquisição de serviço de comunicação
Código 6.556 – Devolução de compra de material de uso ou consumo
Código 6.603 – Ressarcimento de ICMS retido por substituição tributária
Código 7.201 – Devolução de compra para industrialização ou produção rural
Código 7.358 – Prestação de serviço de transporte
Código 7.501 – Exportação de mercadorias recebidas destinadas especificamente a exportação
Código 7.551 – Venda de bem do ativo imobilizado

A lista completa com todos os códigos CFOP pode ser consultada através do portal do Ministério da Fazenda.

É importante que os responsáveis pelo preenchimento das notas fiscais nas empresas tenham sempre à mão os principais códigos da lista de CFOP utilizados neste processo, pois mesmo após o passar do tempo e a memorização dos mais utilizados por sua empresa, uma consulta constante irá diminuir as chances de erros e enganos, otimizando o tempo gasto nesta etapa do serviço. Além disso, com a lista dos principais códigos sempre acessível se garante que no caso de necessidade de consulta não se gaste um grande tempo com este processo, podendo se manter a agilidade deste processo.

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor

O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas.
Teste gratuitamente em http://www.egestor.com.br