Veja 6 dicas para manter um controle de vendas efetivo

Planejar o crescimento do seu negócio está na agenda de todo empreendedor. Uma forma eficaz de fazer isso é acompanhando o desempenho da empresa fazendo um controle de vendas efetivo enquanto ela ainda é pequena.

Isso ajuda a direcionar as decisões e concentrar os esforços nas áreas que mais precisam de atenção.

Conte com a ajuda de um software de controle de vendas

Para identificar as análises mais importantes, o primeiro passo é registrar organizadamente as informações. Um bom software de gestão ajuda nessa tarefa, gerando relatórios e permitindo a análise de seus dados de uma forma estruturada.

Essa é a forma mais eficaz de conhecer, de fato, o desempenho da sua empresa e identificar oportunidades de melhoria. Mas não se assuste: existem opções variadas, adequadas ao bolso da sua empresa, mesmo que ela seja ainda muito pequena.

As vendas são, comumente o front do negócio; um dos principais geradores de caixa em qualquer empresa. Logo, o domínio desse processo é um dos primeiros pontos de controle com o qual todo empresário deve se preocupar.

Listamos abaixo 6 dicas para que você tenha um controle de vendas efetivo e aumente a lucratividade do seu negócio. Confira:

1. Registre todas as operações em seu controle de vendas

Para que você possa gerar relatórios, as informações das transações precisam estar disponíveis. Tenha em mãos o registro completo de qualquer venda realizada, incluindo dados como:

  • Produtos vendidos;
  • Preço unitário e total;
  • Forma de pagamento;
  • Dados do cliente.

Essas informações podem dar indicações sobre informações muito importantes, por exemplo:

  • Quais são os produtos mais vendidos;
  • Quais são comprados em conjunto;
  • Como seus clientes preferem pagar suas compras.

De posse desses dados, você tem um melhor planejamento de estoque, pode fazer promoções com itens combinados e ainda oferecer formas de pagamento atrativas.

2. Acompanhe o desempenho da equipe de vendas

A equipe de vendas pode determinar o sucesso ou fracasso da empresa. Saber quem é o seu melhor vendedor e os canais mais efetivos são informações capazes de gerar uma grande economia na sua empresa. Quando você olha apenas o faturamento total, pode não perceber que tem vendedores de baixa performance no time ou que investe em canais que não trazem o retorno almejado.

Defina a periodicidade mais adequada de acordo com o segmento em que atua, e analise com cuidado a contribuição de cada vendedor para o resultado geral da empresa. Você pode dividir o total de vendas pelo número de vendedores para achar a média e depois comparar com o resultado de cada vendedor individualmente, por exemplo.

3. Mapeie o fluxo das vendas

No varejo, com margens de lucro cada vez mais enxutas, trabalhar com previsões é mandatório para quem deseja continuar no mercado. Algumas perguntas precisam ser respondidas para que um gestor possa ter seu negócio preparado para as demandas dos clientes:

  • Quais são as datas comemorativas que atraem meus clientes?
  • Existe sazonalidade?
  • Quais os dias da semana e do mês em que a equipe precisa estar completa na loja, por serem os mais movimentados?
  • Em que horário do dia as vendas acontecem com maior concentração?

4. Conheça seus clientes

Um atendimento encantador faz toda a diferença. Além do treinamento de vendas e pós-vendas, é essencial que você otimize o relacionamento com seus clientes. Use suas ferramentas de controle de vendas para fornecer ao seu time informações úteis sobre eles. Para que isso funcione, mantenha seus bancos de dados constantemente atualizados.

Programas de fidelização, medição de satisfação e reconhecimento do valor do relacionamento dele com a empresa podem ser um diferencial importante e fazem com que o cliente se sinta valorizado.

5. Organize sua empresa

Não importa o tamanho da sua empresa: para que suas vendas sejam efetivas, todos os processos relacionados a ela devem estar em sintonia e encadeados. Afinal, gerir o gasto com estoque otimiza o fluxo de caixa por exemplo.

A gestão financeira da empresa também pode se beneficiar dos controles mais efetivos. Em uma empresa organizada, informações sobre produção, vendas, estoque, fechamento de caixa e resultados operacionais estão organizadas em relatórios fáceis de consultar e de entender, permitindo que o empreendedor foque cada vez mais em decidir os rumos estratégicos da empresa com mais segurança e informações precisas.

Um bom controle organizacional — além de melhorar a gestão e facilitar o controle contábil e fiscal — aumenta a credibilidade da empresa com fornecedores e instituições financeiras que valorizam as informações recebidas de forma mais profissional e estruturada.

Guia de Gestão Estratégia

6. Crie métricas e metas

Ninguém consegue melhorar aquilo que não consegue medir. Além das métricas tradicionais de quantidade e valor das vendas, o empreendedor deve definir quais dados necessita para ter um controle mais efetivo da performance da empresa.

Listamos alguns exemplos de indicadores que podem ser úteis para você e como calculá-los, caso você não tenha um sistema que gere automaticamente um relatório com esses dados:

Custo de aquisição de cliente (CAC)

Quanto é o desembolso de sua empresa por cada novo cliente? Esse valor é lucrativo para a empresa? Quanto tempo cada novo cliente tem que permanecer na empresa para que se torne lucrativo?

Fórmula de cálculo

Divida o valor total de investimento em marketing pelo número de novos clientes naquele período.

Taxa de conversão de clientes

Qual o percentual efetivo de atendimentos que geram vendas de fato? De cada novo lead recebido, quantos clientes de fato concluem a compra?

Fórmula de cálculo

Divida o número total de leads recebidos em todos os canais pelo número de vendas realizadas no mesmo período.

Ticket médio

Qual o valor médio, em reais de cada venda realizada?

Fórmula de cálculo

Divida o faturamento total pelo número de vendas do período

Para avaliar permanentemente se está no caminho certo, o empreendedor deve ter em mãos suas principais metas e saber como está o desempenho atual frente a esses objetivos.

Avalie continuamente como você pode otimizar os resultados e utilize todo o aprendizado gerado pelo controle de suas vendas para desenvolver seu time de vendas, muni-los de informações relevantes e alavancar cada vez mais o crescimento do seu empreendimento.

Gostou deste artigo? Compartilhe-o em suas redes sociais para que seus contatos saibam como fazer um controle de vendas efetivo!

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br