4 erros comuns que os chefes cometem

Responsáveis por coordenar, orientar e motivar os colegas de trabalho, chefes e gestores são peças fundamentais para o bom desenvolvimento de qualquer empreendimento, não é verdade? Quando assumem de maneira efetiva o papel de liderança, passam a ser vistos como parte efetiva do sucesso dos profissionais que comandam e até mesmo da empresa como um todo. No entanto, há gestores com enorme potencial e conhecimento técnico que não conseguem se tornar grandes lideranças porque, na tentativa de acertarem, acabam cometendo alguns equívocos. Para ajudá-lo a escapar dessas armadilhas e se tonar um chefe exemplar, preparamos uma lista de erros comuns que você deve evitar. Confira agora mesmo:

Subestimar os colaboradores

Não propor novos desafios para os liderados, testando suas habilidades e os motivando a aprender mais é um erro muito comum cometido por chefes. Isso acontece porque muitos líderes acreditam que algum membro da sua equipe pode não estar preparado para atingir um novo patamar, acabando por negar a ele algumas tarefas essenciais. No entanto, é importante lembrar que o sucesso de uma equipe — e mesmo de seu líder — está necessariamente atrelado ao desenvolvimento de cada um dos liderados. Por isso, estimule seus companheiros a encararem novos desafios, apoiando-os em momentos de aprendizagem e sempre dando feedbacks construtivos caso a tarefa não seja executada de maneira ideal.

Guia de Gestão de Equipes

Transferir a responsabilidade

Ser líder, em especial em um momento de crise, certamente não é um mar de rosas. Por vezes é necessário dar notícias ruins, cobrar resultados de forma um pouco mais incisiva e tomar medidas tidas como impopulares, como a redução de algum tipo de benefício, por exemplo. No entanto, um bom gestor não deve culpar uma ordem superior da cúpula da empresa e se dizer de mãos atadas quando for comunicar as decisões a seus subordinados. Nesses momentos, é preciso ser franco com a equipe, mostrando exatamente por que cada decisão foi tomada, como ela melhorará a produtividade de um determinado setor e como isso tudo influenciará a empresa em geral.

Deixar de acompanhar a rotina

Muitos chefes acreditam que o momento de receber relatórios precisa ser uma reunião, acabando por abusar desse recurso. No entanto, o alinhamento com sua equipe deve ser realizado de maneira diária. Para isso, é preciso estar próximo de seus liderados, atento às atividades de cada um e aberto ao diálogo. Isso aumentará sua capacidade de avaliar a equipe, detectando os pontos fortes e fracos de cada um dos colaboradores, além de, também, aumentar sua capacidade de dar retornos construtivos para seus funcionários.

Evitar a resolução de conflitos

Um bom chefe não é apenas um gestor de tarefas, mas alguém com capacidade de lidar com pessoas. E onde há pessoas sempre haverá conflitos. No entanto, essas rusgas não só podem como devem ser resolvidas o mais rapidamente possível, para que não se acumulem e tornem o ambiente de trabalho hostil. Por isso, sempre que um conflito surgir, é papel do lider mediá-lo de maneira justa e ter a capacidade de propor soluções para que a equipe continue atuando de maneira harmoniosa.

Uma boa liderança é o que transforma colaboradores em equipes alinhadas, motivadas e, portanto, produtivas, beneficiando toda a empresa. Por isso, é importante evitar os equívocos e ser um exemplo para os liderados. Pronto para ser essa referência?

Você conhece algum outro erro de lideranças que pode comprometer o desenvolvimento de seus colaboradores? Compartilhe suas experiências conosco na nossa caixa de comentários! Participe!

Conheça o eGestor, um software online de gestão de micro e pequenas empresas.

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br