5 dicas para melhorar o gerenciamento de estoque da sua empresa

Como você cuida do gerenciamento de estoque da sua empresa? Muitas pessoas se preocupam com o atendimento perfeito, boa relação com os colaboradores e com empresas parceiras, mas acabam se esquecendo de cuidar dos produtos. Seja o estoque que abriga o insumo para sua produção, seja o que armazena os itens vendidos em sua loja; é preciso atenção.

Mau gerenciamento = prejuízo

Um gerenciamento de estoque realizado da forma incorreta pode resultar em grandes prejuízos financeiros. Além disso, você pode ficar sem mercadorias essenciais ou até perder itens por ter comprado a mais do que necessitava. Com isso, ao realizar um bom gerenciamento de estoque você garante que a produção será mantida, o consumidor sairá do estabelecimento comercial satisfeito e ainda aumentará os lucros.

Quer saber mais? Então veja dicas e comece a melhorar a forma como lida com a estocagem dos produtos em sua empresa.

Comece o gerenciamento de estoque com um bom controle

A primeira coisa que você precisa saber é o que há em seu estoque. Isso quer dizer tudo que chega, o que é usado ou colocado para a venda. Para isso, é possível tanto adquirir um software de gestão, quanto optar por planilhas. Em ambas você pode registrar tudo o que entra e sai do estoque da sua empresa.

Comece fazendo uma grande vistoria e anotando itens como:

  • Nome do produto;
  • Marca;
  • Quantidade;
  • Lote;
  • Data de fabricação;
  • Data de vencimento;
  • Tamanho da embalagem, entre outros.

Depois disso, treine a pessoa responsável para que ela sempre atualize a planilha quando um item for entregue pelo fornecedor ou quando qualquer mercadoria for retirada do estoque. Isso é essencial para que você saiba o que está acontecendo.

Veja os produtos que estão acabando e necessita fazer novo pedido, e também saiba o que está sendo comprado a mais. Dessa forma, você terá como identificar mercadorias que estão perto do vencimento e evitar que elas sejam descartadas.

Cuidado com o armazenamento

Outro ponto crucial do bom gerenciamento de estoque é quanto ao armazenamento. Cada produto deve ser organizado de forma a evitar que a embalagem original seja danificada ou que o item seja estragado. Para ficar mais fácil de compreender, pense em uma distribuidora de produtos veterinários. Os sacos de ração, que serão vendidos para os pet shops, precisam ser colocados no estoque da distribuidora. Eles devem ser armazenados em pilhas e não podem ser colocadas sobre o chão nem perto da parede.

Esse cuidado é necessário para evitar que a ração absorva umidade do piso ou da parede. Se isso acontecer, ela perde o seu valor nutricional e pode embolorar, ficando imprópria para o consumo animal. Com isso, terá que ser descartada pela distribuidora antes de ser vendida ao pet shop, ou seja, o armazenamento incorreto resultará em prejuízo.

O mesmo que acontece com essa mercadoria pode acontecer com qualquer outra, pois cada uma delas tem uma forma adequada de armazenamento. Tenha cuidado com isso. Observe a temperatura adequada, bem como a melhor forma de armazenar.

Além disso, não se esqueça de respeitar o volume máximo que pode ser empilhado, para evitar que os produtos que ficam embaixo não sejam danificados. Também mantenha um bom controle de insetos e pragas, bem como a higienização correta do local. Só assim saberá que a mercadoria está segura e pronta para ser vendida ou destinada para a produção interna.

Cuidado com a data do vencimento

Um ponto do manejo do estoque, que merece muita atenção, é quanto ao cuidado com a data de vencimento. O correto é sempre que o fornecedor entregar uma mercadoria nova, que ela seja colocada ao final da fila ou da pilha. Isso fará com que os produtos mais antigos sejam usados primeiro e evitará que a mercadoria acabe “esquecida” no final da fila e vença antes mesmo de ser colocada para a venda.

Embora essa seja uma prática básica do bom gerenciamento de estoque, é comum haver erros nesta etapa. No geral, a tendência é a de que o profissional que recebe a mercadoria a coloque na frente das que já estão estocadas. Assim, a que chegou nova acaba sendo usada antes das antigas.

Quando este procedimento é feito rotineiramente, há grande chance de o produto antigo vencer e precisar ser descartado. Isso levará prejuízo para a empresa, além de descarte desnecessário. A única forma desse erro não acontecer é treinando a sua equipe e explicando a importância de realizar o procedimento correto.

Produto parado merece atenção

Agora que você já sabe o que tem no estoque da sua empresa, quando um produto chega, quando é retirado e a forma que tudo está armazenado, fica mais fácil visualizar as falhas. Uma delas é quando um item é comprado a mais do que o necessário e fica parado no estoque ou quando um produto é adquirido para ver se tem boa aceitação e o consumidor não o procura.

Vamos supor que você seja o dono de um supermercado e apareceu uma marca de farinha de trigo nova. O fornecedor te ofereceu e você resolveu vender em seu estabelecimento mais essa variedade de marca para o cliente. A ideia foi ótima, mas o consumidor não se interessou pela farinha de trigo. Ele preferiu levar para casa a marca que já conhecia. O resultado foi o estoque cheio de mercadoria que não foi aceita pelo cliente. O que fazer?

Se você simplesmente não fizer nada, a farinha de trigo ficará no estoque até a data de vencimento e precisará ser descartada. Produto descartado é prejuízo, ou seja, não deve acontecer. Para evitar isso, a dica é fazer uma grande promoção. Coloque todos os produtos que estão perto da data de vencer a um preço mais baixo em sua loja. Diminua a margem de lucro, de modo que não perca dinheiro, mas atraia o consumidor para levar a mercadoria para casa.

Com isso, você liberará lugar no estoque, vai evitar perdas devido ao vencimento do item e ainda vai atrair clientes para o seu estabelecimento comercial. O que era um problema se tornará um atrativo ao consumidor, que sempre gosta de aproveitar uma promoção.

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br