corretora de seguros

Ser um empreendedor demanda um grande esforço e uma série de estratégias e ações, estudos e planejamento que o gestor deve tomar para que o seu negócio se desenvolva conforme o esperado. Uma corretora de seguros pode ser um negócio muito próspero para o empresário que está começando agora, mas que desafiará os seus conhecimentos de gestão empresarial e planejamento estratégico, como a montagem de um plano de negócios, administração e giro do caixa, estratégias de marketing e relacionamento com o cliente e, por fim, formalização da comercialização dos seguros.

Neste post, trouxemos para você os principais pontos que o empreendedor deve levar em consideração no seu planejamento para abrir e gerir uma corretora de seguros. É fundamental ter conhecimento e estudar a área que você planeja entrar para que o negócio consiga se manter e crescer com o passar do tempo. Ser um empreendedor é um trabalho árduo, mas que pode trazer um grande retorno financeiro. Confira nossas dicas abaixo!

Planejamento é a chave de sucesso para o seu negócio

O plano de negócio é o ponto mais importante para iniciar um empreendimento como uma corretora de seguros. Mesmo antes de começar as operações, é importante que o planejamento seja elaborado de acordo com as suas condições de investimento e com as ações do mercado, por isso, deve ser feito de maneira muito realista e sincera com o seu objetivo. Tenha em mente, no entanto, que o plano de negócios não é absoluto e pode mudar com o decorrer do tempo. Esteja aberto a possibilidades e oportunidades de negócio.

Para montar todo o seu planejamento, é preciso conhecer a área que você entrará. Conheça o mercado de corretora de seguros, quais são as características, qual o aporte financeiro necessário, qual é o retorno que ele pode te proporcionar, entre outros pontos. Ainda mais importante, conheça bem o público-alvo que você quer atingir e quais são os serviços que você pode oferecer para isso. O plano de negócio possui três fases fundamentais: conhecimento do mercado, avaliação dos serviços e ação.

Ebook Crescimento Empresarial

Formalização e regularização dos seguros

Todo corretor de seguro deve ser credenciado e autorizado por um órgão regularizador, de acordo com o tipo de seguro que será comercializado. O SUSEP é o órgão brasileiro responsável pela fiscalização de seguros. É importante saber em qual categoria a sua empresa se encaixará na hora de formalizar a comercialização do seu seguro. Procure profissionais especializados e com experiência na área para uma consultoria segura e certeira.

É preciso conhecer os serviços que você oferecerá para os seus clientes. Isso determinará como comercializar o seguro e para quem. Além disso, poder falar apropriadamente do tipo de seguro que você vende é importante para captar mais clientes. Cada seguro tem a sua particularidade e atende um tipo de pessoa em específico, por isso, saiba quais são as vantagens e diferenças de cada produto da sua empresa.

Ter ou não uma sede própria?

O principal trabalho de uma corretora de seguros é o atendimento ao cliente, por isso, geralmente, não requer um ambiente formal de empresa. Dependendo do seu capital inicial, você pode economizar o aluguel de um escritório, procurando opções mais em conta, como escritórios virtuais ou compartilhados ou, até mesmo, considerar a opção de fazer um home office. Vale lembrar que se você precisar atender um cliente em uma reunião, hoje em dia há opções de aluguel de escritórios ou salas de reunião por período.

Gestão do negócio

Quando se é um empreendedor, seu trabalho não será apenas de buscar novos clientes ou comercializar seguros. Uma corretora de seguros, como qualquer outro negócio rentável, precisa ter uma gestão de negócio eficiente. Esse é o maior diferencial para que a sua corretora de seguro tenha sucesso e desenvolva seus negócios. O eGestor, sistema on-line de gestão, é uma ótima ferramenta para gerenciar seu negócio. Um dos maiores benefícios do eGestor é ser um sistema completamente on-line, acessado diretamente do seu navegador, dispensando a instalação de aplicativos. Ele também oferece o manuseio via dispositivos móveis, como smartphone e tablets.

Entre os recursos disponíveis pelo ERP on-line, o gestor pode ter um controle financeiro maior, administrando seu fluxo de caixa, as vendas efetuadas dos seguros, além de uma visão geral de contas a pagar e a receber. Também é possível ter controle de emissão de nota fiscal eletrônica, emissão de relatórios, cadastro de clientes, entre outras opções.

Divulgue o seu negócio

Por fim, é preciso saber divulgar a sua corretora de seguro. Ter um site hoje em dia é praticamente obrigatório! Ele serve para compartilhar os seus contatos, apresentar os serviços e tipos de seguros que você oferece ao mercado, além de se mostrar como uma empresa confiável. Vale lembrar que a sua página deve ser funcional e fácil de navegar, mostrando ao usuário onde estão as principais informações que ele procura. Não deixe, também, de criar um design adequado com a visão da sua empresa e com o tipo de público que você dialogará. Veja aqui um texto sobre ‘Como divulgar seu negócio na internet gastando pouco‘.

Outras plataformas bastante úteis para corretoras de seguro são as plataformas sociais. O marketing digital é fundamental hoje em dia para atingir um determinado tipo de público.

Gostou do artigo? Deixe um comentário!

Ebook manual de como abrir uma empresa

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br