fbpx

Como montar uma distribuidora de botijão de gás

O gás de cozinha é um produto que está em praticamente todas as casas brasileiras e, por isso, montar uma distribuidora de botijão de gás pode ser um negócio extremamente lucrativo. Para isso, é essencial saber administrar uma empresa para que ele tenha o retorno desejado.

No Brasil, já são quase 50 mil revendedores de gás, de acordo com informações do Sebrae. Ou seja, entrar nesse segmento significa entrar em um mercado competitivo e, por isso mesmo, é essencial que a sua distribuidora de gás se destaque da concorrência. Não basta ter o melhor produto e proporcionar um excelente atendimento, pois é preciso estar atento a todas as ações do negócio, como emissão de notas fiscais, controle de caixa, controle financeiro e salário de funcionários, por exemplo.

Quer saber como montar uma distribuidora de botijão de gás lucrativa? Então, fique de olho nas informações e dicas que temos para você nesse artigo!

Passo a passo para montar uma distribuidora de botijão de gás

Distribuidora de gás

O primeiro passo para montar uma distribuidora de botijão de gás é definir a marca de distribuição, ou seja, a marca do produto que será revendido. Essas grandes marcas já são consolidadas no mercado e normalmente possuem formas de contato bem claras.

Encontrar um ponto comercial

Para montar uma distribuidora de botijão de gás é preciso encontrar um ponto comercial. Esse passo pode ser complicado, uma vez que a distribuidora de gás faz uma avaliação prévia.

Algumas regras básicas em relação à localização são de não ser ao lado de locais que reúnem um grande número de pessoas, como escolas e igrejas, por exemplo. Ainda, é preciso um espaço de cerca de 30m², plano.

Outra avaliação de local é da prefeitura, que define através da lei de zoneamento onde são permitidas as distribuidoras de botijão de gás.

Abrir a empresa

Para ser revendedor de uma distribuidora de gás, a empresa precisa estar regularizada, ou seja, precisa ter um CNPJ.

Alvarás em dia

Toda empresa precisa de um alvará para funcionar, e para montar uma distribuidora de botijão de gás isso é ainda mais importante. Além da definição de lugar escolhida em função da lei de zoneamento, o local deve ter uma vistoria do corpo de bombeiros

Distribuidora de botijão de gás pode ser MEI?

Não, uma distribuidora de botijão de gás se enquadra no CNAE 4784-9/00 – Comércio varejista de gás liquefeito de petróleo (GLP) e não pode ser MEI.

montar uma distribuidora de botijão de gás

Como ter um negócio lucrativo?

Para distribuir o botijão de gás há uma série de exigências que devem ser cumpridas pelo seu negócio a fim de evitar acidentes, explosões e outros problemas do tipo. Por isso, é essencial que a sua empresa atenda ao padrão de qualidade, revenda produtos de marcas autorizadas e, ao mesmo tempo, ofereça preços competitivos e excelência no atendimento. Pesquise o preço dos seus concorrentes e faça o possível para oferecer o valor mais baixo.

O gás de cozinha é um produto consumido por absolutamente todas as classes sociais, no entanto, o preço ainda é determinante na escolha do consumidor. Se há um distribuidor de botijão de gás na mesma região que você e que oferece o mesmo produto que você, porém com um preço mais baixo, é lógico que o consumidor vai preferir comprar nessa outra empresa. Daí vem a importância de ter um bom fornecedor e um negócio organizado para poder oferecer a melhor relação de custo-benefício aos clientes.

Como ter uma distribuidora de gás organizada e estruturada?

Como dito no início desse artigo, a má gestão é o principal problema enfrentado pelas empresas de pequeno porte, como distribuidoras de botijão de gás. Isso significa que, se você tiver um negócio organizado e bem estruturado, por si só, essas são características que colocarão você à frente dos seus concorrentes. Não estar atento ao comportamento do mercado, no entanto, é algo que pode prejudicar de forma drástica o seu empreendimento.

A gestão de uma distribuidora de gás envolve os cuidados administrativos e financeiros da empresa, como o controle do estoque de botijão de gás, situação do caixa, comportamento do consumidor e muito mais. Assim sendo, gerir um negócio desse segmento está longe de ser uma tarefa fácil ou simples, haja vista que existem diversas atividades para serem cumpridas, além das vendas e do atendimento direto ao consumidor.

montar uma distribuidora de botijão de gás

Como um sistema de gestão pode ajudar sua distribuidora de gás?

Ter um sistema eficiente de gestão para a sua distribuidora de botijão de gás significa ter o controle total do seu negócio e conhecer tanto os pontos fortes, quanto os pontos fracos do seu empreendimento. Isto é, trata-se de um sistema completo de administração que envolve diversas atividades do empreendimento. Dessa forma, ter um programa on-line para gestão simples e rápida da empresa é uma solução para ter um negócio equilibrado, que trabalha de forma otimizada.

O eGestor foi desenvolvido exclusivamente para a gestão de pequenos negócios, como distribuidoras de botijão de gás. Com recursos como Controle Financeiro, Fluxo de Caixa, Controle de Vendas de Produtos e Serviços, Controle de Estoque, Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e Emissão de Relatórios, o programa é 100% on-line e não precisa ser instalado. Além disso, pode ser usado para controlar o seu negócio em qualquer lugar com acesso à internet, a partir de PC, tablet ou smartphone.

Quais são os benefícios de investir em um sistema on-line de gestão, como o eGestor?

  • Ter o controle total da sua distribuidora de gás, a partir de qualquer lugar com acesso à internet e em poucos cliques;
  • Mais tempo para se dedicar às atividades mais importantes do negócio, como as vendas e o atendimento aos clientes;
  • Ter acesso a relatórios detalhados e complexos em poucos segundos, que são importantes para a tomada de decisões da empresa;
  • Maior organização e planejamento, além da otimização do tempo de trabalho;
  • Com um sistema inteligente de gestão, sua empresa pode crescer rapidamente e alcançar muito mais clientes!
Banner-conversao-eGestor-blog
Início 9 Empreendedorismo 9 Como montar uma distribuidora de botijão de gás
Escrito em: 06/02/17
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

5 Comentários

  1. Fernando Brito

    Achei excelente as informações, estou interessado no negócio; quero abrir uma empresa de distribuição de gás e água mineral.

    Responder
  2. marcelo silva paulo

    achei interessante ,quero abrir uma distribuidora como fazer?

    Responder
  3. William

    Adorei esse artigo me tirou várias dúvidas de o que fazer e como manter meu negócio fiquei feliz.

    Responder
  4. Janicléia

    Foi muito esclarecedor, obrigado

    Responder
  5. Antonio Andrade

    Foi ótima não deixou nem uma dúvida foi tudo muito bem esclarecido

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...

Guia do MEI: Tudo sobre o MEI – Blog do eGestor

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? Porque ele é o dinheiro que a empresa recebeu em um período, que mostra se ele foi bom ou não. Acompanhar o faturamento se sabe quanto a empresa pode gerar de capital. Ele também é...

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro da sua empresa Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

NFC-e (Nota fiscal de consumidor eletrônica) [Atualizado]

Emitir NFC-e Todo produto ou serviço vendido, deve ter sua comprovação fiscal e um dos meios de atestar essa transação é a nota fiscal. Afinal, ela dá segurança tanto à empresa que vende o produto, quanto ao consumidor que o compra....