vassouras

Entre os utensílios necessários para serviços de limpeza, a vassoura é um dos itens mais usados. Afinal, a varrição faz parte da rotina doméstica, da limpeza de estabelecimentos empresariais e públicos; praças, ruas, avenidas e muitos outros locais. Pisos não são lavados diariamente, mas, com certeza, são limpos com uma vassoura. E, ainda que o produto seja de excelente qualidade, em algum momento terá que ser substituído por uma vassoura nova. Ou seja, o mercado consumidor de vassouras é também uma oportunidade para quem planeja abrir o próprio negócio.

Como montar uma fábrica de vassouras? Em primeiro lugar, é fundamental fazer uma ampla pesquisa sobre o negócio, especialmente quanto ao investimento inicial, fornecedores de matérias-primas e outros insumos, custos fixos, variáveis, encargos tributários, trabalhistas, canais de distribuição, legislação local (zoneamento urbano, uso e ocupação do solo), entre outros assuntos.

O investimento inicial é de pelo menos R$ 120 mil, incluindo o Capital de Giro necessário para os primeiros meses do negócio. Porém, somente com a elaboração de uma planilha orçamentária detalhada será possível chegar ao valor mais condizente com a localidade onde você planeja instalar a fábrica de vassouras, uma vez que diversos custos (imóvel, água, luz, combustível e matérias-primas) variam de um local para o outro em função de impostos estaduais como o ICMS, tributos e taxas municipais.

Especialistas em gestão empresarial recomendam a elaboração de um plano de negócios bem estruturado. Na internet, é possível encontrar roteiros para desenvolver um plano de negócios, além de vídeos e tutoriais sobre o ramo. Fazer uma pesquisa prévia, antes de contratar um consultor de negócios, é importante para que você tenha uma base de informações e, dessa forma, fazer as perguntas certas.

A fabricação de vassouras é um processo relativamente simples, mas, como qualquer empreendimento, exige muito conhecimento para colocar no mercado um produto de qualidade. Mesmo que a opção seja fabricar uma vassoura popular, a mercadoria precisa ter o mínimo de qualidade. Nenhum consumidor quer comprar uma vassoura “descartável”, daquelas que quebram no primeiro dia de uso.

Quando isto acontece, o consumidor faz rapidamente a conta do custo-benefício e acaba decidindo comprar a vassoura mais cara de uma empresa concorrente, em vez de continuar adquirindo o seu produto. Sem contar, que um consumidor insatisfeito influenciará na decisão de outros compradores, compartilhando a experiência negativa que teve com a sua marca. Portanto, popular ou sofisticada, muita atenção com o padrão de qualidade de sua produção de vassouras.

Mercado competitivo

Uma fábrica de vassouras é um empreendimento de fácil instalação e, por esta razão, é um segmento bastante concorrido. Há empresários e cooperativas atuando neste mercado, bem como microempreendedores, que iniciam uma pequena produção em galpões menores.
Quando não existe monopólio, a concorrência faz parte da rotina do livre mercado. Cabe ao empresário compreender bem os pontos fortes, fracos, fraquezas e oportunidades do negócio, para estabelecer a estratégia mais adequada ao empreendimento.

É importante criar diferenciais nos processos de comercialização, distribuição, prazos de entrega e pagamento e, principalmente, a assistência aos consumidores, quanto à qualidade do produto e a possíveis defeitos de fabricação.

Sabe aquele velho ditado “os olhos do dono engordam a boiada”? Pois um empreendedor tem que se dedicar totalmente à gestão da empresa para conquistar uma fatia do mercado consumidor e manter-se bem posicionado diante dos concorrentes. Mesmo com uma simples fábrica de vassouras é possível agregar valor ao produto e conquistar a preferência do consumidor.

Quem são os compradores de uma fábrica de vassouras? Tudo depende do porte da empresa. Há fabricantes que conseguem vender seus produtos diretamente aos mercadinhos, lojas de produtos de limpeza e utensílios domésticos. Outros, por terem uma produção em maior escala, tem que estruturar melhor os canais de distribuição, incluindo representantes comerciais, atacadistas e varejistas. Uma fábrica de vassouras de médio e grande porte terá como clientes atacadistas, hipermercados, supermercados, entre outros, que compram grandes quantidades do produto.

É importante ressaltar que, em algumas cidades, o microempreendedor pode concorrer às compras públicas, realizadas, geralmente, por meio de pregão eletrônico. Para isto, porém, a empresa deve estar em dia com a documentação e fazer parte do cadastro de fornecedores dos órgãos públicos, como prefeituras, por exemplo. Oportunidade que deve ser considerada durante a elaboração do plano de negócios.

Ebook Crescimento Empresarial

Localização e estrutura da fábrica de vassouras

O galpão para instalar a fábrica deve ter no mínimo 150 metros quadrados. A planta industrial – área de produção, setor administrativo, almoxarifado e estoque – deve seguir normas técnicas. Por isso, é necessário contratar uma empresa de engenharia ou arquitetura para que as instalações fiquem adequadas à legislação, seguras para quem trabalha no local e com o mínimo de impacto à vizinhança.

O empreendimento deve estar localizado em área permitida pela legislação do município. Caso contrário, não será possível obter as licenças de localização, instalação e funcionamento. Portanto, não feche um contrato de compra ou locação de um imóvel antes de consultar as autoridades municipais como os departamentos de obras, comércio e meio ambiente. Estas informações, inclusive, deverão constar no seu plano de negócios.

Controle financeiro com eGestor

A tecnologia facilitou a gestão de empresas. Investir em softwares de gerenciamento empresarial resulta em economia de dinheiro, tempo e otimização da produção, administração, controle contábil e financeiro, comercialização e logística. E quando se trata de finanças, então, o controle tem que ser rigoroso.

Há diversos softwares de gerenciamento de negócios. O eGestor é uma plataforma bastante utilizada para o controle financeiro de empresas. Com este software é possível gerir o fluxo de caixa, as contas a pagar e a receber, emitir balancetes contábeis. O controle financeiro é um dos processos gerenciais mais importantes para o sucesso da empresa. Portanto, vale a pena investir em uma tecnologia testada e aprovada pelo mercado.

Planejamento e controle são palavras-chaves para o sucesso da fábrica de vassouras. Isto implica, por exemplo, no controle rigoroso da produção e dos estoques para reduzir os riscos de ficar com mercadorias encalhadas devido à queda nas vendas ou não ter o produto para atender a demanda.

Como o ERP eGestor é possível fazer o controle integrado de compras, vendas, estoques e finanças. É um sistema de informação que integra todos os dados e processos da empresa. O eGestor processa relatórios completos sobre o estoque disponível, movimentação dos produtos, produtos por fornecedores e muitas outras informações imprescindíveis para a tomada de decisões.

O eGestor também possibilita a emissão de relatórios de vendas, Nota Fiscal Eletrônica e a DANFE (Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica) ou o envio destes documentos fiscais para o e-mail do cliente. Não é um software complicado e a empresa receberá total assistência por parte da equipe do eGestor.

Gostou deste artigo? Confira outros textos em nosso blog!

Ebook manual de como abrir uma empresa

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br