fbpx

Loja virtual: 10 passos para criar a sua

Seja quem já tem uma loja física e vende presencialmente, ou quem tem apenas uma ideia e a vontade de empreender, vender em uma loja virtual hoje é basicamente indispensável para o empreendedor que deseja explorar ao máximo as possibilidades de faturamento com um comércio.

No entanto, é uma barreira muito comum pensar que criar uma loja virtual é algo complicado e que exige conhecimento técnico a respeito do funcionamento de sites na internet. Esse artigo vai lhe mostrar que a verdade é: qualquer um pode ter uma loja virtual hoje em dia, mesmo com um baixo investimento. Assim, vamos lhe mostrar algumas opções de ferramentas que podem ajudar com isso.

Porque criar uma loja virtual

Apesar da venda física ser algo milenar e muito efetiva para a maioria dos negócios, a internet hoje possibilita que o empreendedor expanda muito seus horizontes, alcançando vendas com pessoas que de outra forma talvez não fosse possível. 

Portanto, se você deseja alcançar o objetivo de toda pessoa que possui um negócio – mais vendas – criar uma loja virtual é uma estratégia que não pode ser desperdiçada. Simplesmente não faz sentido para a grande maioria dos comerciantes limitarem suas vendas apenas ao ambiente físico.

Além disso, uma das principais vantagens de uma loja virtual é o baixo custo quando comparado com a montagem de uma loja física. Isso se deve ao fato de que em uma loja virtual são eliminados alguns gastos comuns de um negócio tradicional, como aluguel e estrutura física. Logo, em poucos passos você pode iniciar o empreendimento com menos recursos do que uma loja física exige.

loja virtual

10 Passos para criar uma loja virtual

1 – Planejar o negócio

O planejamento do negócio, resumidamente, é como você pretende fazer dinheiro através da sua operação. Ou seja, é um plano de ação com metas, planos, resultados desejados e estratégias que você vai utilizar para atingir seus objetivos.

Esse planejamento é muito importante porque é ele que vai permitir que você saia do lugar e coloque suas ideias em ação. Os pontos mais importantes de um planejamento de um negócio são:

  • Qual é o objetivo do empreendimento (loja)?
  • O que vai ser vendido na loja?
  • Qual é o orçamento disponível para o projeto?

Existem inúmeros outros fatores a serem considerados, mas eles vão ser abordados a seguir.

2 – Escolher um modelo de negócio

Escolher um modelo de negócios é uma decisão crucial para qualquer empreendedor, pois define a forma como a empresa vai gerar receita e atender aos clientes. Isso envolve a identificação do mercado-alvo, a criação de uma proposta de valor única, a definição das fontes de receita, a alocação de recursos e a estratégia de precificação. 

Além disso, é fundamental considerar a flexibilidade e a capacidade de adaptação do modelo de negócios para se manter relevante em um ambiente empresarial em constante evolução.

Um modelo de negócios bem pensado não apenas ajuda a atrair e reter clientes, mas também a maximizar a eficiência operacional e a rentabilidade.

3 – Registro da empresa

Mesmo quem não possui uma empresa com um ponto físico, presencial, precisa do registro de um CNPJ para operar em uma loja virtual. 

Isso porque um e-commerce não é apenas um site onde as pessoas compram coisas, e sim a vitrine produtos de uma empresa que está por trás de toda a operação e deve oferecer todos os respaldos legais devidos aos consumidores.

Portanto, apesar do fato de que existem poucas barreiras para que qualquer pessoa crie uma loja virtual, é vital que o empreendedor realize o registro de um CNPJ, principalmente para a emissão de nota fiscal dos produtos vendidos.

loja virtual

4 – Escolher uma plataforma para a loja virtual

Primeiramente, é importante entender o que é uma plataforma de loja virtual e para que ela serve. 

Plataformas de loja virtual, ou de e commerce, são soluções que possibilitam a operacionalização da venda de produtos na internet através da organização de um site. Isso sem que o usuário precise de conhecimento sobre desenvolvimento na internet ou programação de sites.

Assim, para atender adequadamente uma pessoa que quer criar uma loja virtual, uma plataforma desse tipo precisa ter algumas funcionalidades básicas, como:

  • Cadastro de produtos para estoque
  • Vitrine de produtos organizada e simples de ser configurada 
  • Integração de vendas com redes sociais 
  • Formas de pagamento diversas 

5 – Definir um público alvo para a loja virtual

O seu público são as pessoas que você deseja que visitem seu site e comprem seus produtos. É importante que vocẽ estabeleça características comuns que definam esse público (idade, grupos sociais, comportamentos, gostos), porque dessa forma é possível descobrir o que mais interessa esse público e qual é a melhor maneira de alcançar eles. 

Definir um público-alvo ajuda a direcionar seus esforços de marketing e a personalizar sua loja virtual para atender às necessidades dos clientes.

Dessa forma suas ações de divulgação, principalmente campanhas de marketing, serão muito mais focadas e com objetivos mais claros, o que vai aumentar seu nível de efetividade.

6 – Gestão de produtos

A gestão de produtos em uma loja virtual é essencial para o sucesso do negócio online. Ela envolve a seleção cuidadosa de produtos, a manutenção de estoque, a criação de descrições e imagens atraentes, uma estratégia de precificação competitiva e a organização eficiente do catálogo. 

Além disso, é importante considerar políticas de devolução, analisar o desempenho dos produtos, promovê-los adequadamente e manter-se atualizado com as tendências do mercado. A gestão de produtos é um dos processos mais importantes ao criar uma loja virtual, e requer constante atenção aos detalhes e adaptação às mudanças no mercado para atender às necessidades dos clientes e manter a competitividade.

7 – Escolher bons fornecedores para a loja virtual

Ainda mais importante do que vender os produtos corretos para as pessoas corretas, é ter produtos que sejam de qualidade e atendam e até mesmo excedam as expectativas dos consumidores.

Isso vai ser fator determinante no sucesso do negócio, e a qualidade dos produtos é proporcional ao quão bons são seus fornecedores. Sua escolha de fornecedores também vai influenciar todo o processo de logística, principalmente no que diz respeito a prazos e custos, então é importante escolher com muita pesquisa, consideração e cautela.

loja virtual

8 – Testar as funcionalidades antes e após o lançamento

Após ter um site pronto para sua loja virtual, é necessário realizar alguns testes para se assegurar que tudo está operando corretamente e o consumidor vai poder navegar agradavelmente pelo site.

Teste funcional

O teste funcional, por exemplo, serve para garantir que os sistemas estão de acordo com as expectativas definidas para o negócio. Essas validações envolvem o cadastro e login, inserção de dados, todo o processo de compra, funcionamento das formas de pagamento disponíveis. Certifique-se de que todos os links, botões e formulários estejam operando conforme o esperado.

Teste de usabilidade

Os testes de usabilidade são cruciais para garantir que o site seja intuitivo e fácil de usar para os clientes. Portanto, avalie a clareza do design, a disposição dos elementos na página, a navegabilidade, a facilidade de pesquisa de produtos e a experiência de compra geral. Identifique qualquer obstáculo ou confusão que os usuários possam enfrentar e faça ajustes para melhorar a usabilidade.

Teste de desempenho

Em relação aos testes de desempenho, é importante verificar a velocidade e a estabilidade do site. Isso inclui a carga rápida das páginas, tempos de resposta rápidos para consultas de banco de dados, suporte a múltiplos usuários simultâneos e capacidade de lidar com picos de tráfego durante promoções ou eventos sazonais, por exemplo. Certifique-se de que o site não apresenta lentidão ou erros sob pressão.

Também é importante testar a compatibilidade do site com diferentes navegadores (como Chrome, Firefox, Safari e Internet Explorer) e dispositivos (computadores, smartphones e tablets). Isso vai garantir que a loja virtual seja responsiva e que a experiência do usuário seja consistente em todas as plataformas.

Teste de segurança

Os testes de segurança também são vitais para proteger tanto os dados dos clientes quanto a integridade do seu negócio. Assim, certifique-se de que as transações sejam seguras, os dados do cliente estejam protegidos e o site seja imune a ameaças de segurança, como ataques de hackers.

Por fim, não deixe de conduzir testes de conteúdo, verificando se todas as informações, imagens e descrições de produtos estão atualizadas e corretas.

9 – Atendimento ao cliente

Um site funcionando adequadamente para uma loja virtual é a primeira etapa do processo. No entanto, um dos aspectos mais importantes quando se trata de vendas em um e-commerce é dar muita atenção ao atendimento ao cliente, principalmente no pós vendas. 

O cliente precisa ter pelo menos um canal onde ele pode ser atendido, isso garante que qualquer problema que aconteça durante a sua jornada de compra será resolvido de forma rápida e eficiente.

Considere que, quando o consumidor se sente satisfeito com a experiência de compra, é muito provável que ele vá voltar e comprar novamente. 

E um cliente assim tem um custo bem menor para qualquer negócio quando comparado ao custo de adquirir novos clientes. Isso torna tão importante o investimento em canais de atendimento aos clientes.

10 – Divulgação da loja virtual

As vendas de uma loja virtual depende muito de boas estratégias de divulgação online através de técnicas de marketing digital.

Para isso, confira algumas das ações que costumam ter maior sucesso quando se trata de promover sua loja na internet.

SEO (Otimização para Mecanismos de Busca)

Invista em estratégias de otimização para mecanismos de busca para que seu site apareça nas principais páginas de resultados do Google e outros motores de busca. Isso envolve pesquisa de palavras-chave, otimização de conteúdo e criação de páginas de venda amigáveis.

Redes Sociais

Ter uma presença ativa nas redes sociais relevantes é muito importante para que uma loja virtual possa se comunicar com seu público-alvo. Crie perfis comerciais e compartilhe conteúdo relacionado aos seus produtos, dicas e notícias do setor. Interaja com os seguidores e promova seus produtos de maneira autêntica.

Marketing de Conteúdo

Desenvolva uma estratégia de marketing de conteúdo, criando blogs, artigos, vídeos e outros materiais relevantes para o seu nicho. Isso ajuda a posicionar sua marca como uma autoridade em seu campo e atrai visitantes interessados.

Email Marketing

Crie uma lista de contatos de clientes e interessados e utilize o email marketing para divulgar ofertas, promoções e novos produtos. Mas lembre-se:  as mensagens precisam ser personalizadas para atender aos interesses específicos dos destinatários.

Publicidade Online

Utilize campanhas de publicidade online, como Google Ads e Facebook Ads, para alcançar um público mais amplo e direcionar anúncios específicos com base no comportamento de navegação dos usuários.

Avaliações e Depoimentos

Incentive seus clientes a deixarem avaliações e depoimentos sobre seus produtos e serviços. Avaliações positivas podem construir a confiança de novos compradores.

Análise de Dados

Use ferramentas de análise para monitorar o desempenho do seu site e suas campanhas de marketing. Acompanhe métricas como tráfego, conversões e taxa de rejeição, por exemplo, para fazer ajustes contínuos em suas estratégias.

A divulgação de uma loja virtual é um esforço contínuo, e a combinação de várias estratégias pode ser mais eficaz para alcançar e envolver seu público-alvo.

DICAS: Estratégias para vender mais em loja virtual

Nichos de Sucesso para E-commerce

Esses são alguns dos segmentos de produtos que as pessoas mais buscam e compram através de lojas na internet

  • Moda e Acessórios: Roupas, calçados, joias e acessórios sempre são populares no comércio eletrônico.
  • Produtos para Casa e Decoração: Itens para casa, como móveis, decoração de interiores e utensílios domésticos, têm uma alta demanda online.
  • Eletrônicos e Tecnologia: Gadgets, dispositivos eletrônicos e produtos relacionados à tecnologia continuam sendo um nicho lucrativo.
  • Saúde e Bem-Estar: Produtos relacionados à saúde, suplementos alimentares e equipamentos de exercício são populares, especialmente considerando o crescente interesse pelo bem-estar.
  • Alimentos e Bebidas: Itens gourmet, produtos orgânicos, vinhos e alimentos especiais têm uma presença forte no e-commerce.

Analisando o preço da concorrência

Analisar o preço da concorrência ajuda a definir estratégias de precificação mais competitivas, identificar nichos de mercado e comunicar o valor diferencial de seus produtos. Também permite ajustar preços dinamicamente, planejar promoções e manter-se atualizado em um mercado em constante evolução.

Utilize ferramentas de monitoramento de preços para acompanhar os preços da concorrência e ajustar seus próprios preços de acordo com o mercado.

No entanto, em vez de competir apenas com base no preço, destaque o valor agregado de seus produtos, como qualidade superior, suporte ao cliente ou garantia estendida.

Descrição dos produtos

Forneça descrições detalhadas dos produtos, incluindo especificações técnicas, tamanhos, cores e informações relevantes para ajudar os clientes a tomar decisões informadas.

Outro componente essencial em uma loja virtual são as imagens dos produtos. Imagens de alta qualidade que mostrem os produtos em diferentes ângulos aumentam o interesse dos consumidores nos produtos que eles estão procurando. Vídeos também podem ser úteis para apresentar produtos de forma mais detalhada.

Personalização da loja virtual

Para aprimorar a experiência do usuário em seu site, é essencial tornar a navegação mais intuitiva, simplificar o processo de compra e apresentar um design atraente, garantindo que os visitantes se sintam confortáveis e facilitem a conclusão das transações.

Além disso, investir em um atendimento personalizado pode ser um diferencial significativo. Portanto, é importante oferecer suporte ao cliente personalizado, através de canais como chat ao vivo, e-mails ou telefone. Isso permite que você construa relacionamentos mais próximos com seus clientes, entendendo suas necessidades individuais e fornecendo assistência direcionada, o que pode resultar em maior satisfação e fidelização dos clientes.

banner-para-loja-virtual
Início 9 E-commerce 9 Loja virtual: 10 passos para criar a sua
Escrito em: 03/11/23
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

Guia do MEI: Tudo sobre o MEI – Blog do eGestor

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? Porque ele é o dinheiro que a empresa recebeu em um período, que mostra se ele foi bom ou não. Acompanhar o faturamento se sabe quanto a empresa pode gerar de capital. Ele também é...

NFC-e (Nota fiscal de consumidor eletrônica) [Atualizado]

Emitir NFC-e Todo produto ou serviço vendido, deve ter sua comprovação fiscal e um dos meios de atestar essa transação é a nota fiscal. Afinal, ela dá segurança tanto à empresa que vende o produto, quanto ao consumidor que o compra....

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro da sua empresa Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...