Plano de Carreira

Com um mercado cada vez mais competitivo, as empresas devem cada vez mais pensar em oferecer capacitação e perspectiva de crescimento para os seus funcionários, de forma a mante-los motivados por um longo período de tempo e consequentemente melhorarem a produtividade da empresa. Para que isso ocorra, uma alternativa que as empresas tem encontrado é oferecer um plano de carreira para os seus colaboradores. É sobre este assunto que vamos falar neste artigo. Afinal o que é um Plano de Carreira? Qual a sua importância para os colaboradores e para as empresas? Como elaborar?

O que é um Plano de Carreira?

O plano de carreira é um projeto que estabelece o caminho a ser seguido por funcionários dentro de uma empresa. Ele engloba as expectativas que as empresas possuem em relação a cada cargo da organização, além de apresentar aos funcionários uma projeção de possíveis recompensas, como aumento de salário ou então uma promoção de cargo dentro do ambiente organizacional de acordo com as metas que forem atingidas.

Elaborar um plano de carreira é extremamente vantajoso para as empresas, pois a partir dele, os gestores sabem exatamente em que aspectos devem avaliar os seus funcionários e podem analisar se as ações e metas elaboradas ao longo da construção do plano de carreira estão sendo devidamente cumpridas por cada um deles.

Outra vantagem de se elaborar um plano de carreira é o fato de manter os colaboradores sempre motivados a atingir determinados objetivos dentro da empresa.

Isso ajuda não só na retenção de profissionais, diminuindo a rotatividade e evitando gastos com demissões e admissões de profissionais, mas também na atração de novos funcionários, que podem se sentir extremamente motivados para trabalhar em uma empresa que ofereça um plano de carreira.

Para os colaboradores, o plano de carreira é importante a medida em que serve como um norte das ações que devem ser realizadas dentro da empresa. A partir dele, os funcionários sabem exatamente o que devem fazer e o que precisam alcançar para conseguir um aumento de salário ou então subir de cargo na empresa.

Ou seja, os funcionários sabem que possuem uma perspectiva de crescimento profissional no lugar em que trabalham.

Guia de Gestão de Equipes

Como elaborar um bom plano de carreira?

Portanto é necessário que o plano de carreira alinhe os objetivos da empresa com o objetivo dos profissionais. De nada adianta você estabelecer grandes metas que alterem o patamar de sua empresa se você não recompensar adequadamente os seus funcionários para isso.

Grandes metas exigem grandes esforços, que obviamente necessitam de uma grande motivação dos funcionários. Eles não querem que somente a sua empresa cresça, mas sim ter a possibilidade de crescer junto com ela, tanto financeiramente, quanto profissionalmente.

Sendo assim, ao elaborar um plano de carreira você também deve conversar com os seus funcionários e procurar saber quais as suas visões e quais os seus objetivos pessoais dentro de determinado período na empresa. Envolver a sua equipe na estruturação de metas pode ser essencial para que eles sintam-se mais motivamos e participativos no ambiente organizacional.

O plano de carreira precisa beneficiar tanto a empresa, quanto os funcionários.

Conheça os seus funcionários

Sabendo com clareza quais os pontos fortes e quais os aspectos que ainda podem ser desenvolvidos em cada um de seus funcionários é fundamental para estabelecer metas realistas e que possam ser devidamente cumpridas por cada um deles.

Fazer com que cada colaborador trabalhe em torno de seus pontos fortes, certamente aumentará as chances de a empresa obter melhores resultados em um período menor de tempo.

Estabeleça objetivos realistas

Não confunda ambição com impossibilidade. Na hora de definir as metas você precisa saber até que ponto seus colaboradores realmente podem alcançar em termos de resultados. E como falamos anteriormente, tome cuidado ao estabelecer as metas para os seus funcionários. Elas precisam estar plenamente de acordo com as competências de cada um deles.

Outro aspecto fundamental que deve ser levado em conta na hora de elaborar um plano de carreira é em relação as recompensas oferecidas aos funcionários em caso de se cumprir os objetivos estabelecidos.

Seja uma promoção dentro da empresa, que consequentemente resultará em um aumento salarial, seja a manutenção no mesmo cargo com um reajuste, você precisa prometer o que vai cumprir.

Por isso avalie criteriosamente se sua empresa não terá problemas financeiros com a remuneração extra de determinado funcionário e se terá recursos para isso. É uma situação extremamente desagradável para você, como gestor, prometer uma recompensa para o seu funcionário e posteriormente não poder cumprir, já que o seu orçamento empresarial não suporta estes reajustes.

Faça o acompanhamento dos resultados

Para verificar se as ações programadas no plano de carreira estão sendo devidamente realizadas, faça um acompanhamento constante do trabalho e dos resultados obtidos.

Na hora de elaborar o plano de carreira, fazer um cronograma de datas em que determinadas ações serão realizadas por cada um dos funcionários e prazos para o cumprimento dos objetivos facilita muito o processo de mensuração.

Em caso de os resultados não estarem sendo os esperados, altere o plano de carreira no que for necessário, tanto em relação aos objetivos, quanto em relação as funções de cada funcionário.

Para auxiliar no processo de avaliação de resultados, uma dica importante é contar com o auxílio de um bom sistema de gestão empresarial, que possibilita fazer o acompanhamento do controle financeiro de sua empresa, da lucratividade obtida em determinado período, da quantidade de vendas por produtos e por vendedores, dentre outros importantes indicadores.

Se a sua empresa trabalha usa o marketing digital para geração de leads e clientes e estabeleceu como metas aumentar estes números, a ferramenta Semrush permite analisar o crescimento de tráfego gerado pelo seu site, blog ou redes sociais de uma forma geral, assim como a sua taxa de conversão e a comparação com outras empresas concorrentes. 

Quais as estruturas de plano de carreira? 

De uma forma geral, o plano de carreira será elaborado a partir de uma das estruturas a seguir:

  • Estrutura em linha: com um plano de carreira linear, a sequência de cargos que o colaborador poderá ocupar dentro da organização já são definidos previamente. É uma estrutura que torna as possibilidades de crescimento dos colaboradores mais restritas;
  • Estrutura em rede: é uma estrutura mais abrangente e vantajosa aos colaboradores do que a estrutura em linha, a medida em que possibilita uma ampla variedade de cargos que poderão ser ocupados pelos profissionais em caso do cumprimento de determinados objetivos. Na estrutura em rede, o gestor oferece diversos caminhos de plano de carreira que poderão ser seguidos e os profissionais escolhem o plano que mais lhe agradar. Ao contrário da estrutura em linha, a definição do plano de carreira em rede também tem a participação dos funcionários na tomada de decisão e não é realizada somente pelo alto escalão;
  • Estrutura paralela: esse é um dos modelos mais utilizados pelas empresas no Brasil e no mundo afora. A diferença para as demais, é que a estrutura paralela oferece opções de crescimento que não estejam ligadas somente a promoções de cargo. Na estrutura paralela, os colaboradores que não se vêem com as características ideais para ocupar o cargo de gestores futuramente, poderão manter o seu cargo atual e assim poderão ser recompensados com bonificações salariais;

Quais recursos podem ser úteis para auxiliar os seus funcionários na obtenção de metas?

Após a elaboração do plano de carreira para seus colaboradores, você não deve deixa-los caminhar sozinhos sem auxiliar no cumprimento de seus objetivos.

É preciso investir em qualificação e incentivar constantemente seus colaboradores para que sintam-se efetivamente preparados em atingir os objetivos propostos no plano de carreira. Existem uma série de recursos que podem auxiliar neste sentido:

Coaching executivo

Contratar um profissional de coaching para atuar em sua empresa pode ter um efeito amplamente positivo na motivação e orientação a seus colaboradores. O coaching executivo atua junto a empresa e todos os colaboradores a partir da aplicação de técnicas no dia a dia de trabalho que possuem o objetivo de levar ao cumprimento das metas estabelecidas.

O coaching executivo pode ser fundamental para potencializar o rendimento diário de seus colaboradores. Uma das metodologias muito utilizadas pelos profissionais de coaching é a catálise, que é um programa voltado para o autoconhecimento e auto-desenvolvimento profissional.

Cursos EAD

A internet possibilita uma série de recursos que podem ser extremamente úteis no ambiente empresarial. Há uma grande variedade de cursos online e gratuitos voltados para a qualificação profissional em relação aos mais variados aspectos, que podem ser aplicados como forma de treinamento a seus funcionários. 

Mentoring

Semelhante ao processo de coaching, o método de mentoring também é voltado para a orientação profissional. A diferença neste caso é que o mentoring, no caso, é um de seus colaboradores mais antigos em sua empresa e que estão mais habituados a todos os seus processos.

Este profissional será responsável por orientar algum colaborador mais novo no ambiente de trabalho e ainda inexperiente no em relação aos processos desenvolvidos. É uma espécie de tutela.

O processo de mentoring é vantajoso tanto para os profissionais que recebem as orientações de um colaborador mais experiente, pois só tendem a adquirir mais conhecimento, quanto para os orientadores que participarão deste processo, a medida em que se sentirão plenamente reconhecidos pelo trabalho desenvolvido!

Cursos presenciais

Oferecer cursos presenciais a seus funcionários, também é uma forma de incentivar a fuga da zona de conforto e apoiar os seus colaboradores a buscarem uma constante qualificação em busca de atingir as metas estabelecidas. 

E o Plano de carreira pessoal?

É importante ressaltar que o plano de carreira não serve exclusivamente para os gestores aplicarem para definir metas para a empresa e para funcionários.

Ele também pode ser usado para quem deseja crescer profissionalmente por conta própria sem metas estabelecidas por seus superiores. Veja alguns aspectos que devem ser levados em conta para elaborar um plano de carreira voltado exclusivamente para o seu crescimento profissional.

Tenha autoconhecimento

É imprescindível conhecer a sua própria personalidade para definir de fato aonde você quer chegar e qual será a maneira mais eficiente de se chegar até determinado objetivo. Tenha em mente seus interesses pessoais e profissionais para definir os seus objetivos.

Identifique os seus pontos fortes e fracos para saber qual será o melhor caminho a ser seguido. Esta união entre o que você gosta e no que você é bom, vai otimizar os seus resultados. Avaliar em quais aspectos específicos em que ainda é possível evoluir como profissional também é essencial para estruturar o seu próprio plano de carreira.

Responda algumas perguntas

Para definir os seus objetivos profissionais é indispensável responder algumas perguntas a si mesmo:

  • Deseja crescer dentro de seu próprio emprego ou ir para uma empresa maior? Em caso de escolher a segunda opção, qual seria essa empresa?
  • Você tem como prioridade receber aumento salarial?
  • Quais são as suas áreas de interesse? Em quais delas as suas qualificações seriam melhores aproveitadas?
  • O que você tem feito para chegar a seus objetivos? O que pode ser melhorado?

Estabeleça metas

Depois de fazer um processo de auto-avaliação e responder as perguntas acima, comece a projetar o seu futuro dentro de um determinado período.

Isto é, em que cenário você se imagina daqui a 5 ou 10 anos? A partir daí, elabore um cronograma, com datas e prazos para você realizar as ações para chegar ao seu objetivo final. Se espelhe em profissionais que obtiveram grande crescimento profissional por méritos próprios. Não tenha medo de sair da zona de conforto!

Que tal baixar gratuitamente o nosso e-book de gestão estratégica e ficar por dentro de mais dicas para a gestão de sua empresa?

Guia de Gestão Estratégia

Conheça o eGestor, o sistema de gestão empresarial totalmente fácil e online!

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br