feedback o que é e como passar aos funcionarios

O feedback é uma ferramenta de trabalho muito poderosa. Ele ajuda tanto no crescimento profissional como no desenvolvimento pessoal de qualquer colaborador de uma empresa.

Através de bons feedbacks é possível enxergar os erros que são cometidos e utilizá-los como forma de aprendizado. O feedback não pode ser visto como uma crítica que existe para colocar alguém em uma situação desconfortável, mas sim como combustível de crescimento.

Na maioria das empresas, o grande problema está na maneira como os feedbacks são dados, mais precisamente, como o líder passa essa devolutiva para a sua equipe, levando em consideração seu estado de espírito no momento em que ele senta para conversar com outra pessoa.

Muitas vezes, a pessoa que vai passar o feedback está estressada por outros motivos e acaba deixando isso influenciar na maneira como fala com o funcionário, passando um sentimento de que os problemas por ele abordados são pessoais, esse é um erro grave que precisa ser evitado.

Um bom feedback é dado através de uma abordagem correta, levando em consideração o tom de voz, a maneira como o assunto é trazido para a realidade, entre outros fatores. Existem diferentes tipos de feedback, e sua função é justamente a de motivar os funcionários, e não o contrário. É uma técnica que, se bem utilizada, pode fazer toda a diferença na produtividade da equipe.

Por que é importante pedir feedbacks?

Não é somente papel do líder dar feedbacks. Pessoas que buscam feedbacks e não fogem de críticas fazem com que esse processo se dê de forma mais natural e procuram sempre dar o seu melhor no dia a dia.

Procurar por esse retorno a respeito de seu trabalho também é uma maneira de prevenção, pois faz com que você não espere até que algo de ruim aconteça e que o feedback negativo chegue.

Para conseguir chegar ao ponto de pedir feedbacks sem levar para o lado pessoal é preciso mudar a visão de que é algo negativo e ruim. Mesmo que receba um feedback negativo, com certeza você poderá usá-lo como combustível de crescimento. Enxergue como pontos a serem melhorados e trabalhe a seu favor, pois nada melhor do que consertar uma atitude e ver os resultados positivos dessa mudança.

Um colaborador que pedem feedbacks de maneira voluntária é visto com bons olhos por seus líderes, isso porque demonstra estar aberto a admitir falhas e também mudanças. Essa proatividade de crescimento a partir de feedbacks aproxima colaboradores e líderes, pois gera respeito e admiração mútua dentro do âmbito profissional.

As pessoas que ocupam cargos de liderança são as responsáveis por oferecerem os devidos feedbacks aos membros de sua equipe, porém, os líderes também precisam de um retorno, mas para isso é importante que estejam abertos a crescer e aprender com isso da mesma maneira que todos os outros colaboradores da empresa.

Feedback não é puxão de orelha

É muito importante que a gerência da empresa entenda que feedback não é sinônimo de puxão de orelha. É muito importante que saibam que esse retorno não é algo esporádico para ser dado somente quando um colaborador cometeu algum erro, é uma prática que precisa ser realizada regularmente, também com a finalidade de elogio. A melhor maneira é criar um calendário periódico de encontros entre líderes e membros da equipe para promover o feedback entre ambos.

Outro erro pode estar em achar que o feedback tem que ser dado de forma surpresa. Claro que é possível dar feedbacks em momentos pontuais, quando um trabalho é muito bem feito, ou quando acontece algum problema. Mas o retorno a respeito do que está sendo feito tem que estar integrado com o dia a dia da empresa e com a rotina de trabalho.

Como dar Feedback para seus funcionários?

Para passar um um bom Feedback para os seus funcionários, de forma que não seja desrespeitoso, mas ao mesmo tempo não esconda os pontos que precisam ser melhorados, é preciso conhecer profundamente a sua equipe de colaboradores, de modo a tentar entender de que forma cada funcionário irá reagir individualmente a uma possível crítica. Vamos listar alguns aspectos importantes que devem ser levados em conta na hora de dar um Feedback para a sua equipe:

Planeje

Mesmo que existam feedbacks mais rápidos e espontâneos que ocorrem a partir de alguma ação pontual, é indispensável que o gerente planeje reuniões de retorno com o seu time de colaboradores , e também os retornos individuais.

Retome o último feedback que foi discutido e suas observações sobre o que mudou e o que não, trazendo pontos positivos e negativos. Abordar esses pontos é uma ótima estratégia para deixar o clima mais neutro.

Guia de Gestão Estratégia

Use dados

Traga números, metas cumpridas ou não cumpridas para deixar o feedback mais palpável e menos subjetivo. Uma coisa é criticar ou elogiar comportamentos pessoais, outra é trazer resultados para mostrar o porquê dos apontamentos. Qualquer tipo de informação quantitativa ajuda o colaborador a enxergar melhor o ponto de vista trazido pelo líder.

Traga honestidade e objetividade

Amenizar os impactos negativos do feedback demonstra transparência e honestidade faz com que o colaborador sinta confiança naquilo que você está trazendo como pontos de melhoria.

Tentar elogiar para depois criticar não gera sinceridade no momento do elogio. Nunca disfarce um feedback negativo e também não tenha medo de elogiar o outro achando que ele deixará de se esforçar por acreditar que já está fazendo o suficiente.

Tente entender o ponto de vista do outro

Não enrole antes de dizer alguma coisa negativa, esse é o momento de se tornar mais próximo dos funcionários e ganhar a confiança deles. Um feedback correto aborda também a visão do outro, pois ninguém melhor do que a própria pessoa para enxergar seus pontos positivos e negativos. Seja empático e entenda o lado do outro, bons líderes colocam empatia em tudo que fazem.

Monte um plano de ação

É muito mais efetivo trazer um feedback e, ao mesmo tempo, soluções e planos para consertar algo de ruim que possa estar acontecendo, ou favorecer uma atitude muito positiva. De qualquer maneira, entregue planos de ação para os funcionários no momento do retorno para que eles saibam o que fazer com todas as informações que lhes foram passadas.

Agora que você já conheceu melhor essa ferramenta, poderá utilizá-la da melhor maneira possível com os colaboradores de sua empresa. Comece agora mesmo e dê feedbacks regularmente, isso com certeza fará toda a diferença na sua liderança do dia a dia.

Quer saber mais dicas de como otimizar a relação com seus funcionários? Baixe nosso e-book de gestão de equipes!

 

 

Escrito por eGestor

O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas.
Teste gratuitamente em http://www.egestor.com.br