fbpx

Gerente: suas funções, a importância e categorias

Gerente é a pessoa responsável pelo controle e planejamento de parte de uma organização. Muitas vezes os gerentes são responsáveis por setores de uma empresa, e em alguns casos estão no comando de toda a atividade desempenhada.

Todo planejamento de uma empresa deve visar o seu crescimento e sua consolidação no mercado. O problema é o que fazer quando se atinge o nível proposto de crescimento. É preciso aumentar o controle financeiro, por exemplo. Já que haverá mais entradas e saídas. Assim como é necessário um controle maior de funcionários. Visto que sua equipe deve aumentar também. E você, como dono, deve estar a par de tudo isso. Mas como? Para isso, temos a presença de um auxiliar muito importante: o gerente. 

gerente

O que é um gerente

O gerente é a pessoa que representa o dono do negócio e seus interesses. Eles têm, inclusive, funções semelhantes, uma vez que o dono e o gerente delegam tarefas, comandam equipes e aprimoram processos.

Ele deve estar envolvido nas atribuições, como membro da equipe de trabalho. Mas sempre lembrando que o gerente deve cobrar o que o dono da empresa cobraria. Irá delegar tarefas, mas também terá as suas a cumprir.

Claro que esse nome acaba sendo mais abrangente, porque existem os gerentes, os coordenadores e os supervisores, principalmente nas grandes empresas. Mas, quando a empresa é menor e os processos contam com menos etapas, o gerente consegue suprir a demanda.

O que faz um gerente

O mais lógico a se dizer é que um gerente gerência. Mas o que realmente é o gerenciar? Quais são as principais ações do gerente diariamente, por exemplo?

Dependendo do tipo de gerente, ele tem funções específicas. Entretanto, algumas ações são comuns. O gerente deve estar a par do que os colaboradores, por quais ele é responsável, estão fazendo e seus resultados. Assim, ele também é responsável por intermediar a relação entre a empresa e esses funcionários.

Ele também pode ser responsável pela equipe e pelos resultados dela. Ou seja, cuidar das suas relações e ser quem incentiva todos a alcançar os números de metas.

Dessa forma, o gerente faz o planejamento, o controle, a organização e a estratégia do setor.

Qual é a função do gerente

Um gerente pode exercer diversas funções. Que envolvem desde o controle e treinamento da equipe de funcionários da empresa, até sua administração, e o seu financeiro. 

Ainda, existem 4 pilares que são os mesmos para todos os gerentes. Ou seja, independente do setor ou da atuação, ele deve exercê-las. São elas:

  • Planejamento: Todos os gerentes precisam planejar, seja a contratação de um funcionário para os gerentes de RH, ou a estratégia para os gerentes de marketing. É nessa etapa que são definidos os objetivos e como eles serão alcançados.
  • Organização: A organização é essencial em qualquer lugar para qualquer pessoa, mas no caso de um gerente, ela é ainda mais importante. Os recursos da empresa, sejam materiais ou humanos, devem estar organizados e voltados para o mesmo objetivo.
  • Liderança: Um bom gerente também deve ser um bom líder. Gerentes que têm uma equipe para liderar devem entender que liderar é muito mais que simplesmente mandar. Ser um líder é saber motivar e desenvolver os colaboradores da equipe.
  • Monitoramento: Você já planejou a estratégia, já organizou o necessário e se descobriu como um líder. O que falta agora? Monitorar! Aqui é onde o gerente deve observar os resultados, como anda o desempenho da equipe, se as metas foram alcançadas e qual o orçamento utilizado. Ou seja, o monitoramento é a última fase antes de começar tudo novamente.

Assim, podemos concluir que o gerente é responsável por quase toda organização e funcionamento. Muitas vezes, o proprietário opta pela inclusão de mais de um gerente, por isso existem categorias diferentes.

Quais tipos de gerente existem?

Como as funções exercidas pelo gerente são várias e de classes diferentes, algumas empresas optam por ter mais de um. Como um gerente administrativo, um de vendas e um de marketing, por exemplo. Mas o que cada um faz?

1. Administrativo

Um gerente administrativo tem como principais funções a organização das atividades recorrentes, além da sistematização das informações. Ele deve coordenar as funções administrativas em geral, sendo elas as atividades dos colaboradores, a elaboração de relatórios para condução de reuniões.

Além disso, ele também deve estar a par de funções do departamento financeiro, como contas a pagar e receber e orçamento mensal. Outra responsabilidade é o planejamento estratégico e a segurança de que as atividades sejam desenvolvidas de acordo com o planejado.

O perfil desse gerente deve conter algumas características indispensáveis, como foco e direcionamento, liderança, planejamento e a capacidade de gerenciar pessoas. Assim como também deve ter raciocínio lógico, capacidade de comunicação e negociação, já que deve resolver dificuldades e tomar decisões. Além, é claro, de competência na sua área de atividade.

Além de ter conhecimento sobre as técnicas de gestão administrativas, como o planejamento e organização. E, juntamente, ter conhecimento sobre a parte do escritório, que inclui formulários, arquivamento e controle de estoque. Certo conhecimento na área de finanças, para controle de contas a pagar e receber, também faz muita diferença.

2. Financeiro

O gerente financeiro é responsável pelo controle de contas a pagar, controle de fluxo de caixa e demais apresentações financeiras. Além, claro, da definição desses controles. 

Ele irá criar relatórios de demonstração de tais gestões e repassar e informar sobre esses dados. Portanto, para a criação e o entendimento de tal, deve estar atento aos dados de faturamento, despesas e custos, por exemplo. E, por ter essas orientações, devem guiar seus funcionários na direção correta. 

O encarregado de tais tarefas deve ter uma visão ampla da empresa, tendo conhecimento dos setores e de sua interação. E, ainda, deve ter o conhecimento necessário para o cargo, que inclui conhecimento em contabilidade e economia.

3. De vendas

O cargo de gerente de vendas se compara ao de gerente comercial. Isso, pois estão relacionados em algumas áreas. Ele será responsável por coordenar os vendedores da empresa, incentivando as vendas e o comportamento ensinado nos treinamentos. Treinamentos que deverão ser impostos por esse gerente de vendas.

Mas, além dos vendedores, o gerente de vendas será encarregado de todo o controle de vendas, desde a arrumação de produtos, até o controle de entradas e saídas. 

Portanto, é necessário que o gerente de vendas tenha, além de boa comunicação, autoridade sobre seus funcionários. Lembrando que devem ter uma relação agradável ou todos os treinamentos e métodos implantados para melhorar a venda não funcionarão.

4. Comercial

As funções desse gerente estão voltadas para o melhor atendimento do cliente em uma empresa. Ele irá realizar treinamentos para que seus funcionários reconheçam as normas da empresa e como atender o cliente da melhor forma. Ainda nessa área, deve coordenar a equipe, corrigindo comportamentos que não estão de acordo com o proposto e os alocando da melhor forma.

Deve conhecer bem as metas, tanto gerais como individuais. Também, compreender o potencial de vendas e definir estratégias que a equipe deve adotar. Além de responsável pela capacitação e organização, deve, também, contratar funcionários.

Das características pessoais, deve ser comunicativo e ser um bom líder. Já em relação a conhecimentos específicos, deve saber sobre a empresa e o que será melhor avaliado pelos clientes quando implantado. Além de conhecer métodos de capacitação de pessoas.

gerente

5. De produção

Toda empresa que possui um sistema de produção deve ter alguém para gerenciar essa área e assim ter um controle de qualidade e quantidade, além de cumprimento de metas. Dentro de todo esse processo de produção, o gerente irá coordenar a manufaturação, desde máquinas, materiais, mão de obra. 

O gerente também deve estar atento a métodos para aprimorar esse sistema, como a manutenção de máquinas e aperfeiçoar recursos auxiliares. Assim, é preciso atenção aos dados de demanda, despesas e estoque. 

Normalmente, o posto de gerente de produção requer uma formação superior, comumente relacionada a esta área de trabalho. Por exemplo, um laboratório de análises clínicas, para ocupar esse cargo é necessário formação em farmácia ou química.

A pessoa que ocupa a função de gerente de produção deve ter conhecimento na área. Mas, também, possuir conhecimentos em controle de processos e coordenação nas atividades industriais. 

6. Marketing

Realizar pesquisas de mercado, definição do público-alvo e estratégias de venda. Essas são algumas das principais funções de um gerente de marketing. 

Elas servirão, futuramente, para a criação de campanhas de publicidade, como promoções, que é outra atividade do gerente de marketing. Além dessa, outra atividade é impulsionar a imagem de um produto ou serviço de uma empresa. 

Normalmente, o gerente de marketing irá elaborar estratégias de venda para sua empresa. Assim, ele indica o que deve ser feito de acordo com as tendências e índices das pesquisas. 

Suas áreas de conhecimento devem ser sobre planejamento e pesquisa de mercado, mas também de gestão de uma marca e merchandising. E, claramente, deve ter conhecimento de marketing, design, e meios de divulgação. Deve ter boa habilidade de comunicação e interlocução.

7. Recursos Humanos

O gerente de recursos humanos é um dos que mais transita entre os setores da empresa. Isso porque ele irá atender a todos individualmente e em conjunto. Dentro de suas funções podemos citar a gestão de pessoas, ou seja, a contratação de novos funcionários, desde a seleção e entrevista, até o seu treinamento.

A função do responsável pelos recursos humanos da empresa tem como propósito a melhor relação da empresa com o empregado. Dessa forma, ele deve fazer com que todos estejam satisfeitos em todas as áreas. 

Esse profissional deve estar habilitado para trabalhar com desenvolvimento de pessoal e seus treinamentos. Também deve ter boa capacidade de comunicação, uma vez que terá contato direto com os funcionários. Além, claro, da capacidade de preparar estratégias para tornar o ambiente da empresa um ambiente agradável para todos os lados. 

8. De projetos

O gerente de projetos tem como principal função garantir a produção de um determinado projeto. Ou seja, ela fica responsável pelo planejamento e coordenação, com o intuito de garantir o seu sucesso. Ele pode trabalhar para uma ou mais empresas.

Ainda, esse gerente aumenta o valor agregado, visto que tem uma visão totalmente integrada dos seus projetos. Ele consegue avaliar melhor a tomada de decisões e sabe o melhor caminho para cada investimento.

Quanto ganha um gerente?

Os salários dos gerentes podem variar em função do setor em que eles atuam, do nível e também da sua formação. Atualmente, a média salarial de um gerente administrativo, por exemplo, é de R$ 2.844,00 podendo ganhar até R$ 4.226,00. Confira a média de salários de gerentes:

  • Gerente Administrativo: R$ 2.844,00
  • Gerente Financeiro: R$ 4.114,00
  • Gerente de vendas: R$ 4.693,00
  • Gerente Comercial: R$ 4.655,00
  • Gerente de produção: R$ 4.622,00
  • Gerente de Marketing: R$ 7.135,00
  • Gerente de Recursos Humanos: R$ 8.240,00
  • Gerente de projetos: R$ 9.026,00

Gerente precisa de curso superior?

Não, um gerente não precisa ter um curso superior para assumir o cargo. Entretanto, ter uma graduação não faz mal, uma vez que esse pode ser um diferencial.

Também, alguns níveis requerem uma formação superior, e isso influencia diretamente no salário do mesmo. Por exemplo, os profissionais juniores costumam ser alguém que acabou de se formar, com pouca experiência. Enquanto os plenos normalmente já possuem alguma pós.

Mas essas não são regras, uma vez que dependem da empresa onde se trabalha.

Onde estudar para me tornar um gerente?

Existem cursos voltados para esse tipo de carreira, podemos citar, por exemplo, os cursos de gestão empresarial. A maioria desses cursos são tecnólogos, ou seja, não são uma graduação e levam menos tempo, mas tem o seu ensino mais focado na área escolhida.

Importância de um gerente

Como explicado, existem vários tipos de gerentes, cada um voltado para uma área de atuação. Assim, mostramos que sua maior função é a de auxiliar o proprietário do negócio.

Normalmente um gerente é contratado porque a empresa cresceu e o dono da empresa já não consegue gerir todas as funções, como fazia. Assim, um gerente financeiro, por exemplo, irá repassar apenas as informações mais pertinentes e cuidar das funções que ele já não pode fiscalizar sozinho.

Já um gerente de marketing, ou de recursos humanos, por exemplo, são contratados pois são funções que muitas pessoas não têm tanto conhecimento sobre. Dessa forma, eles facilitam o domínio da empresa, pois o foco será único.

Diferença entre gerente, gestor, líder e administrador

Apesar de ter ações muito parecidas, gerente, gestor, administrador e líder não são a mesma coisa. Mas, mesmo com funções diferentes, todos são líderes.

Explicamos melhor: o gerente normalmente é quem tem um papel mais estratégico, que controla situações administrativas, mas que ainda responde a um supervisor. O gestor, enquanto isso, costuma trabalhar em contato mais direto com a equipe, delegando tarefas, instruindo e dando feedbacks.

Os administradores, por sua vez, têm comprometimento com a empresa em geral e devem ter uma visão de mercado. O administrador, normalmente, não tem um contato direto com os colaboradores, e sim, com os gestores e gerentes.

Competências e habilidades fundamentais de um gerente

Para o correto cumprimento dessas funções, o gerente deve ter algumas aptidões essenciais. São elas:

  • Planejamento e organização: Todos os tipos de gerentes devem ter como característica pessoal a organização. Afinal, ele será responsável por organizar desde os funcionários, até as metas da empresa, além da organização e planejamento físico da empresa. Utilizar um planner semanal ou softwares como o Asana e Trello auxiliam no planejamento das tarefas a serem cumpridas. Lembrando que é de suma importância seguir o que é proposto pela empresa.
  • Comunicação: O gerente trabalha diretamente com pessoas, sejam elas seus funcionários ou clientes. Portanto, é preciso uma boa comunicabilidade. Sendo importante tanto oralmente, apresentando problemas ou dados de maneira clara e aberta; mas também de forma escrita, já que irá mandar e-mails e estar nas redes sociais.
  • Liderança: Como pessoa incumbida de controlar diversas áreas da empresa, o gerente deve ter a habilidade de liderar. O que não deve ser confundido com mandar, já que isso irá piorar a situação. Como o líder da sua equipe, você deve mostrar o caminho a ser seguido e trilhá-lo junto.
    • É preciso dar motivação aos colaboradores da sua empresa. Muitas vezes o responsável por essa parte acredita que ela deve ser feita apenas com dinheiro, o que não é verdade. Existem diversos modos de compensar seu funcionário pelo trabalho bem feito. E um líder deve estar ciente disso.
    • Ainda que não se deva ordenar nada, é preciso ter controle da equipe e persuasão. O gerente terá tarefas e metas como qualquer outro funcionário, e quem o ajudará a cumpri-las é o contratado.
  • Economia: até um gerente de marketing ou de recursos humanos precisa ter uma boa noção do financeiro da empresa. É um requisito base entender os investimentos e fazer com que eles virem benefício, e não prejuízo.

8 características de um gerente de sucesso segundo o Google

O Google é uma grande empresa de sucesso. Ele, inclusive, é uma referência para muitas pessoas quando se fala em local de trabalho. Mas existem alguns pontos interessantes sobre isso.

O cofundador do Google, Larry Page, era anti-gerência. Como a empresa contrata os melhores funcionários para todos os cargos, ter um supervisor poderia até atrapalhar seu trabalho. Com uma pesquisa, se descobriu que ele estava bem errado. Assim, o Google foi atrás de outras respostas, para o que são gerente de sucesso e como criar mais deles. A resposta foi as 8 características a seguir:

  1. Ter visão de longo prazo
  2. Conseguir se comunicar com eficiência
  3. Ter os resultados em foco
  4. Passar os conhecimentos
  5. Empoderar a equipe
  6. Dar bons conselhos aos colaboradores
  7. Estar atento ao bem estar da equipe
  8. Ajudar no desenvolvimento profissional do colaborador

Software de controle

Com tantas coisas para manter controle, até o gerente pode ter dificuldade. Controle financeiro, controle de estoque, de fluxo de caixa, de gastos e despesas. Todos devem estar alinhados, tanto ao planejamento, como ao que ocorre dentro da empresa. 

Para isso, existem alguns meios mais práticos de fazer essa monitoração, podendo ser através de planilhas ou a partir de um sistema que faz essa gestão. E o eGestor é o que você precisa. Trazendo todos esses controles, além de outros, alinhados a relatórios e gráficos, que lhe ajudarão em diversos momentos.

Banner-conversao-eGestor-blog

Perguntas frequentes

Quanto ganha um gerente?

Depende da área e do nível. A área que melhor remunera seus gerentes é a de TI, tendo como média o salário de R$ 12.640,00 mensais. Entretanto, um gerente comercial, que ganha menos, pode ter um variável, relativo a comissão, que aumenta esse valor.

Gerente precisa de curso superior?

Um gerente não necessariamente precisa ter formação em um curso superior. Mas esse pode ser um diferencial na hora de uma promoção ou contratação. Isso porque, algumas habilidades, como gerir pessoas e coordenar suas funções podem ser aprendidas durante a graduação.

Onde estudar para me tornar um gerente?

Mesmo que não seja necessário um curso para ser gerente, existem alguns cursos voltados para a área, como administração de empresas e gestão empresarial.

Início 9 Empreendedorismo 9 Gerente: suas funções, a importância e categorias
Escrito em: 28/06/22
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

1 Comentário

  1. Daniel

    Trabalho em uma empresa, onde não tenho poder de decisão, como contratar, dispensar, comprar, e por diversas vezes por ser uma empresa de 2 funcionários trabalho sozinho quando o outro é dispensado, porém tenho cargo de gerente, é possível ficar sendo gerente em uma empresa onde só você é o funcionário? E onde claramente você só tem esse cargo para não receber horas extras e outras coisas que o cargo te submete, ganhar 40% acima dos demais funcionários quando estes não existem etc.?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro da sua empresa Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...

Guia do MEI: Tudo sobre o MEI – Blog do eGestor

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

NFC-e (Nota fiscal de consumidor eletrônica) [Atualizado]

Emitir NFC-e Todo produto ou serviço vendido, deve ter sua comprovação fiscal e um dos meios de atestar essa transação é a nota fiscal. Afinal, ela dá segurança tanto à empresa que vende o produto, quanto ao consumidor que o compra....

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? Porque ele é o valor, em dinheiro, que a empresa recebeu em um período. Assim, ele demonstra se o resultado foi satisfatório ou não. Com o acompanhamento se tem uma melhor ideia da...

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...