fbpx

Como montar uma loja de móveis planejados: As 6 melhores dicas

Montar uma loja de móveis planejados pode ser uma ótima oportunidade de negócio. A utilização de móveis planejados vem crescendo bastante nesses últimos anos, principalmente por causa do crescimento de condomínios residenciais e apartamentos. Mas também, em função da procura cada vez maior por praticidade, modernidade e exclusividade, além do barateamento do serviço, graças à padronização de materiais mais ecológicos e acessíveis.

Então, se você tem dúvidas de como montar a sua loja de móveis planejados, confira as seis dicas que separamos para você!

1. Defina a origem dos seus produtos

Uma loja de móveis planejados pode produzir os seus próprios produtos, ser uma revendedora multimarcas, uma autorizada de uma marca ou uma franquia. Definir qual a origem dos seus produtos é importante, pois dependendo do tipo escolhido, novos cuidados serão necessários. Assim, para decidir qual a melhor opção, pesquise as principais lojas do ramo, veja como elas funcionam e decida qual opção melhor se encaixa ao seu perfil.

2. Tenha o seu próprio escritório

Para comercializar móveis planejados é importante ter um escritório próprio. Esse escritório servirá para receber os clientes, além de ser um local onde os modelos dos seus produtos ficarão expostos, espaço conhecido como show room. Ainda, também é necessário ter um espaço para guardar o seu estoque, como um galpão, por exemplo.

Mas, caso você produza os seus próprios móveis, também será necessário ter uma fábrica, onde serão produzidos os móveis solicitados pelos clientes. Essa fábrica inicialmente não precisa ser grande. Ela também pode ser instalada em um tipo de galpão ou qualquer outro lugar que seja possível trabalhar com as produções.

3. Defina quais os tipos de móveis planejados

A concorrência na área pode ser grande, por isso é importante definir quais serão os tipos de móveis disponíveis em sua loja. Você pode ter uma linha exclusiva para escritório, cozinha, dormitório, home office e banheiro, por exemplo. Assim, você precisa definir quais os tipos de imóveis que serão atendidos, se serão casas, apartamentos, empresas ou escritórios. Você pode escolher uma especificação em alguma área ou trabalhar com móveis para diversos imóveis e diversos cômodos diferentes.

Também é importante definir quais serão os materiais utilizados. Como dito anteriormente, o setor de móveis planejados vem utilizando materiais ecológicos e acessíveis, como MDF, madeira de restauração e compensados. Também continua sendo bastante utilizada na produção de móveis planejados as madeiras de reflorestamento, como Eucalipto, Pinus, Araucária e Teca.

4. Tenha um capital para investimento e invista em equipamentos de qualidade

O investimento inicial para abrir uma loja de móveis planejados dependerá da estrutura geral da sua loja. Assim, se a sua loja for menor, você precisará inicialmente gastar menos dinheiro, e se for maior, mais. Mas, podemos adiantar que a maioria das vezes, esse valor gira a partir de R$ 100 mil. A maior parte do investimento ficará para a parte do aluguel, legalização do negócio e principalmente equipamentos de trabalho.

Além dos equipamentos da loja, como materiais de informática, mesas e cadeiras, é preciso investir nos materiais que serão utilizados para a produção e montagem dos móveis planejados. Aqui, normalmente, os principais materiais são madeiras, furadeiras, martelos, lixadeiras, entalhadeiras e serras. Lembrando que a quantidade de material também dependerá da estrutura da loja, e é sempre importante a utilização de equipamentos de qualidade.

Loja de móveis planejados pode ser MEI?

Sim, um loja de móveis planejados com CNAE 3101-2/00 – Fabricação de móveis com predominância de madeira, pode ser MEI.

Estrutura de uma loja de móveis sob medida

É recomendado que sua empresa de móveis planejados seja instalada num espaço que possa ser expandido de pelo menos 80m². É interessante que esse espaço conte com um mostruário de materiais que podem ser usados na confecção de móveis, mas que também haja alguma exibição de exemplos de mobílias para os clientes se inspirarem além de um espaço de destinado aos serviços de escritório, banheiro e copa

Equipamentos necessários para compor a loja de mobílias planejadas

Além dos equipamentos básicos necessários e dos já mencionados, para sua loja de móveis sob medida é recomendado ter outros equipamentos. Como, por exemplo:

  • Mesas e cadeiras;
  • Computador;
  • Impressora;
  • Telefone;
  • Armários;
  • Cavalete para desenho;
  • Mesa digitalizadora.

5. Contrate funcionários qualificados

Uma loja de móveis planejados exige um planejamento eficaz para cada cliente. Por isso, é preciso ter uma equipe de funcionários competente, que consiga executar todo o processo da melhor forma possível. Então, projetista de móveis, atendentes, marceneiros, pessoas para trabalhar na fabricação dos móveis, administradores e montadores são alguns dos profissionais necessários para a sua loja de móveis planejados.

Assim, para amenizar os custos iniciais, é recomendável contratar uma equipe enxuta, sem nenhum cargo supérfluo ou excessivo. Mas, conforme a empresa for crescendo, você pode contratar novos funcionários.

6. Divulgue a sua loja sempre

Um dos fatores mais importantes para qualquer negócio, inclusive para o setor de móveis planejados, é a divulgação. Ou seja, de nada adianta você ter um belo escritório, uma fábrica cheia de bons equipamentos, funcionários qualificados, material de qualidade, se ninguém souber da existência da sua loja. Assim, fazer uma boa divulgação é uma forma de conseguir se posicionar no mercado e chegar diretamente no seu público-alvo.

Essa divulgação pode ser feita de várias formas. Você pode utilizar meios offline, como cartões de visita, folhetos publicitários ou propagandas em painéis, por exemplo. Pode também divulgar de forma digital, tendo um site e blog próprio, divulgando em sites de parceiros, criando anúncios patrocinados (em sites de busca, como o Google), criando perfis em redes sociais (Facebook e Instagram, por exemplo), utilizando o envio de mala direta, entre outros.

Você também pode divulgar a sua loja em cursos, feiras e eventos de negócios. Essa é uma ótima oportunidade para realizar e fechar parcerias e fazer contatos. A ABIMAD (Feira Brasileira de Móveis e Acessórios de Alta Decoração), a Movelsul e o evento Móvel Brasil são algumas feiras importantes no setor de móveis, que acontecem anualmente, reunindo diversas lojas e especialistas no setor.

Ainda, lembre-se de sempre se manter atualizado sobre as novidades do setor e de sempre analisar os feedbacks dos seus clientes. Assim, você pode sempre se adequar às práticas que estão em alta no mercado e o que os consumidores estão precisando.

Plano de negócios

No planejamento empresarial informações importantes são definidas, como quais produtos e serviços serão comercializados, detalhamento dos assuntos financeiros e investimentos humanos para a concretização da empresa. É relevante considerar os equipamentos, salários de colaboradores, qual o público-alvo, analisar os concorrentes e a situação atual do mercado. Portanto, se faça algumas perguntas:

  • O que é seu empreendimento?
  • Qual o diferencial do seu negócio?
  • Quais são os produtos e serviços que você irá comercializar?
  • Quem são seus principais concorrentes?
  • Qual o diferencial dos seus concorrentes?
  • Como os concorrentes se posicionam no mercado?
  • Como os concorrentes se relacionam com os clientes?
  • Onde é a localização da empresa?
  • Quem são seus clientes?
  • Como seu produto chegará aos clientes?
  • Como você irá estabelecer uma relação com os clientes?
  • Qual o faturamento mensal esperado?
  • Quantos colaboradores trabalharão na sua empresa?
  • Como você irá divulgar seu negócio?
  • Como está a situação atual do mercado em que você irá entrar?
  • Em quanto tempo você espera que tenha o retorno do investimento inicial?

A partir da análise de todos esses pontos, você consegue fazer uma avaliação mais profunda e, dessa maneira, conseguir fazer um bom planejamento para que seu empreendimento seja um sucesso.

Lucro de empresas do ramo

A margem de lucro de uma empresa de móveis sob medida é variável, geralmente ficando em torno de 15% e 20% sobre o faturamento.

Uma estimativa para uma cidade de médio porte, tendo 120 mil habitantes, por exemplo, é possível obter faturamentos entre R$35.000 e R$65.000. Então, para essa estimativa, o lucro seria um valor aproximado de R$52.000 reais

Uma loja de móveis planejados pode ser MEI?

Entre os tipos de empresas, o MEI é um dos mais simplificados. E a boa notícia é que a sua loja de móveis planejados por ser MEI e pagar menos impostos.

Os Microempreendedores Individuais pagam menos impostos e ainda têm muitos benefícios, principalmente os relacionados à aposentadoria.

Por que móveis planejados podem ser mais caros que móveis simples e modulados?

Os móveis planejados envolvem o estudo dos ambientes, medição, escolha de materiais e paleta de cores que realcem ainda mais o ambiente em que serão instalados. Os móveis comercializados nas lojas de móveis comuns não tem todas essas preocupações, vendem móveis que fiquem bem em espaços comuns; são mobílias mais “generalistas” que não envolvem análises e estudos particulares de cada cliente. 

Devido a essas características, faz com que os móveis planejados tenham um custo mais elevado. Ainda, estes móveis costumam ter uma duração maior e uma funcionalidade otimizada.

Quais documentações são necessárias para fazer a abertura da sua empresa de móveis sob medida

Assim como para a abertura de todo tipo de empresa, para abrir seu negócio de móveis planejados é necessário ter esses documentos:

  • CNPJ;
  • Cópias autenticadas de RG e Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Documentação na Junta Comercial;
  • Registro na OAB — Registro do Contrato Social da Empresa;
  • Secretaria Estadual da Fazenda;
  • IPTU do imóvel onde sua empresa será instalada;
  • Cópia do contrato de Locação/Compra e Venda;
  • Alvará de funcionamento.

Conheça o mercado

O mercado de móveis planejados ganhou espaço no Brasil entre as décadas de 90 e 2000. Mas, após a grande expansão do setor, houve uma queda considerável. Essa queda aconteceu principalmente porque os empreendedores investiram massivamente nos seus negócios — e por um tempo davam certo, mas não conseguiam se manter a longo prazo —, a falta de profissionais qualificados gerava muitos erros na produção e os clientes ficavam insatisfeitos com o produto que lhes era apresentado.

De 2020 a 2022 o segmento de móveis sob medida cresceu consideravelmente. Somente no primeiro trimestre de 2021 a demanda de móveis planejados foi 14,7% do esperado para o ano todo, conforme dados do relatório mensal encomendado pela entidade e desenvolvido pelo IEMI – Inteligência de Mercado.

Considerações finais

Agora que você sabe todos os passos para montar a sua loja de móveis e fazer dela um sucesso, é preciso saber como controlar os dados do seu negócio. As duas melhores maneiras de fazer esse controle é com planilhas para loja de móveis ou com uma ferramenta de gestão.

Banner-conversao-eGestor-blog
Início 9 Empreendedorismo 9 Como montar uma loja de móveis planejados: As 6 melhores dicas
Escrito em: 19/05/22
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

1 Comentário

  1. Irlaine Pereira

    Bom dia Pedro!
    Tenho uma dúvida, com relação ao programa a ser utilizado para fazer os peojetos. Posso usar sem problema, sem ter que pagar por ele?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

NFC-e (Nota fiscal de consumidor eletrônica) [Atualizado]

Emitir NFC-e Todo produto ou serviço vendido, deve ter sua comprovação fiscal e um dos meios de atestar essa transação é a nota fiscal. Afinal, ela dá segurança tanto à empresa que vende o produto, quanto ao consumidor que o compra....

Guia do MEI: Tudo sobre o MEI – Blog do eGestor

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? Porque ele é o valor, em dinheiro, que a empresa recebeu em um período. Assim, ele demonstra se o resultado foi satisfatório ou não. Com o acompanhamento se tem uma melhor ideia da...

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro da sua empresa Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...