fbpx

Como montar uma indústria de reaproveitamento de resíduos?

O reaproveitamento de resíduos é um serviço moderno, avançado e, sobretudo, necessário devido ao excesso de lixo produzido pela população – principalmente, nas maiores cidades do Brasil. Dessa forma, o mercado encontra-se receptivo para os empreendedores que estão pensando em montar uma indústria de reaproveitamento de resíduos. A sustentabilidade está em alta no país. Desta forma as empresas que atuam nesse sentido são bem-vindas ao mercado.

No entanto, montar uma indústria de reaproveitamento de resíduos está longe de ser uma tarefa simples ou fácil. Ainda existem poucas políticas públicas para resolver o problema do lixo urbano. Para atuar no setor é preciso que a indústria tenha a permissão da Prefeitura e informe a metodologia utilizada para reaproveitar os resíduos da cidade. Entre os principais materiais reaproveitados pela indústria, estão o metal, o vidro, a borracha, o plástico e os entulhos de construções civis.

Com o reaproveitamento de resíduos, são desenvolvidos novos produtos que atendem à demanda do mercado. Ou seja, esse tipo de atividade sustentável atua de forma diferente da indústria de reciclagem. Esse tipo de indústria reutiliza os materiais nos mesmos produtos originais. Embora sejam produzidos cerca de 230 mil toneladas de lixo por dia no Brasil, apenas 1% desses resíduos são reciclados ou reaproveitados de forma sustentável. A partir destes preocupantes dados vem à necessidade da presença das indústrias que atuam no setor.

Quer saber como montar uma indústria de reaproveitamento de resíduos? Então, fique atento às dicas e informações que temos para você nesse post!

Como abrir uma indústria de reaproveitamento de resíduos?

Esse tipo de indústria ainda está em processo de ascensão no país e, por isso, de maneira geral, há espaço para os novos empreendedores que pretendem atuar no setor. O primeiro passo para abrir um negócio de reaproveitamento de resíduos é buscar por informações sobre a quantidade, e valor, do entulho produzido no seu município e/ou região. Além de pesquisar pelos concorrentes e público-alvo para analisar se abrir uma indústria realmente vale a pena.

Entre em contato com a Prefeitura e com as associações de bairro, consulte os dados do IBGE, assista a seminários e/ou realize cursos sobre o reaproveitamento de resíduos para ter uma indústria sustentável, eficiente e lucrativa. Fazer um plano de negócios ainda é a melhor forma de evitar imprevistos, mal entendidos, confusões e outros problemas que poderão causar prejuízos para a sua indústria. Portanto, não deixe de realizar uma ampla pesquisa de mercado antes de montar uma empresa.

Indústria de reaproveitamento de resíduos pode ser MEI?

Não, uma indústria de reaproveitamento de resíduos com CNAE 4687-7/02 – Comércio atacadista de resíduos e sucatas não metálicos, exceto de papel e papelão, não pode ser MEI.

Quais são os tipos de resíduos e como são reaproveitados?

Como dito anteriormente nesse artigo, os principais resíduos reaproveitados pela indústria são: metal, vidro, papel, plástico, borracha e entulho de construção civil. De forma geral, esses materiais que são depositados nos lixos urbanos, podem dar origem a uma série de novos produtos que atendem a demanda do mercado, como tapetes e revestimentos de borracha obtida a partir do reaproveitamento de grânulos de pneus e usinagem de peças a partir do derretimento de metais, entre diversos outros.

São diversas opções de produtos desenvolvidos a partir do reaproveitamento de resíduos e, por isso mesmo, você deve pesquisar pelo tipo de produto que pretende fabricar para o mercado. É preciso levar em conta se há demanda do público-alvo e se o valor proporcionado pelo segmento está de acordo com o quanto você pretende lucrar com a indústria. Pesquise por métodos inovadores, equipamentos e soluções que possam tornar a sua empresa mais lucrativa.

Por que ter um sistema de gestão em sua indústria?

A verdade é que você pode ter uma indústria sustentável, utilizar os melhores métodos para o reaproveitamento de resíduos, criar soluções para o mercado e, mesmo assim, não ter obter lucros com a atividade. Sobretudo, é primordial ter um sistema de gestão eficiente em sua indústria para ter o controle total sobre todos os processos, tanto administrativos, quanto financeiros. Afinal, será preciso lidar com a coleta de resíduos, colaboradores, associações, controle de estoque, nota fiscal e uma série de atividades.

Um sistema de gestão equilibrado e eficiente significa ter um negócio organizado e planejado. Isto é essencial para obter a lucratividade. Afinal, gerir uma indústria é algo que, constantemente, propõe novos desafios. Sendo assim, o empreendedor deve estar preparado para lidar com eles. Daí vem a importância de adotar um modelo de gestão que seja capaz de suprir as necessidades da sua indústria de reaproveitamento de resíduos. A partir dai, torna-la eficiente e lucrativa.

Por que ter um sistema de gestão online em sua indústria de reaproveitamento de resíduos?

A boa gestão é característica primordial das indústrias de sucesso. Para que isso ocorra é necessário que o líder dessa empresa tenha que lidar com diversas atividades administrativas e financeiras. Sem contar ainda o gerenciamento de funcionários, com a coleta dos resíduos, com as exigências da Prefeitura e muito mais. Por isso, ter um sistema de gestão online é algo que facilita no controle do seu negócio. O programa se torna o responsável por controlar, por exemplo, a quantidade de estoque e o fluxo de caixa, entre outros recursos. 

Ou seja, com um sistema de gestão, como o eGestor, você conta com um programa totalmente online. O software não precisa ser instalado nos computadores da sua empresa e que oferece diversos recursos que facilitam no momento de obter o controle total da sua indústria de reaproveitamento de resíduos. Assim, é possível ter mais tempo para se dedicar às atividades mais importantes do negócio, como os clientes e as ações de marketing, sem enfrentar problemas graves de gestão. Com o eGestor você pode fazer cadastro e cancelamento de compras e vendas, cadastro de todos os seus clientes, fornecedores e transportadores, emitir relatórios completos, emitir notas fiscais eletrônicas, certificados digitais, entre outras funcionalidades.

Banner-conversao-eGestor-blog
Banner-conversao-eGestor-blog
Início 9 Empreendedorismo 9 Como montar uma indústria de reaproveitamento de resíduos?
Escrito em: 23/03/17
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? Porque ele é o valor, em dinheiro, que a empresa recebeu em um período. Assim, ele demonstra se o resultado foi satisfatório ou não. Com o acompanhamento se tem uma melhor ideia da...

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...

Guia do MEI: Tudo sobre o MEI – Blog do eGestor

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro da sua empresa Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...

NFC-e (Nota fiscal de consumidor eletrônica) [Atualizado]

Emitir NFC-e Todo produto ou serviço vendido, deve ter sua comprovação fiscal e um dos meios de atestar essa transação é a nota fiscal. Afinal, ela dá segurança tanto à empresa que vende o produto, quanto ao consumidor que o compra....