Mercado Livre: Entenda como vender e ganhar dinheiro

Ganhar dinheiro vendendo produtos pela internet é uma tendência atual do mercado. Com as tecnologias, diversos clientes migraram para as plataformas online para realizar as suas compras. Isso acontece muito, porque os atendimentos online são rápidos e cômodos, pois não há necessidade de casa para realizar as suas compras.

Não apenas o ato de comprar, mas vender também tem sido uma alternativa. Ela ajuda aqueles que desejam ganhar dinheiro vendendo os seus produtos pelos sites de anúncios. Com a facilidade da tecnologia, muitas pessoas apostam seus investimentos no mercado online a fim de garantir uma renda no final do mês. E, para auxiliar estas pessoas surgiu o Mercado Livre.

Apesar de muitas pessoas ainda possuírem um certo receio da eficácia de compras e vendas de produtos pela internet, existem meios que garantem essa segurança. Assim, a venda dos seus artefatos é feita de forma segura e simples com uma plataforma de vendas online, como o Mercado Livre. E a partir dela existem estratégias de vender o produto de maneira correta e garantir lucros através disso.

O que é o Mercado Livre

O Mercado Livre é o maior espaço de vendas online da América Latina. O marketplace foi criado em 1999 na Argentina e logo se espalhou pelo continente, criando suas versões em vários países, incluindo o Brasil. Hoje, com cerca de 4 mil funcionários, o site opera em 19 países. 

Milhares de clientes acessam o site todos os dias procurando por produtos de boa qualidade e com ótimo preço. De acordo com o próprio Mercado Livre, em 2018 eram feitas cerca de 6 mil buscas e 9 vendas por segundo. Assim, é uma ótima alternativa para as pessoas que querem começar a montar a sua loja virtual. Com a atual crise e o desemprego, essa pode ser a alternativa de muitas pessoas poderem recomeçar a sua vida.

A plataforma chega a representar 0,12% do PIB do país, com, em torno, de 60 milhões de ofertas em tempo real. Esses dados demonstram a variedade de produtos oferecidos pelo site, gerando assim, uma grande oportunidade para empreendedores. 

Como faço para vender meus produtos

No Mercado Livre, a vendas dos produtos são realizadas através dos anúncios. Ainda, antes de anunciar, é preciso se cadastrar no site do Mercado Livre. Essa parte é bem simples, você deve entrar no site e selecionar “criar uma conta”, após, basta inserir os dados de nome, e-mail e senha quando pessoa física e razão social, CNPJ, e-mail e senha, quando pessoa jurídica. E, após isso, ler as Políticas do Mercado Livre e concordar com elas.

Opções de anúncio no Mercado Livre

Assim, você pode cadastrar um anúncio no site. Para fazer isso, você deve especificar qual o tipo de produto ou serviço que você está oferecendo através das categorias. Logo após isso, é necessário pensar no título e subtítulos do anúncio e na descrição. Depois, você precisa cadastrar fotos do seu produto. Também é importante definir as informações de preço do produto e logo após, você deve colocar as opções de frete.

Especificar o tipo de produto

Sendo o maior marketplace do Brasil, o Mercado Livre possui as mais diversas categorias de produtos. Eles vão de celular a móveis e de bolsas a perfumes. Ao colocar o seu produto a venda, é necessário categorizá-lo de acordo com o grupo pré determinado pelo Mercado Livre. Esse processo facilita para que os clientes possam pesquisar apenas por categoria. 

Título e subtítulo do anúncio

Nos subtítulos adicione palavras que facilitarão encontrar seus produtos no buscador. É importante descrever palavras do produto que você quer vender da mesma maneira que escreveria na busca se estivesse procurando para comprar.

Descrição e condições do produto

Na descrição do produto é importante ser criativo. O vendedor deve utilizar palavras que convençam o consumidor a comprar os seus produtos. Ainda, deve estar claro se o produto é novo ou usado, para não confundir o comprador. 

É importante ainda ser claro sobre todas as condições das peças que está vendendo e expor todas as condições. Por exemplo, se algum produto estiver com arranhões ou alguns erros de funcionamento, é preciso especificar para que depois, quando receber o produto, o cliente não o classifique como negativo. Isso pode derrubar a sua imagem no mercado.

Fotos e vídeos do produto

É importante prestar muita atenção nessa hora, pois boas imagens do produto no Mercado Livre chamam a atenção do consumidor. Não adianta pegar imagens da internet. Se você mesmo tirar a foto do seu produto, melhor. Isso também garante a credibilidade do cliente na sua venda. Coloque muitas fotos para que seja possível visualizar o produto de todos os ângulos. Dessa forma, o consumidor pode conhecer bem o seu produto e facilita na hora da venda.

Se possível, ainda grave vídeos mostrando o seu produto. Caso seja o produto à venda seja um equipamento eletrônico, mostre-o funcionando. Além disso, é sempre bom mostrar o rosto, pois passa confiança ao cliente.

Preço do produto

Na hora de definir o preço da venda do seu produto, é importante ser justo com o cliente. Além disso, o Mercado Livre oferece muita concorrência. É importante procurar se há outros vendedores oferecendo o mesmo produto e pesquisar os preços. Caso você confie que o seu produto vale mais que os dos concorrentes, especifique na descrição quais são as verdadeiras vantagens que o produto oferece.

Frete

Você pode tanto colocar os serviços de frete gratuitos ou valores a combinar. Os fretes gratuitos na modalidade do PAC podem chamar a atenção dos consumidores. Você pode oferecer ainda a opção do Sedex com preço a combinar com o seu comprador.

Pronto, seu produto estará à venda no Mercado Livre! Mas é preciso ter um pouco de paciência. Não será em poucas horas que seu produto irá vender. É necessário buscar por alternativas de adaptação até que você consiga a efetiva venda do produto.

Vantagens do Mercado Livre

Existem diversas vantagens que o Mercado Livre pode proporcionar para seus vendedores. 

Baixo custo

Uma das principais vantagens que o Mercado Livre pode trazer para quem quer vender seus produtos é que ele não tem quase nenhum custo.

Quanto custa vender um produto no Mercado Livre

E por quase nenhum, queremos dizer quase nenhum mesmo. O Mercado Livre possui três tipos de anúncios, o Gratuito, o Clássico e o Premium. Com exceção do gratuito, todos tem um custo pago. Esse valor influencia coisas como exposição, duração e parcelamento, por exemplo. 

Isso não significa que você deve utilizar algumas das opções pagas, e por isso existe a gratuita. Porém, se levarmos em consideração que com o Mercado Livre gastos como aluguel, luz e telefone, que seriam utilizados em uma loja física, são retirados do cálculo, ele pode ser uma grande vantagem. Além da taxa do site, os gastos com investimentos são praticamente nulos, fazendo com que seu lucro seja maior e diminuindo também o risco. 

Maior visibilidade

O Mercado Livre é um dos sites mais acessados no Brasil, assim como é nos outros países que ele opera. Dessa forma, se tem muito mais visibilidade que um e commerce regular e com muito menos custo. E, como o site tem cerca de 219 milhões de usuários por mês, a chance de ser visto e reconhecido, cresce mais, sem nenhuma ferramenta de divulgação.

Plataforma

Montar uma loja virtual não é nada fácil. Ela precisa funcionar corretamente e ainda ser atrativa para o comprador. Em um marketplace como o Mercado Livre, não há necessidade de se preocupar com essas partes mais difíceis. Tudo já está pronto e há um clique de distância. 

Mas, ainda que não seja necessário nenhum código ou programação, é possível personalizar sua loja. O Mercado Livre permite a inserção de logo, imagem de capa e algumas alterações de cores. 

Segurança

Dentro do Mercado Livre existem alguns métodos de avaliação de vendedores. Assim, quando alguém realiza uma compra, o marketplace dá a chance do comprador avaliar essa compra. Normalmente o vendedor é avaliado de acordo com o atendimento e a entrega dos produtos, de acordo com a nota do comprador. Também é possível realizar comentários ou denunciar um vendedor.

Ainda que uma das prioridades seja proteger o cliente, o Mercado Livre também protege seus vendedores. Sempre que uma venda é realizada e o valor pago, a plataforma avisa o vendedor para que este envie o produto. Quando falamos do dinheiro, somente o vendedor é o único que pode retirar esse valor. 

Pagamentos

Uma das referências do Mercado Livre é sua plataforma, o Mercado Pago. Com ele, o comprador pode realizar compras a partir de boletos ou cartão de crédito direto no site. Nele você pode ver os seus pedidos pagos, pendentes, carregar dinheiro, recarregar celular e vale-transporte, além de muitas outras vantagens. 

Dicas para vender no Mercado Livre

Ainda que vender no Mercado Livre seja fácil, é preciso ter atenção a alguns dados para melhorar a sua colocação frente a seus concorrentes. Portanto, deixamos aqui algumas dicas para você vender mais no Mercado Livre:

Invista na descrição dos produtos

Quando um consumidor procura algo no Mercado Livre, ele irá investigar a maioria dos dados do produto. Por isso, você deve estar atento a descrição do seu produto. Isso inclui o título, subtítulo, a apresentação do produto e fotos e vídeos. Também é necessário estar atento a erros dessa descrição, seja erros de coerência do produto com a foto, por exemplo, até erros de português.

Responda os questionamentos

O Mercado Livre permite que consumidores façam perguntas aos vendedores. Aproveite que existe essa forma de contato com seus consumidores e seja cordial com seus futuros clientes. Evite qualquer forma de estupidez ou grosseria. Também tente ser o mais claro possível e responder as perguntas com prontidão.

Cuide da sua reputação

Outra dica importante que podemos dar é para ter uma conta de comprador separada da sua conta de vendedor. Isso porque, se você fizer uma compra e negativar o vendedor, ele pode te negativar também, prejudicando na hora das suas vendas, pois os clientes verão que você foi negativado.

Também, procure estar atento e zelar pelos seus clientes, sempre prezando pela segurança e garantindo um bom serviço prestado.

Outras dicas

  • Obedeça às regras do Mercado Livre: Procure ler os termos de uso e responsabilidade antes de criar os anúncios, para evitar que sua conta seja cancelada.
  • Utilize técnicas de venda: Por exemplo, exponha um produto e diga que o preço baixou. Boas ofertas sempre atraem clientes. Ou senão utilize técnicas de escassez do produto. Você pode dizer que existem só mais algumas peças a venda.
  • Pós-venda: Você pode, por exemplo, colocar brindes na correspondência para agradar o cliente. Ou então, após colocar o produto nos correios, mande o código postal de rastreamento para o cliente saber onde a mercadoria está. E agradeça sempre o cliente pela sua compra.

Considerações finais

Esses atos ajudam a construir a sua reputação no site. Receber avaliações positivas pode colaborar para o sucesso da sua loja virtual. Muitos clientes decidem a comprar através das avaliações, pois significa que você é um vendedor confiável. É importante trabalhar para garantir uma boa reputação. Esforce-se e sempre ofereça bons produtos e um bom atendimento. Isso vai garantir que seus negócios alavanquem e que você possa ganhar muito dinheiro com o Mercado Livre.

Agora que você está pronto para vender no Mercado Livre, como vai controlar o estoque de todos esses produtos? Recomendamos o eGestor, um software online para gestão de micro e pequenas empresas.

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br