Por que algumas empresas são excelentes enquanto que outras são apenas boas? Por que algumas corporações crescem e vencem enquanto que outras rumam a falência e ao declínio mesmo em meia a condições semelhantes de suas concorrentes? O livro “Empresas feitas para vencer” de Jim Collins responde não apenas a essas duas perguntas, mas também a muitas outras que impactam diretamente na forma como os negócios são administrados e guiados tanto rumo ao crescimento quanto ao seu fechamento.

São mais de 350 páginas de puro conteúdo que demonstram em detalhes quais são os principais diferenciais das empresas ditas como feitas para vencer!

A obra é um verdadeiro manual sobre como levar a empresa ao crescimento, saindo muitas vezes dos conformismos, local em que o bom já satisfaz, e partindo em busca de melhores números, melhores resultados e melhores conceitos.

Ser ótima ou excelente é o pontapé inicial para se fixar dentro do mercado. Não se esqueça!

Veja neste texto, o resumo sobre o livro “Empresas feitas para vencer” de Jim Collins, as principais abordagens da obra e tome nota de importantes dicas e passos citados pelo autor para quem está em busca de dar mais do que um up em seu empreendimento tornando-o grande! Veja:

Sobre o que trata o livro “Empresas feitas para vencer”?

Apesar de o título ser bastante claro e fazer menção ao assunto de que trata o livro, vale destacar que o enredo da obra é basicamente focado em mostrar formas e estratégias de levar uma empresa ao crescimento.

Mais do que isso, o livro mostra com bastante clareza quais são os diferenciais que levam algumas empresas ao sucesso e outras ao fracasso em situações até mesmo muito parecidas.

Em termos líquidos, são cerca de 275 páginas repletas de conteúdo de altíssima qualidade, prontos a incentivar e motivar o leitor a sair da sua zona de conforto em busca de provocar um verdadeiro crescimento interno e externo em seu negócio.

Jim Collins realmente mexe com quem está do outro lado de sua obra ao propor verdadeiros desafios que devem ser cumpridos a fim de que a visibilidade, a realidade e os números da empresa mudem. Mudança esta que é sempre rumo a um lado extremamente positivo.

Um dos temas abordados com bastante veemência ao longo do livro são os níveis de liderança existentes dentro de uma empresa. “Empresas feitas para vencer” também fala sobre a importância da empresa ter um volante responsável por guiar todo o negócio ao longo de um caminho que está direcionado para o sucesso.

Por que algumas empresas são excelentes? O que as torna donas deste tipo de título?

É indispensável citar neste resumo que Jim Collins demonstra alguns pontos bastante simples e claros sobre os diferenciais de uma excelente empresa das demais, consideradas apenas como boas.

Por exemplo, a formação de CEOs internos, ou seja, quando se fomenta e propicia a capacitação de profissionais que já conhecem as políticas, práticas e culturas organizacionais da empresa ao invés de contratar alguém no mercado, sem dúvida é uma das formas de se conquistar este título tão importante para a saúde da empresa.

Outro ponto também apontado no livro é que as empresas que conseguem atingir o nível de excelentes focaram ao longo de sua trajetória em não fazer certas coisas ao invés de perseguir o título de “empresas feitas para crescer”.

Essas organizações ainda aprenderam a usar da tecnologia e das rápidas mudanças do mercado na hora de compor as suas estratégias e, além disso, este processo contínuo de aperfeiçoamento nunca foi apenas uma campanha ou slogan, mas sim uma cultura.

Por fim, Jim Collins ainda cita em seu livro que salários e resultados dos altos executivos também não devem estar sempre relacionados a fim de que os profissionais persigam o sucesso e não apenas melhores contraprestações mensais por seu esforço.

Apesar de este ser um incentivo e tanto, focar na qualidade que não se relaciona trará, sem dúvida alguma, ganhos melhores e mais duradouros.

O processo de liderança em 5 diferentes níveis

Jim Collins fala muito sobre o papel do líder na transformação de uma empresa ao longo de sua vida empresarial e ressalta que esta é a peça-chave do sucesso para quem de fato quer ver sua empresa vencer, reconhecida como de excelente qualidade em diferentes sentidos.

Veja neste resumo quais são, portanto, esses níveis de liderança e verifique a qual deles você e sua empresa tem feito parte:

1. Individuo altamente capacitado

O primeiro nível de liderança abordado em “Empresas feitas para vencer” fala sobre os profissionais que conseguem colaborar com a empresa a partir de seus próprios conhecimentos e habilidades. Seus hábitos são saudáveis ao trabalho, porém nem sempre este profissional está apto a liderar, de fato, uma equipe, por exemplo.

2. Membro colaborador da equipe

No segundo nível também se encontra um profissional habilidoso, com muita competência e conhecimento da área. Este, por sua vez, é bastante solícito e está sempre pronto para ajudar e até mesmo orientar toda a equipe. Este tipo de líder costuma incentivar um ambiente mais tranquilo e favorável internamente.

3. Gerente competente

No meio desses níveis encontra-se o gerente competente, com qualidade tanto técnicas quanto no trato de pessoas. Este profissional conhece a fundo cada tarefa, cargo e contribuição e por isso organiza e cobra da equipe por resultados a fim de que todos os objetivos gerais da empresa sejam atingidos.

4. Líder eficaz

Mais do que gerenciar, o líder eficaz, por sua vez, é o tipo de profissional bem quisto pelos demais colaboradores e que traduz as metas a partir de sua visão sistêmica de toda a empresa e seu funcionamento. Este líder do quarto nível costuma conhecer mais a fundo o funcionário e por isso sabe quando e como cobrá-lo levando a empresa ao crescimento.

5. Executivo de nível

O ápice do profissionalismo e da excelência na condução do capital humano da empresa, o executivo que ocupa o quinto nível está mais preocupado com a empresa do que com os seus objetivos pessoais por isso dedica-se a formar novos e melhores profissionais do que ele mesmo sem qualquer tipo de medo ou reserva já que o que realmente lhe importa é o amanhã do empreendimento.

Jim Collins ainda destaca em sua obra que muitas empresas não conseguem obter o sucesso devido ao egoísmo e egocentrismo de muitos líderes, gestores, diretores e CEOs. Com medo de se verem vencidos e superados por seus semelhantes ou subordinados, eles privam a empresa de crescer e se expandir para se manterem como intactos.

Cerca de 75% das empresas que atingem níveis preocupantes de fracasso têm um líder desse dentro do seu corpo institucional. Mudar a visão deste profissional ou ainda retirá-lo da equipe são algumas das formas de ter melhores resultados novamente.

Por fim, em “Empresas feitas para vencer” há ainda a reafirmação da necessidade em se listar coisas que não devem ser feitas. Os checklists do que se fazer são comuns, entretanto já não são suficientes para guiar rumo ao sucesso!

Jim Collins é bastante veemente a reafirmar a tamanha necessidade de que os profissionais que estão a frente surpreendam por antever problemas ao deixar algumas tarefas simples mais profissionalizadas como investindo na antecipação.

Por essas e muitas outras este é realmente um conteúdo que vale a pena ser lido. Aproveite para encontrar seu livro e conheça a obra em maiores detalhes. Abaixo, confira o vídeo da palestra do autor Jim Collins sobre o livro:

Gostou do nosso texto? Que tal baixar o nosso e-book gratuito sobre crescimento empresarial e ficar por dentro de mais dicas para a sua empresa?

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br