maquininha mercado pago - a melhor opção para minha empresa?

Neste texto você irá compreender as diferenças entre as principais máquinas de cartão de crédito disponíveis no Brasil. Entre elas: maquininha mercado pago, moderninha, Cielo e muitas outras! Entenda tudo sobre cada uma e defina qual é a melhor para a sua empresa.

Um dos grandes benefícios da evolução tecnológica vertiginosa por que passa a humanidade é a universalização de recursos antes restritos a um determinado grupo. Houve um tempo, nem tão remoto assim, em que fazer uma venda no varejo via cartão de crédito era prerrogativa de grandes empresas, como redes farmacêuticas ou de supermercado.

Houve um tempo em que comprar na padaria era só em dinheiro e no açougue, dependendo da boa relação com o dono, valia um cheque pré-datado. O que ocorre hoje é que qualquer um que tenha um negócio e realize vendas, seja de bens ou serviços, pode utilizar o as diversas formas de pagamento disponíveis no mercado, seja através do cartão de crédito, seja através do cartão de débito.

Por que o uso dos cartões

Para entendermos a importância de se oferecer diversas formas de pagamento, é preciso entender o que leva o consumidor a usar os cartões. Tanto o cartão de débito quanto o de crédito substituem o dinheiro. O talão de cheque saiu de moda. Nada de volume no bolso, na bolsa, na carteira. Nada de correr o risco de ser roubado. O cartão de débito substitui o dinheiro vivo, o de crédito garante prazo para pagamento. As pessoas nem sempre dispõem do valor para a compra, mas podem precisar com urgência do que você tem para vender.

Por que as máquinas de cartão são indispensáveis

É preciso que se leve em conta que a forma correta de se pensar um negócio tem o cliente como centro de todas as iniciativas. Quem atender melhor, quem oferecer a melhor relação custo-benefício, quem oferecer as melhores condições de pagamento e comodidade sai na frente com esta vantagem competitiva. Ter uma máquina de cartões se tornou quase que, em muitos casos, uma condição para a sobrevivência do negócio. Não levar isso em conta é correr o risco de perder clientes num ambiente em que até mesmo nas vendas mais simples pela internet o cliente pode usar cartão de crédito e débito. Quanto mais em se tratando de vendas físicas.

Planilha de controle de estoque gratuita para download

A boa notícia

Como tecnologia é algo que se dissemina, se reproduz e se universaliza rapidamente, o mercado das máquinas de cartões já é uma realidade. Melhor que isso, há várias empresas atuando nesse segmento. A vantagem de um ambiente competitivo é que o cliente colhe os benefícios. Primeiramente, ganha o consumidor, que passa a ter disponíveis todas as formas de pagamento num número cada vez maior de estabelecimentos.

Nesse caso, porém, o cliente é você, empresário, empreendedor. Quando você olha para fora e vê a concorrência, tem a convicção de que precisa, para realizar vendas, de preço competitivo, de produtos e atendimento de qualidade, de diferenciais competitivos e muito mais. Pois é, hoje são várias empresas atuando no segmento de máquinas de cartão e elas vivem o mesmo desafio para te conquistar. Com isso, os preços fizeram com que o serviço se tornasse acessível a qualquer empreendedor.

Mais à frente, faremos uma exposição de oito planos diferentes, oferecidos por oito empresas diferentes, mas só para ilustrar o quanto os sistemas são acessíveis a qualquer um, o sistema “Payleven Mais” consiste na compra de uma máquina que custa R$ 118,00, que pode ser parcelada – pasme! – em 12 vezes. Esse é o custo total para ter a máquina e começar a usar. Todas as empresas cobram, ainda, uma taxa sobre cada operação, que varia, de acordo com a natureza, de 2% a 5%, excluindo as soluções para mobile, que são mais caras. Outro aspecto importante é que a concorrência por novos usuários faz com que as empresas busquem agregar valor aos seus produtos. A Cielo, por exemplo, oferece o Cielo Lio, que consiste num sistema de gestão do negócio integrado ao sistema de pagamento. Ou seja, você faz a operação e o sistema já a transforma em informação gerencial.

Ao adquirir uma máquina de cartões você está se integrando a um sistema que funciona de forma harmônica, que concilia o interesse de todas as partes envolvidas, um verdadeiro ganha-ganha. O consumidor ganha conveniência, você ganha vendas, a empresa que presta o serviço das máquinas ganha receitas ao disponibilizar tecnologia e comodidade. Há, ainda, as empresas de cartões de crédito, que ganham com a capilarização do uso dos cartões. As pessoas usarão os cartões em mais circunstâncias, logo essas empresas têm todo interesse em que todo o sistema funcione.

Ebook Crescimento Empresarial

Qual sistema adquirir?

Tudo isso é muito bom, mas é preciso decidir. Você pode pensar que, como o custo de aquisição das máquinas é baixo, o ideal é trabalhar com mais de uma. Pode até ser, mas é bom lembrar que são sistemas diferentes e isso vai gerar um custo administrativo que precisa ser dimensionado. É preciso avaliar se haverá uma boa relação custo benefício nessa decisão. De qualquer forma, mesmo que você use mais de um sistema, será preciso fazer escolhas.

Alguns pontos devem entrar na avaliação. A quantas bandeiras aquele sistema atende? As taxas por transação são as melhores? Qual o prazo para o repasse do valor da venda? Quais são os serviços e benefícios agregados? Em que esses serviços podem trazer benefícios reais ao seu negócio? Você vai usar o mobile para fazer vendas? Qual o perfil dessas vendas? São sempre à vista, são em muitas parcelas? A combinação dos custos da máquina tradicional e do mobile é a mais satisfatória?

Depois que colocar todos esses aspectos na conta, que vão, sem dúvida, influenciar na lucratividade do seu negócio, logo são de extrema importância, é só escolher, não esquecendo de buscar informações sobre a qualidade do serviço das empresas, basicamente se elas cumprem tudo o que prometeram.  Abaixo, apresentamos um verdadeiro portfólio contendo 8 sistemas de 8 empresas diferentes, contendo informações sobre conectividade, custo de aquisição da máquina, taxa de adesão, valor da mensalidade, valor das taxas por transação, prazo e forma para recebimento, bandeiras que o site aceita e valores agregados.

Faça uma boa escolha!

Conheça o eGestor, um software online de gestão empresarial para pequenas empresas. Controle Financeiro, Vendas, Estoque e Nota Fiscal Eletrônica.

Faça a sua escolha

As informações abaixo foram colhidas com base em reportagem da revista Exame, publicada no portal do veículo no dia 24 de outubro de 2016, logo são informações atualizadas e de uma fonte confiável.

Maquininha Mercado Pago (Sistema Pago Point H e PagoPoint I)

1 – Conexão
Pago Point H – Via bluetooth, comunicando com o smartphone, sendo compatível com Android, iOS e Windows Phone
PagoPoint I – Através de chip próprio apto a captar o sinal de diversas operadoras

Custo de aquisição:
Pago Point H – R$ 334,80 ou 12 x R$ 27,90
PagoPoint I – R$ 718,80 ou 12 x R$ 59,90

Taxa de adesão:
Pago Point H – Inexistente
PagoPoint I – Inexistente

Valor da mensalidade:
Em nenhum dos dois modelos da maquina mercado pago existe valor de mensalidade. Todas as cobranças realizadas ficam por conta das operações realizadas na mesma, assim como a própria aquisição da maquininha.

Taxas por transação efetuada:
Pago Point H – 2,29% para cartão de débito e 3,49% no cartão de crédito
PagoPoint I – 2,29% para cartão de débito e 3,49% no cartão de crédito

Prazo para recebimento das vendas:
Pago Point H – 1 dia para débito e 14 dias para crédito ( à vista ou parcelado )
PagoPoint I – 1 dia para débito e 14 dias para crédito ( à vista ou parcelado )

Forma de recebimento da Maquininha:
Pago Point H – O cliente abre uma conta Mercado Pago e pode fazer retiradas para sua conta bancária ao custo fixo de R$ 3,00 por operação.
PagoPoint I – Mesmo sistema do Mercado Pago Point H.

Bandeiras aceitas:
Pago Point H- Master Card, Visa, Hiper, American Express, Diners Club International e Elo.
PagoPoint I- Master Card, Visa, Hiper, American Express, Diners Club International e Elo.

Como contratar:
Através do site do mercado pago você terá acesso à ambos os modelos das maquinas mercado pago de cartão, e poderá escolher a que melhor se adapta para sua empresa.

Resumo:

A maquininha mercado pago é uma ótima escolha para aqueles que ainda estão iniciando o próprio negócio, não possuindo um valor muito alto para despender mensalmente com taxas. Outra vantagem da máquina mercado pago é que, mesmo cortando os custos com mensalidade, ela ainda oferece taxas muito similares às outras maquininhas de cartão de crédito. Sua boa conexão e facilidade na utilização são fatores imprescindíveis para serem analisados no momento de sua escolha. Os benefícios da maquininha mercado pago são extremamente competitivos!

Vídeo – Como fazer uma venda com a maquininha mercado pago:

Cielo ( Cielo Máquina e Cielo Mobile )

1 – Conexão
Máquina – Tem dois tipos de máquina: móvel e fixa. No sistema móvel o sistema é o GPRS ( chip de celular ). A máquina fixa é ligada à internet ou à linha telefônica
Mobile – É feita através de tecnologia 3G ou 4 G, via celular

Custo de aquisição da máquina:
Máquina – Inexistente
Mobile – Inexistente

Taxa de adesão:
Máquina – R$79,90
Mobile – Inexistente

Valor da mensalidade:
Máquina – R$ 109,90 a R$ 159,00
Mobile – R$ 30,90

Taxas por transação:
Máquina – O custo da operação à vista é fixado a partir de 2% para cartão de débito e 2,5% para cartão de crédito. No caso das operações parceladas no cartão de crédito a taxa é fixada a partir de 3,25% ( para duas ou três parcelas ), 3,5% ( para de quatro a seis parcelas ) e 4% ( sete a doze parcelas ) e crediário.
Mobile – O custo da operação com cartão de débito é de 3,19%. No caso do cartão de crédito, a operação à vista tem taxa de 4,05%. Em caso de operação de venda parcelada, as taxas são de: 6,99% ( em caso de duas a seis parcelas ), 7,99% ( em operações que envolvem de sete a doze parcelas ) e a partir de 6,99% em caso de crediário.

Prazo para recebimento das vendas:
Máquina – Em caso de venda por cartão de débito e crediário o prazo para recebimento é o primeiro dia útil subsequente à venda. No caso do cartão de crédito, o prazo é de 31 dias nas operações à vista. Nas operações parceladas, o primeiro pagamento é feito em 31 dias. Os demais ocorrem a cada 30 dias.
Mobile – Os prazos são os mesmos do Cielo Máquina.

Forma de recebimento:
Máquina – Depósito em conta corrente
Mobile – Depósito em conta corrente

Bandeiras aceitas:
Máquina: Trabalha com Mastercart, Elo, Visa, Amex, Diners, Hipercard e mais de 20 outras bandeiras. É possível, ainda, habilitar bandeiras adicionais no sistema, por exemplo: Alelo, Sodexo e Ticket.
Mobile: O sistema é idêntico ao Cielo Máquina.

Como contratar:
Pelo site: https://www.cielo.com.br/.
Por telefone: 4002-5472 ( capitais e regiões metropolitanas ) ou 0800 570 8472 ( demais regiões ).
Lojas físicas: Shopping Ibirapuera e no Brás ( SP ); Shopping Nova América (RJ.

Obs: Caso opte pelas lojas físicas, o cliente já sai de lá com o sistema habilitado, pronto para utilizar, seja na máquina ou no mobile.

Serviços agregados:
A Cielo oferece o Cielo LIO. É um sistema que integra módulos de gestão ao módulo de vendas. As vendas feitas através do sistema CIELO se transformam em informações gerenciais, gerando relatórios de consulta sobre recebimentos ( prazos e valores ) e previsão de fluxo de caixa. A Cielo oferece também conversor de moeda, recarga de celular e o serviço de bid data, que oferece um panorama ao empreendedor da situação do negócio.

Comparação entre Cielo e a Maquininha Mercado Pago:

A Cielo oferece extrema qualidade em seu serviço, porém, o custo de uma mensalidade acaba desagradando muitos usuários, principalmente se tratando da máquina fixa, onde o custo de mensalidade acaba sendo maior que R$ 100,00. A vantagem da maquininha mercado pago nesta comparação fica em ser isenta de qualquer cobrança mensal fixa. Porém, a maquininha mercado pago perde muito nos percentuais de taxa cobrada por operação realizada, sendo maior em 0,29% nas compras por débito, e 0,99% em compras realizadas no crédito. Com isso em mente, a maquininha mercado pago não seria recomendada apenas se sua empresa possuir um faturamento muito alto, onde este percentual a mais represente um grande valor. Caso contrário, é indicada a maquininha mercado pago.

Rede ( Rede Máquina e Rede Leitor Pin Pad )

Conexão
Máquina – Tem a máquina móvel e a fixa. A móvel se conecta através de chip, a fixa é ligada à linha telefônica.
Leitor Pin Pad – É conectado a um sistema de automação comercial.

Custo de aquisição da máquina:
Máquina – Inexistente
Leitor Pin Pad- Inexistente

Taxa de adesão:
Máquina – R$ 69,00
Leitor Pin Pad – R$ 69,00

Valor da mensalidade:
Máquina – R$ 154,00 ( máquina sem fio ) e R$ 109,00 ( com fio ).
Leitor Pin Pad – R$ 44,00

Taxas por transação:
Máquina – A empresa não revelou
Leitor Pin Pad – A empresa não revelou

Prazo para recebimento das vendas:
Máquina – 2 a 30 dias
Leitor Pin Pad – 2 a 30 dias

Forma de recebimento:
Máquina – Depósito em conta corrente
Leitor Pin Pad – Depósito em conta corrente

Bandeiras aceitas:
Máquina – MasterCard, Elo, Amex, Visa, Diners Club International, VR Benefícios, Ticket, Hipercard, Sodexo, Hiper e outros.
Leitor Pin Pad – Idem ao Rede Máquina

Como contratar:
A aquisição é feita através do https://www.userede.com.br/nossos-produtos/ ou pelos telefones disponíveis no próprio site.

Comparação entre Rede e a Maquininha Mercado Pago:

A Rede oferece dois modelos possíveis, um leitor pin pad, que integra com um sistema de automação comercial, e outro que pode ser móvel utilizando o chip ou fixo utilizando a linha telefônica. A taxa de adesão desta máquina fica em R$ 69,90, com uma mensalidade que varia de R$ 44,00 no modelo mais simples e R$ 154,00 no seu modelo mais complexo, que em comparação com a maquininha mercado pago, é uma desvantagem. As taxas por transação não reveladas tornam a análise um pouco nebulosa, e isso acaba fortalecendo a vantagem da maquininha mercado pago. Os prazos para recebimento do valor também são extremamente variáveis, indo de 2 até 30 dias seja uma venda por crédito ou por débito, enquanto na maquininha mercado pago os prazos são definidos, e o período máximo fica em 14 dias. Porém, a máquina rede vence da maquininha mercado pago em um quesito: trabalhar com sodexo, o que permite a venda por débito de vale alimentação.

Getnet (Getnet Máquina e GetNet Vermelhinha ( de bolso ) )

1 – Conexão
Máquina – Tem opção de conexão via cabo ( linha telefônica comum), internet, e por tecnologia 2G e 3 G, usando chip das operadoras de telefonia.
Vermelhinha – Através da tecnologia 2G e 3 G, usandochip das operadoras.

Custo de aquisição da máquina:
Máquina – Inexistente
Vermelhinha – Inexistente

Taxa de adesão:
Máquina – Inexistente
Vermelhinha – Inexistente

Valor da mensalidade:
Máquina – A mensalidade da máquina sem fio é a partir de R$ 135,00 e a máquina com fio a partir de R$ 95,00
Vermelhinha – A partir de R$ 30,00

Taxas por transação:
Máquina – A empresa não revelou
Vermelhinha – A empresa não revelou

Prazo para recebimento das vendas:
Máquina – Vendas pelo cartão de débido, prazo de 1 dia útil, cartão de crédito àvista, em até 30 dias, venda no crédito parcelado a partir de 30 dias.
Vermelhinha – Prazos idênticos ao Getnet Máquina.

Forma de recebimento:
Máquina – Depósito em conta corrente
Vermelhinha – Depósito em conta corrente

Bandeiras aceitas:
Máquina – MasterCard, Visa, Elo, Amex, Hiper, Hipercard, Banescard, VerdeCard, Calcard, Sorocred, BigCard, Fortbrasil, Syspro, Maxxcard, CredSystem, Praticard, Cobal, MinasCred, NovoCard e Sofnex MettaCard. Trabalha também com os valchers Alelo, Goodcard, Sodexo, Tecket e VR, além dos cartões combustível, Ticket Log ( Ecofrotas e Ticket Car ).
Vermelhinha – Mastercard, Elo, Visa, Amex, Good Card, HiperCard, Hiper, Ticket e Alelo.

Como contratar:
Pelo site: https://www.getnet.com.br/
Por telefone: 4002-4000 e/ou 0800 646 3404
Lojas físicas: Solicitar credenciamento nas agências do Santander.

Serviços agregados:
O sistema Getnet tem uma política agressiva de fidelização. Além do sistema Gestão de Vendas, um serviço que permite que o empreendedor tenha acesso a um histórico de vendas, com relatórios gerenciais, e faça comparações com outros estabelecimentos do próprio segmento, o Getnet tem um sistema de recompensa para os usuários que concentram suas transações em suas máquinas, através de redução nos custos do sistema e dos serviços bancários.

Comparação entre Getnet e a Máquina de Cartão Mercado Pago:

A Getnet disponibiliza uma abrangência muito grande, seja de recursos ou de formas de comunicação. Enquanto a máquina de cartão mercado pago permite a utilização apenas de conexão por chip móvel ou bluetooth, a Getnet permite conexão por linha telefônica, cabo de internet e chip. As opções também são muitas nas bandeiras aceitas, já que a quantidade é muito maior do que na maquininha  de cartão mercado pago. Eles não trabalham com taxa de adesão ou custo de aquisição, enquanto o custo de aquisição da maquininha mercado pago é relativamente alto, mas infelizmente as taxas de cobrança por transação também não foram reveladas para uma precisão maior nas comparações. Já os prazos são um destaque da máquina mercado pago, que permite que sua empresa receba muito mais rápido. 

iZettle ( iZettle Lite e iZettle Pro )

1 – Conexão
iZettle Lite – Utiliza um celular ou um tablet com internet, conectado via cabo. O sistema é compatível com Android e iOS.
iZettle Pro – Também utiliza celular ou tablet para operar. A conexão é via bluetooth, também compatível com Android e iOS.

Custo de aquisição da máquina:
iZettle Lite – A máquina é adquirida por R$ 299,00, mas esse valor é abatido na forma de isenção nas taxas administrativas, o que faz com que, em algum tempo, o aparelho saia de graça.
iZettle Pro – É o mesmo esquema, sendo que o sistema custa R$ 449,00, mas tem o mesmo modelo de abatimento das taxas.

Taxa de adesão:
iZettle Lite – Inexistente
iZettle Pro – Inexistente

Valor da mensalidade:
iZettle Lite – Inexistente
iZettle Pro – Inexistente

Taxas por transação:
iZettle Lite – A taxa para uso do cartão de débito é de 2,39%. No cartão de crédito, à vista, de 4,99%. No crédito parcelado, a taxa varia em função do número de parcelas, com reajuste de 1,99% por parcela, a partir da segunda.
iZettle Pro – Mesmo sistema do iZettle Lite

Prazo para recebimento das vendas:
iZettle Lite – Dois dias úteis, no débito ou no crédito, à vista ou parcelado em até 12 vezes.
iZettle Pro – Mesmo sistema do iZettle Lite

Forma de recebimento:
iZettle Lite – Crédito em conta corretne ou poupança
iZettle Pro – Crédito em conta corrente ou poupança

Bandeiras aceitas:
iZettle Lite – Somente Visa ou Mastercard
iZettle Pro – Somente Visa ou Mastercard

Como contratar:
É preciso comprar o leitor de cartões pelo https://www.izettle.com/br e baixar um aplicativo no tablet ou smartphone.

Serviços agregados:
A empresa é especializada em atender a pequenos empreendedores e tem uma plataforma através da qual o cliente pode criar relatórios financeiros.

Comparação entre iZettle e a Máquina de Cartão Mercado Pago:

A máquina iZettle diferencia-se bastante das demais em sua conexão. Ela funciona pelo tablet ou celular, que comunica diretamente com o leitor do cartão conectado via cabo ou bluetooth, diferenciando-se da máquina mercado pago por permitir que a conexão seja feita também por cabo, mas perdendo por não disponibilizar a funcionalidade pelo chip diretamente no dispositivo. Ambas não cobram adesão ou mensalidade, mas a iZettle ganha por ter o seu custo de aquisição abatido das taxas de cobrança por operação. Já por outro lado, as taxas da iZettle são maiores que as taxas da maquininha mercado pago, e ter a taxa muito mais alta em vendas com mais de duas parcelas, mas vencendo no prazo de recebimento, já que o valor, seja no crédito ou no débito, é depositado em até dois dias úteis. Um grande limitador da iZettle em comparação com a maquininha de cartão mercado pago é o número de bandeiras aceitas, já que ela trabalha apenas com mastercard e visa.

Payleven ( sistema Payleven Mais e Payleven Lite )

1 – Conexão
Payleven Mais – A conexão é feita com o celular, via bluetooth
Payleven Lite – A conexão é feita com o celular, via bluetooth

Custo de aquisição da máquina:
Payleven Mais – R$ 118,00 ou 12x R$ 9,90
Payleven Lite – R$ 358,80 ou 12x R$ 29,90

Taxa de adesão:
Payleven Mais – Inexistente
Payleven Lite – Inexistente

Valor da mensalidade:
Payleven Mais – Inexistente
Payleven Lite – Inexistente

Taxas por transação:
Payleven Mais – 2,69% para operações no cartão de débito, 3,39% a 4,49% para operações à vista no cartão de crédito. No parcelado, acrescenta 2,49% por cada parcela a mais.
Payleven Lite – Mesmo sistema do Payleven Mais

Prazo para recebimento das vendas:
Payleven Mais – 2 dias úteis para o cartão de débito e de 2 a 30 dias para o cartão de crédito. O diferencial é que todas as parcelas são recebidas de uma só vez dentro do período de no máximo 30 dias.
Payleven Lite – Mesmo sistema do Payleven Mais

Forma de recebimento:
Payleven Mais – Crédito na conta corrente ou poupança
Payleven Lite – Crédito na conta corrente ou poupança

Bandeiras aceitas:
Payleven Mais – Visa e Mastercard somente
Payleven Lite – Visa e Mastercard somente

Como contratar:
É preciso fazer um cadastro através do http://payleven.com.br/ para receber a máquina

Serviços agregados:
A empresa é especializada em atender empreendedores iniciantes e é possível fazer o cadastro mesmo sendo pessoa física.

Comparação entre Payleven e a Maquininha Mercado Pago:

A máquina Payleven tem seu custo de aquisição muito menor do que a maquininha de cartão mercado pago, porém, ela permite apenas a conexão por bluetooth, limitando-se exclusivamente à esta possibilidade. Nenhuma das duas trabalha com taxa de adesão e mensalidade, porém a taxa por transação da Payleven no crédito é maior em 0,40% do que a máquina de cartão mercado pago, e tendo uma variação de 1,1% no crédito, que permite à Payleven poder ter esta taxa maior ou menor que a maquininha mercado pago, dependendo de cada caso. Em compras parceladas, não é vantagem utilizar a maquininha Payleven, já que a cada parcela pode ser acrescentado o valor de 2,49% após a segunda parcela. As bandeiras aceitas também são muito limitadas, ficando apenas em mastercard e visa.

Sumup ( Sumup Chip e Sumup Top )

1 – Conexão
Sumup Chip- Conexão feita via celular, através da entrada de áudio
Sumup Top – Conexão feita via celular, via bluetooth

Custo de aquisição da máquina:
Sumup Chip – R$ 178,80 ou 12x R$ 14,90
Sumup Top – R$ 358,80 ou 12x R$ 29,90

Taxa de adesão:
Sumup Chip – Inexistente
Sumup Top – Inexistente

Valor da mensalidade:
Sumup Chip – Inexistente
Sumup Top – Inexistente

Taxas por transação:
Sumup Chip – 2,3% para cartão de débito e 3×1% para cartão de crédito à vista. No crédito parcelado a taxa é de 4,6% no plano acelerado. No Plano Econômico vai de 3,9% ( até 6 vezes ) a 4,9% ( 12 vezes ). No Plano Acelerado acrescenta 1,5% a cada parcela. Em 12 vezes a taxa chega a 21,1%.
Sumup Top – Mesmo sistema do Sumup Chip

Prazo para recebimento das vendas:
Sumup Chip- Cartão de débito ou cartão de crédito plano acelerado o prazo é de até 5 dias úteis. No caso do crédito Plano Econômico, as parcelas são pagas a partir de 30 dias, alinhadas ao prazo de vencimento das mesmas.
Sumup Top – Mesmo sistema do Sumup Chip

Forma de recebimento:
Sumup Chip – Crédito em conta corrente ou através do cartão Sumup
Sumup Top – Crédito em conta corrente ou através do cartão Sumup

Bandeiras aceitas:
Sumup Chip – Mastercard, Visa, American Express, Diners e Elo
Sumup Top – Visa e Mastercard

Como contratar:
É preciso entrar no https://sumup.com.br/ e fazer um cadastro para solicitar a máquina.

Serviços agregados:
O Cartão SumUp é um cartão pré-pago, sem custos, para o cliente que não tem conta bancária ou prefere receber os pagamentos em separado.

Comparação entre Sumup e a Maquininha Mercado Pago:

A Sumup disponibiliza a conexão por entrada de áudio do celular, ou via bluetooth. Tem sua taxa de aquisição entre R$ 200,00 e R$ 350,00, o que é extremamente competitivo. Assim como a maquininha mercado pago, ela não cobra adesão ou mensalidade, porém, suas taxas no pagamento parcelado são extremamente altas, e não compensam se este tipo de pagamento for recorrente em sua empresa. Caso você opte pelo plano econômico Sumup sua empresa precisará aguardar mais de 30 dias para recebimento das vendas realizadas em crédito, o que já não acontece na utilização da maquininha mercado pago, que tem o prazo de até 14 dias estabelecido. 

Moderninha ( Sistema Moderninha Pro, Moderninha Wi-fi, Pagseguro leitor de crédito para celular e Pagseguro leitor de débito e crédito MINI

Conexão
Moderninha Pro – Através de Wifi, chip (GPRS) e Blutooth
Moderninha Wi-fi – Aravés de Wi-fi e chip
Pagseguro leitor de crédito para celular – via celular
Pagseguro leitor de débito e crédito MINI – via celular

Custo de aquisição da máquina:
Moderninha Pro – R$ 838,00 ou 12 x R$ 69,90
Moderninha Wi-fi – R$ 598,80 ou 12 x R$ 49,90
Pagseguro leitor de crédito para celular – R$ 118,80 ou 12 x R$ 9,90
Pagseguro leitor de débito e crédito MINI – R 238,80 ou 12 x R$ 19,90

Taxa de adesão:
Moderninha Pro – Inexistente
Moderninha Wi-fi – Inexistente
Pagseguro leitor de crédito para celular – Inexistente
Pagseguro leitor de débito e crédito MINI – Inexistente

Valor da mensalidade:
Moderninha Pro- Inexistente
Moderninha Wi-fi – Inexistente
Pagseguro leitor de crédito para celular – Inexistente
Pagseguro leitor de débito e crédito MINI – Inexistente

Taxas por transação:
Moderninha Pro – 2,39% para cartão de débito, 3,19% a 3,59% para cartão de crédito à vista e de 3,79% a 4,19% para crédito parcelado, mais 2,99% ao mês
Moderninha Wi-fi – Somente crédito. De 3,79% a 4,19% + 2,99% por mês.
Pagseguro leitor de crédito para celular – 2,39% para cartão de débito, 3,19% a 3,59% para cartão de crédito à vista e de 3,79% a 4,19% para crédito parcelado, mais 2,99% ao mês
Pagseguro leitor de débito e crédito MINI – 2,39% para cartão de débito, 3,19% a 3,59% para cartão de crédito à vista e de 3,79% a 4,19% para crédito parcelado, mais 2,99% ao mês

Prazo para recebimento das vendas:
Moderninha Pro – Um dia útil para débito e 30 para crédito
Moderninha Wi-fi – 30 dias para crédito
Pagseguro leitor de crédito para celular – Um dia útil para débito e 30 para crédito
Pagseguro leitor de débito e crédito MINI – Um dia útil para débito e 30 para crédito

Forma de recebimento:
Moderninha Pro – Crédito na conta PagSeguro ou em até 5 contas bancárias diferentes
Moderninha Wi-fi – Crédito na conta PagSeguro ou em até 5 contas bancárias diferentes
Pagseguro leitor de crédito para celular – Crédito na conta PagSeguro ou em até 5 contas bancárias diferentes
Pagseguro leitor de débito e crédito MINI – Crédito na conta PagSeguro ou em até 5 contas bancárias diferentes

Bandeiras aceitas:
Moderninha Pro – MasterCard, Visa, Elo (crédito), Hipercard, Diners, Amex, Ticket e Sodexo
Moderninha Wi-fi – MasterCard, Visa, Elo (crédito), Hipercard, Diners, Amex, Ticket e Sodexo
Pagseguro leitor de crédito para celular – MasterCard, Elo (Crédito), Visa, Amex, Hipercard e Diners
Pagseguro leitor de débito e crédito MINI – Master Card, Visa, Elo (crédito) Hipercard, Amex, Diners e ticket.

Como contratar:
Através do https://pagseguro.uol.com.br/?cmpid=pag-pagseguro_2sem-midimprad#rmcl

Serviços agregados:
Possui uma ferramenta de gestão agregada ao sistema de cartões.

Comparação entre Moderninha e a Maquininha Mercado Pago:

A Moderninha é uma das máquinas de cartão de crédito mais populares do mercado, e por este motivo deixamos o melhor por último. Ambas são máquinas de grande representatividade, e apresentam boas vantagens.

Porém, quando comparamos ambas tópico por tópico, fica perceptível a vantagem da maquininha mercado pago, já que ela oferece melhores prazos para recebimento dos valores de crédito, tem seu custo de aquisição mais baixo, e taxas mais competitivas para as vendas em crédito, empatando nas vendas por débito. As únicas vantagens que conseguimos identificar para a Moderninha seria o seu modelo wifi, o que não é disponibilizado na maquininha mercado pago, e o recebimento do valor sendo depositado diretamente em conta.

Assista um vídeo comparativo sobre as máquinas de cartão

Gostou do texto? Agora você sabe tudo o que precisa para sua empresa começar a aceitar cartão. Deixe um comentário!

Conheça o eGestor, um software online para gestão de micro e pequenas empresas.

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br