Startups unicórnios e o que podemos aprender com elas

As startups unicórnios são empresas de tecnologia que alcançaram a marca de 1 bilhão de dólares antes mesmo de suas ações estarem disponíveis na Bolsa de Valores. O Brasil, apesar de ser jovem nessa área, tem apresentado empresas promissoras, com grandes nomes como Nubank e Ifood, por exemplo.

Deseja conhecer mais sobre as startups unicórnios e conhecer as principais do Brasil? Então acompanhe a leitura, que você está no lugar certo!

O que são startups unicórnios?

Segundo o Sebrae, startup é “um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza”. Por esta definição, observa-se que esse tipo de empresa é incerto, porém, precisa ter um produto que possa ser entregue infinitas vezes sem mudança de qualidade e, por isso, possui capacidade de gerar altos lucros e crescer disruptivamente.

Dessa forma, ao falar de startups unicórnios, nos referimos a uma empresa que, antes de estar disponível para IPO (Initial Public Offering), na Bolsa de Valores, alcançou a super marca de 1 bilhão de dólares.

Elas são chamadas de unicórnios devido à sua raridade. Assim, se já é difícil sobreviver como uma startup, o que a própria definição de seu nome deixa claro, imagine alcançar um valor tão alto em investimentos. Não é fácil, porém também não é impossível e, no Brasil, já possuímos alguns grandes nomes de startups unicórnios, que você, com certeza, já ouviu falar.

Ebook manual de como abrir uma empresa

Quais as principais startups unicórnios do Brasil?

Segundo a StartupBase, o Brasil possui atualmente mais de 13.000 startups ativas. O país tem um alto potencial com essas empresas e está em um período crescente, apresentando boas estatísticas e um número expressivo de startups unicórnios. Dentre elas, as principais são:

Nubank

As fintechs, startups de finanças, estão em alta em todo o mundo, a Nubank é uma delas. Por meio de funcionalidades como conta corrente e cartão de crédito, ela é caracterizada por inovar o sistema financeiro e ficou conhecida pela qualidade de seus serviços (que são feitos online) e pelo excelente atendimento ao consumidor.

Criada em 2013, ela foi logo aceita no mercado, tornando-se uma startup unicórnio no começo do ano de 2018 e, hoje, vale mais de 10 bilhões de dólares.

Ifood

Responsável por inovar o setor alimentício, o Ifood é uma empresa que trabalha com o delivery de comidas e, atualmente, expandiu seus horizontes, alcançando também a entrega de produtos de mercado.

Fundada no ano de 2011, foi comprada pela startup Movile em 2014, recebendo investimento e chegando ao título de startup unicórnio.

PagSeguro

Fintech do grupo UOL, o PagSeguro trabalha com o envio e recebimento de pagamentos. Criada em 2006, alcançou então a marca de startup unicórnio em 2018.

Stone

A Stone é uma empresa de meios de pagamentos parceira de empresas como Cappta e Pagar.me. Foi criada em 2012 e ultrapassou o valor de 1 bilhão de dólares em 2018, tornando-se mais um unicórnio no mercado brasileiro.

99

Concorrente da Uber, a 99 é uma empresa de transportes gerenciados por aplicativo. Criada em 2012, foi comprada pela empresa DiDi em 2018, que ampliou suas funcionalidades e alcançou o título de startup unicórnio.

Que lições que podem ser tiradas do desenvolvimento de startups unicórnios?

As startups unicórnios precisaram passar por muitos obstáculos até conseguir chegar a esse título. Com base em suas características, confira os ensinamentos que podem ser tirados de seus trajetos de desenvolvimento:

Inovação

No mundo, são muitas startups que investem em diversos setores de variadas formas. Muitas dessas empresas acabam falindo ainda no começo e não conseguem alcançar o valor de 1 bilhão de dólares e, com isso, se tornar uma startup unicórnio. Sabe o que o diferencial das demais? Seu grau de inovação.

Com tantas empresas, um ponto essencial que fará um empreendimento chegar no sucesso é a inovação. Um negócio inovador está a vários passos à frente de outros negócios e, com isso, garante bons investimentos e maior segurança.

Portanto, a primeira lição que as startups unicórnios traz é: invista em inovação.

Foco em tecnologia

Diante da ascensão da internet, da inteligência artificial, da robótica e de outras fontes tecnológicas, investir em tecnologia é um fator fundamental para o sucesso de um negócio. As startups unicórnios perceberam isso e investiram certeiramente com foco em tecnologia.

Se você deseja montar um empreendimento de sucesso ou fazer a sua empresa deslanchar, seguir a lição das startups unicórnios e investir em tecnologia garantirá excelentes resultados.

Rapidez e eficiência para se adaptar às mudanças

Com o crescimento da tecnologia, as mudanças vêm ocorrendo cada vez mais rapidamente. Assim, um outro ponto presente na construção do sucesso dos unicórnios é a agilidade em se adaptar quando a situação exige.

Além disso, as startups unicórnios possuem uma visão futura para se adiantar na resolução de possíveis e potenciais problemas.

Dessa maneira, outro ensinamento trazido por essas empresas de sucesso é a necessidade de ter rapidez e eficiência para se adaptar a mudanças.

Experiência do cliente

Uma outra característica das startups unicórnios é o trabalho no que é chamado de customer experience, em português, Experiência do Cliente.

Trabalhar bem esse ponto garante às empresas um excelente relacionamento com o público de interesse. Logo, isso é capaz de gerar clientes fiéis, além de advogados para a marca.

 Segundo a NewVoice Media, 69% dos clientes que estão satisfeitos com uma marca indicariam ela a um amigo ou conhecido. Em contrapartida, 58% dos consumidores insatisfeitos não retornariam a comprar de uma negócio em que foi mal atendido.

Diante disso, fica clara a essencialidade de um trabalho árduo envolvendo a experiência do cliente. Um excelente exemplo de startup unicórnio que investe alto nesse quesito é o Nubank. Essa fintech é reconhecida por seu atendimento personalizado e eficiente, sendo sempre citada em publicações em Redes Sociais por clientes satisfeitíssimos com o que chamam carinhosamente de “roxinho”.

Dessa maneira, seguindo o padrão das startup unicórnios, é preciso ter um projeto bem elaborado e bem executado de customer experience, visto que este é capaz de alavancar resultados por meio do relacionamento com o cliente.

Portanto, conhecendo o conceito de startup unicórnio, além de alguns exemplos que foram fundados no Brasil, você já pode utilizar as lições aprendidas para fazer seu negócio alavancar disruptivamente.

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas + startups unicórnios

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br