ideias de e-commerce

O mercado de e-commerce no Brasil é promissor para este ano de 2019. Segundo estudo realizado pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a estimativa é que este ano se encerre com cerca de 220 milhões de pedidos de compra nas mais variadas lojas virtuais.

O faturamento gerado pelo mercado de e-commerce nacional para 2018 é avaliado em R$ 69 bilhões, o que pode representar um crescimento de 15% em relação ao ano anterior.

A tendência é que neste ano, os empreendedores de e-commerce procurem apostar nas vendas via dispositivos móveis como smartphones e tablets, em meio a utilização cada vez mais recorrente destas plataformas digitais. A projeção é que as compras realizadas por estas mídias representem 33% do total de pedidos em 2018, um número 5% maior se comparado a 2017.

Em meio a este contexto, abrir uma loja virtual poder uma excelente alternativa de negócio para se iniciar ao longo deste ano. Ficou interessado? Então confira algumas ideias de e-commerce que temos para você se tornar um empreendedor de sucesso!

1. Produtos naturais

Montar um e-commerce voltado para a venda de produtos naturais, apresenta uma série de vantagens e oportunidades para o empreendedor, como a facilidade de encontrar fornecedores e a ampla variedade de produtos para se oferecer, já que podem ser comercializados tanto produtos alimentícios, quanto cosméticos naturais.

As pessoas estão em constante busca por uma vida mais saudável. Sendo assim, são produtos que não costumam ter um período de baixa e apresentam uma demanda para qualquer época do ano.

2. Acessórios para ciclismo 

Apesar de um custo inicial relativamente alto para a aquisição dos produtos, é um mercado que possui uma demanda garantida. Profissionais de ciclismo ou simples praticantes deste esporte estão em constante busca por equipamentos de proteção e para a customização de suas bicicletas.

3. Cervejas artesanais

Os negócios de e-commerce voltados para a venda de bebidas tem apresentado um certo crescimento. Exemplo disso, são as mais variadas lojas virtuais focadas na venda de cervejas artesanais especificamente, que tem surgido no Brasil nos últimos anos.

Com a assinatura nessas plataformas, os clientes recebem periodicamente algumas cervejas especiais para que possam degustar e conhecer mais a respeito dos mais variados tipos de cervejas. Serviço este que certamente é um diferencial em relação as vendas de bebidas em espaços físicos, que não oferecem essa praticidade a seus clientes. 

4. Artesanato

Se você é criativo e possui habilidades para trabalhos manuais, investir na venda de produtos de artesanato voltados para a decoração de ambientes, pode ser uma ótima alternativa.

Isso porque não existem muitos negócios online neste ramo e também por que você não depende de nenhum fornecedor. Necessita apenas da matéria prima e do seu talento para fabricar e vender os seus próprios produtos. 

5. Roupas e acessórios

Existem uma série de e-commerces voltados para a venda de roupas e acessórios. Segundo pesquisa realizada pelo Sebrae, os e-commerces voltados para vestuários e acessórios representam 33% das lojas online no Brasil.

Esse número representa o baixo custo de aquisição destes produtos para a revenda, já que podem ser comprados em atacado e geralmente os fornecedores desses produtos, costumam ser bastante flexíveis nos processos de negociação.

6. Sapatos artesanais femininos

Assim como no caso de produtos artesanais voltados para a decoração de ambientes, os sapatos artesanais femininos destacam-se por serem totalmente exclusivos. Portanto são ótimas opções de produtos para comercializar em seu e-commerce.

O fato de serem exclusivos, também permite que você possa cobrar um preço maior dos clientes, já que você gastará tempo e mão de obra na produção dos calçados. Também é um negócio que exige bastante criatividade em caso de se produzir por conta própria e não optar por uma produção terceirizada.

7. Loja de cosméticos

Segundo pesquisa realizada pela Ebit, que mede a reputação das lojas virtuais por meio de questionários com consumidores reais, os cosméticos representam o quarto maior mercado de e-commerce em relação ao volume de pedidos, o que comprova que trata-se de uma ótima oportunidade para iniciar a sua loja virtual, pois a demanda para esses tipos de produtos é garantida.

Outra vantagem de abrir um e-commerce voltado para a venda de cosméticos, é a ampla variedade de produtos, que podem ser voltados tanto para o público feminino especificamente, como no caso de esmaltes e maquiagens, assim como também existem produtos que podem ser vendidos para o público feminino e masculino: xampus, cremes e condicionadores para o cabelo, bronzeadores, hidratantes, protetores solar e perfumes, por exemplo.

8. Games

O mercado de games também pode ser altamente promissor para o comércio online em 2019. Por atingir a um público mais jovem, que está em constante busca por tecnologia e principalmente, praticidade, a venda de games pode ser uma ótima ideia para a sua loja virtual.

Além dos games propriamente, também é possível vender produtos complementares como consoles e acessórios para vídeo-games e computadores, criando assim um diferencial para o seu e-commerce.

Você também pode comercializar alguns games mais antigos por preços mais acessíveis. Afinal, os games de uma forma geral sempre possuem aquele jogo que lhes marcou e causam uma certa nostalgia.

9. Moda masculina

Os negócios referentes a este nicho de mercado no Brasil, voltado para a venda online de roupas e acessórios essencialmente masculinos, cresceram aproximadamente 18% em relação ao faturamento obtido entre os anos de 2010 e 2016, segundo pesquisa realizada pelo instituto Ibis World.

E a expectativa para os próximos quatro anos também é animadora, com uma projeção de crescimento ainda maior conforme a pesquisa. Sendo assim, apostar na comercialização de produtos voltados para a moda masculina é uma ótima ideia de e-commerce para iniciar em 2019.

10. Brindes

Devido a possibilidade de renovação contínua dos produtos, as lojas de brindes costumam obter um alto faturamento durante todos os períodos do ano. É uma ideia de e-commerce que favorece a inovação e a criação de produtos diferenciais, que podem se tornar tendências no mercado de uma hora para outra. 

eGestor

O eGestor é o sistema de gestão empresarial que integra com diversas lojas virtuais de forma simples e prática. Esta integração permite maior facilidade no controle de suas vendas, financeiro, emissão de boletos bancários e muito mais. Realize seu cadastro e teste gratuitamente por 15 dias clicando neste link!

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br