abrir um petshop

Um dos ramos que está crescendo hoje em dia é o mercado de Pet Shop. Mesmo em meio à crise, muitas pessoas ainda procuram os serviços deste tipo de mercado para prestar os cuidados com os seus animais de estimação, principalmente em se tratando de cães e gatos.

Para se ter uma noção, o mercado de pet shop cresce mais que 20% por ano. Tudo isso porque a população felina e canina do Brasil é a segunda maior do mundo, ou seja, o número de cães e gatos é enorme e tende a crescer a cada dia mais. Só se tratando de gatos e cachorros, o número chega a 15 milhões de gatos e 30 milhões de cachorros. Isso indica que a proporção de habitantes de animais cresce na mesma proporção que o número de habitantes humanos.

Tendo esses conhecimentos, não restam dúvidas de que investir no mercado de Pet Shop é uma ótima opção para quem está procurando por algo realmente lucrativo. Por mais que já existam centenas de Pets Shops em todo o país, as chances de se conseguir sobreviver desse tipo de estabelecimento são bem maiores e aumentam na mesma proporção em que se aumenta o número de habitantes caninos e felinos.

No entanto, é preciso prestar atenção a alguns cuidados e seguir algumas recomendações para que o seu Pet Shop, que está prestes a ser montado, dê certo e gere bons lucros para você. Para isso, montamos um guia com as principais dicas para você seguir antes de abrir o seu Pet Shop. Então confira 7 dias para quem quer montar um Pet Shop:

1 – Pense quais serão os tipos de serviço que você oferecerá:

Um Pet Shop costuma ser um estabelecimento que oferece, além de serviços de banho e tosa, venda de medicamentos e produtos de uso de animais e veterinário em geral. No entanto, é importante prestar atenção na legislação. Por exemplo, se você pretende abrir um Pet Shop na cidade de São Paulo, deve saber que nessa região não é permitida a venda de medicamentos. Portanto, preste atenção a todas as leis que dizem respeito a esse tipo de estabelecimento para evitar problemas futuros com a Justiça.

Além disso, é importante pensar em quais serviços pretende oferecer para começar a planejar também o espaço que precisará para criar o seu Pet Shop. Se você pretende vender produtos, já deverá pensar que o espaço precisa ser um pouco maior do que se for oferecer apenas banho e tosa, por exemplo.

Além desses serviços mais comuns, alguns Pets Shops disponibilizam cães e gatos para venda ou para adoção. Se essa for uma de suas intenções, deverá pensar que o espaço físico deverá ser ainda maior.

2 – Gostar de animais:

Por mais que essa dica pareça um pouco óbvia, gostar de animais é um detalhe que faz toda a diferença para o sucesso do seu Pet Shop. Isso porque se você trabalhar com algo que não gosta, você será infeliz e se sentirá cada vez menos motivado a inovar em seu estabelecimento. Um proprietário de Pet Shop tem contato direto com os animais, portanto, gostar desse tipo de relação é fundamental.

Conheça o eGestor, um software online de gestão empresarial. Perfeito para seu Pet Shop!

3 – Especialize-se:

Mesmo que você goste de cães e gatos e já tenha uma prática para cuidar dos bichinhos, antes de abrir um Pet Shop é importante realizar cursos para se especializar e aprimorar suas técnicas para cuidar da forma correta. Se pretende colocar mais gente para trabalhar com você (o que, com certeza, precisará), pense também na especialização destes funcionários. É importante que todos possuam conhecimento e técnicas para que o andamento dos serviços não seja prejudicado pela falta de prática.

4 – Escolha do local:

Outro ponto importante na hora de abrir um Pet Shop é escolher o melhor lugar. É preciso que o seu estabelecimento esteja localizado em um ponto estratégico, ou seja, que seja de fácil localização, permita uma boa visibilidade e que esteja em meio a um alto fluxo de pessoas. É importante prestar atenção também na vizinhança e verificar se os seus vizinhos podem ser seus futuros clientes.

Além da localização, você deve prestar atenção nas capacidades do local escolhido. Verifique se o espaço comportará todas as instalações que você precisa fazer. Não há nada mais desconfortável do que trabalhar em um ambiente pequeno e apertado.

Ainda sobre o lugar, é essencial também pesquisar os preços de aluguel. Veja se o valor dessa taxa é adequado para o seu bolso.

Ebook Crescimento Empresarial

5 – Registro e formalização do seu Pet Shop:

Depois de planejar todos os detalhes e escolher o local no qual será instalado o seu Pet Shop, você deverá registrar o seu estabelecimento. Diante disso, procure os órgãos de fiscalização e providencie todos os papéis e documentos necessários. É importante deixar tudo certo e regularizado desde o começo para evitar que o seu estabelecimento seja interditado e fechado depois de um tempo de funcionamento.

6 – Escolher bem os fornecedores:

Se você pretende vender produtos e medicamentos, deverá escolher bem os seus fornecedores. Veja se os produtos são de qualidade e confiáveis, pois isso evitará futuros problemas com seus clientes. Oferecer produtos de qualidade é fundamental para conquistar uma boa clientela.

7 – Ofereça um atendimento satisfatório:

Por fim, muitos clientes, senão todos eles, são conquistados pelo atendimento. Atenda aos seus clientes e futuros clientes de forma atenciosa, dando dicas sempre que possível. Ser simpático e paciente pode parecer um detalhe, mas chama a atenção e faz com que os consumidores saiam satisfeitos, afinal, ninguém gosta de ser mal tratado.

Buscando um software para gestão da sua micro e pequena empresa? Conheça o eGestor, um software online com controle financeiro, controle de estoque, vendas e  nota fiscal eletrônica.

Ebook manual de como abrir uma empresa

Escrito por eGestor

O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas.
Teste gratuitamente em http://www.egestor.com.br