serviço de guincho

O setor automobilístico é um ramo que sempre apresenta bons níveis de crescimento no decorrer dos anos. Mas, quando falamos sobre esse setor, não é somente sobre a venda de carros. Outros serviços como o reparo de automóveis, vendas de seguros, aluguel de veículos e similares são algumas dessas conveniências fornecidas à população que tiveram um crescimento considerável.

À medida que o fluxo de carros cresce nas cidades, especialmente nas metrópoles, a demanda de pedidos desses serviços também aumenta. Dentro da lista desses serviços solicitados pelo público está o serviço de guincho. É, alguns até podem até não acreditar, mas o mercado de guincho de carros se tornou um negócio rentável nos últimos anos.

Como a maioria das empresas que prestam esse auxílio disponibilizam seus trabalhos por 24 horas, a praticidade fica mais evidente ao consumidor ou a uma instituição que solicite essa atividade.

Se você gostaria de montar uma empresa de guincho, algumas dicas são importantes para abri-la com sucesso e mantê-la sem dificuldades. Porém, é necessário que se lembre que o mercado da sua região pode ser diferente de outras regiões. Por isso, antes de trabalhar para fundar sua empresa de guincho ou de qualquer outro serviço, é fundamental estudar o mercado em seu local. Analisar como ele funciona. Veja todas as possibilidades, ameaças, pontos fortes e pontos a melhorar. Este planejamento é chamado de  marketing de Análise SWOT. Fazendo isso, você estará mais preparado para fortalecer seu negócio.

Legalização da empresa e aspectos logísticos

Primeiro de tudo, registre legalmente sua empresa. Não haja ilegalmente! Certifique-se de ter toda a documentação necessária para tornar sua empresa de guincho um local legalmente apropriado para oferecer seus serviços. Seus documentos como RG, CPF e documentos para a empresa como o CNPJ, alvará de funcionamento, inscrição estadual e cadastro na Previdência Social são alguns desses registros necessários.

Fazendo o registro do NIRE (Número de Identificação de Registro da Empresa), há alguns critérios específicos da classe automobilística que precisam estar regulamentados. Obedeça todas as normas exigidas pelo ANTT e pelo DENATRAN presentes na sua cidade, que são os órgãos responsáveis em estabelecer e fiscalizar as regras cumpridas. Regularizando suas documentações, você estará em dia com essas entidades.

Com um local bem definido, com todo o equipamento necessário para os serviços e equipe técnica que prestará o apoio nas atividades, é bom preparar toda a estrutura organizacional e automotiva da empresa. Organizar toda a parte gerencial é muito importante, pois prepara você a atender melhor o seu cliente. Ofereça as melhores soluções nos casos específicos e te ajuda a resolver qualquer problema na situação trabalhista.

Uso de tecnologias para descomplicar seu papel de administrar a empresa

Mesmo que sua empresa seja 24 horas ou tenha um período de tempo determinado para funcionar durante a semana, uma dica interessante a te ajudar a administrar a empresa é adotar um software de gestão. Ele já apresenta algumas utilidades básicas que servem de apoio para as tarefas do dia. Atividades como o atendimento ao público, fornecimento de informações dos serviços, relação de cadastro de clientes ou empresas parceiras, são alguma das possibilidades que um sistema de gestão pode oferecer.

Plataformas como o eGestor facilitam essas atividades, uma vez que já apresentam programações planejadas que podem ser flexibilizadas de acordo com a necessidade da empresa. O objetivo de softwares como esse é descomplicar as responsabilidades que se fossem feitas manualmente, levariam muito tempo ou até seriam mais suscetíveis a erros. Fazendo essas ações de maneira automática, o software aperfeiçoa esse trabalho. Com isto,  a equipe técnica a realizar outras tarefas com mais atenção.

Ebook Crescimento Empresarial

Custos, Pagamentos e Tributações

Outro passo importante na hora de abrir uma empresa está relacionado aos custos. Numa empresa de guinchos, essa preocupação não é diferente. Esses custos podem ser avaliados semanalmente, mensalmente ou em um período maior de tempo, caso prefira de outro jeito.

Dentro desse aspecto, você precisa conhecer alguns custos que já são básicos para o funcionamento da empresa. Gastos como tributação e pagamentos fiscais, compra de equipamentos,  luz e telefone são alguns que serão indispensáveis. Além dessas despesas, há outros casos próprios do setor de empresas de guincho. Você vai precisar efetuar  o pagamento de taxas do documento de arrecadação simples nacional, por exemplo. Alguns desses gastos possuem valores fixos, outros podem estar sujeitos a alterações no percentual de arrecadação.

Com tanta informação sobre as despesas, alguns empresários ficam receosos em como administrar da melhor forma toda a contabilidade. Uma empresa de guincho geralmente possui mais de um funcionário e a renda por ano costuma ter um valor elevado. Por isso, não são todos que possuem técnicas para realizar cálculos com os gastos e os recebimentos.

Nesses casos, também é recomendável utilizar um software de gestão financeira. O módulo fiscal processado por essa ferramenta auxilia o gestor a ter uma noção mais ampla do quanto sua empresa gastará em determinado período de tempo. O programa já possui fórmulas armazenadas e o empresário ou qualquer outro funcionário responsável dessa atividade deve informar ao software os valores a serem calculados.

O eGestor, por exemplo, pode facilitar o planejamento financeiro. Todo valor que entra e sai da empresa é armazenado no sistema do programa. Fator que garante mais segurança contra perdas de registros e um maior controle do dinheiro em tabelas fiscais e gerenciais.

Conclusão

Outros passos também vão se tornando essenciais para o firmamento de sucesso da sua empresa de guincho. A divulgação do negócio, estudos sobre os seus clientes em potencial são algumas alternativas eficazes para inovar esse serviço. Além de uma ampa divulgação, outras medidas como um estudo adequado de mercado e o auxílio de um sistema de gestão financeira podem ser fundamentais para a prosperidade do empreendimento.

No final das contas, esse negócio é bastante rentável. Cabe a você, como gerenciador da empresa, ser criativo e procurar melhorar sempre. É um empreendimento fácil de administrar e sempre atento aos detalhes, você verá resultados excelentes.

Então, mãos à obra e sucesso!

Gostou do texto? Que tal deixar um comentário?

Ebook manual de como abrir uma empresa

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br