fbpx

Agência de viagens e turismo: Passo a passo para montar uma

Para abrir uma agência de viagens e turismo, existem três características fundamentais que orientam a decisão:

  • A primeira delas é que se trata de um mercado gigantesco, em processo permanente de crescimento e diversificação.
  • A segunda é que a concorrência é pesada, não é fácil ser visto, se diferenciar e obter uma rentabilidade satisfatória.
  • A terceira é que, para atuar nesse segmento, a estrutura necessária é bastante simples e não faltam aliados para o empreendedor no sentido de facilitar a operação do negócio.

O que é uma agência de viagens e turismo

Uma agência de viagens e turismo é quem faz toda mediação para uma viagem tranquila. Ela é responsável pela compra de passagens, hospedagem e passeios. Assim, ela pode fazer um pacote de viagens, de acordo com o que o cliente desejar. Ou, ainda, pode vender os itens separadamente.

A agência de viagens e turismo oferece conveniência, organizando opções de voos, companhias, datas e horários. Pode também trabalhar com oferta de hotéis, com opções de preço, categoria, localização e serviços. Locação de veículos e transportes podem estar no pacote de serviços, mas cabe ao cliente a tarefa de escolher.

O cliente que busca uma agência de viagem e turismo quer algo mais, uma vez que ele busca tranquilidade e comodidade. Cabe à agência organizar todo o roteiro da viagem: partida, hospedagem, duração da hospedagem, atividades e retorno. Esse cliente pode até estar em busca de aventura, contanto que a agência planeje a aventura para ele, por mais paradoxal que isso possa parecer.

Existe um outro negócio a ser explorado no segmento de viagem e turismo, que é o turismo receptivo. As agências locais são especializadas em organizar atividades turísticas, exploração das opções locais através de excursões. Assim, essas agências devem proporcionar experiências inesquecíveis.

Há ainda as operadoras de pacotes, cuja atividade exclusiva é criar ofertas completas para as agências de viagem. Dessa forma, esse é um segmento onde a pesquisa não só é fundamental, como em qualquer segmento de negócios, como faz realmente a diferença, a partir da identificação de oportunidades com base nas mais diversas demandas de diversos públicos.

A agência de viagens e turismo pode ser MEI?

Sim, uma agência de viagens e turismo com CNAE 7911-2/00 – Agências de viagens, pode ser MEI.

Como montar uma agência de viagens e turismo: Passo a passo

Estrutura necessária e funcionamento

A estrutura de uma agência de viagem é simples, e o seu funcionamento é livre de maiores complicações.

Assim, para iniciar uma agência de viagens e turismo não é preciso mais que uma estrutura com duas salas (uma para atendimento e outra para atividade comercial e administrativa), mobília, computadores e telefones. Ou seja, duas pessoas podem dar conta de toda a demanda de serviço, uma cuidando da gestão e outra da parte de atendimento.

Entretanto, para a automação da atividade, de modo a tornar os processos administrativos ágeis, o ideal é que você adote um software de gestão, que integre rotina, finanças e relatórios gerenciais. Há ótimas ferramentas no mercado que têm a vantagem de serem simples de operar. Não precisa fazer curso ou longos períodos de treinamento e implantação.

Agências físicas

No caso das agências receptivas, a estrutura é um pouco mais cara, já que para o seu funcionamento é necessário a contratação de guias e veículos de transporte.

Para a agência de viagens e turismo funcionar, basta que o empreendedor tenha o CNPJ e o registro de abertura da empresa. Ainda, deve ser realizado um cadastro ao Cadasturm, que pode ser feito de forma online. Cumprindo esses trâmites, já é possível, por exemplo, fazer a emissão de passagens nacionais.

Vale destacar que o processo para emissão de passagens em companhias nacionais é bastante simples. As companhias normalmente disponibilizam o módulo para cadastro de agências em seus sites. Preenchida corretamente a documentação, em até sete dias a agência já pode começar a emitir passagens.

Lembrando que a forma de remuneração da agência é através de comissão. A agência faz a emissão da passagem pelo cartão de crédito. Assim, é possível obter um limite de créditos para vender as passagens faturadas, bastando que seja feita a solicitação à Companhia e o requerente tenha capital para isso.

Como montar uma agência de viagens e turismo: Passo a passo

Passagens internacionais

Para emitir passagens internacionais, o processo é um pouco mais complexo. É necessário fazer o registro da IATA (International Air Transport Association). Há exigência de um capital mínimo obrigatório. Além do registro, é preciso aderir a um GDS (Global Distribution System). Os GDS são sistemas globalizados que fazem a integração entre a agência de viagens e turismo, companhias aéreas, hotéis, locadoras de veículos e operadoras de viagem. Há um custo mensal para usar o sistema, mas o valor é irrisório.

Vale lembrar ainda que, assim como no caso das companhias nacionais, é preciso entrar em contato com as companhias internacionais para negociar a forma de remuneração da agência.

Se, porventura, tudo isso parecer muito assustador, o empreendedor pode começar se associando a uma consolidadora de viagens, que nada mais é que uma agência que funciona como uma plataforma, fazendo a intermediação entre as companhias e outras agências. A reguladora faz toda a operação e deixa a agência livre para cuidar mais da parte comercial. A reguladora é remunerada dividindo a comissão por venda com a agência.

💡 Você também pode gostar: Como abrir uma prestadora de serviços

Como se sobressair

Chegou a parte mais importante, que é a hora de enfrentar a concorrência, deixar o cliente satisfeito, construir diferenciais competitivos e lucrar.

A tarefa não é das mais fáceis. Afinal, como se sobressair num mercado que movimenta mais de 3 trilhões de dólares no mundo, que tem tantos atores gigantescos competindo pelos clientes?

É importante pesquisar e observar os detalhes. A resposta pode estar neles, nas necessidades específicas de um determinado público, num nicho não atendido, porque simplesmente não foi descoberto. Quanto mais sua agência se especializar em um ou mais grupos, poderá atendê-los melhor, cuidar de suas demandas únicas e fazer com que tenham a percepção de usufruir de um serviço exclusivo, como se tivesse sido desenvolvido especificamente para eles.

Acima de tudo, é preciso prestar atenção aos detalhes. Da mesma forma que cuidar deles pode ser um diferencial competitivo, a falta de atenção aos mesmos pode ser a causa de clientes muito insatisfeitos. Investir nos detalhes é, ao mesmo tempo, investir em qualidade, ser capaz de surpreender e encantar, assim como se diferenciar pela inovação.

Banner-conversao-eGestor-blog
Início 9 Empreendedorismo 9 Agência de viagens e turismo: Passo a passo para montar uma
Escrito em: 17/03/23
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

16 Comentários

  1. agência de viagens

    Muito interessante! Dicas importantes para o sucesso de uma agência de viagens.

    Responder
  2. Dhian

    Artigo simples e bem completo. Parabéns!

    Responder
  3. Fernando Camilo

    Gostei muito do conteúdo,sanou grande parte das minhas dúvidas.

    Responder
  4. Marcos

    Parabéns, sem custo nenhum, vcs orientam, e deixam a gente feliz, poderia fazer contato e nos dar uma consultoria.

    Responder
    • eGestor

      Olá, Marcos! Tudo bem?

      Infelizmente não prestamos consultoria. Porém, ajudamos você a controlar os dados do seu negócio!

      Responder
  5. Temotio

    onde encontro os requisitos e os locais que necessito registrar-me…tipo Embratur, órgãos estaduais, municipais, etc…
    Tipo: é necessário ter uma pessoa graduada em turismo para poder abrir a agencia?

    Responder
    • eGestor

      Olá, Temotio! Tudo bem?

      É necessário fazer o registo na Junta Comercial do seu município e o cadastro no Cadastur, um órgão do Ministério do Turismo.

      Abraços

      Responder
  6. Fausta Miala

    Simples e completo. Maravilha!

    Responder
  7. rony arruda

    simples e completo gostei muito. abriu mais a minha visão sobre como funciona uma empresa de turismo.

    Responder
  8. Amâncio Guilherme

    Ola Boa noite. Já tenho a empresa constituída, porém o meu foco é agência de viagem. Poderia começar virtualmente?

    Responder
  9. luizão marcineiro

    bão demais sô

    Responder
  10. Mikaela Neves

    Parabéns pelo artigo. Me ajudou muito.

    Responder
  11. Cleia Marcia Barbosa Da Silva

    Gostei Parabéns

    Responder
  12. Carlos Silva

    Parabéns, legal ajudou me muito na minha atividade Elaborando um plano de negócios Módulo II
    TTPEGENAS CURSO GUIA DE TURISMO. GEAD CPS

    Responder
  13. MAURO ANTONIO PEDROSO

    Bom dia, me tire uma dúvida… Posso abrir uma agencia de viagens em Curitiba, certo? e como posso atuar em Jericoacoara no CE., tendo carros, vans e veiculos de areia naquela localidade? a Nota fiscal deve ser emitida onde se presta o serviço, no caso Jericoacoara? tenho que abrir uma filial por lá? tenho que tirar licença na ´prefeitura para atuar ou tem que ser um alvará?

    Responder
    • eGestor

      Olá, Mauro!
      Para algumas atividades é possível que você tenha que abrir uma filial na cidade que irá atuar, você pode perguntar ao seu contador. Entretanto, para emitir a nossa fiscal de serviço na cidade, você não precisa ter um CNPJ aberto na localidade.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro da sua empresa Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...

NFC-e (Nota fiscal de consumidor eletrônica) [Atualizado]

Emitir NFC-e Todo produto ou serviço vendido, deve ter sua comprovação fiscal e um dos meios de atestar essa transação é a nota fiscal. Afinal, ela dá segurança tanto à empresa que vende o produto, quanto ao consumidor que o compra....

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? O faturamento é importante para a empresa porque ele é o valor, em dinheiro, que a empresa recebeu em um período. Assim, ele demonstra se o resultado foi satisfatório ou não. Com o...

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...

Guia do MEI: Tudo sobre o MEI – Blog do eGestor

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...