5 dicas para manter as contas a pagar em ordem

Contas: essas pequenas obrigações que as empresas têm que honrar e que são difíceis de controlar, não aparecendo do dia para a noite — salvo em uma emergência. Mas por que será que boa parte delas acaba escapando das nossas vistas? Será que elas simplesmente desaparecem ou será que somos desorganizados o suficiente para não anotar todas as nossas obrigações a pagar? Provavelmente a segunda opção seja a mais acertada, já que quem controla as contas a pagar é quem detém as informações sobre elas, consequentemente, quem deveria acompanhá-las diariamente. Não havendo outra saída, o negócio é se organizar para manter as contas a pagar sempre na mais absoluta ordem. Quer saber como? Então confira já nosso artigo!

Evite fazer dívidas desnecessárias

Muitas vezes somos impelidos a fazer compras sem necessidade, não é mesmo? Afinal, será que realmente precisamos imediatamente ter tudo o que compramos? Por essa compulsão acabamos criando contas que não precisariam onerando nosso fluxo de caixa. Assim, como essas contas não fazem parte do nosso dia a dia, acabam eventualmente sendo esquecidas.

Por isso, evite ao máximo fazer dívidas desnecessárias. Se for para comprar um produto supérfluo, que seja à vista, quando você efetivamente tem o dinheiro em caixa para poder se dar a esse luxo. Aí vira assunto encerrado, já que você não precisa se preocupar com essa conta a pagar nos meses futuros.

Planilha de controle Financeiro gratuita

Não atrase pagamentos

Se você se esquece de pagar uma conta ou se por acaso não tem dinheiro para pagá-la em dia, já pode começar a contabilizar os juros e as taxas. Essas despesas, por menores que sejam, são totalmente desnecessárias. E quando se somam ao final do mês, acabam por representar uma quantia considerável do seu faturamento.

Providencie uma maneira de lembrar do vencimento das contas a pagar — usando agendas, lembretes no celular ou até pedindo a alguém para controlar essa parte por você —, a fim de jamais deixar esses compromissos atrasarem, uma vez que isso pode impactar sua credibilidade no mercado e impedir futuras operações financeiras.

Reduza os juros quitando dívidas antecipadamente

Assim que entrar um dinheiro extra, priorize o pagamento das dívidas que geram juros. Se forem muitas, dê preferência àquelas com os juros mais altos, que, obviamente, oneram mais o seu caixa. Isso sem contar que a antecipação dos pagamentos pode, inclusive, gerar significativos descontos no montante total da dívida.

Mantenha um controle diário

Nem é preciso falar que manter um controle diário das suas contas a pagar é a melhor forma de não ter problemas, certo? Mas como manter esse controle? Muitas pessoas optam por planilhas, mas elas não são tão eficientes quanto um sistema de gestão financeira automatizado, que oferece uma série de ferramentas de controle — como, por exemplo, avisos de vencimento por e-mail e SMS, projeção de fluxo de caixa com apenas um clique, separação das contas a pagar fixas e variáveis, gráficos de acompanhamento das contas a pagar e um enorme poder de análise.

Renegocie sempre que necessário

Se você estiver financeiramente apertado, não hesite em renegociar suas contas! Isso demonstra seriedade e comprometimento com os fornecedores, além de transparência, característica bem rara no mercado atual. Ao renegociar, você pode não conseguir fugir dos juros, mas aí você pode utilizar sempre a dica de quitar suas dívidas assim que um dinheiro extra entrar.

Fácil, não é mesmo? Então que tal colocar em prática essas valiosas dicas? Comente aqui e compartilhe conosco suas impressões e experiências!

Conheça o eGestor, um software online para gestão de micro e pequenas empresas.

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br