vacas agropecuária

Com 388 milhões de hectares de terras férteis, o agronegócio no Brasil é o setor que mais movimenta a economia. A cadeia produtiva de alimentos, porém, encontra espaço para evoluir mais ainda no país. O clima diversificado, a grande quantidade de água doce disponível e a qualidade do solo contribuem para o promissor cenário da agropecuária, que abrange não apenas o plantio e a criação em pastos. A comercialização de produtos do segmento acompanha a expansão e se configura como uma boa oportunidade de negócio rentável.

Como qualquer outro tipo de empresa, abrir uma loja de produtos agropecuários demanda planejamento, responsabilidade e gestão estratégica. Conhecer e estudar a área de atuação é o primeiro passo. De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o ramo do agronegócio se divide em três áreas correlatas. A primeira engloba os produtores rurais, parte fundamental para o desenvolvimento agropecuário. Na segunda, estão os comerciantes e as indústrias que fornecem os insumos que serão utilizados durante a produção. Na última parte, encontram-se os responsáveis por transporte, distribuição e venda até chegar à mesa do consumidor.

Se você está pensando em montar uma agropecuária, o plano de negócios é essencial para definir o público-alvo e o local onde a loja será inserida. Além disso, ajudará a entender qual é o investimento necessário, os gastos iniciais e o tempo de retorno lucrativo. Com isso, será possível elaborar a infraestrutura do comércio. Nesse processo, será definida a identidade visual e o nome da empresa, as formas de entrega, os equipamentos, a captação de clientes e o acesso ao local. O investimento em boas instalações é inquestionável, pois organização é um fator importante para conquistar e fidelizar clientes. Portanto, valorize o espaço da sua loja.

O que pode ser comercializado em uma agropecuária?

Seja na área rural ou nas grandes cidades, as lojas agropecuárias encontram espaço para crescimento pela variedade de produtos que oferecem. Por ser um setor que abrange muitas subáreas, a lista de artigos que podem ser comercializados é bem grande. É preciso ter atenção com a qualidade e o armazenamento, assim como com o estoque, já que a rotatividade por temporadas é bem comum. Veja uma lista com alguns itens que podem ser vendidos:

  • Fertilizantes, adubos e produtos para plantio
  • Medicamentos para animais de pequeno e médio porte
  • Rações e alimentos para animais
  • Mudas e sementes
  • Acessórios de montaria
  • Peças e equipamentos para meios de transporte utilizados no agronegócio
  • Produtos para prevenção e controle de pragas
  • Produtos para a limpeza de animais

Para as lojas que estão inseridas na zona urbana, uma possibilidade é também trabalhar com a venda de produtos que geralmente são comercializados em pet shops. Em alguns lugares, inclusive, a agropecuária oferece o serviço de banho e tosa. Nesse caso, é preciso verificar a segurança e a estrutura do local, além de contratar profissionais qualificados para o trabalho. O mercado de animais domésticos mostra grande ascensão no país. Por isso, alimentos, brinquedos e acessórios para gatos, cachorros e aves que costumam viver em residências são muito procurados.

Como gerenciar questões burocráticas?

Um planejamento financeiro montado junto com o plano de negócios permitirá visualizar a situação econômica da futura empresa a partir da projeção de receitas e despesas. Mas depois de aberta, como gerenciar as questões administrativas da loja? Um software de gestão empresarial pode ajudá-lo a prevenir problemas e controlar todas as áreas da empresa.

O eGestor, por exemplo, é um sistema online que auxilia em questões fundamentais sem burocracia. Fluxo de caixa, controle de estoque, registro de entrada e saída de produtos, emissão de nota fiscal e relatórios estão entre as funcionalidades do serviço. A grande vantagem do software é a facilidade de manuseio, já que não precisa ser instalado e pode ser acessado direto no navegador – basta apenas uma internet ativa. O custo-benefício é outra característica que tem atraído muitos empresários para o produto.

Todo o controle financeiro da empresa pode ser feito pelo eGestor, desde a fiscalização do caixa até as contas a pagar e receber. O sistema também oferece a funcionalidade de monitorar a comissão dos vendedores. Para tratar questões mais burocráticas, como pagamento de impostos, tributos e salários de funcionários, é indicada a contratação de um contador.

Ebook Crescimento Empresarial

Contrate pessoal qualificado

Fique atento à legislação. Para a prescrição de agrotóxicos e fitossanitários, é obrigatório ter um engenheiro agrônomo no local. O profissional é qualificado para prestar um atendimento personalizado e de acordo com as necessidades do cliente. Para as demais áreas, é importante buscar pessoas que já tenham experiência em trabalhos semelhantes. No entanto, isso não impede dar oportunidade a novos talentos.

Venda o seu negócio

Quando espalham por aí que a “propaganda é a alma do negócio”, não há precipitação. A qualidade dos serviços, a variedade de itens comercializados e o atendimento funcionam como uma carta de apresentação. No entanto, é importante investir em estratégias de marketing e publicidade para alavancar o empreendimento. Seja nas redes sociais ou mesmo em meios mais tradicionais, divulgue ofertas, produtos em destaque e crie uma boa imagem para a sua empresa. Participar de feiras e eventos agropecuários também é uma boa oportunidade para divulgar o negócio.

A partir do ponto onde a loja está instalada, é possível mapear a necessidade dos clientes. Investir nos artigos que mais interessam o público-alvo permitirá maior procura. A comunicação interpessoal se mantém ativa há milhares de anos. É normal que uma pessoa que teve uma boa experiência em determinado comércio indique o local para os conhecidos.

Está mais confiante para abrir a sua loja agropecuária? Lembre-se que o planejamento e a organização são fundamentais durante esse processo. Com essas dicas, você terá mais chances de alcançar o sucesso com o novo negócio.

Gostou do texto? Deixe um comentário!

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor

O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas.
Teste gratuitamente em http://www.egestor.com.br