Estoque mínimo: veja o que é e como calcular

O estoque mínimo é a quantidade mínima de produtos que devem ser mantidos pela empresa até o momento de solicitar uma nova compra do fornecedor. O cálculo pode ser feito com a fórmula estoque mínimo = consumo médio diário x tempo de reposição e, para realizar este cálculo de forma precisa é necessário já possuir duas informações:

  • Média de produtos vendidos por dia
  • Prazo de entrega do fornecedor

Calcular o estoque mínimo é essencial para se ter uma ferramenta de apoio aos empresários, tanto na gestão de estoque, quanto no controle financeiro de seus negócios. Este é um conceito de extrema importância para evitar a ruptura de estoque e manter uma quantidade de estoque que seja capaz de suportar a demanda. Quer saber de fato o que é estoque mínimo, como calcular e como aplicar este conceito na gestão de sua empresa? Então fique com a gente neste artigo!

Afinal, o que é estoque mínimo?

Também denominado de estoque de segurança ou estoque de reserva, o estoque mínimo é o a quantidade de produtos que uma empresa precisa manter para cobrir o prazo de entrega dos fornecedores.

Em teoria, ao atingir a quantidade do estoque mínimo a empresa já precisa realizar uma nova ordem de compra ao fornecedor, já que esse número indica que ela só possui estoque do produto suficiente para cobrir a demanda do mercado até o prazo oferecido pelo fornecedor para entrega dos novos produtos.

É a quantidade mínima que deve ser mantida e armazenada para evitar qualquer possibilidade de falta de estoque durante o período necessário para a reposição de produtos que obtiveram saída.

É importante ressaltar que a necessidade de estoque mínimo poderá variar de acordo com as diferentes empresas. Uma empresa de comércio varejista, por exemplo, precisa armazenar estoques para atender os clientes de uma forma imediata, enquanto que uma indústria por ter foco na produção, deve se preocupar com a quantidade de insumos e matéria prima.

Consequências de não controlar o estoque mínimo

Não controlar as quantidades de estoque mínimo pode trazer graves consequências para a empresa. Caso o produto fique em falta no estoque antes de chegarem as novas unidades, o cliente que já estava tendendo a comprar em sua empresa passa a ver como opção a compra em um concorrente.

Uma situação ainda pior para a falta de estoque é quando dois ou mais produtos costumam ser comprados juntos. Caso você não tenha um deles, perde a venda do produto em falta e ainda diminui a venda do produto que costuma ser vendido em conjunto.

Planilha de controle de estoque gratuita para download

Como calcular o estoque mínimo?

Para se obter o estoque mínimo, deve-se utilizar duas fórmulas:

  • Estoque mínimo = consumo médio diário x tempo de reposição;.
  • Consumo médio diário= consumo das mercadorias em um determinado período / dias deste período;

O consumo médio diário é muito simples de ser calculado mas, para isso, você precisa ter o registro das vendas realizadas pela empresa. Com este registro em mãos basta dividir quantidade de produtos vendidos no último mês, por exemplo, pela quantidade de dias. Este resultado será o seu consumo médio diário do produto.

Caso o valor seja negativo não tem problema, isso apenas quer dizer que você vende, em média, menos do que uma unidade do produto por dia.

Agora, para ficar mais claro, veja um exemplo muito prático:

Vamos supor que um determinado produto obteve um consumo de 120 unidades em um mês. Logo, seu consumo médio diário será de 4 unidades (120 / 30 dias). Se o tempo de reposição desta mercadoria em questão for de 15 dias, o estoque mínimo será de 60 unidades, número obtido através da multiplicação do consumo médio diário (4 unidades) pelo tempo de reposição (15 dias).

Isso quer dizer que ao chegar em 60 unidades é o momento de solicitar uma nova compra do fornecedor, e não deverá ter problemas com a falta de produtos em estoque até que as novas unidades das mercadorias cheguem na sua empresa.

Além desta quantidade, ainda é possível estabelecer uma margem adicional de segurança, para evitar qualquer possibilidade de ruptura de estoque, que nada mais é do que a falta de itens. Se essa margem de segurança for de 15%, a quantidade adicional armazenada será de 9 unidades (60 + 15%).

Um aviso importante sobre o estoque mínimo é que ele deve ser calculado de maneira diferente em datas comemorativas ou sazonalidades que o seu negócio pode enfrentar. Se feriados como natal, ano novo e carnaval influenciam, para mais ou para menos, na sua quantidade de vendas, esteja atento antes de repetir este processo perto dessa época.

E o estoque máximo, o que é? 

Se o estoque mínimo tem como principal objetivo evitar a ruptura de estoque e assim eliminar qualquer chance de a sua empresa vir a perder oportunidades de venda pelo fato de não possuir determinado item e não conseguir atender a demanda, o estoque máximo evita a compra de produtos em excesso, que podem vir a estragar ou simplesmente ficarem sem saída no estoque. Portanto, o estoque máximo é essencial para evitar desperdício de recursos da sua empresa.

Para calcular o estoque máximo, basta utilizar a seguinte fórmula:

  • Estoque máximo= estoque mínimo + lote de reposição

Supondo que sejam comprados 45 unidades de reposição e utilizando o valor de estoque mínimo citado no exemplo anterior (60), o valor do estoque máximo seria de 105 unidades (60 + 45). Utilizando indicadores como o estoque mínimo e o estoque máximo no processo de controle de estoque em sua empresa, você certamente não terá problemas com falta ou excedente de produtos e conseguirá realizar essa gestão de uma forma totalmente equilibrada.

Entretanto, deve-se ressaltar que o estoque máximo pode variar de acordo com o custo de aquisição de um determinado produto e é claro, da capacidade de sua empresa armazenar determinada quantidade de estoque.

Porque utilizar um sistema de controle de estoque?

A partir de um sistema de controle de estoque como o eGestor, você pode cadastrar todas as suas compras e vendas e acompanhar o fluxo de entrada e saída de seus produtos no estoque de uma forma totalmente automatizada. O sistema também possibilita a geração de uma série de relatórios referentes ao seu estoque, como ABC de produtos vendidos, margem de contribuição de cada produto, estoque mínimo e muitos outros importantes indicadores para embasar as suas tomadas de decisões.

Os primeiros 15 dias de testes no eGestor são totalmente gratuitos. Basta acessar o site e começar agora mesmo!

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

 

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br