Gestão de custos

Fazer uma boa gestão de custos é essencial para garantir que o negócio permaneça estável e cresça de forma saudável ao longo do tempo. Caso contrário, pode ser fácil se perder em meio a despesas mal calculadas que complicam o planejamento financeiro e a capacidade de inovar. Veja por que esse acompanhamento é tão importante e como fazê-lo na sua empresa.

Afinal, o que é gestão de custos?

Os custos estão relacionados a todos os investimentos necessários para a operação do negócio. Entre estes custos, podemos exemplificar os investimentos com marketing, valores referentes a luz e telefone, mão de obra e equipamentos, dentre outros aspectos.

Possuir uma visão clara e estruturar detalhadamente os valores de todos os custos da empresa, mantendo um controle contínuo de todas as movimentações de saída do orçamento empresarial, é o processo no qual chamamos de gestão de custos. Uma boa gestão de custos faz com que se saiba com clareza para onde vai a maior parte dos gastos empresariais, o que certamente é uma boa base de dados para a tomada de decisões, como um possível corte de gastos no orçamento e com a redução de desperdício de recursos, buscando manter o equilíbrio financeiro do negócio. 

Por que realizar a gestão de custos?

Um dos principais objetivos de se realizar a gestão de custos é obter uma maior segurança para se avaliar a margem de lucro de cada produto. Isso ocorre porque a precificação de cada item está ligada diretamente as despesas relacionadas aos preços de custo de cada produto, que são os valores que envolvem os custos logísticos e de fabricação desses produtos.

A partir da correta avaliação desses custos, você saberá o preço de venda necessário para obter lucratividade com cada produto. Muitos empresários por não realizarem uma adequada gestão de custos, acreditam que somente o fato de vender bastante significa que a empresa está tendo lucro, o que nem sempre acontece. Se o faturamento obtido pela venda de seus produtos não está conseguindo suprir os valores de custo, é sinal de que eles não estão sendo lucrativos.

Quais os riscos de não se avaliar os custos

Muitos empreendedores caem no erro de ignorar a gestão de custos enquanto tudo está bem, quando o negócio está gerando lucro, os clientes estão felizes e a perspectiva é boa e se concentram nisso apenas quando o momento é ruim. Porém, essa é uma falha grave, que pode impactar a saúde da empresa por muito tempo.

Isso acontece porque os bons resultados geralmente mascaram problemas, ou seja, gastos desnecessários passam a ser vistos como um sinal de prosperidade ou regalias merecidas, e não como o que realmente são: desperdício de recursos valiosos.

Esses recursos poderiam ser usados para fortalecer a empresa e se preparar para épocas menos confortáveis, além de serem essenciais para o crescimento, que pode ser prejudicado pela falta de controle sobre o que entra e sai.

 

O que envolve uma boa gestão de custos?

Para fazer uma gestão de custos realmente eficiente é preciso separar os diferentes gastos da companhia, de maneira que essa avaliação seja transparente e verdadeira e não tome mais tempo do que o necessário. Podemos dividi-los em dois grupos:

Planilha de controle Financeiro gratuita

Gastos fixos

São as despesas que não mudam, como contas (água, energia elétrica, internet), salário de funcionários, aluguel, etc. Dentro desse grupo, é possível observar se todos os gastos são realmente necessários e onde é possível reduzi-los. Por exemplo, talvez você perceba um excesso na conta de água ou consiga negociar descontos com os fornecedores.

Gastos variáveis

São gastos periódicos ou que mudam a cada mês, como a compra de um equipamento novo ou pagamento de comissões para vendedores e parceiros. Nesses casos, talvez não haja muito a fazer para reduzir o valor já comprometido, mas é bom avaliar se os investimentos estão valendo a pena ou podem ser diminuídos no futuro. 

Custos x despesas

Antes de fazer a gestão de custos em sua empresa, é preciso que fique claro o que é custo e o que é despesa. Custo está ligado a todo e qualquer investimento necessário para que o produto comercializado ou a atividade fim da empresa sejam devidamente produzido. Quanto maior a produção, maior serão os custos necessários. Entre os custos, podem ser inseridos valores referentes a fretes, salário de colaboradores envolvidos nas vendas ou no processo produtivo, matérias-primas, fornecedores e impostos que incidem sobre as vendas, dentre outros.

Já as despesas também são movimentações necessárias para o funcionamento e operação da empresa, a diferença é que, neste caso elas não possuem uma relação com o produto ou serviço da empresa especificamente. Entre as despesas podemos citar manutenção de estrutura física, mobiliário da empresa e salários administrativos.

Benefícios de aplicar a gestão de custos no seu negócio

Sem dúvida, vale a pena implementar a gestão de custos, pois além de prevenir os erros já mencionados acima, ela ainda ajuda a avaliar melhor o andamento do negócio como um todo. Dessa forma, você é capaz de tomar decisões mais inteligentes.

Com a gestão, você entenderá aspectos importantes no que diz respeito a quando e quanto investir, e qual é a melhor hora de realizar cada ação. Por fim, terá condições de oferecer produtos e serviços de qualidade sem deixar de aumentar as receitas.

Sendo assim, um bom planejamento financeiro envolve muito mais do que pagar as contas em dia e manter o saldo no azul. É preciso também fazer uma gestão de custos cuidadosa e eficiente, o que lhe dará mais liberdade para experimentar novas soluções e investir nos pontos certos que farão o seu negócio prosperar.

Como modernizar a gestão de custos na sua empresa? 

Muitos empresários acabam se envolvendo muito mais com as questões operacionais do negócio e acabam deixando a gestão de custos em segundo plano. Uma alternativa encontrada por muitas empresas na busca de ganhar mais agilidade e automatizar este processo, é a utilização de um sistema ERP de gestão empresarial. Essa ferramenta integra o controle financeiro da empresa com outros importantes processos gerenciais, como o controle de estoque, registro de compras e vendas, dentre outros, tudo em uma única plataforma, tornando a gestão mais eficiente e completa. 

Como é feita a gestão de custos na sua empresa? Que parte do processo você pretende melhorar? Deixe seu comentário, ele é muito importante para nós e pode auxiliar outros leitores! 

Acesse o site do eGestor e teste o sistema gratuitamente sem nenhum compromisso durante 15 dias!

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Por Gabriel Pfeifer, 06/06/2018

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br