Gestão de desempenho: entenda a importância e saiba realizar

O bom desempenho dos colaboradores no dia a dia de uma empresa, obviamente está diretamente relacionado a produtividade geral da mesma. Mas para muitos empresários, o processo de gestão de desempenho consiste simplesmente em avaliar a produtividade de cada funcionário e não há uma real preocupação com o desenvolvimento profissional de cada colaborador. 

Mais do que um simples processo de avaliação, a gestão de desempenho envolve também o crescimento profissional dos colaboradores, de forma a otimizar os seus resultados e torná-los mais integrados com a cultura organizacional da empresa.

Sendo assim, o processo de gestão de desempenho consiste em uma relação próxima entre gestores e colaboradores, de forma a extrair o máximo de cada profissional e incentivar um contínuo desenvolvimento, além de é claro, a posterior avaliação de resultados por parte dos cargos mais elevados.

Qual a importância da gestão de desempenho?

Uma gestão de desempenho eficiente é de suma importância para potencializar ao máximo o desempenho de cada colaborador da empresa e assim evitar alta rotatividade de demissões e admissões de colaboradores, o chamado turnover, o que além de gerar gastos adicionais, também torna bastante difícil a criação de uma cultura organizacional forte e solidificada no ambiente de trabalho.

Existem diversos aspectos que podem ser aprimorados em relação a atuação dos colaboradores no ambiente organizacional:

Todos estes processos visam um melhor desempenho geral da empresa a partir do desenvolvimento de cada colaborador de forma individual. Além do incentivo ao crescimento profissional de cada colaborador, a gestão de desempenho também é de absoluta importância para auxiliar nos processos de tomadas de decisões, como por exemplo: quais funcionários estão aptos a receberem uma promoção de cargo na empresa ou então aumentos salariais, quais colaboradores devem ser demitidos? 

Além de resultados em termos de números e produtividade dos colaboradores no ambiente empresarial, também é necessário avaliar aspectos comportamentais e o engajamento de cada colaborador em torno do desenvolvimento e crescimento dentro da empresa.

Guia de Gestão de Equipes

Expectativa de desempenho

Antes de realizar o processo avaliativo referente a gestão de desempenho, é preciso ter em mente o que se espera individualmente de cada colaborador dentro de um determinado período, para após o período estabelecido, identificar se houve crescimento e melhora de resultados de acordo com o que foi projetado. Na definição de expectativa de desempenho, podemos citar um importante conceito que direciona este processo, o Job Description:

Afinal, o que é job description?

Job description nada mais é do que uma relação entre gestor e colaborador, no que diz respeito ao que é esperado:

  • A missão para qual determinado cargo existe (metas);
  • Principais responsabilidades do cargo;
  • Quais são as principais métricas de desempenho para a avaliação deste cargo?;
  • Competências, conhecimento e habilidades necessárias para a atividade em questão;

O job description é uma ferramenta que se bem utilizada pode ser extremamente benéfica para se estabelecer metas e definir expectativas.

Padrões comportamentais

Além das questões relacionadas a qualificações, objetivos e habilidades técnicas para um determinado cargo, uma outra forma de realizar a gestão de desempenho é atribuir determinados padrões comportamentais os quais devem ser exigidos para cada funcionário.

Estes comportamentos podem ser definidos de acordo com o cargo ou atribuídos de uma forma comum a todos os integrantes da empresa a partir da cultura organizacional pré-estabelecida.

Colaboradores que sabem exatamente o comportamento que se espera deles, tendem a não cometer equívocos no ambiente de trabalho e possuem um maior direcionamento para as suas ações. É preciso que a cultura organizacional da empresa esteja absolutamente clara para todos os funcionários, de forma que todos estejam totalmente alinhados.

Portanto, estes são alguns princípios básicos para a realização de uma boa gestão de desempenho em sua empresa. Agora vamos falar a respeito dos principais benefícios que uma boa gestão neste sentido pode vir a proporcionar:

Otimização de custos

Com um estímulo de desenvolvimento e orientação constante dos gestores aos demais colaboradores, além de uma cultura organizacional bem estabelecida, é possível reduzir custos no orçamento das mais variadas formas.

Sua empresa certamente vai reduzir a margem de erros na contratação de funcionários, já que o seu processo seletivo será totalmente padronizado e só serão contratados profissionais que possam se encaixar rigorosamente em sua cultura organizacional. Outro fator que torna o processo de contratação mais certeiro, é o fato de que a partir da gestão de desempenho, se saberá com clareza os setores que realmente precisam de reforço no pessoal e os que estão produzindo de uma forma satisfatória, evitando assim gastos desnecessários com contratações.

Contratar e demitir funcionários frequentemente, são ações que além de gerar gastos adicionais, também exigem uma constante adaptação dos novos colaboradores. Sendo assim, apostar no desenvolvimento e crescimento de seus atuais colaboradores ao invés de simplesmente optar pela demissão daqueles que vierem obtendo um mau desempenho, tende a reduzir o índice de rotatividade e assim manter uma equipe mais duradoura.

A correta orientação dos colaboradores por parte dos gestores do negócio, informando exatamente o que se espera deles em termos de atividades e comportamentos, também reduz o índice de erros dos funcionários e evita com que esses colaboradores necessitem de constantes treinamentos.

Análise de competências

Você planeja uma determinada atividade em sua empresa, mas então se da conta de que nenhum de seus colaboradores possuem as habilidades realmente necessárias para a operação de tal atividade. Sendo assim, percebe que é necessário recorrer a uma empresa terceirizada.

É uma situação que poderia ser evitada previamente com a realização de uma boa gestão de desempenho, a partir da correta análise de habilidades de cada funcionário e atribuição de tarefas de acordo com essas habilidades. Dessa forma, seria possível verificar alguma carência na equipe. Portanto, a gestão de desempenho possibilita uma identificação premeditada de possíveis problemas antes de eles efetivamente ocorrerem. 

Guia de Otimização de Processos

Que ferramentas podem auxiliar no processo de gestão de desempenho?

Existem diversas ferramentas e técnicas que podem ser aplicadas na gestão de desempenho empresarial. Vamos falar sobre algumas dessas metodologias:

Ciclo PDCA

O ciclo PDCA (plan, check e action), que em português significa planejar, checar e agir, respectivamente, é uma metodologia voltada especialmente para a otimização de processos empresariais. A partir dos três princípios do Ciclo PDCA, se possui uma maior facilidade de análise e mensuração de resultados.

Matriz FOFA

A matriz FOFA, também denominada de análise SWOT, nada mais é do que uma planilha na qual são identificadas as forças, oportunidades de crescimento, fraquezas e ameaças para a empresa, respectivamente. A matriz FOFA portanto, é uma espécie de diagnóstico empresarial, no qual são elencados aspectos em que a empresa deixa a desejar, pontos fortes, fatores que podem contribuir para o crescimento empresarial e possíveis ameaças ao crescimento do negócio.

Pesquisas de satisfação

Realizar pesquisas de satisfação com seus colaboradores, é uma excelente alternativa para identificar problemas no ambiente interno da empresa e para estimular o senso crítico em seus funcionários.

Tornar a sua equipe como parte do processo de gestão de desempenho, faz com que seus colaboradores sintam-se engajados com a autonomia que lhes foi proporcionada e percebam que a empresa está preocupada com os sentimentos e opiniões de cada um deles a respeito do ambiente organizacional.

O objetivo das pesquisas com funcionários é solicitar o que cada um deles acredita que possa ser melhorado e assim possibilitar uma visão mais unilateral, incluindo gestores e demais colaboradores da empresa. 

Como um software de gestão pode auxiliar neste processo?

Através de um software de gestão totalmente integrado, como o eGestor, é possível englobar os dados de todas as áreas da empresa em uma única ferramenta.

Com o sistema, você pode ter acesso a indicadores específicos de desempenho, como comissionamento de vendedores e quantidade de vendas isoladas por vendedores, além de criar ordens de serviço, indicando o profissional responsável pela atividade, o que facilita o gerenciamento de tarefas.

As informações registradas em um sistema informatizado facilita não só a visão dos gestores, como a dos colaboradores de uma forma geral a respeito de suas atividades na empresa, já que é possível permitir acesso as ferramentas do sistema a quantos usuários desejar, de forma que toda a equipe esteja integrada e possua conhecimento a respeito das informações registradas no sistema, desde o financeiro até o controle de estoque.

Os testes na ferramenta podem ser realizados de uma forma totalmente gratuita durante 15 dias. Basta acessar o site!

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br