google ads

Que o Google é uma das principais e mais populares ferramentas de busca da internet, não é novidade para ninguém. Segundo pesquisa realizada pela AVASU, 95% dos usuários brasileiros envolvidos utilizam a ferramenta para localizar novas empresas, produtos ou serviços. Sendo assim, aumentar a presença e a notoriedade no Google é um desafio. E certamente uma grande concorrência das empresas dos mais variados segmentos. 

Além da produção de conteúdo com a otimização de técnicas de SEO, uma alternativa que também é bastante utilizada para aumentar a presença no mecanismo de busca é o Google Adwords ou Google Ads, que é a ferramenta de anúncios patrocinados do Google a qual vamos lhe mostrar todos os 7 passos necessários para criar anúncios eficientes e tirar o máximo de proveito desta plataforma. Confira!

Como funciona o Google ads?

O Google Ads funciona como uma espécie de leilão. Nele, as empresas investem uma determinada quantia visando otimizar o posicionamento de palavras-chave para seus respectivos sites ou blogs.

O posicionamento de cada anúncio no Google é estabelecido a partir da qualidade do anuncio.  Além dos valores de lances iniciais e orçamentos diários investidos nas palavras-chave em questão. E das palavras-chave escolhidas, bem como da relevância dos blogs ou sites em questão.

O Google é portanto uma verdadeira disputa entre as empresas pelas primeiras colocações para as palavras-chave relacionadas a cada negócio. O Google Ads por sua vez, é uma ferramenta de apoio aos empresários em meio a esta disputa digital. 

Falamos a respeito do funcionamento geral desta ferramenta. Então, agora mostraremos os passos necessários para criar seus anúncios pagos no Google Ads:

1- Crie uma conta

Antes de qualquer coisa, é preciso criar uma conta na plataforma. Sendo o primeiro passo, e pode ser feito com seu e-mail do Google.

2- Defina a estrutura do anúncio

Após criar a sua conta você deve preencher os objetivos de alcance do seu anúncio. Que podem ser definidos de acordo com as mais variadas características. Como área demográfica, público-alvo, dentre outras características. Assim, ao definir a estrutura de seu anúncio, você poderá estabelecer em quais dispositivos os seus anúncios serão veiculados.

É um aspecto que deve receber total atenção. Já que, os dispositivos móveis como tablets e smartphones estão cada vez mais presentes no dia a dia. Além de serem cada vez mais utilizados para a busca de novas marcas. Não restrinja seus anúncios no Google Ads somente para computadores.

3- Estabeleça os lances iniciais

Após definida a estrutura de seus anuncios, é preciso estabelecer os valores inicias de cada palavra-chave. Assim como ocorre em um leilão. O Google Ads oferece uma sugestão de valor a ser investido em determinada palavra-chave. Esse valor é baseado nas referências do mercado. E também no nível da palavra-chave em questão. 

4- Formatos

Os formatos dos anúncios no Google Ads são todos padronizados. Sendo duas linhas para o título, palavra-chave com até 30 caracteres e descrição especificando o anúncio em 80 caracteres. Também há um espaço para inserir a URL de direcionamento do anúncio.

5- Segmente seus grupos de anúncios

Você pode segmentar as suas campanhas em diferentes grupos de acordo com os anúncios que foram solicitados na plataforma. Como, por exemplo, grupos de anúncios para o público jovem, anúncios para usuários de uma determinada localidade. E outras informações mais específicas.

6- Estabeleça o orçamento para cada campanha

É preciso informar ao Google Ads os valores diários investidos para cada uma de suas campanhas que foram criadas. Além, dos valores de lances iniciais para a veiculação de cada anúncio. E, é importante ressaltar que você pode cancelar os anúncios no momento que desejar ou quando alcançar os resultados projetados.

7- Faça o monitoramento 

Feito todo processo, o Google Ads também disponibiliza uma ferramenta para monitorar e acompanhar os resultados dos seus anúncios. São realizados na plataforma e tem relação às mais variadas métrica. Desde os cliques e visualizações, até mesmo as novas vendas e cadastros gerados através dos anúncios.

Gostou do texto? Deixe um comentário para a gente!

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br