fbpx

Lucro Líquido: O que é e a diferença do lucro bruto

Você sabe o que é lucro líquido? Apesar deste ser o maior objetivo de praticamente qualquer empresa capitalista, existem muitos gestores que têm uma certa dificuldade em defini-lo.

Esta dificuldade é ainda maior em certas definições um pouco mais específicas, afinal, não existe apenas um tipo de lucro.

Por outro lado, entender cada uma delas é crucial para avaliar a saúde financeira de seu negócio. Conhecer o lucro e todas as suas nuances é essencial para descobrir onde a sua empresa está ganhando dinheiro.

Além disso, o conceito ainda permite identificar onde ela está gastando demais.

Portanto, este post traz tudo que você precisa para entender o que é lucro líquido. Entenda o conceito, a diferença entre lucro líquido e bruto, como calculá-lo e mais.

O que é a receita e lucro?

Antes de mais nada, para entender o que é o lucro líquido, é preciso ir até a raiz dos conceitos financeiros mais importantes. A receita é o mais básico deles, sendo o valor total do quanto uma empresa ganha em um determinado período.

Normalmente, as receitas são divididas em dois tipos. A operacional é a mais direta, e tem ligação com a atividade fim da empresa. Ou seja, são a venda de produtos ou a prestação de serviços.

Por outro lado, as receitas não operacionais pode ser a venda de algum bem. Logo, são aquelas que não tem ligação direta com a produção.

Porém, é evidente que nem tudo aquilo que a empresa arrecada fica para ela. Existe o pagamento de impostos, os custos com a produção e diversos outros aspectos que custam dinheiro.

Afinal, manter uma empresa em um país como o Brasil é algo bem complexo. Além de todos os custos mencionados acima, existe a questão da dor de cabeça em ter que gerenciar um negócio com toda a burocracia que o cerca.

Ou seja, é algo inerentemente arriscado. Portanto, é preciso que haja uma recompensa para que esta prática valha a pena, e o lucro é a resposta. Resumidamente, este é o quanto você ganha, excluindo tudo aquilo que gasta.

Contudo, existem diferentes tipos de lucro. É importante entender cada um deles, pois os conceitos podem dizer muito sobre o desempenho da sua empresa, se você souber interpretá-los da maneira correta.

O que é lucro líquido?

Agora que já ficou mais claro o que é lucro, é possível mergulhar ainda mais nas definições.

Basicamente, o lucro líquido é a diferença entre a receita total e o custo total da empresa. Ou seja, é aquilo que a empresa ganhou, após todos os descontos obrigatórios e os custos com a produção.

Por exemplo, se você tem um negócio é já leu um DRE, sabe o que o lucro líquido é uma das últimas linhas, após a dedução dos impostos e despesas que a empresa teve. Fica mais fácil entender o que é o conceito com um exemplo.

Digamos que a empresa feche o balanço mensal com R$ 100.000. Este não é o lucro, pois ainda é preciso diminuir todos os custos, que podem ser fixos ou variáveis. Os fixos incluem o aluguel, por exemplo, e são aqueles que a empresa terá de qualquer forma, independente de quanto ela vai produzir.

Por outro lado, os variáveis podem ser o material para a produção, ou alguns impostos que variam de acordo com o volume de venda. Ou seja, têm ligação direta com a capacidade de produção da empresa.

Diferença entre lucro bruto e lucro líquido

Agora que você já conhece o conceito básico, é interessante entender a diferença entre lucro líquido e lucro bruto.

O lucro bruto, é aquele em que são descontados apenas os custos variáveis. Também é conhecido como lucro operacional bruto, ou lucro de vendas. Como vimos acima, exclui apenas aquilo que tem ligação com a produção.

Já o lucro líquido, é a receita total menos o custo total, incluindo os fixos e variáveis. Ou seja, é a conta final de tudo que a empresa gastou e tudo que ela arrecadou.

Como calcular o lucro líquido?

Agora que você já entendeu o conceito, vamos entrar na matemática para aprender a calcular o lucro líquido. Na verdade, a forma para ele é bem simples:

Lucro líquido = Receita – Custos Variáveis – Custos fixos

Por que o lucro líquido e lucro bruto são importantes?

Apesar destes dois termos serem parecidos, tanto no conceito como no nome, é crucial entender a diferença entre eles. Já vimos acima que cada um observa um lucro diferente, mas também é importante entender por que ambos existem.

O lucro bruto, em especial, tem um objetivo bem claro. O seu propósito é obter a margem bruta da empresa, que é um indicador financeiro importante. Ou seja, deixa bem claro para a empresa quando os custos de produção estão sendo altos demais. Logo, podem prejudicar o resultado final.

Ao mesmo tempo, o lucro líquido tem a mesma função, com os custos totais. Além de deixar claro o resultado, ajuda a discriminar melhor onde a empresa está gastando muito. Basta comparar os dois resultados, que você vê onde está o problema.

Contudo, é preciso deixar bem claro que lucro não é necessariamente dinheiro em caixa. Muitas empresas vendem a prazo, o que significa que elas vendem o produto, mas não recebem imediatamente.

Neste caso, é preciso implementar outros conceitos como o fluxo de caixa.

O que é margem de lucro?

Por último, é interessante conhecer mais um conceito que está relacionado ao lucro líquido. A margem de lucro é a porcentagem adicionada aos custos, que ajuda a definir o quanto a empresa terá de retorno a cada venda. Ou seja, é essencial na formação dos preços.

Um exemplo, mais uma vez, deixa a definição um pouco mais clara. Digamos que a empresa quer ter um lucro de 10% em cima de todas as receitas. Isso significa que, de maneira muito simples, é preciso que haja um ganho de 10% a cada venda.

Esta é uma das formas mais simples e diretas de calcular o preço, visto que já vem embutido automaticamente o quanto a empresa espera ganhar.

Em conclusão, é vital conhecer cada uma destas definições para gerenciar o aspecto financeiro de uma empresa.

Elas formam uma teia de aranha, visto que uma depende diretamente e complementa a outra. O lucro líquido depende dos preços, que depende dos custos e por aí vai. Portanto, se você quiser fazer uma gestão mais completa e precisa, é preciso entender bem cada um deles.

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas - lucro líquido

Início 9 Empreendedorismo 9 Lucro Líquido: O que é e a diferença do lucro bruto
Escrito em: 18/06/20
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro da sua empresa Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Guia do MEI: Tudo sobre o MEI – Blog do eGestor

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? Porque ele é o dinheiro que a empresa recebeu em um período, que mostra se ele foi bom ou não. Acompanhar o faturamento se sabe quanto a empresa pode gerar de capital. Ele também é...

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...

NFC-e (Nota fiscal de consumidor eletrônica) [Atualizado]

Emitir NFC-e Todo produto ou serviço vendido, deve ter sua comprovação fiscal e um dos meios de atestar essa transação é a nota fiscal. Afinal, ela dá segurança tanto à empresa que vende o produto, quanto ao consumidor que o compra....