Queima de estoque: saiba como e quando fazer em sua empresa?

Quem é lojista, sabe que estoque parado pode significar prejuízo. Essa é uma preocupação comum a quase todo mundo que trabalha na área. Dessa forma, para evitar que isso aconteça, o melhor conselho é sempre fazer um bom planejamento. Mesmo assim, nem sempre é possível evitar mercadorias que ficam encalhadas, especialmente depois de datas comerciais ou troca de estações.

Fazer uma queima de estoque, com descontos atrativos e que estimulem o consumo, pode ser uma saída. Mas, para não ter prejuízo, é preciso ser estratégico.

Um slogan comum para esse tipo de campanha é “O gerente enlouqueceu ”. Isso pode até gerar engajamento, mas se você é o gerente, melhor colocar a cabeça no lugar e ler esse texto com atenção.

Faça contas e planeje antes

Ao contrário do que muita gente pensa, a queima de estoque não é a solução sempre que uma loja tem mercadorias em excesso. Na verdade, essa pode ser sim uma boa estratégia, mas em casos pontuais, como exceção, não como regra.

Não é incomum que empresários, na pressa por limpar o estoque, não façam as contas direito e acabem tendo prejuízo no fim das contas.

É preciso pensar bem antes de baixar muito os preços. De nada adianta vender tudo e ter com isso, uma margem de lucro que não satisfaça as necessidades daquele negócio.

Não adianta vender os produtos pela metade do preço se, ao final do mês, você tiver vendido o dobro, mas com o mesmo lucro e mais custo de mercadoria.

Cada caso é um caso

No caso de mercadorias perecíveis, que vão sair de moda ou que acarretam alto custo de manutenção no estoque, pode ser vantajoso ter um lucro bem menor, mas se livrar dos produtos. Só tome cuidado para não pagar para vender.

Conquiste novos clientes

Nem sempre é uma boa ideia fazer uma queima de estoque para os clientes que já frequentam o seu comércio. Isso, porque também é preciso conquistar novos consumidores em potencial.

Exceto em lojas localizadas em locais de muito movimento, onde uma faixa na porta já pode atrair quem estiver passando na rua, é preciso pensar numa boa campanha para aumentar o número de compradores.

Como os saldões são pensados justamente em períodos de baixo movimento, pode acontecer de você continuar vendendo pouco e piorar a situação financeira da loja. Isso fará com que você tenha uma margem de lucro menor.

Use e abuse das redes sociais

Investir em anúncios no Facebook e Instagram ou criar um grupo no WhatsApp podem ser ótimas opções para aumentar as vendas, inclusive, sem a necessidade de uma queima de estoques.

As redes sociais também podem ser ótimos meios de divulgação caso, após fazer uma análise minuciosa do seu estoque, você decida que é mesmo o caso de fazer um saldão.

Nesse caso, planeje com antecedência e utilize gatilhos mentais para influenciar a tomada de decisão de seus consumidores.

Planilha de Controle de Estoque

Fique atento ao calendário

Todo comerciante sabe que as grandes datas comemorativas, como Natal ou Dia das Mães, são ótimas oportunidades de aumentar as vendas e pequenos descontos já costumam atrair os consumidores.

Mas os empresários mais espertos aproveitam, se aproveitam de todas as ocasiões menores. Fazer um queima às vésperas de um jogo importante, uma festa local ou um congresso na sua cidade, pode ser uma ótima ideia para atrair novos consumidores.

Tenha prazos bem definidos

Um bom planejamento é essencial para o sucesso de qualquer estratégia e com a queima de estoque não é diferente. É preciso definir exatamente por quanto tempo vai durar essa promoção, com começo, meio e fim bem delimitados.

Também é aconselhável cumprir rigorosamente esses prazos, para que ninguém sinta que foi enganado. Se o empresário acha que é o caso de prorrogar a promoção, o melhor é anunciar isso com alguma antecedência ou deixar para retomar o saldão algum tempo depois.

Essa clareza é importante tanto para evitar confusão entre os seus funcionários e facilitar a comunicação com o seu cliente. No caso dos saldões, esse prazo costuma ser curto, como uma semana ou enquanto durar o estoque.

É importante que esse período não seja muito longo para criar no consumidor um senso de urgência, mais ou menos na linha do “Corra, antes que acabe.” Afinal, para o empresário, o quanto antes aquele estoque for vendido, melhor.

Escolha bem os produtos

As campanhas mais bem-sucedidas são aquelas que determinam exatamente quais itens terão descontos e focam especificamente neles. É mais eficiente ter um público-alvo bem delimitado para poder fazer campanhas e ações que conversem diretamente com ele.

Pode não ser uma boa ideia colocar toda a loja em queima de estoque, o que pode confundir o consumidor e comprometer muito os lucros do empresário.

Salvo exceções, também não é uma boa ideia dar descontos muito altos em produtos que estão sendo lançados agora, porque isso pode fazer com que o cliente não aceite pagar mais caro depois. Além do mais, o foco desse tipo de promoção deve ser aquela mercadoria que está parada no estoque.

Venda casada pode ser uma boa ideia

Como a ideia central de uma queima de estoque é justamente vender mais, uma estratégia que costuma dar bastante certo é investir em venda casada, incentivando o cliente a levar mais de um produto.

Investir em brindes, combos, kits com produtos que se complementam e oferecer “2 por 1” são algumas formas de fazer boas vendas casadas.

Fazer descontos progressivos (quanto comprar, mas desconto) também é uma boa forma de vender mais, mas é preciso estabelecer um limite de itens para que a loja não tenha prejuízo.

Invista na decoração!

A intenção é atrair o máximo de pessoas possível para a sua loja e, quando isso acontecer, é preciso que causar uma boa impressão. Fazer uma decoração bonita e com bom gosto é um investimento que costuma valer muito a pena nesse caso.

Além disso, os descontos têm que estar sinalizados de forma clara, uma dica é demarcar por cores, e os itens promocionais precisam estar distribuídos de forma adequada, que faça sentido na hora de o consumidor transitar pelo local.

Boas vendas

Como você pôde ver, fazer uma boa queima de estoque não é tão simples como parece. Mas, seguindo essas dicas, a sua superpromoção tem tudo para dar certo. Boas vendas.

Banner eGestor - Queima de estoque

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br