precificação

Todo empresário que está envolvido nos negócios, antes de lançar qualquer produto no mercado, deve estipular um preço para a sua venda. A decisão da precificação é uma relação de custo e benefício. Geralmente, o cálculo de preços é feito o início do empreendimento, porém deve ser regularmente revisado para ser atualizado e não criar prejuízos.

Porém, é importante ressaltar que antes de determinar o preço é preciso analisar as despesas da empresa e pesquisar os valores cobrados pela concorrência. O método de precificação requer a atenção de pequenos detalhes e muitos empresários ficam em dúvida se o preço estabelecido para a venda é realmente justo. Em suma, existem duas maneiras de estabelecer um preço correto de precificação. Primeiramente é preciso fazer um cálculo com base no custo bruto do produto e o outro é definir com base no mercado e clientes.

A precificação dos produtos é um passo muito importante para obter sucesso de vendas dos produtos, pois determina se os valores arrecadados serão justos com o cliente e se poderão acrescentar lucros. Estipular um preço não é apenas o simples ato de acumular os custos e acrescentar uma margem no lucro. A tabulação de preços, se forem calculadas de forma errada, podem levar a efeitos negativos a longo prazo.

Qual a melhor maneira de calcular os preços dos meus produtos ?

Para que o preço calculado obtenha resultados satisfatórios, é preciso observar determinados pontos e calcular os gastos de sua empresa para poder distribuir os preços. Toda empresa possui gastos fixos e variáveis. Esses são essenciais para determinar o valor do produto. Os gastos fixos são aqueles que você possui todos os meses, como, por exemplos, custos com aluguel, funcionários, contas e impostos. Já os variáveis são aqueles que mudam todos os meses, como, por exemplo, as taxas de cartões de crédito e débito.

O essencial é criar um tabela de preços de custos baseado em quanto gasta-se para a manutenção da empresa e com o produto. A melhor forma de equilibrar essas contas é estabelecer um percentual que representa a venda de cada produto. Você pode, por exemplo, estipular que 2% do preço de determinado produto condiz com as taxas de cartões.

Para facilitar a distribuição de preço de um produto podemos citar o seguinte exemplo: Determinado produto foi comprado pelo valor bruto de R$20,00. Deve-se então, ao estipular o preço, considerar os custos fixos e variáveis que podem ser representados no exemplo por 20% e ainda deseja-se obter uma margem de lucro de 15% pelo produto. O preço da venda equivale a 100%. Deve-se formar uma equação matemática para atingir o valor final. Desta maneira:

Primeiro é preciso somar as porcentagens dos custos e da margem de lucro:
Preço de Venda = 100% = 20+ (20 % + 15 %)
Preço da Venda = 100% = 20 + 35%

Depois disso, inverte-se o sinal dessa porcentagem e calcula menos os 100% do preço da venda. Ou seja:
Preço da Venda = (20) 100% – 35%

Então, considera-se o valor bruto do produto e divide pelo resultado obtido. Que será:
Preço da Venda = 20 / 65
Preço da Venda = 0,3076

Por último, multiplica o resultado novamente por 100 e descobre o valor ideal para o produto:
Preço da Venda = 0,3076 x 100 = R$30,76

Sendo assim, chegamos ao final de que o preço ideal de venda de um produto de valor bruto de R$20,00 pode ser vendido por R$30,76. Importante considerar que os valores podem mudar conforme porcentagem de despesas fixas ou quanto o empresário quer obter de lucro. Mas não é recomendável apenas prestar atenção nos lucros. Existe uma série de fatores ainda que podem influenciar nas tabulações de preços.

Guia de Otimização de Processos

Como a concorrência pode influenciar na precificação?

O mercado atual possui como fator decisivo da compra do consumidor a lei da oferta e da procura e ela pode acabar influenciando na precificação. Podemos exemplificar que uma loja concorrente a sua está vendendo uma mesma camiseta pelo valor de R$40,00, enquanto na sua loja está tabulada por R$50,00.

Obviamente, os clientes irão preferir por aquela que oferece o mesmo produto por um preço mais baixo. O empresário deve estar atento em pesquisar os preços na concorrência. E refazer um cálculo do produto, mas não deve baixar o preço do produto caso gere enormes prejuízos nas vendas.

Porém, é preciso levar em conta a percepção dos clientes em relação ao preço. Ou seja, os clientes também consideram como fator de compra o bom atendimento, os descontos na compra de mais produtos, facilidades de entrega e esses pequenos detalhes podem assegurar a venda do seu produto, pois hoje os clientes estão cada vez mais exigentes com os serviços prestados.

Pode acontecer também de ocorrer o contrário, ou seja, uma loja está vendendo o produto por um preço mais caro. Você pode subir o preço da venda adotando o mesmo da concorrência ou similar ou até mesmo trabalhar com o valor mais baixo e diferenciar-se com um preço mais competitivo.

Caso a sua empresa ofereça um serviço único na cidade e você estipule altos preços sobre o seu trabalho, isso também pode ser prejudicial, pois um cliente pode procurar por serviços alternativos ou até mesmo procurar por outros locais onde possuam o mesmo tipo de serviço. Muitas vezes, também nos cálculos de precificação, o empreendedor pode chegar a um preço menor do que o cliente está disposto a pagar. O empresário também pode aproveitar essas oportunidades.

Guia de Gestão Estratégia

Como precificar de forma consciente

O ato de precificar pode ser influenciado por diversos fatores. E não é recomendável apenas garantir o lucro. É preciso que os preços sejam justos. Não adianta oferecer um produto comum com preços exorbitantes. É essencial realizar os cálculos para garantir o pagamento de suas despesas, observar a margem de lucro e observar o comportamento da concorrência. Um bom produto com preço justo atrai mais clientes para o seu negócio e garante sucesso nas vendas de sua empresa.

Conheça o eGestor, um software online para gestão de micro e pequenas empresas.

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em http://www.egestor.com.br