fbpx

Como montar uma esmalteria: 9 passos para um negócio de sucesso

O mercado da beleza cresce cerca de 10% ao ano, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), e o Brasil é segundo maior país do mundo no consumo de esmaltes e produtos para unha.

Uma esmalteria se encaixa nesse segmento com um dos mais inovadores e populares negócios atuais, principalmente entre mulheres empreendedoras, com muitos casos de sucesso no país.

Montar uma esmalteria não exige um valor alto de investimento na maioria dos casos. Portanto, essa é uma ótima escolha para quem deseja empreender no ramo da beleza.

O que é uma esmalteria?

Uma esmalteria é um local especializado em atendimento pedicure e manicure, assim como a comercialização de esmaltes e produtos para unhas. Especialmente voltado para o cuidado dos pés e mãos femininos, esse tipo de negócio atrai pedicures e manicures para aproveitar esse novo segmento.

Esmalteria x salão de beleza

A principal diferença entre esses dois tipos de negócio é a especialização.

Salões de beleza são estabelecimentos que têm como principal foco serviços de embelezamento relacionados a cabelo, depilação e sobrancelhas. Em contrapartida, uma esmalteria é um local específico para as mulheres realizarem o cuidado das unhas dos pés e mãos. 

O que é preciso para ter uma esmalteria?

Alguns equipamentos básicos serão necessários para realizar os serviços de manicure e pedicure. Alguns deles são::

  • Alicates e palito em inox 
  • Espátulas 
  • Cortadores de unha
  • Esterilizadores 
  • Toalhas
  • Luvas e lixas descartáveis 
  • Pinças e tesouras 

O que pode ser vendido em uma esmalteria?

O foco ao montar uma esmalteria é oferecer serviços bem variados no cuidado das unhas dos pés e mãos. Algumas das especialidades de uma esmalteria são: 

  • Unhas artísticas 
  • Unhas com gel 
  • Esfoliação 
  • Hidratação de cutícula 
  • Esmaltação 
  • Francesinha e inglesinha 
  • Caviar e plush nails 

Além disso, é possível disponibilizar a venda de esmaltes nacionais e internacionais, o que tem potencial para ser uma das principais fontes de receita da empresa.

Qual a renda de uma manicure?

O lucro estimado mensal varia de 5 a 20 mil reais mensais, dependendo de fatores como o tamanho do negócio e o investimento inicial.

Logo, a margem prevista de lucro é muito positiva em todos os casos ao montar uma esmalteria. Isso é devido a alguns fatores como o custo relativamente baixo para manter o negócio e também porque o serviço de esmaltação exige manutenção regular, o que possibilita o retorno de clientes e a fidelização. Adicionalmente, a previsão de lucratividade na venda de esmaltes também é ótima.

Qual o custo para montar uma esmalteria?

Levando em conta todos os aspectos citados acima, com uma estrutura básica para a operação, o investimento é avaliado em torno de R$4.600,00 e R$5.000,00 para montar uma esmalteria simples. Essa estimativa inclui também o gasto com os esmaltes para compor o estoque.

Também haverão alguns gastos fixos mensais como luz, telefone e aluguel do espaço, no caso de não se possuir um local próprio quando montar uma esmalteria.

Sob este valor, é recomendável acrescentar um percentual de 20% para arcar com eventuais custos variáveis, como reparos na estrutura interna, dentre outros gastos imprevistos. 

Considere fazer uma sociedade, mas lembre-se que isso exige a repartição de lucros e a tomada de decisões conjuntas com as demais sócias-proprietárias. 

Após essas decisões, é preciso definir o tamanho da esmalteria baseado no investimento. Em caso de se optar por uma esmalteria mais avançada, com produtos mais sofisticados e uma estrutura ampliada, o investimento para montar uma esmalteria pode variar entre R$ 13.000,00 e R$ 19.000,00. Já uma de grande porte, com pelo menos 5 manicures e 5 pedicures, o custo estimado é de R$ 45.000,00.

Vantagens de optar por montar uma esmalteria

Além de ser uma opção de negócio lucrativa, existem outras vantagens em montar uma esmalteria que você pode levar em consideração. A seguir detalhamos algumas dessas vantagens.

Fornecedores

Uma das vantagens desse empreendimento é que a compra de produtos diretamente com fornecedores costuma ser bastante em conta. Esses produtos podem ser vendidos posteriormente com percentuais 150 até 250% de margem de lucro.

Concorrência

Além disso, por ser um tipo de negócio novo no Brasil, as esmalterias possuem baixa concorrência especializada, já que os principais concorrentes desses empreendimentos são os salões de beleza. 

Sendo assim, o serviço especializado pode ser um grande diferencial competitivo para você atrair a clientela quando montar uma esmalteria.

Perspectivas do setor

A resiliência desse mercado também é algo digno de nota, visto que o setor cresceu 8,7% somente no primeiro quadrimestre da pandemia, e ainda existe muito espaço para crescimento e inovação!

Negócio simples

Não precisa ser profissional da área para montar uma esmalteria. Mas é muito importante ter interesse em conhecer o ramo e saber como administrar o negócio. Esses conhecimentos são essenciais para saber como montar uma esmalteria e entender as nuances e especificidades da área, para então poder tocar o negócio da melhor forma.

Muitas pessoas que investiram nesse negócio encontraram uma ótima oportunidade de empreendedorismo e estão prosperando. Contudo não é possível chegar nesse ponto sem antes ter conhecimento de como montar uma esmalteria e os melhores caminhos a serem seguidos.

Como montar uma esmalteria: Passo a passo

A seguir estão detalhadas as etapas que precisam ser cumpridas para o processo de montar uma esmalteria.

1 – Como regularizar uma esmalteria?

Dependendo da cidade podem existir diferentes requisitos legais a serem atendidos, porém alguns dos mais comuns são:

  • Registro na junta comercial do município
  • Abertura de um CNPJ na Secretaria da Receita Federal
  • Registro da inscrição estadual
  • Alvará de localização e funcionamento
  • Alvará do corpo de bombeiros
  • Alvará de licença sanitária junto às secretarias municipais e estaduais da saúde
  • Consulta prévia de endereço na Prefeitura/Administração municipal sobre a lei de zoneamento.

Esteja atento também para as regras de proteção ao consumidor.

Qual modelo de empresa escolher?

A grande maioria das pessoas que querem montar uma esmalteria procuram atuar sozinhas na gestão e ter um negócio simples.

Nesse caso, as melhores opções de tipo empresarial são:

  • MEI – Para quem tem faturamento até R$ 81.000,00 anual. Todo processo de abertura é realizado de forma online.
  • Empresa individual (EI) – A faixa de faturamento anual limite é de R$ 81 mil até R$ 360 mil se for microempresa, ou até R$ 4,8 milhões se for empresa de pequeno porte. Nos dois casos o regime de tributação que a empresa se enquadra é o Simples Nacional. 
  • Sociedade Limitada Unipessoal (SLU) – Apesar de possuir sociedade no nome, o modelo é individual pois é uma sociedade de apenas uma pessoa. Nesse modelo, o limite de faturamento anual é de R$ 4,8 milhões e não exige capital social mínimo. Sua vantagem é que o patrimônio do empresário não se confunde com o da empresa. Ou seja, as responsabilidades e obrigações financeiras se estendem apenas ao capital social integralizado.
Esmalteria pode ser MEI?

Sim, uma esmalteria enquadrada no CNAE 9602-5/01 – Cabeleireiros, manicure e pedicure ou no CNAE 9602-5/02 – Atividades de estética e outros serviços de cuidados com a beleza, pode ser MEI.

A esmalteria que opta por ser MEI se enquadra no Simples Nacional, Anexo III, sendo suas alíquotas de imposto entre 6% e 33%.

LEI Nº 12.592

Algo muito importante no momento de montar uma esmalteria, é estar atento para a lei n°12.592, de 18 de janeiro de 2012, que regulamenta as atividades dos profissionais de beleza como manicures e pedicures. 

É bastante importante que a pessoa que pretende empreender no ramo conheça essa lei, principalmente o que está contido no artigo quarto, que diz: “Os profissionais de que trata esta Lei deverão obedecer às normas sanitárias, efetuando a esterilização de materiais e utensílios utilizados no atendimento a seus clientes.”

2 – Plano de negócios

Feito todo o processo burocrático de registro do estabelecimento, é recomendável que se faça a elaboração de um plano de negócios de como montar uma esmalteria. 

Este é um documento que detalha todos os objetivos da empresa e também como atingi-los.

O plano de negócio é essencial para nortear o planejamento da sua esmalteria e auxiliar na prevenção de riscos futuros. 

Ele contém o modelo de negócio, a estratégia, e o que a empresa precisa para ter êxito.

Quanto mais elaboradas forem as informações contidas no plano de negócio e quanto mais as ações planejadas forem seguidas à risca, maiores são as chances da sua esmalteria ter sucesso. 

Basicamente, o plano de negócio deve conter a seguinte estrutura:

  • Descrição do negócio
  • Estudo de mercado
  • Definição de ponto comercial
  • Recursos necessários para a implementação do negócio
  • Plano de marketing
  • Metas em curto, médio e longo prazo
  • Precificação de produtos
  • Estudo de público-alvo
  • Pesquisa de fornecedores
  • Montagem de equipe

3 – Infraestrutura necessária para montar uma esmalteria

O valor do investimento definirá o tamanho do negócio. Dessa maneira, haverá um alinhamento das expectativas com o que realmente é possível ser feito. 

Existe também a opção de abrir um negócio independente ou uma franquia. Montar algo diferente no mercado ou apostar em algo que já deu certo?

Fatores como decoração do interior do estabelecimento, tamanho de estoque e montagem de equipe também influenciam diretamente no investimento necessário para montar uma esmalteria.

Em um primeiro momento, será necessário pelo menos uma profissional para o atendimento aos clientes e venda de produtos. Ou seja, uma manicure e pedicure, que também pode ser responsável pelos agendamentos e telefone.

Em relação a estrutura interna, é essencial possuir móveis para manicure e pedicure quando montar uma esmalteria. Além de suportes e expositores para esmaltes e bancos e sofás para a sala de espera, assim como um balcão para a recepção. 

Uma boa opção nesse momento para quem deseja economizar é considerar a compra de móveis usados de boa qualidade em vez de investir altos valores em móveis novos.

4 – Público alvo e localização

Realizadas as verificações e definições iniciais, o próximo passo para montar uma esmalteria é identificar qual é o público-alvo que se deseja atingir. Pense em questões como: a faixa etária das clientes, grupos sociais, interesses… Saber tudo isso é importante para entender a melhor maneira de se relacionar e atrair público. 

Qual o melhor lugar para montar uma esmalteria? 

Pensando também na atração de clientes, é preciso fazer a escolha do ponto comercial, que se relaciona muito com toda essa parte do planejamento inicial.

É melhor montar uma esmalteria próximo ao trabalho dessas mulheres, em áreas comerciais? Ou atendendo perto de uma área residencial? A resposta dependerá do público-alvo, sua disponibilidade financeira para montar o negócio e facilidade para se chegar ao local. E também de boas condições de estacionamento e segurança.

Escolhido o valor do investimento, o público-alvo e a localização, agora é hora de planejar a decoração do interior do ambiente. Pelo fato de atender principalmente mulheres que querem um serviço rápido e de qualidade, o local precisa ter um perfil aconchegante, charmoso e funcional.

5 – Pesquisa de fornecedores

É necessário dar prioridade para fornecedores que ofereçam produtos de qualidade e a preços justos ao montar uma esmalteria. Também agilidade de entrega e flexibilidade nos processos de negociação. Esses itens são absolutamente essenciais para o sucesso de sua esmalteria.

Existem no mercado uma ampla variedade de marcas e fabricantes de esmaltes e também de acessórios para unhas, como lixas, pincéis e hidratantes que poderão ser vendidos como produtos complementares nos atendimentos e assim tornarem-se um diferencial competitivo para a sua esmalteria no mercado.

Um item essencial nesse momento, é ficar atento às novas tendências do mercado, de forma a renovar o seu estoque e não oferecer produtos ultrapassados ou que já saíram de tendência, visto que esse é um aspecto muito importante do negócio.

6 – Estratégias de divulgação para montar uma esmalteria

Busque um ponto comercial em um local de bastante visibilidade e que tenha um bom fluxo de pessoas. 

Além disso, um fator essencial no momento de montar uma esmalteria conhecida e fazer com que ela seja vista pelo público é caprichar na fachada do estabelecimento.

Uma fachada bonita e atrativa é o primeiro contato que as pessoas têm com a sua marca. 

Também pode ser um fator determinante para despertar o interesse do público em conhecer o seu estabelecimento, os produtos vendidos e os serviços prestados.

Já no que diz respeito aos meios de divulgação, as redes sociais como Facebook e Instagram possuem amplo alcance. Além de um site em que você pode postar fotos dos produtos e ações promocionais da sua esmalteria. Essas certamente são as maneiras mais eficientes de divulgar o seu negócio. 

7 – Escolha do modelo de esmalteria

Existem outras maneiras de montar uma esmalteria além do modelo tradicional, com um espaço físico. 

É possível trabalhar com uma loja virtual para a venda de esmaltes, ou até mesmo de porta em porta, com a amostragem de seus produtos para potenciais clientes. As lojas virtuais de esmaltes, de uma forma geral, possuem um custo relativamente baixo de implementação.

Entretanto, a desvantagem desse tipo de negócio é uma maior concorrência com empresas grandes nesse nicho de mercado se comparado às esmalterias em espaços físicos. Isso acontece porque as esmalterias se destacam dos salões de beleza pelos serviços especializados de manicure e pedicure e sendo assim, não se encontram em uma grande quantidade.

No caso das vendas porta a porta, o investimento em mostruário também não é tão significativo. 

Esse é também um modelo de negócios que oferece um grande conforto às clientes, uma vez que não precisam sair de suas casas para conhecer e experimentar os produtos e receber os serviços.

É importante ressaltar que todos esses modelos são totalmente complementares e podem ser implementados de uma forma simultânea em caso de haver viabilidade financeira para isso. 

8 – Estratégias de fidelização – Dicas de sucesso

Esse é um momento que deve receber atenção especial no processo de montar uma esmalteria, já que sabemos que é possível lucrar com esse empreendimento. Mas para isso o fluxo de bom atendimento deve ser contínuo. Como as mulheres que frequentam esses estabelecimentos possuem uma rotina de cuidado com as unhas, aliado ao serviço de qualidade e atendimento especial, há grandes chances delas voltarem.

Mas não é tão simples assim, considerando que a concorrência também deseja lucro e fidelização das clientes e não vão abrir mão de oferecer o que for possível para que isso aconteça. 

O que torna a cliente fidelizada é ter criado vínculos com o local e os profissionais.

As clientes buscam confiar na profissional que irá atendê-las, sabendo que sempre que forem ao local, terão o mesmo tipo de atendimento e qualidade do serviço.

Como as unhas estão no foco da moda, é muito importante estar sempre atualizado e trazer as novidades para a sua esmalteria. Já que elas servirão de diferencial com relação à concorrência.

Equipe experiente

O que parece óbvio nem sempre é, por isso, ter funcionárias realmente habilitadas e com experiência torna o trabalho como deve ser: impecável. 

O público que busca uma esmalteria, espera encontrar as melhores profissionais do mercado. Logo, busque pessoas qualificadas e que se identifiquem com seus objetivos de negócio ao montar uma esmalteria.

Elas precisam estar sempre atualizadas sobre as tendências e serem matriculadas em cursos de reciclagem e qualificação.

As profissionais precisam também saber lidar com as pessoas de forma gentil e simpática, procurando auxiliar da melhor forma possível. A cliente valoriza quando uma profissional se empenha em fazer o melhor para vê-la satisfeita e assim acaba retornando à sua esmalteria.

Cadastro de clientes

Para montar uma esmalteria, é recomendado o uso de um programa de cadastro de clientes, para você poder mantê-las sempre atualizadas. Não esqueça de mandar mensagens de aniversário e outras datas comemorativas, assim como avisá-las de promoções. Mas tome cuidado com o envio de mensagens a todo tempo para não causar uma reação contrária.

Marketing

Dentro dessa linha de atração de público, use e abuse das redes sociais. Monte uma fanpage da esmalteria, crie bons conteúdos e atraia pessoas dentro do seu público-alvo. As pessoas comentam suas impressões nas redes, positivas e negativas, mas podem também elogiar, dar sugestões e acompanhar promoções e as novidades.

Neste sentido, é essencial que você procure agradecer aos elogios e responder as críticas de uma forma solícita e educada. Essas são ações que podem agregar valor para a sua esmalteria, fazendo com que as clientes percebam o seu interesse em atender às suas necessidades.

Tome cuidado com as promoções. Elas são interessantes para atrair novas clientes e estimular as que já existem, mas quando os preços estão muito baixos, é difícil voltar ao padrão desejado. 

Mesmo com bons atendimentos, ninguém quer pagar muito por um serviço que pode encontrar semelhante com valores mais em conta.

Nail bar

Estabelecimentos de beleza são historicamente espaços de socialização, especialmente entre mulheres. 

É comum muitas delas terem seu horário previamente agendado toda semana. Elas frequentam esses locais para conversarem sobre assuntos de interesse comum e trocarem experiências enquanto usufruem dos serviços de beleza.

Dessa ideia surgiu o conceito de nail bar, que é um local onde as clientes podem, além de fazer as unhas, aproveitar um ambiente descontraído para experimentar drinks e bebidas. 

Além disso, o nail bar pode até mesmo ser um local de happy hour após um dia cansativo de trabalho.

Esses espaços são uma tendência de sucesso em grandes cidades, e podem ser uma ótima opção para quem pensa em inovar e ter um espaço que certamente vai se diferenciar no mercado.

Diferenciais

Procure outros diferenciais no momento de montar uma esmalteria, afinal, quem não gosta de um atendimento personalizado? Ser chamada pelo nome, ter à disposição café, água, chá, bebidinhas e docinhos.

Sob o mesmo ponto de vista do cuidado com a cliente, o mobiliário deve ser escolhido com atenção. Ele não deve prejudicar a saúde postural dos funcionários e também precisa ser confortável para atender as clientes. Elas precisam se encantar pelo ambiente em que serão recebidas e atendidas, se sentindo à vontade e com desejo de usufruir dos serviços que estão naquele local.

Além disso, tenha comprometimento e cultive esse senso de responsabilidade na sua equipe. Se há uma hora marcada, a funcionária deve estar disponível para o atendimento, sempre com um sorriso no rosto.

Analise o mercado

Algo essencial para o sucesso de qualquer empreendimento é fazer uma análise do que já está sendo feito no mercado em que se pretende atuar.

Isso não é diferente para quem vai montar uma esmalteria. 

Descubra o que pessoas que já administram um negócio nessa área estão fazendo. Visite estabelecimentos de beleza na região que você irá atender, note o que faz sucesso, dá certo e vale a pena seguir. Mas também aproveite para notar o que pode ser feito de melhor e de novo.

Essas são excelentes oportunidades para sua esmalteria se destacar entre seu público.

9 – Ferramenta para administrar a esmalteria

A administração do negócio é uma parte crucial para montar uma esmalteria, já que não basta ter boa localização, bons profissionais e até clientela, se a organização estrutural da esmalteria não funcionar corretamente.

Independente do tamanho ou segmento de uma empresa, ela pode usar um software de gestão empresarial, como o eGestor.

O eGestor é totalmente online e não requer instalação. As informações ficam em nuvem, totalmente protegidas. É fácil de usar, sendo totalmente auto explicativo e tem um ótimo custo-benefício, com infraestrutura de servidores e sistemas, que não causam surpresas negativas.

Início 9 Empreendedorismo 9 Como montar uma esmalteria: 9 passos para um negócio de sucesso
Escrito em: 04/04/20
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

13 Comentários

  1. Fátima

    Amei.
    Super explicativo.
    Exatamente o que procurava. Parabéns.

    Responder
    • Bruna

      Muito instrutivo, simples mas objetivo.

      Responder
  2. Caroline

    Excelente matéria.

    Responder
  3. kássia

    Ótimos esclarecimentos.

    Responder
  4. Lucio Trindade

    Bem interessante esse post.

    Responder
  5. Michelle

    Parabensss

    Responder
  6. Roseli

    Adorei o texto!!

    Responder
  7. Sonia Inácio

    Gostei muito, bem explicado muitas informações necessárias 👍

    Responder
  8. Thais Mônica

    Amei todas as dicas, me ajudou muito!

    Responder
  9. Katia

    Boa tarde!
    Parabéns, as informações contidas nesta matéria foram muito importantes para aprimorar meu conhecimento.
    Gostaria de saber mais.
    Obrigada!

    Responder
  10. Cleia Dias

    Parabéns…….foi tudo que precisava saber.

    Responder
  11. Suzana

    Simples e direto ao ponto que procuramos.
    Gostei muito.

    Responder
  12. Gislaine Costa

    Amei a explicação tudo muito bem explicado sem muito mimi

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

NFC-e (Nota fiscal de consumidor eletrônica) [Atualizado]

Emitir NFC-e Todo produto ou serviço vendido, deve ter sua comprovação fiscal e um dos meios de atestar essa transação é a nota fiscal. Afinal, ela dá segurança tanto à empresa que vende o produto, quanto ao consumidor que o compra....

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? Porque ele é o dinheiro que a empresa recebeu em um período, que mostra se ele foi bom ou não. Acompanhar o faturamento se sabe quanto a empresa pode gerar de capital. Ele também é...

Guia do MEI: Tudo sobre o MEI – Blog do eGestor

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro da sua empresa Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...