Como montar uma esmalteria

O mercado da beleza cresce cerca de 10% ao ano, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), e a esmalteria é certamente um dos mais inovadores e populares negócios atuais.

Específica para cuidar dos pés e mãos femininos, esse tipo de negócio atrai pedicures e manicures que estão em salões de beleza para aproveitar esse novo segmento. 

Outra vantagem desse empreendimento, é que a compra desses produtos com fornecedores costumam ser baratas. E podem ser vendidos posteriormente com percentuais adicionais de lucro de 150 e até 250%.

Além disso, as esmalterias possuem baixa concorrência especializada. Já que a principal concorrência desses empreendimentos são salões de beleza propriamente, que não possuem especialização em esmalteria. Sendo assim, o serviço especializado pode ser um grande diferencial competitivo para você atrair a clientela para sua esmalteria.

O foco é atender às mulheres com serviços bem variados. Desde o básico já conhecido até unhas artísticas, unhas com gel, esfoliação e hidratação de cutícula, esmaltação, francesinha e inglesinha. Além disso, esmaltes nacionais e internacionais, efeitos como ombré, caviar e plush nails, entre outras.

Como as unhas estão no foco da moda, é muito importante estar sempre atualizado e trazer as novidades para a sua esmalteria. Já que elas servirão de diferencial contra a concorrência. A seguir, vamos listar 9 passos que devem ser seguidos no processo de montagem e administração para quem quer saber como montar uma esmalteria. Confira!

1- Registro

Não precisa ser profissional da área para montar uma esmalteria. Mas é muito importante ter interesse em conhecer o ramo e como administrá-lo. Já que serão essenciais para saber como montar uma esmalteria e entender suas nuances, para tocar o negócio da melhor forma.

Grande maioria de quem investiu nesse negócio está prosperando. Mas não é possível chegar até ele sem seguir passos iniciais que envolvem o processo burocrático de abertura e legalização do negócio:

  • Registro na junta comercial do município;
  • Abertura de um CNPJ na Secretaria da Receita Federal;
  • Registro na Prefeitura do Município  para obter o alvará de funcionamento;
  • Registro do enquadramento na Entidade Sindical Patronal. Que é a empresa que possui a obrigação de fazer o recolhimento da Contribuição Sindical Patronal até o dia 31 de janeiro de cada ano;
  • Cadastro na Caixa Econômica Federal no sistema “Conectividade Social-INSS/FGTS”;
  • Registro no Corpo de Bombeiros Militar: Órgão que possibilita o funcionamento de todas as atividades do município. O corpo de bombeiros é responsável por realizar o processo de vistoria para que a sua esmalteria esteja de acordo com as necessidades de segurança de proteção contra incêndio. Como rotas de fuga e equipamentos de proteção, para que o seu empreendimento obtenha o “Habite-se” por parte da prefeitura;
  • Obtenção do alvará de licença sanitária junto as secretarias municipais e estaduais da saúde;

Também é importante ressaltar que para iniciar o negócio, é necessário realizar uma consulta prévia de endereço na Prefeitura Municipal/Administração regional sobre a lei de Zoneamento. E observar as regras de proteção ao consumidor.

2- Elaboração do plano de negócio de como montar uma esmalteria

Feito todo o processo burocrático de registro do estabelecimento, é recomendável que se faça a elaboração de um plano de negócio de como montar uma esmalteria. Assim, este documento possibilita uma visão mais aprofundada a respeito dos mais variados aspectos que envolvem a implementação e operação do negócio em curto, médio e longo prazo.

O plano de negócio é essencial para nortear o planejamento da sua esmalteria e auxiliar na prevenção de riscos futuros. Quanto mais elaboradas forem as informações contidas no plano de negócio e quanto mais as ações planejadas forem seguidas a risca, certamente menores são as chances de a sua esmalteria não obter sucesso. Basicamente, o plano de negócio deve conter a seguinte estrutura:

  • Descrição do negócio;
  • Estudo de mercado;
  • Definição de ponto comercial;
  • Recursos necessários para a implementação do negócio;
  • Plano de marketing;
  • Metas em curto, médio e longo prazo;
  • Precificação de produtos;
  • Estudo de público-alvo;
  • Pesquisa de fornecedores;
  • Montagem de equipe;

3- Avaliação do investimento necessário para montar uma esmalteria

O primeiro passo é saber quando se quer ou pode gastar. O valor aproximado do investimento definirá as proporções. E assim, o colocará com os pés no chão, sem sonhos supérfluos e impossíveis de serem realizados. A escolha também é se abrirá um negócio independente ou uma franquia. Montar algo diferente no mercado ou apostar em algo que já deu certo?

Fatores como decoração do interior do estabelecimento, tamanho de estoque e montagem de equipe também influenciam diretamente no investimento necessário para a implementação do negócio.

Pelo menos em um primeiro momento, será necessário uma profissional para o atendimento aos clientes e venda de produtos. Ou seja, uma manicure e pedicure. Que também pode ser responsável pelos agendamentos e telefone.

Em relação a estrutura interna, é essencial possuir móveis para manicure e pedicure. Além de suportes e expositores para esmaltes. E bancos e sofás para a sala de espera assim como um balcão para a recepção. Portanto, comprar móveis usados em detrimento de novos pode representar uma boa economia neste sentido.

Os equipamentos básicos para os serviços de manicures e pedicures são alicates e palito em inox, espátulas, cortadores de unha. Também esterilizadores, toalhas, luvas e lixas descartáveis, pinças e tesouras. Também haverão alguns gastos fixos mensais como  luz, telefone e aluguel do espaço, no caso de não se possuir um local próprio.

Números

Levando em conta todos os aspectos citados acima, com uma estrutura básica para a operação, o investimento é avaliado em torno de 4.600,00 e R$ 5.000,00. Que incluem também o gasto com os esmaltes para compor o estoque.

Sob este valor, é recomendável acrescentar um percentual de 20% para arcar com eventuais custos variáveis. Como reparos na estrutura interna, dentre outros gastos imprevistos. Considere montar uma sociedade. Mas lembre-se que exige a repartição de lucros e a tomada de decisões conjuntas com as demais sócias-proprietárias. 

Quando tomada a decisão, é preciso decidir o tamanho como montar uma esmalteria. Em caso de se optar por uma esmalteria mais avançada, com produtos mais sofisticados e uma estrutura ampliada, o investimento pode variar entre R$ 13.000,00 e R$ 19.000,00. Já uma esmalteria de grande porte, com pelo menos 5 manicures e 5 pedicures, o custo necessário é estimado em R$ 45.000,00.

Planilha de controle Financeiro gratuita

4- Estudo da localização e público alvo do negócio

Após essas verificações de como montar uma esmalteria, é preciso identificar que público-alvo deseja atingir. Se serão mulheres da classe A, B, C ou D. Ou se será um publico mais jovem ou não. Para então, fazer a escolha do ponto comercial. Que é de extrema importância para todo esse planejamento inicial dar certo.

Qual o melhor lugar para implementar a sua esmalteria? Próxima ao trabalho dessas mulheres, em áreas comerciais ou atendendo sua comunidade? A resposta dependerá do público-alvo, sua disponibilidade financeira para montar o negócio, facilidade para se chegar ao local. E também de boas condições de estacionamento e segurança.

Escolhido o valor do investimento, o público-alvo e a locação, agora é cuidar da decoração do interior do ambiente. Por atender mulheres que querem um serviço rápido e de qualidade, o local precisa ter um perfil aconchegante, charmoso e funcional.

O mobiliário deve ser visto com cuidado, para que não prejudique a saúde postural dos funcionários. E também confortável para atender as clientes. Elas precisam se encantar pelo ambiente. Se sentindo à vontade e com desejo de usufruir dos serviços que estão naquele local.

Mas de nada adianta tudo isso sem profissionais qualificados. O público que busca uma esmalteria, espera encontrar as melhores profissionais do mercado, especializadas e antenadas com as tendências da moda.

5- Pesquisa de fornecedores

Escolher fornecedores que ofereçam produtos de qualidade a preços justos. Também agilidade de entrega e flexibilidade nos processos de negociação. Esses itens são absolutamente essenciais para o sucesso de sua esmalteria.

Existem no mercado uma ampla variedade de marcas e fabricantes de esmaltes. Também de acessórios para unhas, como lixas, pincéis e hidratantes, por exemplo. Que poderão ser vendidos como produtos complementares e assim tornarem-se um diferencial competitivo para a sua esmalteria no mercado.

Também é importante optar por fornecedores que vendam por atacado. Pois estes oferecem melhores condições de preço e possuem uma logística bastante ágil e eficiente. Dentre outras vantagens, como o fato de atenderem a qualquer esmalteria, independentemente do local em que atuam.

Um item essencial de como montar uma esmalteria, é ficar atento as novas tendências do mercado. De forma a renovar o seu estoque e não oferecer produtos um tanto quanto ultrapassados.

6- Estratégias de divulgação

Além de instalar o seu ponto comercial em um local de bastante visibilidade e um bom fluxo de pessoas, outro fator essencial ao saber como montar uma esmalteria, para que ela seja vista pelo público, é a fachada do estabelecimento.

Uma fachada bonita e atrativa é o primeiro contato que as pessoas tem com a sua marca. E pode ser um fator determinante para despertar o interesse do público em conhecer o seu estabelecimento, os produtos vendidos e os serviços prestados.

Já no que diz respeito aos meios de divulgação, as redes sociais como Facebook e Instagram, possuem amplo alcance. Além de um website em que você postará foto dos produtos e ações promocionais da sua esmalteria. Essas certamente são as maneiras mais eficientes de divulgar o seu negócio esmalteria. 

7- Escolha do modelo de esmalteria

Existem outras alternativas de como montar uma esmalteria além do modelo tradicional, com um espaço físico. É possível montar uma esmalteria como loja virtual. Ou até mesmo de porta em porta. Com a amostragem de seus produtos para potenciais clientes. As lojas virtuais de esmaltes de uma forma geral, possuem um custo relativamente baixo de implementação.

Entretanto, a desvantagem desse tipo de negócio é uma maior concorrência nesse nicho específico de mercado se comparada as esmalterias em espaços físicos. Já que estas se destacam dos salões de beleza pelos serviços especializados de manicure e pedicure. E sendo assim, não se encontram em uma grande quantidade.

No caso das vendas porta em porta o investimento em mostruário também não se faz tão significativo. É um modelo de negócio que oferece um grande conforto aos clientes. Já que não precisam sair de suas casas para conhecer e experimentar os produtos e receber os serviços.

É importante ressaltar que todos estes modelos são totalmente complementares e podem ser implementados de uma forma simultânea em caso de se haver viabilidade financeira para tal. 

8- Estratégias de fidelização da Clientela

Parte importante de como montar uma esmalteria, já que sabemos que é possível lucrar bastante com uma esmalteria. Mas para isso o fluxo deve ser contínuo. Como as mulheres cuidam das unhas, em média, uma vez por semana, com o serviço de qualidade e atendimento especial, há grandes chances dela voltar.

Mas não é tão simples assim. Posto que, a concorrência também deseja lucro e fidelização dos clientes e não vão abrir mão de oferecer o que for possível para que isso aconteça. Mas o que torna o cliente fidelizado é ter criado vínculos com o local e os profissionais.

As clientes buscam confiar na profissional que irá atendê-la, sabendo que sempre que for ao local, terá o mesmo tipo de atendimento e qualidade do serviço.

Equipe experiente

O que parece óbvio nem sempre é, mas ter funcionárias realmente habilitadas e com experiência torna o trabalho como deve ser: impecável. Elas precisam estar sempre atualizadas das tendências e serem matriculadas em cursos de reciclagem e qualificação.

As profissionais precisam também saber lidar com as pessoas de forma gentil e simpática, procurando auxiliar da melhor forma possível. A cliente valoriza quando uma profissional se empenha em fazer o melhor para vê-la satisfeita e assim acaba retornando a sua esmalteria.

Cadastro de clientes

A partir de um programa de cadastro de clientes, você pode mantê-las sempre atualizadas. Não esqueça de mandar mensagens de aniversário e outras datas comemorativas, assim como avisá-las de promoções. Mas não envie mensagens o tempo todo para não causar uma reação contrária.

Marketing

Dentro dessa linha, use e abuse das redes sociais. Monte uma fanpage da esmalteria, crie bons conteúdos e atraia pessoas dentro do seu público-alvo. As pessoas comentam suas impressões nas redes, positivas e negativas, mas podem também elogiar, dar sugestões e acompanhar promoções e as novidades.

Neste sentido, é essencial que você procure responder aos elogios e respondes as críticas de uma forma solícita e educada. Essas são ações que podem agregar valor para a sua esmalteria, fazendo com que as clientes percebam o seu interesse em suprir as suas necessidades.

Tome cuidado com as promoções. Elas são interessantes para atrair novas clientes e estimular as que já existem, mas quando os preços estão muito baixos, é difícil voltar ao padrão desejado. Mesmo com bons atendimentos, ninguém quer pagar muito por um serviço que pode encontrar semelhante, com valores mais em conta.

Diferenciais

Procure outros diferenciais, como mimá-las. Afinal, quem não gosta de um atendimento personalizado? Ser chamada pelo nome, ter à disposição café, água, chá, bebidinhas, docinhos, chocolates, amanteigados ou petiscos.

Tenha comprometimento. Se há uma hora marcada, a funcionária deve estar disponível para o atendimento, sempre com um sorriso no rosto.

9- Ferramenta para administrar a esmalteria

A administração de um negócio é a parte crucial para como montar uma esmaltaria. Já que não basta ter boa localização, bons profissionais e até clientela, se a organização estrutural da esmalteria não funciona corretamente.

Independente do tamanho ou segmento de uma empresa, ela pode usar um software de gestão empresarial. Contendo todas as ferramentas necessárias para controlar todos os setores do negócio, o eGestor é uma das melhores opções do mercado.

O eGestor é totalmente online e não requer instalação. As informações ficam em nuvem, totalmente protegidas. É fácil de usar, sendo totalmente autoexplicativo e tem um ótimo custo-benefício, com infraestrutura de servidores e sistemas, que não causam surpresas negativas.

Gostou do texto? Deixe um comentário!

Teste gratuitamente o eGestor por 15 dias!

Ebook manual de como abrir uma empresa

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br