Finanças para autônomo: descubra 4 motivos para fazer a gestão

Tornar-se um empreendedor é um sonho que está virando realidade na vida de muitos brasileiros. No entanto, saber lidar com gestão de finanças para autônomos é um grande desafio para grande parte desses indivíduos que, por não terem muita experiência no mundo corporativo, acabam enfrentando sérias dificuldades.

E os riscos para quem não busca aperfeiçoar a gestão financeira do negócio são grandes, podendo chegar ao ponto de tornar insustentável a manutenção da empresa. Mas,é claro que com determinação e as estratégias adequadas, não há nada que não possa ser trabalhado e superado.

Pensando nisso, resolvemos preparar o post de hoje para que você compreenda melhor a importância de fazer uma gestão de finanças eficiente em seu negócio. Assim, você estará dando um passo firme para se tornar um profissional autônomo de sucesso. Fique atento!

O profissional autônomo brasileiro

A crise econômica vivenciada em nosso país gerou uma mudança de comportamento interessante nos brasileiros: eles passaram a ver o empreendedorismo como uma alternativa ao desemprego e à baixa remuneração como assalariado.

Aliás, é importante mencionar que o Brasil é um dos países mais empreendedores do mundo, o que demonstra a grande aptidão do nosso povo para enfrentar desafios em busca de uma vida melhor.

Mas apesar dos números serem otimistas, o sucesso só vem para aqueles que se dedicam com seriedade e responsabilidade à condução de suas atividades. Isso porque, em um cenário de recessão econômica, saber realizar uma boa gestão financeira é primordial para a sobrevivência do negócio.

Portanto, se você está entre os brasileiros empreendedores, entenda agora quais os riscos você pode estar correndo caso não saiba organizar suas finanças adequadamente.

A importância das finanças para autônomos

Conforme dito, ser dono do próprio negócio não é uma tarefa simples. Além de uma rotina atarefada e estressante, um profissional autônomo não pode se descuidar da gestão de finanças de sua empresa, devendo sempre buscar conhecimentos adicionais em educação financeira.

Afinal, ter controle do caixa, dos ativos e passivos da empresa e conhecer bem seu patrimônio são algumas das maiores responsabilidades do empreendedor, pois estão diretamente relacionadas ao bom funcionamento do negócio.

Mas você sabe quais os riscos um autônomo corre ao realizar uma gestão financeira ineficiente? Entenda por que você precisa fazê-la!

1. A gestão de finanças dá mais segurança ao autônomo

Grande parte dos autônomos eram assalariados que, em razão de um desemprego involuntário ou movidos pela necessidade de ganhar mais, resolveram se arriscar sendo donos do próprio negócio. No entanto, essa é uma escolha que envolve uma série de renúncias e incertezas.

O autônomo não possui um vínculo formal de trabalho e, portanto, não faz jus ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Desse modo, precisa manter as finanças sempre em dia para poupar mensalmente essa quantia que lhe dará mais segurança no futuro.

Além disso, dentro de suas obrigações financeiras, deve estar incluída a contribuição para o INSS — que, além de ser obrigatória, é mais uma segurança em caso de doença, acidente, gravidez ou morte.

2. Ter as finanças organizadas é essencial para programar a vida

Como você não dispõe de uma renda fixa, programar o futuro pode parecer difícil, mas isso só depende de uma boa gestão do seu dinheiro. Afinal, ser autônomo não significa abrir mão de férias, aposentadoria e viagens em família.

Se você adquirir o hábito de controlar bem seus gastos, além de poupar dinheiro para um período de descanso, poderá adquirir bens e planejar o futuro como qualquer indivíduo com renda estável.

Ademais, o autônomo precisa programar sua aposentadoria, mesmo que possua uma renda alta e seu negócio seja promissor. Em um mercado tão instável, investir em uma velhice tranquila e segura deve ser uma das prioridades desse profissional.

Entenda que somente com uma gestão de finanças adequada, esses planos para o futuro podem se concretizar, pois conquistar uma vida melhor depende diretamente de como você administra e investe seu dinheiro nos dias de hoje.

Planilha de controle Financeiro gratuita

3. Uma gestão financeira ineficaz é um risco à estabilidade do negócio

De nada adianta todo o seu espírito empreendedor se você não souber manter a saúde financeira do seu negócio. Empresas mal gerenciadas não conseguem se manter no mercado por muito tempo e a explicação é bem simples: estão mais preocupadas em pagar as contas do que melhorar a satisfação de seus clientes.

Ora, se você sentir dificuldades todos os meses em quitar despesas operacionais do seu negócio, certamente terá se dedicado mais a isso do que a inovar e conquistar espaço no mercado. E se você não atrai consumidores, não conseguirá sobreviver em um mercado tão competitivo.

Portanto, é possível concluir que ter um controle do seu negócio em curto, médio e longo prazo é uma das premissas para alcançar a estabilidade e programar estratégias para atingir seu público-alvo.

4. Um negócio financeiramente estável é mais resistente a tempos de crise

Se você é empreendedor de primeira viagem, precisa entender que o mercado é cheio de altos e baixos e que dificuldades farão parte de sua trajetória rumo ao sucesso empresarial. No entanto, ao administrar bem suas finanças, você amplia suas chances de superar a crise sem afetar os resultados do negócio.

Afinal, como já dito, uma boa gestão de finanças além de conferir estabilidade à empresa, facilita o planejamento e a tomada de decisões estratégicas e importantes ao seu funcionamento. Isso porque certamente você não estará no vermelho e terá uma boa reserva de dinheiro disponível para momentos como esse.

Não há dúvidas de que a gestão de finanças para autônomos é fundamental para a realização do sonho de viver da renda do próprio negócio. Como você percebeu, essa estratégia evita inúmeros problemas e ainda assegura que você conquiste seu lugar no mercado de maneira sólida e segura.

Agora que você já sabe porque manter a saúde financeira de sua empresa em dia, comece agora mesmo a organizar suas finanças! Mas, antes disso, que tal aprender um pouco mais sobre o sistema de gestão empresarial e suas vantagens?

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br