Margem de lucro: O que é + tipos de margem de lucro

O sucesso de um negócio não pode ser medido apenas pelo dinheiro, é claro. No entanto, a margem de lucro é um ótimo caminho para compreender como anda a saúde da sua organização.

Caso você queira conduzir um negócio de sucesso, é primordial estar atento às margens de lucro. Por isso, neste artigo, vamos explicar o que você precisa saber para avaliar o êxito da sua empresa.

Afinal, qual a definição de margem de lucro?

De forma resumida, a margem de lucro mede a lucratividade de uma empresa.

Para chegar nesse consenso, as organizações utilizam três métricas essenciais: margem de lucro brutomargem de lucro líquido e margem de lucro operacional. Inclusive, vamos abordá-las ao longo do artigo.

Por que a margem de lucro é essencial para a organização?

O cálculo da margem influencia em diversos aspectos da área financeira da organização. Ela também evidencia problemas que devem ser corrigidos para assegurar a saúde da empresa.

Esse é um cenário complexo e dinâmico, uma vez que a margem de lucro está sujeita a diversas mudanças.

Uma margem de lucro baixa, por exemplo, pode envolver uma série de fatores, como problemas de preços que prejudicam o fluxo de caixa.

É importante lembrar que a margem varia conforme as organizações e setores. Portanto, é fundamental compreender qual o contexto que a organização está inserida, para realizar as comparações corretas.

Quais são os diferentes tipos de margem de lucro?

Você sabia que nem todos os tipos de lucros são criados com o mesmo propósito ou refletem da mesma forma na lucratividade da organização?

Por isso, vamos abordar rapidamente os principais tipos de margem de lucro e o objetivo de cada um deles.

Margem de lucro bruto

O lucro bruto diz respeito ao ganho obtido após abater os custos relacionados ao produto e/ou serviço.

Vale lembrar que o lucro bruto não significa a totalidade da lucratividade da sua empresa. Portanto, é uma parte do conjunto.

Por exemplo: se um produto custa R$ 35 e sua organização o vende por R$ 50, significa que a margem de lucro bruto é de 30%.

Margem de lucro líquida

A margem líquida representa sempre um desafio, especialmente para empreendedores novos. O motivo? Ela é a margem mais difícil de rastrear, mas a que fornece a melhor perspectiva dos resultados.

A margem de lucro líquida contempla todas as despesas, como:

  • Folhas de pagamento;
  • Aluguel;
  • Impostos;
  • Material de escritório;
  • Taxas de cartão de crédito;
  • Entre outros itens.

Como calcular tudo isso? Você pode tomar como base a seguinte fórmula:

Lucro Líquido = Receita – CPV (Custo por Produto) – Despesas Operacionais – Juros e Impostos

Você já deve estar familiarizado com o CPV, no entanto, para compreender melhor os itens da fórmula, vamos abordar o que são as despesas operacionais e os juros e impostos.

Podemos definir como despesas operacionais alguns pontos, como folhas de pagamento, aluguel e, no geral, todas as despesas mensais, trimestrais ou anuais.

Já os juros e impostos, englobam impostos federais, estaduais e juros, devido a dívidas comerciais, como um empréstimo, por exemplo.

Margem de lucro operacional

Essa é a hora de elencar custos administrativos, custos operacionais e despesas de vendas.

Por exemplo: mão de obra, custo dos produtos vendidos. Vale lembrar que a margem de lucro operacional não inclui despesas de qualquer setor que não esteja diretamente relacionado às operações comerciais.

Para calcular a margem operacional, basta dividir sua receita operacional pela receita líquida de vendas. Ou seja:

Margem de Lucro Operacional = OI (Receita Operacional) / SR (Receita das Vendas)

Como aumentar a margem de lucro?

Agora que você compreendeu melhor o conceito como um todo, está na hora de saber como ampliar sua margem de lucro. Acompanhe!

Eleve o valor da sua mercadoria

Não, isso não tem nada a ver com aumentar preços. É sobre criar conexões pessoais e emocionais com seus clientes. Quer um grande exemplo disso? O mercado de cosméticos.

Cada categoria do mundo dos cosméticos cria uma conexão pessoal com seus clientes, diferentemente da grande maioria dos bens de consumo. Os cosméticos elevam a autoestima e promovem a lealdade com a marca.

Portanto, se você almeja aumentar sua margem de lucro, está na hora de investir no gerenciamento da sua marca. Portanto, aprenda a ter um posicionamento diferente dos seus concorrentes.

Contenha os desperdícios de estoque

Pense em novas formas de planejar e prever seu inventário com mais eficiência. Muitas organizações utilizam equipes específicas para esse setor e/ou softwares de gerenciamento.

Dessa forma, é possível evitar o desperdício de estoque e dinheiro, custos de deterioração e até furtos. A regra é clara: quanto melhor for o controle de estoque, mais produtos estarão disponíveis para venda.

Simplifique as operações

Uma boa forma de reduzir as despesas operacionais é se concentrar em simplificar as operações.

Por exemplo: reduza o número de horas extras, minimize os custos de alguns suprimentos, como excesso de embalagem.

Além disso, uma ótima forma de alcançar esse objetivo é automatizar tarefas específicas. Ao dispor desse recurso, sua organização otimiza o tempo, mão de obra e as despesas operacionais.

Portanto, questione-se sobre quais atividades consomem mais tempo no dia a dia da empresa e como essas questões podem ser solucionadas de forma mais eficiente.

Práticas de compras mais inteligentes

Não importa se você tem um molde estabelecido para comprar novos produtos e/ou acordos com seus fornecedores, pois a busca para reduzir custos deve ser uma parte contínua do negócio.

Uma ótima forma de fazer isso é refletir sobre o custo final do produto. Por exemplo: considere o custo do atacado, impostos, frete entre outros itens. Então, questione-se, você pagaria por isso? O seu público pagaria por isso?

Se a resposta for não, então, está na hora de encontrar novas maneiras de reduzir os custos.

Uma boa maneira de reduzir os gastos é solicitando descontos e/ou ofertas dos fornecedores, como frete grátis, lançamento de produtos extras de graça e assim por diante.

Aliás, esse conceito funciona muito bem quando você compra produtos em grande quantidade.

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas - Margem de Lucro

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br