fbpx

Ponto de equilíbrio: Como calcular essa métrica importante

Quem está abrindo uma empresa ou quer otimizar os lucros do seu negócio precisa entender o que significa e como calcular o ponto de equilíbrio. Afinal, mais do que métodos contábeis, esse indicador é essencial para manter a saúde financeira de uma empresa.

Assim, quando calculamos corretamente e colocamos em prática o ponto de equilíbrio na gestão da nossa empresa, estamos otimizando os nossos lucros e mantendo o equilíbrio dela.

Ele é um cálculo simples que indica qual é o faturamento mínimo que a empresa precisa atingir para cobrir todos os gastos. Esse índice considera o faturamento por um determinado período, normalmente mensal.

Portanto, conheça abaixo quais os tipos de ponto de equilíbrio e saiba como esse cálculo é fundamental para uma boa saúde financeira do seu negócio.

O que é ponto de equilíbrio

Quando uma empresa inicia sua operação, a perspectiva do empresário é que ela prospere e gere lucro à medida que ganhe autoridade e se fortaleça no mercado. No entanto, o mundo do empreendedorismo é cercado de riscos e incertezas. Contudo, um bom planejamento e uma gestão eficiente podem fazer seu negócio crescer e prosperar.

E uma das estratégias que auxiliam numa boa gestão empresarial é conhecer e aplicar o ponto de equilíbrio em seu negócio. Sendo assim, ele é um índice fundamental, pois serve como base para outros cálculos, além de auxiliar diretamente na tomada de decisão.

Sabendo qual é o ponto do seu negócio, o empresário consegue identificar o volume mínimo de faturamento para que a empresa cubra seus custos na operação. Se a empresa opera com o faturamento muito próximo ou abaixo dele, os donos da empresa estão lucrando muito pouco ou tendo prejuízos financeiros.

E sabemos que nenhum negócio sobrevive por muito tempo tendo lucro zero ou constantes meses de prejuízos. Por isso, calcular o ponto de equilíbrio para a sobrevivência e o sucesso do negócio é fundamental.

Como calcular o ponto de equilíbrio?

A fórmula para calcular o ponto de equilíbrio de um negócio é:

Ponto de equilíbrio = Custos e despesas fixas / Margem de contribuição

Então, para entender como calcular, confira o que significa cada item que compõe esse cálculo.

Custos

Os custos são valores que a empresa precisa desembolsar e que são diretamente ligados com a manutenção da operação da empresa. Ou seja, a reposição de estoque, matéria-prima, energia, salários, aluguel etc.

Despesas

As despesas são valores que a empresa precisa desembolsar, mas elas não estão diretamente ligadas à atividade-fim da empresa. Podemos citar como custos administrativos as despesas com marketing e publicidade entre outros itens que também são importantes para o funcionamento do negócio, por exemplo.

Margem de contribuição

É o lucro bruto da empresa referente às vendas de produtos ou serviços. Assim, para chegar a esse valor, basta somar os custos e despesas para adquirir o produto e subtrair do preço de venda.

Exemplo de cálculo

Vamos supor que a empresa possui os seguintes números:

  • Custos fixos: R$ 25.000 mil.
  • Despesas: R$ 7,5 000 mil;
  • Margem de contribuição em cada unidade do produto vendido: R$ 100 reais.

Sabendo desses valores, podemos calcular o ponto de equilíbrio:

Ponto de equilíbrio = Custos e despesas fixas ÷ Margem de contribuição.

32.500 ÷ 100

Ponto de equilíbrio = 325.

Ou seja, essa empresa precisaria vender 350 unidades para alcançar o ponto de equilíbrio. A partir desse número, as vendas posteriores representam o lucro da empresa.

Planilha de Ponto de Equilíbrio

Para facilitar o processo desse cálculo, o eGestor disponibilizou uma planilha de ponto de equilíbrio, com todos os dados que você precisa. Nela, basta você inserir valores como:

  • Preço de venda
  • Custos variáveis
  • Despesas variáveis
  • Custos fixos
  • Despesas fixas
  • Não desembolsáveis

Assim, a partir dos dados inseridos, a planilha calcula os valores de margem de contribuição, e o ponto financeiro e contábil.

Tipos de ponto equilíbrio

Existem três formas diferentes de calcular esse indicador financeiro. Então, veja as variações e qual a fórmula utilizada em cada uma delas:

Ponto de equilíbrio contábil

Essa é a fórmula mais simples de todas. Para encontrar o PE contábil, você precisa fazer o seguinte cálculo:

Ponto de equilíbrio contábil = Custos e despesas fixas ÷ Margem de contribuição.

Após fazer esse cálculo, você terá o valor necessário para zerar os gastos e descobrir o quanto de faturamento é necessário para começar a lucrar.

Ponto de equilíbrio financeiro

O PE financeiro é bastante semelhante ao contábil. No entanto, seu cálculo exclui custos e despesas com depreciação, investimentos entre outras despesas que não requerem um desembolso imediato.

Veja abaixo como funciona esse cálculo:

Ponto de equilíbrio financeiro = Custos e despesas não desembolsáveis ÷ Margem de contribuição.

Ou seja, neste modelo é considerado somente os valores para que a empresa continue com suas operações.

Ponto de equilíbrio econômico

O PE econômico é baseado no cálculo onde é projetado tanto a cobertura das despesas fixas e variáveis bem como a margem de lucro mínimo que a empresa está projetando em determinado período.

Ponto de equilíbrio econômico = Custos e despesas fixas + Lucro mínimo ÷ Margem de contribuição.

Ou seja, este tipo já projeta um lucro mínimo para manter a empresa rentável financeiramente.

óculos sobre caderno com cálculos de ponto de equilíbrio

Importância do ponto de equilíbrio para o meu negócio?

Calcular as projeções de lucros

O ponto de equilíbrio pode servir como base para projeções e metas estabelecidas pela empresa. No período de um mês, por exemplo, você pode projetar quantos dias trabalhados são necessários para cobrir somente os custos e quantos dias a empresa trabalha gerando os lucros.

Auxiliar na tomada de decisão

Quando a empresa sabe qual é o seu ponto de equilíbrio, essa informação auxilia os gestores na tomada de decisão. Assim, se a empresa percebe que o ritmo de vendas está baixo e não está alcançando as metas projetadas, analisando essa métrica ela pode tomar decisões rápidas para aumentar o faturamento ou diminuir as despesas para evitar prejuízos.

Entender a viabilidade do negócio

Muitas vezes, os empresários acabam insistindo em um negócio não rentável porque não sabem o quanto estão lucrando e quais são os seus custos e despesas para manter a empresa em funcionamento. Sendo assim, o ponto de equilíbrio serve como base para entender a viabilidade do negócio e fazer escolhas assertivas.

Ajustar os índices de lucratividade e precificação dos produtos

Aumentar os preços indiscriminadamente pode ser muito ruim para os negócios e trazer instabilidade na relação com os clientes. Assim, calcular o ponto de equilíbrio ajuda na precificação dos produtos ou serviços e faz com as decisões sejam tomadas a partir de critérios técnicos e não com base em achismo, focando apenas na lucratividade.

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas - ponto de equilíbrio

Perguntas frequentes

Como calcular o ponto de equilíbrio?

A fórmula para calcular é Ponto de equilíbrio = Custos e despesas fixas ÷ Margem de contribuição.

Meu faturamento caiu. Como chegar ao ponto de equilíbrio?

Existem duas principais soluções: aumentar o preço dos produtos ou serviços ou cortar os custos. Com o aumento do preço dos produtos é possível faturar mais, aumentando o valor que entra no caixa, para equilibrar o valor utilizado com gastos. Ao cortar os custos a empresa consegue encontrar o equilíbrio sem ter que aumentar os valores, sem repassar esse aumento aos clientes.

Início 9 Sistema de Gestão 9 Controle Financeiro 9 Ponto de equilíbrio: Como calcular essa métrica importante
Escrito em: 26/05/22
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? O faturamento é importante para a empresa porque ele é o valor, em dinheiro, que a empresa recebeu em um período. Assim, ele demonstra se o resultado foi satisfatório ou não. Com o...

NFC-e (Nota fiscal de consumidor eletrônica) [Atualizado]

Emitir NFC-e Todo produto ou serviço vendido, deve ter sua comprovação fiscal e um dos meios de atestar essa transação é a nota fiscal. Afinal, ela dá segurança tanto à empresa que vende o produto, quanto ao consumidor que o compra....

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro da sua empresa Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

Guia do MEI: Tudo sobre o MEI – Blog do eGestor

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...