Tipos de estoque: entenda os principais tipos e qual o melhor

Realizar o controle de estoque de um negócio é essencial. Saber quanto entra e quanto sai, valores, quanto tempo pode ficar guardado… Isso pode ser um desafio tanto para novas empresas quanto para as já consolidadas. Por isso, deve-se decidir que tipo de estoque será utilizado.

Métodos de controle de estoque

Antes de entender os tipos de estoque, é preciso entender quais os métodos para fazer o controle. Isso, porque empresas do ramo alimentício, por exemplo, normalmente usam o método PEPS, que significa Primeiro a Entrar Primeiro a Sair.

Esses métodos ajudam para que não se tenha nenhum tipo de prejuízo. E isso não significa apenas ter poucos produtos e perder vendas. Comprar muitos produtos que não tem saída pode dar prejuízo.

O oposto do PEPS, por exemplo, é o UEPS. Esse significa Último a Entrar Primeiro a Sair. Ele é utilizado considerando valores. Se os últimos produtos a entrar são mais caros, eles devem ser vendidos primeiro.

Outro método que pode ser de grande ajuda é a curva ABC. Ela separa os produtos em 3 categorias:

  • A: Produtos que trazem mais lucratividade e têm mais saída.
  • B: Estão em grande quantidade no estoque, tem um giro alto e apresentam lucratividade razoável.
  • C: Os que não possuem representam lucratividade considerável e não são tão procurados. 

Essa separação faz com que se possa analisar bem quais produtos fazem mais sentido para se ter em estoque. Mas, também, para que se possa calcular bem utilizando o tipo de estoque escolhido.

Tipos de estoque

Os tipos de estoque servem para otimizar o processo de organização do estoque e da logística de um negócio. Confira qual tipo de estoque pode ser o melhor para sua empresa:

Estoque Sazonal ou de Antecipação

Como o próprio nome já diz, o estoque sazonal prevê datas em que determinados produtos serão mais vendidos. Dessa forma, é possível solicitar um pedido de certa mercadoria com antecedência. 

Isso acontece muito com datas comemorativas. Por exemplo, lojas que vendem brinquedos tem mais saída de produtos no dia das crianças e Natal. Assim, é possível prever quais produtos terão mais saída e já deixar o estoque pronto. 

Estoque Consignado

O estoque consignado pode ser considerado uma terceirização de estoque. Nesse processo, uma empresa, que é a consignante, concede uma quantidade de mercadorias para um terceiro, que é o consignatário.

 Os consignatários normalmente são distribuidoras, fazendo com que os itens fiquem armazenados neste local, mas sendo distribuídos conforme a demanda do cliente final.

Estoque Máximo

O estoque máximo é literalmente ter o máximo de um produto que cabem em um estoque. Isso vale para empresas com muito movimento e muita rotatividade de produtos.

Uma das vantagens do tipo de estoque, estoque máximo, é o poder de negociação que se tem comprando uma quantidade maior de produtos. Isso pode ser negociado com o fornecedor do produto na hora da compra. Também, é possível negociar facilidades no pagamento.

Para descobrir a quantidade máxima do produto no estoque, é possível utilizar uma fórmula. Ela é:

Estoque máximo = estoque mínimo + lote de reposição

Estoque Mínimo

O estoque mínimo é um tipo de estoque que também é chamado de estoque de segurança ou estoque de reserva. Ele dá um valor mínimo da quantidade de produtos que o estoque deve possuir antes de realizar uma nova compra. 

Para utilizar esse tipo de estoque, é necessário ter fornecedores de confiança, que cumprirão o prazo certo. Dessa forma, se evita a falta de estoque, prevenindo a falta de produtos e a perda de vendas.

Assim, independente do tempo que leva para o produto chegar, não faltará produtos no seu estoque.

 Existem duas fórmulas para calcular a quantidade do estoque mínimo, são elas:

Estoque mínimo = consumo médio diário x tempo de reposição

Consumo médio diário = consumo das mercadorias em um determinado período / dias deste período

Mas é importante ter atenção a datas comemorativas, essas mudam a quantidade de estoque necessário. Assim, não se pode levar em consideração o tempo calculado no estoque mínimo.

Estoque de proteção

Um tipo de estoque que pode ser considerado mais seguro é o estoque de proteção. Com o intuito de não deixar faltar nenhum produto, ele é utilizado até que a reposição volte a o normal.

No caso de alta nos preços, elevação na demanda do mercado ou algum tipo de greve, o estoque se encontra protegido. Assim, ele pode ser utilizado em conjunto com o estoque mínimo, por exemplo.

Estoque Regulador

Tipo de estoque muito utilizado em empresas que possuem mais de uma filial, o estoque regulador é um estoque a mais mantido por uma delas.

Normalmente, a maior loja, com maior área é a que irá manter esse estoque. Assim, no caso de faltar um determinado produto em outra filial da loja, basta enviar para a mesma.

Mas, é importante que esse sistema seja integrado. Um sistema de controle de estoque é imprescindível com esse tipo de estoque, uma vez que deve ser possível visualizar as informações de estoque em tempo real, sem fazer o cliente esperar muito tempo.

Estoque de ciclo

Empresas que possuem uma grande diversidade e rotatividade de produtos utilizam esse tipo de estoque.

Partindo da ideia que um produto demora mais tempo para ser fabricado e sai da loja mais rápido; outro demora menos tempo para ser produzido e mais tempo para ser vendido; e ainda outro que demora menos tempo para ser produzido e vendido; é necessário ter em mente que a produção desses produtos estejam de acordo com a sua demanda.

Aí que entra o estoque de ciclo. Ele consegue manter a produção e os níveis de estoque de forma adequada a saída desses produtos.

Dropshipping

Esse tipo de estoque é melhor utilizado em empresas que não necessitam manipular o produto, como e-commerces. Dessa maneira, a loja apenas realiza a venda e propaganda do produto, quem é responsável pela logística e estoque é o fornecedor da loja.

Considerações finais

Definir o tipo de estoque do negócio é imprescindível para o melhor controle da logística. Mantendo o estoque organizado, não há brecha para erros e prejuízos.

A melhor maneira de fazer um controle de estoque eficiente, baseado no tipo de estoque escolhido, é com um sistema de gestão de estoque. Assim, toda venda ou compra de mercadoria é inserida ou retirada do estoque, facilitando todo o processo.

Teste grátis o eGestor por 15 dias!

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas - tipos de estoque

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br