Dropshipping: as vantagens em um ecommerce

Se você possui a sua loja virtual e está sempre em busca das novidades deste ramo, provavelmente já deve ter ouvido falar no  termo dropshipping.

Trata-se de um método de revenda de produtos, no qual o revendedor em questão não armazena os produtos a serem comercializados em seu estoque, mas sim, os comercializa diretamente dos fornecedores.

A medida em que o revendedor recebe a solicitação de pedido de compra por parte de determinado cliente, ele realiza a solicitação do produto em questão junto ao seu fornecedor e efetua o pagamento junto ao mesmo!

Quer saber mais sobre o processo de dropshipping e de que forma ele pode ser útil no processo de revenda de produtos em seu e-commerce? Fique com a gente no decorrer deste artigo!

Como funciona o processo de dropshipping?

Os pedidos junto aos fornecedores podem ser realizados por meio de diversas maneiras: seja através de internet, via catálogos, promotores ou então com o deslocamento do revendedor até o seu fornecedor.

É importante que o revendedor em questão faça uma boa escolha de seus fornecedores, que devem atender a sua demanda com produtos de alta qualidade e em boa quantidade, oferecer boas condições de negociação e é claro, cumprir com todos os prazos de entrega dos produtos.

Possuir fornecedores de qualidade é absolutamente essencial para o sucesso do método de dropshipping. Existem diversos fornecedores que oferecem uma série de produtos para os respectivos vendedores em troca de um pagamento mensal, proporcionando assim uma entrega muito mais ágil.

Quais as vantagens do dropshipping?

Este processo permite aos revendedores a possibilidade de se dedicar exclusivamente a parte de vendas dos produtos especificamente, já que não precisam controlar o estoque e compram com os fornecedores somente os produtos que terão saída imediata no mercado e já foram solicitados pelos clientes.

Sem possuir um estoque próprio, os vendedores possuem uma grande economia de custos relacionados a este processo, já que não precisam se preocupar com capital de formação e manutenção de estoques, embalagens e espaços para armazenamento.

Outra vantagem do modelo de dropshipping é a grande flexibilidade de operação. O revendedor só precisa de um local com acesso a internet para se comunicar com os seus fornecedores, sem a necessidade de trabalhar em um espaço físico específico.

Outra vantagem, é não precisar se preocupar com o processo de entrega do produto, que é de total responsabilidade do fornecedor, que encaminha o produto ao cliente em nome da sua loja virtual, trazendo portanto uma enorme praticidade.

Por não precisar armazenar produtos em um espaço físico, o leque de possibilidades de produtos a oferecer aos clientes pode ser muito mais variado.

Guia de Otimização de Processos

E os riscos?

Depender exclusivamente do dropshipping, deixa os revendedores completamente reféns de seus respectivos fornecedores, que eventualmente podem não ter em seu estoque alguns dos produtos solicitados pelos clientes ou então atrasarem o período de entrega, já que podem atender a diversos revendedores.

Esses atrasos podem ocorrer principalmente se forem produtos importados, já que neste caso se exige uma maior burocracia e não se possui um controle do processo logístico.

Portanto o dropshipping não apresenta nenhum tipo de exclusividade aos revendedores junto a seus fornecedores. São fatores que podem comprometer drasticamente o processo de revenda, gerando sérios prejuízos aos revendedores. Por isso a dica é estudar bem o mercado, e procurar fornecedores que ofereçam planos mensais de dropshipping, como falamos anteriormente.

Também é importante estudar e planejar minuciosamente a escolha dos fornecedores buscando sempre referências de outros clientes e verificar os seus históricos de falhas em relação aos aspectos citados de disponibilidade de estoque e cumprimento de prazos de entrega.

O dropshipping também apresenta riscos ao revendedor a medida em que mesmo após a solicitação de algum produto por parte do cliente e a posterior compra deste produto junto ao fornecedor, existe a possibilidade do cliente cancelar a compra, causando assim uma situação de prejuízo financeiro até encontrar um novo comprador.

Para quem é recomendável a implementação de dropshipping?

O dropshipping é uma excelente alternativa não só para revendedores que atuam de uma forma isolada ou então possuem a sua loja virtual, como também para microempresas de comércio varejista, que por estarem em um estágio inicial do negócio, não possuem uma grande estrutura física para armazenar o seu estoque.

Dessa forma, podem utilizar um espaço somente para amostragem dos produtos em um catálogo e receber solicitações de compra dos clientes.

Empresas que não desejam gastar dinheiro com a contratação de vendedores, por exemplo, também podem fazer uso de dropshipping.

Guia de Gestão Estratégia

Como executar o dropshipping de uma forma eficiente?

Agora que já entendemos como funciona na prática o processo de dropshipping, quais as suas vantagens e possíveis riscos, é importante mostrar algumas dicas para realizar esse modelo de negócio da melhor forma possível e minimizar a ocorrência de erros:

Analise os produtos disponibilizados por seus fornecedores

Antes de solicitar os produtos que serão repassados a seus clientes, é importante estudar com calma os seus fornecedores e analisar os vendedores concorrentes no mercado, de forma a identificar um produto que possa se tornar um diferencial para a sua clientela e assim se destacar da concorrência.

Logicamente, é imprescindível solicitar os produtos que possuem uma demanda garantida e que já foram solicitados mas aposte em alguns produtos experimentais e verifique a aceitação diante do público, mas é claro, em pouca quantidade.

Peça feedback a seus clientes

Após certo tempo de operação de sua loja virtual, é importante entrar em contato com alguns clientes que já compraram seus produtos mais de uma vez e que já se encontram de certa forma fidelizados com a sua marca.

Pergunte a visão que eles possuem a respeito da sua loja e peça a opinião desses clientes antes de lançar um novo produto.

Os seus clientes mais fiéis representam o perfil da sua clientela de uma forma geral e sabem quais são as necessidades que levam ao consumo de seus produtos.

Solicitando esse feedback antes de lançar um novo produto, as chances de erro são minimizadas e a aceitação do público tende a ser maior, aumentando assim o volume de suas vendas.

Essas pesquisas de satisfação podem ser feitas por telefone ou por meio das redes sociais. Para isso, é importante ter um bom sistema para cadastro de clientes e armazenar todas as informações preenchidas durante o processo de compra desses consumidores.

Escolha bons fornecedores

Como falamos anteriormente, possuir bons fornecedores é absolutamente essencial para que sua estratégia de dropshipping obtenha sucesso.

Procure se informar sobre o histórico dos fornecedores antes de fechar negócio, analise a quantidade e qualidade dos produtos oferecidos, condições de pagamento e se há agilidade no processo de entrega.

Como no processo de dropshipping os fornecedores são responsáveis pela entrega em nome de sua empresa, qualquer problema a respeito pode comprometer a imagem de sua marca;

Como funciona o processo de troca ou devolução do produto por meio do dropshipping?

Da mesma forma como ocorre em relação a entrega dos produtos aos clientes, as situações de devolução ou troca do produto por parte do cliente também são de responsabilidade dos fornecedores no que diz respeito ao processo logístico.

O revendedor neste caso, só possui a responsabilidade de manter o contato com o cliente e informa-lo a respeito das datas de entrega, troca ou devolução.

E da mesma forma como ocorre o processo de entrega, a devolução e troca levam o nome da sua loja, apesar de envolverem a atuação do fornecedor!

Está pensando em otimizar a gestão de sua loja virtual? Teste o eGestor gratuitamente durante 15 dias e confira todos os benefícios da ferramenta!

Por Gabriel Pfeifer, em 28/12/2017

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br