O salão de beleza é um tipo de negócio bastante rentável para o empreendedor que resolve investir neste ramo. Os cuidados com a beleza e com a saúde dos cabelos são práticas que não param, mesmo quando a economia está instável. Obviamente, o sucesso e a estabilidade de um salão de beleza depende muito da boa administração do gestor, além da oferta de um serviço de qualidade, dentre outros fatores. Confira aqui como montar um salão de beleza.

Quanto custa montar um salão de beleza

A primeira coisa a ser pensada é o valor necessário para investir em um salão de beleza. Por ser um empreendimento que utiliza muitas máquinas, objetos e produtos de tratamento, além dos gastos com aluguel, água, luz e internet é um negócio que exige uma quantia considerável.

Em média, dependendo do tamanho do salão e dos serviços oferecidos, montar um negócio do tipo custa entre R$ 5 mil e R$ 10 mil reais. Mas, claro que nada impede que você comece seu salão de beleza com pouco, usando os acessórios e produtos que já tem, a sua própria casa e seus itens pessoais até ganhar mais clientes e expandir o seu negócio.

De qualquer forma, é interessante ter um valor para investir previamente, além de uma reserva para os momentos mais delicados, em que os clientes diminuem e você ainda tem que arcar com as despesas fixas como água, luz, internet, telefone e salário da equipe.

Planejamento

Aqui começa a real prática do negócio. Você terá que planejar tudo relacionado ao salão de beleza. Depois de definir o valor que vai investir, você deve verificar o espaço onde funcionará o salão.

Terá que pagar aluguel ou é um espaço próprio? Precisa fazer alguma reforma ou alteração local? Como ficará a organização desse espaço?

Lembre-se que terá que acomodar espelhos, máquinas, cadeiras, poltronas, expositores, armários, mesinhas de apoio, lavatórios, carrinhos de apoio, além de promover uma circulação segura para todos.

Outro ponto importante é decidir quais serviços o salão de beleza vai ofertar. Lembre-se que quanto mais serviços, mais produtos, máquinas e profissionais serão necessários para dar conta da demanda.

Decida também se vai contratar profissionais, ajudantes ou se vai trabalhar sozinha por enquanto. Defina o horário de atendimento, os preços dos serviços etc.

Entenda o mercado

É muito importante que você saiba como o mercado de beleza está funcionando no momento. Existem cortes e serviços que são tendência? O que está atraindo mais as mulheres? Os homens estão cada vez mais preocupados com a estética, você sabia?

Portanto, esteja sempre atualizada em relação a tudo que acontece. Afinal, fazendo esse controle, você consegue ter muitas ideias boas de promoção, de serviços novos, sempre de acordo com o que o seu cliente deseja.

Defina a localização

A localização do seu salão de beleza é primordial para o seu sucesso. É muito comum que o empreendedor use a própria casa para montar o negócio porque não precisa pagar aluguel, por exemplo. Contudo, nem sempre esse é o melhor ponto para atrair a clientela.

Sem contar que pontos localizados em áreas mais nobres geralmente são mais lucrativos por causa do público atendido. Geralmente, esse público não se importa em pagar um pouco a mais por um bom serviço. Nem sempre acontece isso em um salão de beleza dentro de um bairro mais popular, por exemplo.

Caso se decida por alugar um espaço, conheça bem o lugar ao redor, se é acessível, se existe concorrência, como essa concorrência trabalha e o que você pode fazer de diferente para se destacar e atrair mais interessados.

Conheça o Público-alvo

O seu público-alvo é quem vai decidir os serviços que seu salão de beleza vai prestar e é quem vai fazer com que o seu negócio seja um sucesso. Portanto, conheça todas as características possíveis desse grupo: seus hábitos, o que consomem, qual é a renda deles, suas preferências, estilo de vida etc.

A partir dessas informações, é muito mais fácil pensar em promoções, definir serviços, inovar no atendimento etc.

Defina os serviços do seu salão de beleza

Quais serviços o seu salão de beleza vai oferecer? Os serviços mais comuns são aqueles básicos como corte masculino e feminino, hidratação e esmaltação de unhas. Outros mais complexos envolvem aplicação de química, serviços de estética e cuidados para o corpo e rosto.

Defina os serviços de acordo com o tamanho do seu espaço e do seu público. Não oferte uma grande demanda de serviços, se o seu ambiente é pequeno e não daria conta da quantidade de atendimentos. E foque naquilo que o seu cliente precisa.

É claro que quanto mais variedade o seu salão de beleza tiver, melhor para o cliente. Contudo, não adianta oferecer muita coisa com baixa qualidade ou com muita demora no atendimento.

Forme uma boa equipe

É muito comum que a pessoa que monta o salão seja a principal e, às vezes, única profissional a atender. Isso acontece muito no começo de cada negócio. Contudo, prepare-se para ampliar a sua equipe de colaboradores já pensando no aumento da demanda.

Ao fazer essa contratação, lembre-se que o profissional representa o seu salão. Então, faça uma boa seleção, invista e valorize as capacitações e esteja sempre atento ao feedback dos clientes. Para que um salão de beleza tenha sucesso, toda a equipe deve estar engajada, prestando serviços de qualidade.

Invista em Marketing

Ter um bom plano de marketing faz total diferença no seu negócio. E esse plano começa na hora de escolher a identidade visual do salão. Ou seja, aquilo que vai representar a sua marca. A identidade visual inclui o nome, as cores, a fonte da letra e os símbolos usados na representação do seu negócio.

Outro ponto de extrema importância é a divulgação do espaço. Assim, crie um perfil do seu salão de beleza nas redes sociais para divulgar as promoções e os serviços. Distribua panfletos pelo bairro, faça parcerias com pessoas influentes do local ou com outros prestadores de serviço.

Vale também investir na produção de conteúdo que é quando você informa o seu cliente através de informações úteis. O Instagram oferece várias opções para fazer isso, seja usando a caixa de perguntas, fazendo lives ou no próprio feed.

Adote também o agendamento online por WhatsApp ou Instagram. Afinal, essa é uma prática super atual e agiliza muito o seu contato com o cliente.

Lucro do salão de beleza

Definir o lucro de um salão de beleza é uma tarefa que depende de vários fatores. Mas a estratégia básica é colocar no papel todos os seus custos, fixos e variáveis, e decidir o valor de cada serviço de forma que ele cubra os seus gastos e ainda gere lucro. Afinal de contas, um negócio precisa custear todas as despesas e fazer você lucrar também.

Além disso, leve em conta as suas capacitações, a localização do salão, o valor que a concorrência cobra, a complexidade de cada serviço, o seu horário de atendimento etc.

Tipo de empresa que o salão de beleza se encaixa

Ao iniciar as atividades, um salão de beleza pode se encaixar no MEI (Microempreendedor Individual). Nesse tipo de empresa, o faturamento deve ser de até R$ 81 mil anuais e é possível contratar até um funcionário.

Caso o seu salão cresça e tenha um faturamento maior, ele deverá se encaixar em outro perfil de empresa que é a ME (Microempresa) que possui faturamento de até R$ 360 mil por ano e pode contratar até 10 funcionários.

Então, entenda bem como sua empresa funciona e quais as necessidades dela. Dessa forma é possível encontrar o tipo de empresa que ela se enquadra melhor. Também fique atento quanto ao regime tributário que cada uma adere. 

Considerações finais

Como vimos, montar um salão de beleza é um negócio muito rentável. Afinal, o ramo da beleza, estética e cuidados com o corpo só cresce no Brasil.

Contudo, é preciso fazer um bom planejamento, analisar todas as especificidades do negócio, ter um bom plano de marketing e, claro, oferecer um serviço de qualidade.

Por fim, não se esqueça de legalizar o seu salão, optando pelo tipo correto de empresa, de acordo com o seu faturamento.

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas - salão de beleza

 

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br