fbpx

Academia: Veja os primeiros passos para montar uma

Em 2023 o número de academias no Brasil chegou a 35 mil, sendo o 2º país com mais academias no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Mas não só o número de academias abertas, o número de usuários também vêm crescendo. Assim, considerando que essa é uma área que só tende a crescer, esse pode ser um ótimo investimento.

Confira aqui o passo a passo para montar uma academia!

Conheça o ramo de academias

Se você pretende montar uma academia e acha que não será possível por não ter uma formação na área, fique tranquilo. Não há necessidade de graduação para investir no ramo.

O que não significa que seja possível montar uma academia sem nenhum conhecimento para tal. Ainda assim, é preciso um registro no Conselho Federal de Educação Física. Além do mais, para montar uma empresa é imprescindível conhecimentos de administração.

A importância de conhecer o ramo, se dá pela facilidade ao montar o empreendimento. Quando se inicia uma empresa, é necessário fazer um planejamento, um plano de negócios. Nele, serão inseridas todas as metas e planos para a empresa. Assim como gastos e custos. E, para criar um planejamento assim, você deve saber quais equipamentos comprar, onde irá se localizar sua academia e outras tantas variantes.

É essencial que você defina a área de especialização da sua academia. Se ela será apenas para musculação, ou se também terão aulas, como dança, spinning, jump, lutas ou outros. Existem academias especializadas em idosos, outras para grávidas, especializadas em aulas, ou pilates. Ou seja, há infinitas possibilidades de ocupações para seu empreendimento.

Concorrência

Conheça sua concorrência, seja de academias que estão perto fisicamente da sua ou do mesmo ramo. Uma dica para praticamente todas empresas novas, é que elas tenham algum diferencial. E para saber qual será seu diferencial, é preciso saber o que seus concorrentes oferecem.

Procure sempre chamar a atenção de possíveis clientes. Assim, busque ter uma fachada diferente, um nome ou logo diferente que faça seu público lembrar do seu local quando ouvir e falar em academia.

Como montar uma academia

Lugar para sua academia

Para montar uma academia a localização escolhida é uma das principais escolhas a serem feitas. Dessa forma, após decidido a especialização ou não da sua academia, verifique onde se encontra seu público alvo.

Além disso, deve ser considerado se ela terá fácil acesso. Avalie a capacidade financeira do seu público alvo. Assim, sendo mais fácil tomar algumas decisões, principalmente em relação ao ponto onde ele será instalado.

Interno

Ao montar uma academia, lembre-se que ela possui equipamentos grandes. Nesse ponto é preciso pensar no espaço que você terá, como irá dispor tais equipamentos e quantos serão. Para isso é preciso definir também quantas pessoas serão admitidas mensalmente. Também quais serão os planos disponibilizados, para saber quais serão os horários. Assim é possível estabelecer quantos equipamentos serão necessários.

Faça a relação da especialização da sua academia com o local. Se serão dadas aulas de dança, por exemplo, será necessário um local próprio para realização dela. E esse espaço deverá ser separado do local onde seus outros membros estarão realizando os exercícios em aparelhos.

Outro item que pode ser extremamente vital em alguns casos é o ar condicionado. Em cidades com climas quentes, é muito difícil a realização de uma atividade física com a sensação térmica muito alta. Assim como o ar condicionado, um bebedouro é fundamental. Algumas caixas de som espalhadas podem melhorar o ambiente, fazendo com que a música de uma energia a mais para os seus clientes.

Alguns equipamentos básicos são: esteiras, bicicletas ergométricas, banco supino, peitoral dorsal, maquina flexora, abdominal e leg press. Além desses equipamentos, outros serão essenciais, como halteres, barras, colchonetes, porta barras e step. Outros também podem ser acrescentados caso alguma aula seja incluída, como o jump, por exemplo.

Funcionários da academia

Para montar uma academia, ainda que o dono da empresa não precise ter formação na área, seus funcionários devem ter. Além de um registro no CONFEF, Conselho Federal de Educação Física, e no CREF, Conselho Regional de Educação Física. Esses funcionários contratados para auxiliar os clientes de sua academia devem ser capacitados para a área. Ou seja, além de ter a formação e especialização, eles devem ser atenciosos e cuidadosos, sempre pensando no bem estar e saúde do seu aluno.

Evidentemente, serão necessários outros funcionários. Uma das prioridades que você deve ter é com a higiene. Fazendo a limpeza dos aparelhos e colchonetes, por exemplo, sempre que possível. Por isso, procure contratar alguém que faça a higienização ou faça você mesmo.

Você, o próprio dono, pode trabalhar também. Seja na recepção, financeiro, também como personal ou professor.

Como montar uma academia

Divulgação

Para que seus clientes conheçam sua academia é preciso que ela seja vista. E não apenas no local. Para isso, utilize sua pesquisa de público alvo para montar uma estratégia de marketing. Procure qual método será o mais indicado a utilizar.

É possível criar um site e usufruir do potencial que as redes sociais dispõem, ou seja, fazer o marketing de forma online. Ou também offline, com flyers e folders, e o que se encaixar melhor.

Se achar adequado, insira os planos e as modalidades disponíveis na academia. Ou apenas um número de contato para que sejam tiradas dúvidas e dadas informações.

Questões legais

Como qualquer outra empresa, para abrir uma academia, deve-se requerer uma inscrição na prefeitura da cidade onde será localizada. Além de registro na Previdência Social, na Receita Federal e junto ao CREF do estado.

Assim, é preciso direcionar-se até a junta comercial ou ao Cartório de Registro de Pessoa Jurídica com a seguinte documentação:

  • Cópia do RG e CPF;
  • Requerimento padrão;
  • Contrato Social;
  • E ficha de cadastro nacional.

Outros documentos podem ser pedidos, de acordo com estado ou cidade. Procure saber mais informações na junta comercial ou no cartório.

Após registrada, será recebido um NIRE que deve ser registrado no site da Receita Federal. Logo, será disponibilizado outros documentos que devem ser enviados pelo Correio. E assim, será disponibilizado o CNPJ.

Então, é preciso esperar o alvará da prefeitura para fazer a inscrição estadual e o cadastro na previdência social.

Academia pode ser MEI?

Não, uma academia com CNAE 9313-1/00 – Atividades de condicionamento físico, não pode ser MEI.

💡 Você também pode gostar: Como abrir uma prestadora de serviços

Gestão

E para ter esse controle com mensalidades de valores diferentes, com especificações diferentes e datas diferentes, é preciso um sistema completo. Planilhas já não conseguem suprir essa necessidade.

Não esqueça que você deve ter um controle sobre sua academia. É preciso saber quais valores entram e quais saem, quanto deve ser pago de imposto e outros. Além de gastos físicos, como o aluguel, por exemplo; e gastos variáveis. Ou seja, um controle financeiro total.

Assim, a utilização de um sistema de gestão é essencial. o eGestor é um sistema de gestão para micro e pequenas empresas. Ele traz um controle financeiro integrado, controle de fluxo de caixa, além de emissão de NF-e e boletos. Nele, é possível controlar todos os pagamentos dos membros com o novo módulo de recorrência. E também gerar relatórios.

O módulo “Recorrência” fica no menu “Financeiro”, em “Recorrência”. Lá, se insere o nome do cliente, se será boleto ou lançamento financeiro, o intervalo entre as criações, o valor, a data inicial e o vencimento. Outros campos adicionais são os de descrição padrão, conta caixa, categoria, palavra-chave e informações adicionais. E caso seja feita com boletos, é possível validar os dados do boleto e enviar por e-mail.

Em caso da academia ter produtos à venda, também é possível cadastrá-los e acrescentar a venda no sistema.

Banner-conversao-eGestor-blog
Início 9 Empreendedorismo 9 Academia: Veja os primeiros passos para montar uma
Escrito em: 29/11/22
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro da sua empresa Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? Porque ele é o valor, em dinheiro, que a empresa recebeu em um período. Assim, ele demonstra se o resultado foi satisfatório ou não. Com o acompanhamento se tem uma melhor ideia da...

NFC-e (Nota fiscal de consumidor eletrônica) [Atualizado]

Emitir NFC-e Todo produto ou serviço vendido, deve ter sua comprovação fiscal e um dos meios de atestar essa transação é a nota fiscal. Afinal, ela dá segurança tanto à empresa que vende o produto, quanto ao consumidor que o compra....

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

Guia do MEI: Tudo sobre o MEI – Blog do eGestor

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...