fbpx

Lucro Bruto: O que é essa métrica e como calcular o valor

O lucro bruto é uma das métricas usadas para medir a saúde financeira das empresas, não importando o ramo a que estejam ligadas.

É através do cálculo desse tipo de lucro que é possível descobrir outras métricas, como a margem de lucro, a margem bruta, o lucro líquido, o lucro operacional e o EBITDA.

Entretanto, é preciso atenção no momento de calcular o lucro bruto. Sua fórmula vária de empresa para empresa.

Além do mais, não se deve confundir o lucro bruto com o lucro líquido. Apesar de serem parecidos, os itens envolvidos na realização do cálculo são diferentes.

Nesse artigo vamos explicar melhor o que é o Lucro Bruto e o que ele diz sobre as empresas.

O que é o Lucro Bruto?

O Lucro Bruto é o valor positivo que sobra depois de diminuir os custos de produção da receita obtida.

A sua fórmula é simples:

Lucro Bruto = Receita – Custos

Entretanto, para realizar esse tipo de cálculo leva-se em consideração apenas os custos variáveis de produção.

Os custos variáveis, como o próprio nome indica, são aqueles que mudam de acordo com o nível de produção.

Sendo assim, são aqueles custos ligados diretamente ao processo produtivo, como as despesas com matérias-primas e os gastos com maquinário.

Um exemplo para ficar mais claro:

Suponha que seja gasto x reais para produzir 200 pizzas. Se a produção cair para 100 pizzas o valor gasto para a produção também vai cair.

Por isso, esse tipo de custo é chamado de custos variáveis ou despesas variáveis. Já que acompanham o nível de produção.

Formula padrão do Lucro Bruto

A fórmula para calcular o lucro bruto é bem simples, entretanto encontrar as variáveis a serem usadas no cálculo do custo não é.

Não existe um padrão a ser seguido quando se fala sobre custos de produção.

Cada empresa possui uma série de variáveis diferentes para o custo. Isso depende diretamente do tipo de produto fabricado, do processo de produção, da quantidade feita, da metodologia de venda entre outros.

Por isso, o cálculo dos custos variáveis desse ser individual e específico para cada empresa.

Utilidade

Algumas pessoas não entendem a importância de se calcular o lucro bruto. Principalmente porque ele não leva em consideração todos os custos envolvidos, como o lucro líquido.

Porém, é com o valor obtido no cálculo do lucro bruto que conseguimos mensurar outras métricas de avaliação, como a margem bruta e o lucro operacional.

A margem bruta mostra o quanto a empresa ganha vendendo seus produtos e o lucro operacional é um dos itens que devem constar obrigatoriamente nos relatórios contábeis da empresa.

Além disso, é através dele que podemos fazer o cálculo do lucro líquido.

O lucro líquido é aquele que leva em consideração os custos variáveis e os fixos. Sendo que, os custos fixos são aqueles que não estão relacionados aos níveis de produção.

Os custos fixos podem ser as despesas com aluguel, salário dos funcionários, contas de água e luz entre outros.

Dessa forma, podemos calcular o lucro líquido com a seguinte fórmula:

Lucro Líquido = Lucro Bruto – Custos Fixos

Sendo assim, o lucro líquido é a demonstração final que as operações de uma empresa estão positivas ou que estão dando prejuízo.

Margem Bruta

A margem bruta é o valor que a empresa conseguiu vendendo seus produtos no mercado. Essa métrica pode ser calculada através dos valores do lucro bruto.

Sendo assim, a margem bruta é uma métrica que indica a rentabilidade da empresa.

Empresas que possuem uma margem bruta alta tem mais liberdade para mexer com a política de preços. Já que essa métrica é usada também para precificar as mercadorias vendidas.

Entretanto, quando uma empresa possui uma margem bruta baixa algumas medidas precisam ser tomadas para melhoras a produção.

Aqui, pode-se procurar novos fornecedores, diminuir os custos variáveis ou, até mesmo, deixar de fabricar determinado tipo de produto.

A fórmula para o cálculo da margem bruta é a seguinte:

Margem Bruta = Lucro Bruto / Receita x 100

É importante lembrar que diferentes setores da economia trabalham com diferentes porcentagens de margens brutas.

Em setores extremamente competitivos, nos quais a batalha de preço é comum. Margens Brutas de 20% não são consideradas taxas ruins, já que as margens de lucro caem por conta das disputas de mercado.

Lucro Operacional

Outra métrica calculada a partir do Lucro Bruto é o Lucro Operacional. Esse se difere do primeiro, já que leva em consideração os gastos com as operações da empresa.

Sendo assim, o lucro operacional é obtido depois de subtraído os valores referentes as despesas com os setores administrativo, comercial e operacional.

Com isso, é possível conseguir uma visão real dos resultados financeiros alcançados pela empresa. Isso porque, o lucro operacional traz a diferença certa entre as receitas obtidas e os custos totais.

Exatamente por isso, esse tipo de lucro é parte obrigatória da DRE (Demonstração do Resultado do Exercício).

Esse documento é um relatório contábil que traz um resumo dos resultados alcançados pela empresa durante determinado período de tempo.

O DRE é muito importante para os investidores, já que é através dele que é possível saber como anda a saúde financeira de uma empresa e se é um bom negócio investir nela.

Empresas que possuem ações sendo negociadas na bolsa de valores costumam publicar DREs de três em três meses.

Com isso, elas mantêm os antigos investidores informados sobre os lucros obtidos, além de atrair novos.

A fórmula para calcular o lucro operacional é a seguinte:

Lucro Operacional = Lucro Bruto – Despesas Operacionais + Receitas Operacionais

Outro importante índice do mercado de investimentos também é calculado com base no lucro bruto das empresas.

O Ebitda é um indicador financeiro que mostra qual foi o lucro da empresa antes de terem sido descontados os valores referentes a juros, impostos, depreciação e amortizações.

Dessa forma, pode-se dizer que o Ebitda é a demonstração da geração do caixa operacional da empresa.

Esse métrica é utilizada pelos investidores para acompanhar a capacidade de gestão da empresa e ela está evoluindo operacionalmente.

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas - Lucro Bruto

Início 9 Empreendedorismo 9 Lucro Bruto: O que é essa métrica e como calcular o valor
Escrito em: 23/06/20
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Guia do MEI: Tudo sobre o MEI – Blog do eGestor

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...

NFC-e (Nota fiscal de consumidor eletrônica) [Atualizado]

Emitir NFC-e Todo produto ou serviço vendido, deve ter sua comprovação fiscal e um dos meios de atestar essa transação é a nota fiscal. Afinal, ela dá segurança tanto à empresa que vende o produto, quanto ao consumidor que o compra....

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro da sua empresa Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? Porque ele é o dinheiro que a empresa recebeu em um período, que mostra se ele foi bom ou não. Acompanhar o faturamento se sabe quanto a empresa pode gerar de capital. Ele também é...

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...