skate

Moda para surfistas e skatistas apresenta crescimento interessante no mercado. Neste artigo você saberá um pouco mais sobre o setor de confecção de roupas para surfe e skate. A área da produção têxtil em si é uma boa para se investir. Aqui você terá mais detalhes técnicos e específicos sobre a área dos esportes radicais. O contexto do mercado, as exigências técnicas, estrutura e etc.

O que são roupas de surf e skate? 

Os praticantes de surf e skate possuem um estilo único e gostam de usar roupas características de sua tribo urbana. O setor têxtil no Brasil em si já é considerado forte, com grande geração de emprego e altos rendimentos. Com um litoral gigantesco, o Brasil possui forte apelo para o uso de surfwear e skatewear, as modas praia e urbana.

Este é um negócio que não exige um investimento inicial muito alto. O maior público consumidor deste tipo de moda são jovens de ambos os sexos entre 15 e 30 anos, mas os clientes são cada vez mais diversificados. Por isso, apoie em uma multiplicidade de tamanhos, estilos e tecidos em suas confecções para compreender um público maior e obter mais sucesso nas vendas.

Nunca deixe de estudar muito bem cada passo dado em seu novo empreendimento e realizar sempre análises comerciais e econômicas da região onde você investe. Um bom planejamento pode ser a chave para o êxito nos negócios.

De acordo com a Associação Brasileira de Indústria Têxtil, o faturamento das modas surfwear e skatewear gira em torno de R$ 2,5 bilhões anuais. Um quarto da população brasileira possui a idade entre 12 e 35 anos, portanto estamos considerando como público potencial cerca de 33 milhões de pessoas. Levamos em conta que nem todo mundo utiliza este tipo de roupa, mas ainda assim são números bastante expressivos.

O setor têxtil no Brasil possui uma concorrência bastante acirrada, e no setor das modas praia e urbana não é diferente. A estimativa é de que existam cerca de 20.000 pontos de venda desde estilo no país, dos quais 13.000 são surfshops. Existe ainda outra dificuldade: as marcas estrangeiras destas vestimentas são bastante conceituadas e oferecem uma feroz concorrência aos produtos naturais, portanto, aposte em inovação e qualidade.

A estrutura da sua confecção 

Estude também sobre o imóvel que pretende utilizar. Leve em conta os custos que ele trará ao seu negócio para estabelecer a rentabilidade. Pense sobre o preço do aluguel ou da propriedade, caso invista na aquisição da mesma. Com relação à localização, lembre-se que seus produtos não serão vendidos exatamente no mesmo lugar onde realiza a produção, pois você fornecerá seus produtos a shoppings, lojas e centros comerciais.

Isso faz com que não haja a necessidade de a confecção estar próxima a grandes centros de comércio ou com grande fluxo de pessoas. No entanto, a proximidade com os pontos de venda facilita o transporte e a entrega, podendo agilizar e otimizar o processo de giro de produtos e capital.

Se for possível aliar mais fatores favoráveis, busque se instalar próximo ao local de onde vêm os insumos.Um local com abundância de água e possibilidade de contratação de mão de obra qualificada para a realização dos serviços. Preferencialmente  próximo a vias efetivas para o deslocamento das mercadorias.

Ebook Crescimento Empresarial

Burocracia e espaço físico

Na hora de instalar sua empresa, atente às obrigações legais e burocráticas. Dentre elas, consultar o zoneamento do Plano Diretor de sua cidade, defina o tipo de sociedade e se cadastre nos seguintes órgãos: junta comercial, Receita Federal (CNPJ), Receita Estadual, entidade sindical patronal, alvará de funcionamento junto à Prefeitura, INSS/FGTS. Para atividades no setor têxtil não existem legislações específicas.

Com relação às instalações físicas, tudo vai depender da projeção de produção que você pretende para seu empreendimento. Recomenda-se, para início das atividades, uma área de 500 m², divididos em: recepção de insumos e estocagem; área de fabricação de roupas; área financeira; vestiários e banheiros para os colaboradores; espaço para venda e mostruário. É importante que tudo seja posicionado em apenas um galpão, para facilitar todo o processo de logística.

Com relação ao pessoal, o número de colaboradores também varia de acordo com o tamanho do negócio. Para o empreendimento que estamos descrevendo aqui, 15 funcionários em média é um número indicado. Dentre eles, 10 empregados para a área de corte, costura e arremate, enquanto outros dois cuidam do estoque, recepção e expedição, um auxiliar de serviços gerais, um vendedor e um responsável pelas atividades administrativas.

Use um software de gestão

É indicado o uso de um bom software de gestão para otimizar e agilizar os resultados de sua empresa. Utilize o eGestor. Completamente online, o programa não congestiona suas máquinas e auxilia o trabalho em todo o processo de gerenciamento.

Para a sua confecção, utilize os seguintes equipamentos: 2 máquinas de costura overloque, 2 máquinas de costura reta, 2 cosiderias e 2 galoneiras. No comercial/administrativo, computadores, impressoras, telefones e demais móveis de escritório. Tenha à disposição das costureiras mesa para medida e corte, tábuas de passar e demais ferramentas de costura.

Para este tipo de negócio, é altamente recomendável que se faça uma boa gestão do estoque. Fazer este gerenciamento significa buscar um constante equilíbrio entre a entrada dos insumos, a produção das peças e a saída dos lotes, fazendo com que as mercadorias saiam em grande número, mas sempre sobre produtos em estoque para capital de giro.

Em uma confecção de roupas, é necessário o contato dos distribuidores e vendedores para que as mercadorias possam ser comercializadas. Busque se relacionar com bastantes pontos de venda, e prefira fazer a expedição de um grande número de mercadorias, a preço de atacado. Mesmo que possua proximidade com o comércio de uma determinada região, busque ampliar seus focos de negócios, para ampliar cada vez mais o rendimento e a abrangência de seu empreendimento.

Conclusão

Sabemos então que o principal público alvo de uma loja confecção de roupas de surf e skate, é o público jovem. É um público que apresenta um elevado índice de consumo. O que é um fator muito importante de analisar para abrir o seu empreendimento de surfwear e skatewear. Com um amplo estudo de mercado e de concorrência, a montagem de um espaço físico adequado e em uma localização apropriada e com  a escolha de funcionários que estejam em sintonia com o seu público alvo, é possível obter um negócio altamente lucrativo.

Gostou do texto? Deixe um comentário !

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em http://www.egestor.com.br