Como controlar as despesas da sua empresa

Realizar adequadamente o fluxo de caixa de uma empresa, é vital para a perenidade de um negócio. É necessário que os profissionais que trabalham com entradas e saídas de valores, sejam organizados e tenham facilidade em cumprir prazos. Afinal, o controle adequado das finanças, além de ser uma responsabilidade, pode ajudar a gerar diminuição dos custos mensais.

Mas então, como controlar as despesas de uma empresa? Separamos algumas informações para que você saiba o que fazer para manter as contas em dia sem desperdícios – de tempo, de dinheiro ou de recurso! Confira!

Faça o planejamento dos pagamentos

Existem dois tipos de contas: as mensais, que são aquelas que você consegue prever, pois todos os meses estão ali; e as eventuais, que são imprevisíveis, mas que você precisa, de alguma forma, “pensar que elas poderão surgir”, e ter uma reserva para essas situações de emergência. Portanto, faça um planejamento de valores e datas para não correr o risco de ter que pagar multas ou de ter a suspensão de um serviço por falta de pagamento.

Analise os seus custos

Será que não é possível fazer reduções nas despesas da sua empresa? Analise os seus custos e tente cortar aqueles desnecessários. Acredite, sempre é possível fazer uma economia. Para que isso aconteça, não basta apenas fazer contas. É preciso buscar um histórico financeiro da instituição e analisá-lo para diminuir e cortas gastos possíveis.

Planilha de controle Financeiro gratuita

Negocie descontos

A princípio, pode parecer superficial fazer esse tipo de sugestão. Mas perceba que em determinadas empresas, os responsáveis pelas compras e pagamentos apenas executam as suas atividades, pois “é a empresa quem está pagando”. Ter dinheiro em caixa para cumprir com as responsabilidades financeiras da organização, não é motivo para gastos sem moderação.

Por isso, além de estimular o corte de valores supérfluos, instigue também a prática das negociações que resultarão em descontos. Aproveite e verifique se pagamentos adiantados e automáticos também geram algum tipo de benefício.

Atente-se às tarifas bancárias

Às vezes os valores são tão pequenos em relação ao fluxo que passa na conta corrente da empresa que ninguém se dá conta das taxas cobradas pelos bancos. Por isso, fique atento a estes valores, pois podem ocorrer cobranças abusivas ou inadequadas. Observe esses custos e procure o seu gerente para tentar negociá-los.

Consulte profissionais especializados

Contadores e advogados são ótimos profissionais para ajudá-lo a verificar no dia a dia se existem mudanças na legislação que podem ajudar a diminuir os valores pagos com impostos. Incentivos fiscais, atualizações legais e medidas jurídicas protetivas e preventivas são de fácil conhecimento deles. Portanto, esteja sempre contando com os conhecimentos desses profissionais.

Utilize um software de gestão financeira

Como dito anteriormente, organização é essencial para o controle orçamentário de uma instituição. E manter tudo no seu devido lugar há tempos não é mais sinônimo de papéis e mais papéis arquivados em extensas gavetas, de forma a se demorar longas horas para consultar uma informação rápida.

Para fugir desse “caos organizado”, utilize uma ferramenta de gestão financeira na nuvem, como o eGestor,  para realizar o controle de estoque, financeiro, emissão de notas fiscais, ordens de serviços, gestão de tarefas, dentre outras possibilidades. Com ele, obter informações e analisar os cenários ficará muito mais prático, fácil e eficiente.

E você, o que tem feito para diminuir as despesas da sua empresa? Já consegue visualizar economias concretas por meio dessa prática? Compartilhe conosco as suas experiências!

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br