Relatórios gerenciais: Quais os essenciais para sua empresa?

Relatórios gerenciais são ferramentas que oferecem ao empresário condições mais favoráveis e precisas para realizar uma boa gestão do negócio que ele gerencia. Conheça agora os tipos de relatórios gerenciais e porque eles não podem ficar de fora da sua administração.

O que são os relatórios gerenciais

Relatórios gerenciais são documentos que reúnem dados e indicadores que sejam úteis a todos. Ao mesmo tempo, eles podem auxiliar a compreender a real situação de cada departamento da organização.

Os relatórios oferecem uma espécie de diagnóstico empresarial de cada setor. Esse diagnóstico é extremamente necessário, uma vez que ajuda na tomada de decisão do gestor. Eles também acabam dando um domínio maior de toda a organização, compreensão das suas necessidades, dentre outras vantagens.

Tipos de relatórios gerenciais

Como a empresa possui diversos departamentos é de se esperar que ela também apresente diferentes tipos de relatórios gerenciais. A seguir, você confere um pouco mais sobre cada um deles:

Relatório de controle

O foco desse tipo de relatório é, basicamente, o setor de estoque responsável pelo armazenamento de matéria-prima, insumos, produtos prontos para venda, etc. Todas as movimentações relacionadas à área devem ser diagnosticados e capturados.

Relatório de produtividade

Apresenta informações sobre a evolução da produtividade da empresa em diferentes períodos. Pode conter os produtos e serviços mais procurados e aqueles que ficaram estagnados, facilitando assim, na criação de novas estratégias de vendas, por exemplo.

Relatório de satisfação

É o relatório que mede e informa o nível de satisfação dos clientes e também dos colaboradores em relação à empresa. Configura um documento importante para verificar e ajustar, se necessário, o relacionamento com os consumidores e com a equipe de trabalho.

Relatório financeiro ou contábil

Nesse tipo de relatório, são listados todos os dados relacionados ao financeiro da empresa, como fluxo de caixa, custos, receitas, despesas, tributação e o que mais tenha a ver com o dinheiro que circula dentro do negócio. É um relatório fundamental para a empresa.

Relatório de desempenho

Apresenta índices de desenvolvimento e crescimento do negócio, lucros, ampliação de mercado consumidor, aumento do índice de vendas e muito mais. É um documento que alerta o gestor sobre a evolução da instituição.

Relatório de análise

É um arquivo mais amplo, em razão de que esse relatório faz uma avaliação geral e detalhada de cada setor, com conclusões baseadas nas informações presentes nos relatórios anteriores.

Para que serve um relatório gerencial?

O objetivo do relatório gerencial é fazer uma demonstração dos diversos aspectos que compõem uma empresa, com a intenção de analisar o desempenho, verificar falhas, realizar ajustes e perceber se o negócio está prosperando, crescendo ou apresentando prejuízos.

Por isso, todas as informações devem ser levantadas e inseridas com bastante precisão e cuidado. É fundamental que os dados sejam atualizados, sempre de acordo com a realidade da empresa naquele momento para que a análise também seja eficiente.

Também é essencial salientar que os relatórios gerenciais precisam ser informativos, bem escritos e objetivos, com fácil compreensão para todos que terão acesso ao documento.

Quais são os relatórios essenciais em uma empresa?

Diante de tantos tipos de relatórios, você deve estar se perguntando quais deles são considerados fundamentais em uma empresa. O ideal é que haja um relatório para cada departamento ou área de atuação, porque essa é a melhor forma de ter uma avaliação global de todos os setores da organização.

No entanto, sabemos que nem sempre é possível fazer esse estudo tão aprofundado, e isso se dar em face de motivos diversos, como falta de pessoal capacitado para executar tal função, devido ao tamanho da empresa ou ainda em razão da inexistência de alguns departamentos.

Por isso, listamos aqueles tipos de relatórios gerenciais que são essenciais e que devem ser priorizados na sua empresa. São eles:

Relatório financeiro

Como vimos, o relatório financeiro reúne todas as informações que tenham a ver com o dinheiro da empresa. Portanto, é fato que a saúde financeira de um negócio depende diretamente da forma como lidamos com o dinheiro que entra e que sai e quais os investimentos necessários para determinados objetivos.

Logo, não importa o tamanho da sua empresa, é essencial elaborar um relatório financeiro reunindo informações corretas sobre o seu fluxo de caixa, entradas e saídas, orçamentos e projeções financeiras.

Relatório contábil

Informações sobre a contabilidade de uma empresa podem estar inseridas no relatório financeiro, mas também podem fazer parte de um relatório específico: o relatório contábil, que também é primordial em qualquer negócio.

Por meio desse levantamento de dados, o gestor consegue entender e avaliar como está sendo feita a cobrança de impostos, conhece mais de perto as vantagens do regime tributário utilizado, realiza ajustes etc.

Relatório de produtividade

Como saber se é preciso fazer correções em determinado departamento? Descobrindo como anda o nível de produtividade daquele setor.

Assim, o índice de produtividade é uma tarefa básica deste relatório, o qual analisa o desempenho das vendas e cria novas metas de crescimento.

Relatório de controle

O estoque também influencia diretamente na tomada de decisão e na elaboração de novas estratégias em uma empresa.

Ao perceber que há muito material armazenado, por exemplo, o gestor pode criar maneiras de fazer aquilo tudo circular, além de reforçar as melhorias na armazenagem e manutenção correta do produto.

Então, quais os benefícios dos relatórios gerenciais?

Você já sabe que os relatórios gerenciais são imprescindíveis para uma melhor compreensão e gestão do seu negócio.

Conheça agora os principais benefícios que esses documentos podem gerar para a sua empresa.

Facilita a tomada de decisão

Ao ter um controle maior sobre todos os departamentos da empresa, é muito mais fácil para o gestor tomar as decisões mais acertadas, pensar de modo estratégico, estabelecer objetivos e traçar novos caminhos.

Aumenta o domínio sobre o negócio

Por meio dos relatórios gerenciais, o empreendedor consegue saber um pouco mais sobre cada área da sua empresa, mesmo que não seja um expert no assunto. Esse conhecimento é muito útil e garante uma gestão mais eficiente.

Identificação dos pontos fortes e fracos

Cada relatório gerencial traz um balanço dos pontos positivos e negativos de determinado setor. Assim, é muito mais fácil para o empregador perceber onde está errando, saber o que pode ser corrigido e o que exige mais investimento.

Compartilhamento de informações

Os relatórios reúnem e apresentam dados extremamente valiosos não só para o gestor, mas para todos que fazem parte daquela organização. Esse compartilhamento de informações esclarece dúvidas, reforça o comprometimento, alinha e ajusta metas e fortalece as relações dentro do local de trabalho.

Acreditamos que agora ficou bem mais fácil para você, enquanto gestor, perceber a importância dos relatórios gerenciais, além de saber a finalidade de cada um deles. Reiteramos que esses documentos são ferramentas fundamentais para o melhor controle de uma empresa e devem ser elaborados com precisão, cuidado, clareza e baseados em informações úteis e atuais.

eGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas - relatórios gerenciais

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br