fbpx

Como abrir uma empresa de alimentação

Empresas de alimentação são grandes oportunidades para quem deseja empreender, principalmente pela sua diversidade de segmentos, mas também porque oferecem diversos tipos de alimentos diferentes para serem comercializados.

Desse modo, o primeiro passo para abrir uma empresa de alimentação é elaborar um plano de negócio, levando em consideração todas as características que serão utilizadas juntamente de todas as obrigações do seu negócio. E para isso é necessário que ocorra um prévio planejamento, onde serão alinhadas todas as características do seu negócio e os recursos necessários.

Portanto, se você quer investir no segmento de ramos alimentícios e não sabe como, esse texto irá te auxiliar a iniciar esse novo empreendimento.

empresa de alimentação

Passo a passo para abrir uma empresa de alimentação

Primeiramente, para dar início ao seu empreendimento, você precisará formular um plano de negócio. Ele terá todo o seu planejamento e a análise de todos os fatores que contribuirão para o desenvolvimento do seu negócio.

Além disso, é importante se atentar ao desenvolvimento da missão, visão e valores da sua empresa, tendo em vista a importância para a imagem que será transmitida para os consumidores.

Dessa forma, existem alguns passos que podem facilitar esse processo, dentre eles estão:

  • Escolher o seu segmento
  • Investimento inicial
  • Público alvo
  • Análise de mercado
  • Ponto comercial
  • Legislação
  • Divulgação

Escolha o segmento da empresa de alimentação

O ramo alimentício é vasto, o que permite que muitas empresas de diferentes categorias e nichos. Entretanto, vale avisar que apesar desse ramo ser muito concorrido, você pode trazer uma ideia que já existe de forma inovadora.

Desse modo, essa é a etapa perfeita para avaliar oportunidades e estabelecer uma forma única de gerir a sua empresa de alimentação.

Assim, para facilitar o seu processo, trouxemos alguns exemplos de empresa de alimentação que você pode abrir:

Esse tipo de empresa possui tantas oportunidades porque, além de termos muitas variedades de comida, também é possível abrir uma empresa de alimentação voltada para diferentes públicos, com visões, intenções e espaços diferentes.

Investimento inicial para abrir uma empresa de alimentação

Após definir o que será feito e vendido na sua empresa de alimentação, deve ser estabelecido a quantidade inicial de capital que será investida nesse primeiro momento.

Assim, deve ser levado em consideração tudo que você irá utilizar e a quantidade necessária para um determinado tempo.

Outro ponto importante é realizar reservas caso haja alguma emergência e você precisar realizar a reposição de alguns elementos.

⚠️ Atenção: lembre-se de nunca comprometer contas pessoais básicas com o seu investimento, até porque, esses dois fatores nunca devem ser misturados.

Análise de mercado

A análise de mercado deve ser feita com a escolha de segmento, uma vez que com ela você tem todas as informações que precisa sobre como a sua empresa de alimentação pode se destacar no mercado. Além disso, esse também é o estudo dos seus concorrentes, do que eles estão fazendo certo, errado e como você pode se diferenciar.

Assim, a análise de mercado antecede o planejamento estratégico, tendo em vista que as estratégias de alcance de clientes serão conhecidas e tomadas a partir disso.

Portanto, a análise é um dos fatores que irá potencializar seu negócio na área que está inserido, tendo em vista que o mercado alimentício é amplo e pode apresentar grandes concorrências.

Dessa forma, podem ser avaliados alguns fatores, como:

  • Oportunidades
  • Concorrência
  • Vantagens
  • Retorno econômico

Uma das ferramentas que pode ser utilizada, por exemplo, é a análise SWOT. Ela serve para identificar as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças que a sua empresa tem ou pode ter, dentro do mercado que está inserida.

Público alvo da empresa de alimentação

A definição do público alvo é essencial para entender para quem será direcionada seus produtos ou serviços. Desse modo, você terá uma noção a respeito das estratégias que serão tomadas para atingir seus clientes de forma positiva. Assim, fazendo com que seu produto seja irresistível.

Dessa forma, a primeira etapa para definir seu público alvo é realizar uma pesquisa do mercado de uma empresa de alimentação atual e após isso, deve ser realizado os seguintes passos:

  • Conheça o seu negócio e produto
  • Conheça os segmentos do mercado
  • Identifique os pontos positivos de cada segmento
  • Selecione o segmento alvo
  • Análise estratégias utilizadas para o segmento alvo

Conhecer esses aspectos trará um direcionamento de marca, que fará com que seus clientes se identifiquem com seus produtos e queira consumi-los.

Ponto comercial

Para efetivamente abrir uma empresa de alimentação é necessário escolher a localização. Isso também pode ser estudado na pesquisa do mercado, uma vez que ela estuda os concorrentes e onde eles estão.

Assim, tendo em vista que alguns clientes gostam de ir até o estabelecimento para consumir o produto, vale a pena investir em uma melhor experiência de consumo. No caso de um restaurante, por exemplo, deve ser levado em consideração a localização e o público alvo para entender que tipo de negócio montar.

No caso de haver consumo no local, é preciso uma estrutura, como pratos, talheres e outros utensílios básicos. Também, é preciso ter um processo de limpeza desses itens, além do estabelecido para o resto.

empresa de alimentação

Legislação

Para manter um negócio consolidado é essencial que ele seja regularizado da forma correta, levando em consideração que qualquer empresa de alimentação precisa seguir regras estritas.

Assim, estar regularizado também trará uma maior segurança para o seu negócio, sem o receio de ocorrer um impedimento de exercer as suas atividades.

Desse modo, a abertura de um negócio exige alguns fatores para que seu funcionamento seja permitido a longo prazo e sem complicações.

Dentre eles estão;

  • Registro na junta comercial;
  • Registro na Secretaria da Receita Federal;
  • Registro na Secretaria da Fazenda;
  • Registro na prefeitura do município.
  • Realizar a inscrição estadual;
  • Registro do CNPJ;
  • Alvará de funcionamento;
  • Vigilância sanitária;

MEI pode abrir empresa de alimentação?

Algumas empresas de alimentação podem optar pelo MEI. Entretanto, é necessário confirmar que o CNAE da empresa pode se enquadrar como MEI.

Por exemplo, um açougue com CNAE 4722-9/01 ou uma fruteira com CNAE 4724-5/00, podem ser MEIs.

Divulgação

Chegamos a parte que conclui todo esse processo, que consiste no questionamento – como será divulgado o seu negócio?

A resposta para essa pergunta deve levar em conta a análise feita anteriormente que define qual é o seu público alvo. Assim, será mais fácil criar estratégias para atingir esses consumidores de forma mais fácil.

Dessa forma, você pode investir nas seguintes estratégias de divulgação:

  • Comerciais de TV
  • Jornal
  • Panfletos
  • Rádio
  • Redes sociais (posts, vídeos, anúncios e reels.)
empresa de alimentação

Anúncios

Os anúncios são ferramentas importantes para que seu negócio atinja um maior número de clientes, tendo em vista que quanto mais impactante e único o seu anúncio for, mais atenção e consumidores irá atrair.

Desse modo, é essencial investir em posts, vídeos e fotos com títulos impactantes, que atraiam a atenção do público para sua empresa de alimentação.

Redes sociais

As redes sociais são ferramentas essenciais e que precisam estar incluídas na rotina do seu negócio, visto que quanto mais interação você tiver com seus clientes, mais eles terão interesse em conhecer seu negócio e confiar nele.

Desse modo, através das redes você pode melhorar o relacionamento com seus clientes, tornando-se mais próximo deles.

Para isso, você pode utilizar algumas ferramentas que as próprias redes oferecem, como: 

  • Posts 
  • Stories (Caixinhas de perguntas, enquetes, bastidores, dia a dia)
  • Reels
  • Vídeos

Produto

Primeiramente, uma empresa de alimentação exige que sejam oferecidos produtos de qualidade. Para isso, os produtos devem ser escolhidos com bastante atenção e de lugares confiáveis.

Portanto, você deve analisar com cuidado alguns fatores, como:

  • Culinária
  • Fornecedores
  • Preço

Fornecedores

Os fornecedores são parte importante da empresa de alimentação, uma vez que envolve um grande cuidado com a qualidade dos produtos que serão fornecidos.

Assim, você deve estar totalmente atento na hora de escolher quem irá fornecer as suas mercadorias. Dessa forma, é necessário que sejam avaliados diversos fatores que antecedem o momento de fechar o contrato. Assim, você terá uma visão ampla para confiar nesse serviço.

Portanto, você deve conferir alguns pontos, como:

  • Procedência dos alimentos e qualidade
  • Boa estrutura
  • Disponibilidade de produtos
  • Valor dos produtos
  • Tempo de entrega
  • Compromisso
  • Se o fornecedor está em dias com os órgãos reguladores

Preço

O preço que você irá vender seus produtos é um fator que exige uma pesquisa de mercado juntamente da análise dos seus gastos para desenvolver o produto.

Desse modo, é importante ressaltar que seu preço de venda deve cobrir todos os seus gastos, caso contrário não haverá lucro.

Assim, você deve definir alguns fatores, como:

  • Definir os gastos fixos e variáveis
  • Definir a margem de contribuição
    • Margem de contribuição = Valor das vendas – (custos variáveis + despesas variáveis)
  • Definir preço de venda
    • Preço de venda = Gastos variáveis unitários (R$)x  100 [100% – margem desejada (%)]
  • Defina o ponto de equilíbrio
    • Divida os custos fixos pela margem de contribuição e multiplique por 100 para achar a porcentagem.

Existem algumas ferramentas que podem auxiliar nesse processo, como uma planilha de ponto de equilíbrio ou uma calculadora de preço de venda.

Estoque

Um bom controle de estoque é a chave essencial para ter seus produtos sempre disponíveis. Assim, você não terá problemas com a falta de produtos essenciais ou desperdícios.

Outro ponto é que quando se trata de alimentos, produtos em excesso podem estragar rapidamente, portanto é essencial que seja realizada a compra só dos produtos necessários por um determinado tempo.

Assim, para manter o estoque da empresa de alimentação organizado, é preciso fazer muito mais do que organizar mercadorias, e sim, realizar o acompanhamento de diversos aspectos.

Dessa forma, é essencial se atentar a alguns pontos essenciais que mantém seu estoque em dia e organizado.

Dentre eles estão:

  • Cadastro de produtos diariamente
  • Utilizar sistema de gestão
  • Margem de venda
  • Controle de produtos que saem

As pessoas também perguntam

O que empreender com comida?

– Café expresso
– Casa de bolos e tortas
– Casa de carnes
– Sorveteria
– Churrasquinho
– Churros
– Food truck

Qual ramo alimentício dá mais dinheiro?

Todos os ramos alimentícios podem trazer uma taxa satisfatória de lucro, entretanto alguns segmentos possuem um maior alcance comparado a outros.
Dentre eles estão:
– Fast Food
– Sorveterias
– Pizzarias
– Hamburguerias
– Restaurantes self-service

Início 9 Empreendedorismo 9 Como abrir uma empresa de alimentação
Escrito em: 22/12/23
<a href="https://blog.egestor.com.br/author/pedro-henrique-escobar/" target="_self">Pedro Henrique Escobar</a>

Pedro Henrique Escobar

Pedro Henrique Escobar é formado em Administração e gerente de marketing no eGestor. O eGestor é uma ferramenta online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: eGestor.

Comentários:

Compartilhe seu comentário, dúvida ou sugestão!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar…

Gestão empresarial: guia definitivo para o sucesso do seu negócio

Toda empresa precisa ter um objetivo, uma missão maior que guie todas as suas atividades. Independente de qual for esse objetivo, ele tem tudo a ver com a gestão empresarial. Isso porque é através de uma gestão empresarial competente e...

Controle financeiro empresarial: Como fazer passo a passo

Passo a passo para fazer o controle financeiro empresarial Faça o controle do fluxo de caixa Separe custos e receitas Planejamento de recebimentos e pagamentos Registre todas as operações financeiras Tenha um orçamento bem estruturado...

Fluxo de Caixa: Guia de como fazer o da sua empresa

O que é o fluxo de caixa?O fluxo de caixa é o controle de todos os valores que entram e saem do financeiro da empresa. Qual o objetivo do fluxo de caixa?O objetivo do fluxo de caixa é garantir a saúde financeira do negócio, assegurando...

Faturamento: O que é, como calcular e aumentar o seu

Porque o faturamento é tão importante para a empresa? Porque ele é o dinheiro que a empresa recebeu em um período, que mostra se ele foi bom ou não. Acompanhar o faturamento se sabe quanto a empresa pode gerar de capital. Ele também é...

NFC-e (Nota fiscal do consumidor eletrônica) [Atualizado]

A NFC-e é uma nota fiscal utilizada para registrar vendas de produtos. Ela é emitida diretamente para o consumidor final. Para emitir a NFC-e deve ser utilizado um sistema emissor de notas fiscais. Emitir NFC-e Todo produto ou serviço...

ERP: O que é e vantagens [GUIA COMPLETO]

Teste Grátis A administração de uma empresa acontece diariamente, com processos e controle que devem ser feitos a todo momento. Esses processos são o que mantém a empresa funcionando, e esse controle é o que mantém as contas em dia e os...

Controle de Estoque: Como fazer um controle profissional

Porque o controle de estoque é tão importante para a empresa? O estoque é o principal ativo de uma empresa, sendo a forma mais importante de fazer dinheiro. Por isso, ter total atenção a gestão do estoque é de extrema importância. Se a...

Guia do MEI: Tudo sobre o Microempreendedor Individual

O MEI (Microempreendedor Individual) é um tipo de empresa voltado para formalização de profissionais autônomos. O custo para abrir um MEI é zero. Os impostos pagos pelo MEI são o ICMS, pela venda de mercadorias, o ISS, por prestação de...

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): o que é e quem emite

A NFS-e, ou Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, é um dos tipos de notas fiscais que existe juntamente com a nota fiscal, a nota fiscal do consumidor e o conhecimento de transporte. Elas são úteis para empresas que tem como uma das funções...

Nota fiscal eletrônica: tudo o que você deve saber [ATUALIZADO]

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento cuja função é atestar a venda de um produto ou a prestação de um serviço. Ela foi desenvolvida com o objetivo de substituir alguns sistemas de impressão de documentos fiscais em papel. Assim...