indicadores financeiros

Em meio a um mercado cada vez mais concorrido, empresas que não possuem uma rigorosa mensuração de seus resultados podem vir a perder completamente o controle financeiro e assim enfrentar dificuldades para manterem as suas atividades.

Sendo assim, analisar os mais variados indicadores financeiros é essencial para se ter uma ideia da atual realidade da sua empresa e também para projetar a situação futura de seu fluxo de caixa.

Apesar de entender a importância desta avaliação de resultados, muitos empresários não possuem uma visão exata a respeito de quais indicadores financeiros realmente devem ser analisados, devido ao fato de não possuírem tanta experiência em relação a gestão financeira de seus negócios e nem um sistema de gestão empresarial, o que faz com que acabem controlando as finanças muitas vezes de uma forma manual.

Pensando nisso, vamos falar no decorrer deste artigo a respeito dos diferentes tipos de indicadores financeiros e quais são os principais para a mensuração de resultados da sua empresa. Siga com a gente!

Afinal, o que são indicadores financeiros?

Indicadores financeiros nada mais são do que métricas de desempenho, que são obtidas por meio dos mais variados demonstrativos financeiros que envolvem uma determinada empresa.

Os principais objetivos desses indicadores é fornecer aos empresários uma boa base de dados para a tomada de decisão e permitir uma avaliação precisa referente a situação financeira de seus empreendimentos.

Qual a importância de se analisar indicadores financeiros em sua empresa?

Além de possibilitar o acompanhamento do desempenho da empresa a um médio e longo prazo, os indicadores financeiros são informações absolutamente importantes para auxiliar no planejamento e elaboração de novas estratégias no ambiente empresarial. 

A partir dos dados obtidos através dos indicadores financeiros, é possível enxergar com mais clareza os principais pontos fortes e pontos fracos da sua empresa no que diz respeito aos fatores que trazem um maior retorno e aqueles que geram uma maior quantidade de despesas.

Quais são os diferentes tipos de indicadores financeiros?

De uma forma geral, podemos dividir os indicadores em 5 grupos, voltados para a análise de diferentes aspectos:

  • Indicadores de lucratividade: os indicadores financeiros de lucratividade são responsáveis por relacionar algum dado referente a DRE (Demonstrativo Resultado do Exercício) com a receita líquida da empresa, que é a receita gerada pelas vendas especificamente. A lucratividade portanto, indica o quanto a empresa obteve efetivamente de lucro com as vendas em um determinado período;
  • Indicadores de rentabilidade: permitem identificar o quanto a sua empresa obteve de lucro em relação às receitas geradas a partir das vendas, ativos e pelo capital que foi investido pela empresa;
  • Indicadores de estrutura de capital: são voltados para analisar o índice de endividamento de sua empresa e também a sua capacidade de gerar capital para arcar com os juros;
  • Indicadores de liquidez: enquanto os indicadores de estrutura de capital avaliam a capacidade de geração futura de caixa por parte da sua empresa para cobrir as dívidas, os indicadores de liquidez proporcionam uma avaliação a respeito da viabilidade de seu orçamento atual para cumprir com os compromissos financeiros dentro de um curto prazo;
  • Indicadores de atividade: são indicadores responsáveis por avaliar o quanto a sua empresa leva de tempo para transformas as contas em vendas ou caixa;

Agora que já falamos a respeito dos diferentes grupos de indicadores financeiros, vamos falar especificamente sobre os indicadores que compõem cada um deles e como efetivamente calculá-los:

Planilha de controle Financeiro gratuita

Quais são os principais indicadores de lucratividade?

Entre os principais indicadores de lucratividade, podemos citar a margem bruta e o EBIT. A margem bruta relaciona o lucro bruto da empresa com os valores referentes às vendas, enquanto o EBIT mede apenas o lucro operacional da empresa, levando em conta apenas as despesas administrativas e aquelas relacionadas às vendas, deixando de lado todas as despesas financeiras propriamente, que são relacionadas a impostos.

Quais são os principais indicadores de rentabilidade?

Um dos indicadores de rentabilidade mais utilizados pelas empresas é a margem operacional, que determina o valor restante no seu orçamento após a dedução de todas as despesas, exceto a do imposto de renda. 

Ao contrário da margem operacional, a margem líquida determina o valor total disponível em caixa após a dedução de absolutamente todas as despesas, incluindo o valor descontado do imposto de renda.

Para calcular a margem operacional, é necessário dividir as receitas operacionais pelas receitas líquidas originadas pelas vendas. Outro indicador de rentabilidade de suma importância é o EBITDA, responsável por medir o lucro de sua empresa sem contar os valores referentes a juros, impostos, depreciação e amortização.

Quais são os principais indicadores de estrutura de capital?

Um dos principais indicadores de estrutura de capital é o endividamento total, em que é feito uma relação entre todos os valores referentes às dívidas de sua empresa com os valores investidos por acionistas.

Se o índice de endividamento total for elevado, é sinal de que sua empresa pode ter dificuldades para encontrar novos financiamentos.

Já a cobertura de juros por sua vez, indica se existe a possibilidade de quitar as dívidas sem causar um grande impacto em seu orçamento empresarial.

Para obter o índice de cobertura de juros, deve-se calcular o valor da divisão do EBIT (lucro antes dos juros e impostos) pelas despesas financeiras brutas.

Quais são os principais indicadores de liquidez?

Como explicamos anteriormente, os indicadores de liquidez são responsáveis por analisar a capacidade que o seu orçamento possui de suportar todos os compromissos financeiros dentro de um curto prazo. Sendo assim, a liquidez corrente é um indicador que faz um balanço entre as contas a pagar e receber que a sua empresa possui dentro de um determinado período. 

Para calcular a liquidez corrente, basta dividir o valor de ativo circulante pelo passivo circulante de sua empresa. Já para se obter a liquidez imediata, basta dividir o total disponível em caixa pelo passivo circulante. 

Quais são os principais indicadores de atividade?

Entre os indicadores financeiros de atividade, podemos citar o giro de caixa, que avalia o quanto do dinheiro que é gerado pelas suas vendas diretamente é utilizado para financiar as atividades operacionais de sua empresa. O índice de giro de caixa geralmente costuma ser inversamente proporcional ao índice de liquidez corrente: se um é elevado, o outro costuma ser baixo.

Um dos indicadores mais simples de serem analisados, mas ao mesmo tempo um dos mais importantes e utilizados pelas empresas, o fluxo de caixa mede a diferença entre os valores de receitas com as despesas de sua empresa.

Se o valor que sai de seu orçamento é maior do que os valores de entrada, é sinal de que a sua empresa não está conseguindo gerar capital suficiente para arcar com todas as suas despesas.

Planilha de fluxo de caixa financeiro

Custos fixos e variáveis

Os custos fixos são todos os gastos padronizados de uma empresa. Isto é, aqueles que se mantém estáveis e poderão ser projetados futuramente no processo de controle de contas empresariais. Como exemplos de custos fixos, podem ser citados a taxa de aluguel de um escritório, gastos com limpeza e segurança ou o pagamento de impostos, dentre outras despesas.

Já os custos variáveis podem sofrer variações de acordo com a demanda e volume de produção da empresa. Podem ser classificados como custos variáveis os produtos adquiridos para o estoque, que podem apresentar variações de um mês para outro de acordo com a necessidade ou então os gastos com o concerto ou manutenção de um determinado equipamento utilizado para as questões operacionais, que são totalmente imprevistos.

eGestor

Por meio de um software de gestão empresarial totalmente online como o eGestor, você pode ter acesso a todos estes indicadores financeiros para avaliar o desempenho de sua empresa, através da geração de relatórios gerenciais.

Além disso, o sistema possibilita uma grande praticidade nos processos de cadastro de compras e vendas, gestão de estoque, emissão de nota fiscal eletrônica e boletos bancários para os clientes e muito mais! Acesse o site e comece os testes totalmente gratuitos no sistema durante 15 dias!

Gostou do nosso artigo? Estes são somente alguns dos inúmeros indicadores financeiros que podem ser utilizados para a mensuração de resultados do seu negócio. Esperamos que o nosso conteúdo tenha sido útil e que você possa aplicar estes conceitos no dia a dia de sua empresa.

EGestor - Software online de gestão empresarial para pequenas empresas

Por Gabriel Pfeifer, em 14/05/2018

Escrito por eGestor
O eGestor é um software online para gestão de micro e pequenas empresas. Teste gratuitamente em: https://www.egestor.com.br